História The Guardians of Legend - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Artes Marciais, Drama, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Sobrenatural
Visualizações 21
Palavras 666
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa tarde a todos! Espero que gostem da história. Eu não coloquei coisas que se passassem dos limites,e está super legal,espero que gostem. Abraços❤️.

Capítulo 1 - O começo de uma nova visão do mundo.


O mundo atual está um caos,e pensamos que este é o fim da humanidade. Porém,nessa história de agora,não é mais o ser humano a causa disso tudo. Agora,tudo mudou,desde os tempos ancestrais até os tempos atuais. No ano de 762  d.c os padres das igrejas católicas descreveram em seus diários,com os diários de padres mais antigos,a vinda de novas criaturas ao mundo exterior,onde é o mundo que vemos agora. O inferior,e o mundo que não podemos ver,onde tudo que a verdade vive,nada surge,e nós vemos a mentira. 

Neste ano,países de todo o mundo conhecem essas criaturas sobrenaturais. Os demônios,digamos assim,surgiram para cumprir seus objetivos. Uns querem acabar com a humanidade,e começar com um novo mundo,outros não estam nem aí para isso,e querem viver como humanos. Anos antes de cristo,muitos padres  daquela época anotaram em seus diários também que avia monges responsáveis por tentar devolver o mal a outro lugar,que mais tarde na idade média,os cavaleiros e os padres unidos,acharam esses diários e os descreveram como os dezoito cavaleiros anti-demônios(matadores de demônios). Os monges eram os Quatro Cavaleiros  do Apocalipse,os Sete Pecados Capitais,e os que foram esquecidos,os Guardiões.

Nessa história,e nesse ano,entraremos na cidade "C",onde vive os nossos personagens.

Era 08:07 da manhã,numa cafeteria no centro da grande cidade. Todos na cafeteria discutiam sobre os invidentes com os demônios em vários lugares,pois elas nem sairiam de  casa sozinhas,muito menos anoite. Duas meninas,que eram membras de um departamento também combatentes contra os demônios,estavam discutindo sobre isso,e sua tarefa do dia,seus nomes eram Maria clara e Juliana. As duas eram bem novas, e estavam discutindo os assuntos do dia.

Maria clara:Eu recebi um e-mail da capitã,ela quer que a gente volte ao departamento para resolver um caso.

Juliana:Está bem. Disse bebendo o último gole de café. Elas pagaram,e foram devolta ao departamento. Chegando lá foram a sala da capitã,onde ela dava a maioria dos casos.

Maria clara:Capitã! Chamou batendo na porta. Podemos entrar? Ela estava meio distraida,e Maria clara bateu novamente na porta e chamou novamente.

Manuela:Sim,podem entrar! Disse largando a caneta e os papéis. Sentem-se. Completou.

Juliana:Disse que queria nos ver. Qual é o caso da vez?

Manuela:Preciso que vocês e mais dois agentes vão ao hospital silva gomes,pois uma das enfermeiras está com um problema com um dos pacientes.

Maria clara:Pode nos explicar melhor,porfavor?

Manuela:Sim. Uma enfermeira responsável por cuidar de crianças com doenças sérias,disse que uma das crianças,chamado Diego,está vendo coisas,e está assustando as outras crianças.

Maria clara:Mas pode ser ilusão de ótica,não uma coisa sobrenatural.

Manuela:Os médicos também suspeitaram disso e fizeram isames de ótica,e até um psiquiatra tentou ajudar mais não resolveu.

Juliana:Isso não esclareceu nada.

Manuela:Sim,não resume essa parte. Maria clara e Juliana se olharam por um instante,viraram o rosto para Manuela,e uma delas comentou.

Maria clara:Como assim "essa parte"? Perguntou confusa.

Manuela:O próprio menino afirma ter visto essa coisa matar um dos médicos,o doutor bernado.

Maria clara:E a enfermeira,foi atacada por essa coisa,ou soube disso?

Manuela:Da morte do doutor todos souberam,só não acreditaram na história do menino,e já ligaram até para a polícia civil que não encontrou nada,mais afirma que o menino disse a mesma coisa sobre o que matou o doutor e acharam melhor chamar a gente,e foi o que a própria enfermeira fez,pois também está ficando assustada.

Juliana:Então quer que à gente descubra que "coisa" é essa e termine com isso?

Manuela:Sim.

Maria clara:Quais são os outros agentes?

Manuela:A Lorena e o seu irmão Juliana,Matheus.

Elas agradeçeram as informações e depois saíram da sala da capitã,e depois foram direto para sala de informática,pedir mais informações a cientista de lá,Vitória era seu nome.

Vitória:Ah,vocês chegaram,a capitã me informou. Disse quando viu elas entrando.

Lorena:Que bom que chegaram.

Maria clara:Desculpe-nos a demora.

Juliana:Onde fica o hospital.

Vitória:Muito bem,o hospital fica aqui,no centro da cidade,em frente a linha vermelha e em frente ao parque nobre. Aqui está as informações necessárias,então vam lá e resolvam isso. Todos responderam "ok" e foram para o hospital.

O que será que vai acontecer? Continua no próximo episódio...

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado. É obrigado por lerem. Abraços❤️.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...