História Guardian Angel - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Anjos, Bts, Demonios, Exo, Jikook, Kpop, Romance, Taegi, Taehyung, Yoongi
Exibições 89
Palavras 1.127
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulo!!!

Capítulo 3 - JungKook


Yoongi acordou naquela manhã de sábado, sentindo uma leve caricia em seu cabelo; uma caricia doce e delicada, por mãos doces e gentis.

     Se remexeu um pouco na cama antes de abrir os olhos; piscando algumas vez para se acostuma com a claridade.

     - Bom dia Yoongi - Yoongi se assusta ao ver o mesmo menino de ontem; que diz ser seu "Anjo da Guarda, sentado ao seu lado.

     - O que ainda faz aqui? - O loiro pergunta se afastando do moreno que ria.

     - Eu sou seu anjo da guarda. - Tae fala o óbvio e Yoongi revira os olhos. - Deveria acredita em mim.

     - Oh nem se preocupe com isso. Afinal é super normal uma pessoa chega em mim e fala que é meu anjo da guarda. - Yoongi diz sarcasticamente procurando seu celular pela cama.

     - Mas eu estou falando a verdade.

     - Eu ainda não acredito em você.

     - Esse seu jeito teimoso me irrita. - Tae fala e faz um bico.

     - Se te irrita porque não vai embora?

     - Porque eu sou seu anjo da guarda.

     - Pare de fala isso; é tão irritante. - O loiro se levanta da cama e vai até o banheiro. - E eu ainda não acredito em você.

     - O que eu tenho que fazer para você acredita?

     - Dizem que os anjos tem asas; isso é verdade?

     - Sim. Porque?

     - Então me mostre - Yoongi sai do banheiro com as mão molhadas e encara o moreno.

     - Ok - Tae levanta da cama e abre suas lindas asas brancas.

     Yoongi ficou paralisado; não porque o garoto a sua frente tinha asas e sim porque elas eram lindas; nunca tinha visto algo tão lindo como aquilo.

     - Posso toca-las? Por favor - O loiro perguntou chegando perto de TaeHyung que estava surpreso; desde quando Yoongi era educado?

     - Claro

     - Obrigado - Yoongi começa a passa os dedos pela as asas do moreno; passava os dedos levemente e gentilmente, igual como Tae fazia em seu cabelo. - Elas são tão lindas.

     - Hã? Eh... Obrigado, eu acho. - Tae fala corando e fecha as asas; deixando um o loiro irritado. - Agora acredita em mim?

     - Hum... Talvez.

     - Como assim "talvez"?

     - Não é como se eu me importasse de qualquer jeito. - Yoongi responde dando de ombro e Tae suspira triste.

     - Suga? - Anne aparece na porta e passa o olha por todo o quarto parando no loiro. - Estava falando com quem?

     - Eh... ninguém, estava falando sozinho - Yoongi força uma risada.

     - Ok então. Seus pais querem fala com você agora. - Anne diz olhando para as roupas que o loiro usava. - E troque de roupa antes de desce.

     - Ok mamãe - Yoongi diz sarcástico e Anne ri antes de sair do quarto.

     Yoongi começa a tira as roupas que usava e pega a primeira que vê pela frente em seu guarda roupa; vestiu uma regata branca e uma calça de moletom preta, parecía um mendigo ou pior.

     - Até um mendigo se vesti melhor - Tae comenta assustando, novamente Yoongi.

     "Esse cara não se cansa de me assustar não?"

     Yoongi ignorou o que seu suposto "Anjo da Guarda" disse e foi caminhando até a porta, até se da conta de uma coisa:

    "Esse garoto me viu só de cueca?"

     Suas bochechas nunca esteve tão vermelhas como estavam naquele momento. Como podia te esquecido dele?

     - O que foi? Você está bem? - Tae se levanta indo em direção ao seu protegido o vendo vermelho e com os olhos arregalados.

     - Estou - Falando isso Yoongi sair praticamente correndo do quarto deixando pra trás um moreno confuso.

...

     - Que horas você chegou ontem? - Yoongi estava na mesa da sala de janta enquanto sua mãe pergunta sobre ontem.

    - Não sei ao certo, mas já estava mais que meia noite. - O loiro fala calmo, como se aquilo não fosse nada de importante.

     - Como assim Yoongi? Eu não já falei de como o mundo lá fora é perigoso? Você não deveria ficar até tarde na rua. - Sua mãe falava e ele apenas revira os olhos. - A partir de hoje você vai sempre estar acompanhado de um segurança. Não quero que nada de ruim aconteça com meu único filho.

    - Não é como se eu saísse muito mesmo - Yoongi fala e sai da mesa ignorando os protesto de sua mãe.

     O loiro sobe pro seu quarto e se trancando la; esquecendo novamente o moreno que estava sentado em sua cama.

     - Ahhhhhhh - Yoongi grita ao ver Tae e escuta uma batida em sua porta.

     - Suga, esta tudo bem? - Yoongi ouvi a voz de Anne.

     "Como ela chegou tão rápido aqui?"

     - Sim Anne.

     - Tá bom.

     - Porque gritou? - O loiro se vira para o moreno e encontra outro menino ao lado dele.

     - Quem é ele?

     - O anjo da guarda do Jimin. - Tae responde como se fosse obvio e Yoongi bufa revirando os olhos. 

     - É tão legal sabe que um humano consegui nós ver. Mesmo que esse alguém seja você. - JungKook diz animado fazendo com que Yoongi o encarasse confuso.

     - O que quer dizer com isso seu idiota? - O loiro pergunta nervoso e JungKook se esconde atrás de Tae.

     - Esqueça o que ele disse. O seu amigo está subindo pra cá.

     - E como você sabe? Além de anjo da guarda, é vidente também? - Yoongi perguntou sarcástico e Tae revira os olhos.

     - Eu só sei porque o JungKook esta aqui. - O moreno diz e na mesma hora um ruivo entra no quarto pulando em cima do amigo.

     - Com quem estava falando? - Jimin pergunta olhando em volta a procura de alguém.

     - Com ninguém ue.

     - Yoongi, você já está velho pra ter amigos imaginários sabia - O ruivo comenta recebendo um murro do loiro.

     - O que veio fazer aqui?

     - Não posso mais visita meu melhor amigo?

     - Não

     - Nossa! Vou embora então - Jimin fala indo em direção a porta sendo segurado por Yoongi.

     - Senta aí. Vamos joga.

     - Eba

     Enquanto os meninos jogava, Tae e JungKook conversavam sobre como estava la no céu.

     - As coisas estão muito agitadas la em cima. Estão preocupados com o Yoongi.

     - E você também está né?

     - Claro. Ele é meu protegido.

     - Você precisa ganha a confiança dele.

     - Eu sei. Mas ele não é uma pessoa fácil igual o Jimin - Tae suspira e olha para o loiro.

     - Os dois são tão diferentes. Como podem ser melhores amigos?

     - Dizem que os opostos se atraem.

     - Pois é.


Notas Finais


Saiu uma merda mas fazer oq né?

Espero qe tenham gostado e até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...