História Guardião Dimensional - Capítulo 64


Escrita por: ~ e ~LordeKoorishiro

Visualizações 45
Palavras 1.753
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lírica, Luta, Magia, Mecha, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 64 - A Chegada da Loucura


Capítulo 64: A Chegada da Loucura

 

Todos estavam com gotas observando a cena patética de Yuko perseguindo Haru pelo hotel. Finalmente a morena se escondeu atrás de Katsu fazendo a mãe do mesmo parar de persegui-la quando ele se colocou em posição, para defendê-la. Yuko suspirou com isso antes de dizer para Haru não repetir aquela façanha com Katsu, por um longo tempo.

 

Gajeel (curioso): Mas como a ligação verdadeira que a Haru tinha com o Shirou passou para o Katsu?

 

Grandeeney: Quando o Shirou passou seu poderes de Kooriryuu para o Katsu deve ter passado inconscientemente, um pouco de sua alma. Por isso o Katsu agora também tem a ligação com a Haru-chan.

 

Todos acenaram compreendendo antes de irem para seus quartos descansarem pois aquele seria o último dia deles em Crocus, já que retornariam a guilda no dia seguinte. Nero e Yuko estavam um pouco apressados para chegarem em seu quarto.

 

Assim que eles chegaram no quarto que alugaram trancaram a porta e começaram a trocar carícias, e a se beijarem. Nero tirou a blusa roxa que ela estava usando exibindo seu sutiã azul, que ele também tirou e começou a massagear e a chupar seus seios, fazendo-a gemer. Nero apertou seus mamilos e a azulada gemeu gozando.

 

Yuko se afastou dele para retirar suas calças e calcinha e Nero rapidamente se despiu também. Yuko se abaixou e começou a chupar e acariciar o membro de Nero fazendo-o gemer. Ela esfregou o pênis dele entre seus seios fazendo-o gozar neles e em seu rosto.

 

Ela se limpou e colocou tudo em sua boca. Ela se levantou e em seguida ficou de costas para ele se apoiando na parede e Nero a penetrou fazendo-a gemer. Nero ficou a penetrando por mais algum tempo antes de ambos gozarem sorrindo um para o outro.

 

Aquela noite ainda estava longe de acabar. No dia seguinte eles estavam retornando de trem para Magnólia. Além de Haru eles tinham mais três pessoas com eles. Os pais de Erza, Belserion e Eileen, e a irmã mais velha de Grandeeney, Tsuruko, que estava com a filha de Kyousuke e Sherry.

 

Belserion e Eileen explicaram que eles mandaram Erza para o futuro usando um feitiço de viagem no tempo por causa da ameaça, de Acnologia e outros dragões que o serviam. Eles haviam usado esse feitiço para segui-la mas haviam chegado anos depois do ano que Erza, havia chegado. Depois disso todos começaram a realizar uma festa na guilda pela vitória.

 

Ichigo: Ainda bem que durante a investigação na pizzaria nós tivemos tempo de fazer a missão no universo 320, pois os jogos sofreram atrasos.

 

Wendy: Sim... (suspira) Eu queria que o Shirou-kun estivesse conosco.

 

Ash: Sim. Assim Haru não seria desinocentada tão cedo. (Wendy acerta um pedala nele fazendo-o se calar) E por que a sua tia está me olhando tanto?

 

De fato Tsuruko estava olhando para ele enquanto tomava uma grande taça de sorvete. A dragoa tinha cabelos brancos, olhos azuis escuro, corpo perfeito e tinha um rubor nas bochechas.

 

Wendy (sorri): Não é óbvio Oozaru-kun? Ela gosta de você do mesmo jeito que eu e a Erza-chan. Acho que você devia tentar convencê-la para vocês se "conhecerem melhor" hoje a noite.

 

Ash: Mas e você? Ou a Erza-chan?

 

Wendy: Eu preciso conversar com a Meredy-chan e a Erza-chan quer conhecer os pais dela melhor.

 

Ash: Ok... (gota) A maioria das mulheres não ficaria muito feliz do marido iniciar um harém sabia?

 

Wendy: Eu realmente não me importo Ash-kun pois há duas condições. Um você nos amar igualmente e eu sou a responsável por este harém. Entendeu?

 

Ash: Claro Sora-hime. (os dois se beijam)

 

Nisso a azulada saiu chamando Meredy para uma missão enquanto Ash observou a guilda por um momento. Mavis e Ichigo jogavam xadrez sendo assistidos por Shinji, Zera, Meowth, Levy e Gajeel, Grandeeney e Metallicana discutiam enquanto Igneel suspirava, Minerva e Rogue (haviam se juntado a guilda após os jogos) estavam numa seção de amassos, as crianças brincavam junto de Pikachu, Sylveon e os exceed enquanto Haru os observava cuidando deles, Yukino, Natsu,Zeref e Flare haviam saído para uma missão e Cana estava bebendo com Trunks. Ele voltou seu olhar para a tia de sua esposa fazendo-a corar ainda mais.

 

Ele sorriu e se aproximou dela para conversar. No jogo de xadrez Mavis ficou fustrada depois de derrubar outra peça de Ichigo percebendo que a mente dele não estava no jogo. A loira pegou o tabuleiro para a surpresa do azulado e o jogou nele fazendo-o tentar se proteger da chuva de peças.

 

Mavis: O que houve com você? Você nunca perde uma peça sem ter um plano!

 

Ichigo: Desculpa hime... É que por algum motivo quero voltar para o universo 320.

 

Mavis: Ok. Então vamos pedir permissão a Chronoa-sama daqui a alguns dias pois precisamos descansar. (ele acena) Sinto falta do Draco-kun...

 

Ichigo: Nós iremos vê-lo de novo Mavis-chan.

 

Enquanto isso:

 

Broly estava observando divertidamente a superficíe de um planeta que ele acabara de destruir. Ao seu lado estava uma menina de cabelos azuis, duas orelhas azuis de lobo, cauda de lobo, olhos vermelhos e usando um colar de ouro acorrentada nua olhando com raiva e tristeza para o planeta destruído. Broly só havia poupado ela porque queria uma escrava sexual exótica quando ela crescesse.

 

O nome da azulada era Tsukiko e ela havia sido filha de um dos generais do planeta sendo que estava sendo treinada, para assumir seu lugar. Depois que havia sido capturada Broly havia rasgado suas roupas e obrigado ela a andar nua por sua nave. Nesse momento Broly estava com Kyousuke, agora com sua face em carne viva, na sala de reuniões.

 

Broly: Belo visual.

 

Kyousuke: Obrigado. Demigra-sama disse que você já pode ir atrás do bastardo do Goku e seus amigos.

 

Um sorriso cruel surgiu no rosto de Broly enquanto o saiyajin de sangue puro começou a rir loucamente e Kyousuke logo acompanhou, assustando Tsukiko no quarto ao lado. Ela juntou as mãos orando para alguém ajudá-la.

 

Broly: Como devo fazer isso?

 

Kyousuke: Ataque a guilda dos meus doadores de DNA. Assim a estúpida da Kaioshin vai mandar todos os saiyajins para lá ajudar na batalha. Você poderá matar a família inteira dele se der sorte.

 

Broly: Adorei esse plano.

 

Earth Land:

 

Tsuruko: Eu adorei o sorvete daqui Ash-kun. Essa doceria é excelente!

 

Ash: Foi aqui que eu trouxe Wendy-chan e Erza-chan quando voltamos de Tenroujima. (dá uma risada com as lembranças) Elas acabaram com o estoque de sorvete e bolo da loja!

 

Tsuruko: Que exagero... (sorriso divertido) Eu só acabei com metade do estoque.

 

Os dois riram novamente e saíram da cidade entrando na floresta próxima a ela. Eles tiveram um treino em que Tsuruko forçou o Ketchum a usar sua forma de Super Saiyajin 2. Após isso as roupas de ambos ficaram muito danificadas e eles foram para casa.

 

Ash piscou com o papel na geladeira na letra de Wendy. Ichigo, Mavis e Haru haviam ido a um parque de diversões com as crianças, enquanto a azulada havia saído numa missão com Meredy e Erza ainda estava com seus pais. Tsuruko começou a tirar seu vestido danificado no meio da sala fazendo o meio saiyajin corar.

 

Tsuruko (sorriso pervertido): Gostaria de ver meu corpo Ash-kun?

 

Ash: Hum... (vermelho) Eu não sei...

 

Tsuruko: Minha sobrinha disse que você deveria falar comigo para nos conhecermos melhor... (tira o vestido exibindo seu corpo coberto por suas roupas intímas) Quer ver os meus seios? (mexendo neles provocativamente)

 

Ash: Ei! Como isso é justo comigo?

 

Tsuruko: Quer ver ou não Oozaru-kun?

 

Ash corou mais fez que sim fazendo-a sorrir tirando a peça intíma e largando-a no chão. O meio corou quando notou que eram um pouco maiores que os de Wendy. Ele se aproximou e começou a brincar com eles fazendo-a gemer de prazer.

 

O meio saiyajin agarrou ela no estilo de noiva e pegou as roupas descartadas com a cauda. Ela olhou para ele curiosa.

 

Ash: Não quero fazer isso na sala com o risco do pessoal voltar. Não precisamos desinocentar as crianças.

 

Tsuruko: Concordo Oozaru-kun.

 

Assim que eles chegaram no quarto ela atacou seus lábios fazendo-o lutar com a língua contra ela. O meio saiyajin começou a massagear seus seios enquanto a dragoa de vento gemia de prazer. Tsuruko começou a morder o pescoço de Ash que gemeu de prazer também.

 

Ele então colocou ela deitada de barriga pra cima na cama enquanto enrolava sua cauda em sua cintura e colocava suas mãos no mesmo local, enquanto ela acenava positivamente. Ele a penetrou lentamente enquanto ela gemia de prazer dizendo seu nome. Ele levou a mão a um de seus seios apertando enquanto chupava o outro fazendo-a gritar de prazer.

 

Os dois gozaram e então mudaram de posição com Ash ficando deitado enquanto Tsuruko ficava no topo. Ela se abaixou no membro de Ash colocando-o em seu outro buraco e os dois gemeram novamente enquanto ele levava as mãos aos seus seios, apertando os biquinhos. Uma hora mais tarde eles estavam deitados juntos sorrindo.

 

Ash: E então o que achou Tsuruko-chan?

 

Tsuruko: Hum... Eu te amo Ash-kun. Eu vou me juntar a você, Wendy-chan, Erza-chan e Meredy-chan.

 

Ash: Meredy?

 

Tsuruko: Ela gosta de você também.

 

Ash: Oh...

 

Enquanto isso:

 

A nave de Broly chegou a Earth Land e ele ficou surpreso com a pessoa que o recebeu mas sorriu divertidamente. Era ninguém menos que Shinji que chicoteou a cauda olhando para ele.

 

Broly: Então foi aqui que você se escondeu Shinji?

 

Shinji: É o que você pode fazer com uma nave danificada... Uma nave que VOCÊ danificou Broly me deixando para morrer.

 

Broly: Não seja tolo Shinji, podemos compartilhar as riquezas deste planeta.

 

Shinji: Sem chance. Eu não vou deixar você transformar Earth Land numa rocha estéril e sem vida como fez com outras centenas de planetas. (se coloca em posição de batalha)

 

Broly (sorri insanamente): Então essa é a sua escolha?

 

Shinji: Sim. Um morrerá, o outro viverá.

 

Broly: Você vai perder sua vida inutilmente Shinji.

 

Auras douradas com relâmpagos cobriram ambos chamando a atenção de todos os saiyajins e dragões de Earth Land. Chronoa disse para Trunks chamar todos os saiyajins que conheciam e se juntar ao combate. Broly estava lutando contra Shinji quando sentiu vários Ki's se aproximando e sorriu ainda mais.

 

Ash piscou quando notou o Ki de Katsu seguindo eles e ficou irritado antes de voltar um pouco e nocautear o garoto. Ele não queria que ele morresse ou as suas filhas ficariam tristes.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...