História Guerra - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Alícia Gusman, Bibi Smith, Carmen Carrilho, Cirilo Rivera, Daniel Zapata, Davi Rabinovich, Diana Ayala, Jaime Palillo, Jorge Cavalieri, Kokimoto Mishima, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Paulo Guerra, Personagens Originais, Rabito, Valéria Ferreira
Exibições 236
Palavras 640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - Capítulo 10


Na casa dos Ayala o clima era tenso, enquanto Paulo e Alicia estavam na casa da garota falando com os pais dela, Mário e Marce estavam na casa do garoto prestes a fazer a mesma coisa.

Estavam os dois na sala com Natalia, a madrasta dele esperando, Germano voltar com a filha Diana da escola.

 

- E então Marcelina, como andam seus pais? Faz tempo que a gente não se vê. 

- Er.. Eles estão bem mais estão fora do país. Coisas de trabalho e tal.

-Ah tá. 

 

Nesse momento um tornado em miniatura entra correndo pela sala e gritando mamãe. Germano vem logo atrás fechando a porta e se espantando a ver a guerra ao lado do filho e ambos com cara de velório.

 

- Oi, Filhão! Fala norinha.

- Oi pai. -Mário abriu um sorriso amarelo- Senta aí. Eu e a Marce temos que contar uma coisa.

- Mário do céu me diz que ela não está grávida!

- Seu pai é vidente?

- Não eu é que sou azarado mesmo. 

- Ah Mário! -germano se sentar ao lado da mulher- Meu Deus, vocês são só crianças.

- Pai!

- Mas é verdade, Mário você tem 16 anos e a Marcelina nem fez 15 ainda, como vocês vão sustentar uma criança? 

- A gente vai dar um jeito, eu vou procurar um trabalho de tarde ou a noite e vou continuar a estudar.

- Minha nossa e o que os seus pais acham disso, Marcelina?

- Meus pais estão fora do país, tio germano. Meu responsável é o Paulo.

- Ele não era super-ciumento? 

- Ainda é tio, mas graças a Deus a Alicia mantém ele na linha com o negócio do ciúmes e sobre a gravidez... digamos que ele não tá com moral pra brigar comigo

- Isso quer dizer que..

- Aham.  A Alicia também está grávida, tem um pouco mais de tempo que eu, mas acabamos dando a notícia juntas meu irmão quase morreu do coração.

- Imagino, e agora?

- Bom pai eu sei que a casa não é muito grande, principalmente pra receber mais uma pessoa e principalmente um bebê, mas eu quero estar com a Marce em cada momento da gravidez.

-Mário como você disse a casa é pequena.

- Eu sei,  por isso eu quero te pedir pra ir morar com a Marce.

###########################

Algumas semanas passaram e Paulo tinha preparado um aniversário de princesa para a irmã agora com 6 semanas de gravidez.

Primeiro ela ficou aflita achando que isso ia gerar mais prejuízo nas contas da casa. Foi quando o irmão revelou que fazia muito tempo que vinha separando um pouco de dinheiro para fazer aquela festa.

Ela se emocionou e começou a chorar, tanto o guerra mais velho, quanto o Ayala já haviam se acostumado com a montanha-russa emocional das grávidas. 

Alicia já está com 2 Meses e vive tendo enjoos e ataques de fúria que acabam sobrando pro Paulo. O antigo quarto do garoto está sendo reformado para receber os dois novos membros da família.

O grande dia enfim chega. Alicia está com um vestido preto coberto de lantejoulas, Mário e Paulo estão ambos de terno e Marcelina está se arrumando no local.

 

- Vamos gente?

- Ally você está incrível.

- Eu estou gorda. Todo mundo vai perceber que estou grávida!

- Eu vou indo na frente -diz o Mário escapando da sala- Vejo vocês lá embaixo.

- Você não está gorda, você está e é perfeita. 

- Você é tão fofo.

- Por culpa sua. Vamos?

- Sério esconder do pessoal até depois do niver da Marcelina foi uma péssima idéia de quem foi mesmo?

- Sua amor, a idéia foi sua. Kkkkkkk

- Ninguém merece.

 

Os dois encontram o Ayala no térreo e juntos entram no táxi para ir para a festa da Guerra.


Notas Finais


Próximo capítulo : Aniversário da Marcelina, reunião do grupo e a primeira aparição dos vilões


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...