História Guerra Dos Mitos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Deuses, Guerra, Irmãos Gêmeos, Todas As Mitologias
Visualizações 126
Palavras 4.099
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Super Power, Survival, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Ola galera, Aegiosmon aqui! Essa e uma fanfic sobre as mitologias, eu tive que estudar sobre cada uma delas, para evitar erros essas coisas, espero que gostem, bom proveito, provavelmente, eu escrevi coisas erradas, hehe sou meio ruin com isso ainda, mas ignorem ok

Capítulo 1 - O labirinto do minotauro, e os irmãos gêmeos


Fanfic / Fanfiction Guerra Dos Mitos - Capítulo 1 - O labirinto do minotauro, e os irmãos gêmeos

-Alexsander! Acorde! Ele vai nos matar! Acorde agora! Alexsander!
-La estava nós dois... Dois jovens diante de um monstro que acha que pode ter tudo com sua força... Hehe... Pobre iludido, Meu nome e Alexsander Hunter, e a garota que ta gritando e minha irmã gêmea, Grace Hunter. Sim, aquele cara com a cabeça de boi ranzinza e o monstro da mitologia grega, minotauro, melhor deixar eu contar a história desdo começo.
Segunda feira, eu e minha irmã estávamos andando a procura de coisas novas, nossas aparências ? Cabelo preto, roupas pretas, olhos azuis, carregando uma maleta de prata cada, esses somos nós. então vimos uma vila.
-aqui parece um bom lugar para vendermos e compramos coisas, não acha ? - disse eu
-parece ser meio pobrezinho esse lugar, tem certeza que quer vender as coisas aqui ? - ela me respondeu
-bem, mamãe sempre nos falou "Nunca julgue um livro pela capa" certo ?
-foi o papai que disse isso, idiota
-foi é ? Bem, todos erram! Agora vamos la! Eu ja to querendo comer um cavalo de tanta fome!.
Eu e ela fomos a vila e procuramos um lugar para vender nossa "mercadoria". Achamos uma feira, e logo nos misturamos, nosso negócio ? Bem....
-Brinquedos!!! Brinquedos para suas crianças, e para vocês! -gritava Grace, sentada atrás da barraca
-Doceees!!! Doces, Doces, quentes e gelados!!! Tem para todo mundo! -dizia eu com uma caixa cheia de doces andando pelo lugar.
Quando olhamos, algumas crianças puxando os seus pais estavam querendo os brinquedos.
-então, qual vai querer ? O boneco ?- disse a mãe de uma das crianças
-São apenas R$5,00 cada um - disse grace ansiosa
Fiquei olhando e quando percebi fui chacoalhado com tudo
-Heeeeyy!!!!!! Queremos comer!!! Estamos com fome garoto!!! -disse um homem, e quando eu notei, ja tinha uma fila em minha frente.
- M-Me desculpem! Eu estava distraído! E-Espera! Nao empurrem! Meu pé! Calma ai! Esse ai ta R$2,00! Pegar em bala ? Eu nao vendo bala para ganhar bala- dizia eu tentando vender.
Logo a noite caiu, e eu e Grace com o dinheiro em mãos estávamos contando quanto conseguimos, e bem, ela conseguiu R$95,00 e eu apenas R$37,00, somando tudo dava R$132,00. fomos ao um Hotel e nos ficamos em nossos quartos. Me joguei na cama de uma vez.
-Aaah! Eu disse que íamos ter bom lucro aqui! -dizia eu deitado na cama de olhos fechados sorrindo
-voce quis dizer "Eu tive bom lucro aqui" não é ? -respondeu ela
-se eu nao tivesse conseguido R$37,00 nao daria para entrar aqui!
-quem conseguiu mais ?
-você
-quem vendeu os brinquedos como o papai ensinou ?
-voceee
-quem e mais bonita ?
-vo... hey!!!
Rimos e fomos a janela e olhamos a vista.
-aqui e bem legal!, mesmo tendo um pessoal "meio" arrogante, e sem paciência - eu disse
-hey, olha, ali no fundo, depois da floresta! - Disse a Grace apontando para uma espécie de muro bem alto, nao ultrapassava as árvores mas dava para ver legivelmente
-huh ? Parece ser um tipo de muralha, ou muro de casa de algum riquinho ai -eu respondi
-ou pode ser um castelo de um rei rico que tem 5 filhos e estão a procura de uma linda e jovem garota para se tornar sua princesa e se casarem - disse Grace com os olhos brilhando corações
-...bebeu ?
Grace olhou para min com uma cara de "o que você quis dizer com isso ?"
- como e ?
-tch! Desculpa eu estava brincando maninha! Claro que pode ser isso! Pode, pode, pode!!! Mas quem seria essa princesa ?
-HORA SEU DESGRAÇADO!!! -Gritou Grace pulando em cima de min com raiva e fogo nos olhos
-ESPERA!!! EU ESTAVA BRINCANDO!!! AI! NAO ME BATE!!! ISSO DOI!! AAAAAAAAAHH!!!!!
Depois de uma longa noite de sonhos e tapas, eu e Grace fomos ate a vila, da uma olhada, e vimos dois homens conversando, disfarçando eu fui ate eles e fiquei encostado na parede, nao muito longe, mas deu para ouvir a conversa deles muito bem.
-vão mandar mais 7 ou 9 homens para alimenta lo - disse um deles
-nossa, espero que nao me escolham, tenho família para criar, e gosto da minha vida -o outro respondeu
-eu sei, mas dizem que se nao se voluntariar, eles liberta lo de propósito!
-mas isso iria acabar com todos daqui, aquele...
- com licença moços, eu estava ouvindo a conversa e fiquei curioso - Disse Grace entrando no meio da conversa. "As vezes questiono se ela e minha irmã mesmo" eu pensei.
-você e nova aqui não é ? Ok, Eu te logo atrás daquela floresta, tem um labirinto, e esse labirinto, todos que são soltos la, nunca mais voltam, dizem ter uma fera la dentro! Outros dizem ser espíritos! Mas ninguém nunca teve certeza -
- Wooow, mas nao tem nada mesmo ? - Grace Perguntou
-ta dizendo que eu to errado, pirralha ? -o Homem perguntou com um pouco de raiva
-nao, nao. Bem, obrigada, tenho que ir agora -Grace saiu andando de la e foi até min.
-E então ? - eu perguntei
-como se você não tivesse ouvido nada - ela respondeu
- hehehe espertinha, mas você tem que admitir uma coisa!
- o que ?
- você não serve como espiã!
Ela me deu um soquinho no ombro e demos umas risadinhas bobas. Em seguida alguns soldados entraram na vila, um deles tinha o cabelo e metade de uma armadura vermelha, e tinha uma enorme espada nas suas costas, e ele disse gritando extremamente alto. - Então!!! Quem serão os próximos hoje ?!!!! - todos ficaram calados na hora.
- eu perguntei... QUEM!!! SERÃO!!! OS PRÓXIMOS ???!!!!
Eu e Grace fomos até ele sendo simpáticos
-hey, hey, calma ai moço, baixa a bola cara - eu disse
- É, se não, todos ficaram com medo de você gritando desse jeito - Disse a Grace
- ... Levem esses dois, e tragam mais pessoas em seguida - ele disse calmamente, e em seguida saiu andando.
- epa! Nao fizemos nada! - disse Grace com raiva
- bem! Nos nao iremos resistir certo Grace ? - pisquei um olho para ela, e ela se acalmou.
- certo, maninho, nos iremos nos comporta.
Os guardas nos prenderam com algemas na garganta e nas mãos, como garantia que nao iriamos fugir, em seguida entramos e uma jaula de uma carruagem. Esperamos um pouco e logo entraram mais 5 pessoas, 3 estavam sérias, e 2 estavam chorando (4 mulheres e 3 homens no total, 4 + 3 = 7). Eu e Grace ficamos sem entender, então ficamos quietos, depois de um tempo andando naquela carruagem com cheiro de gambá morto! Chegamos e uma espécie de muro, nao muito alto, mas acho que, para ser daquele tamanho, era feito para extremamente em nenhuma circunstância algo sair dali. Uma ponte desceu dali, atravessando um buraco, antes da entrada, os guardas abriram a jaula e pegou todos nós "Atravessem a ponte, ou lhes mato aqui mesmo!" disse ele, nem preciso dizer que as pessoas atravessaram a ponte nos empurrando, né ?!.
Quando nos chegamos la dentro, a ponte se fechou e eles soltaram as algemas, e nos jogaram para dentro do lugar.
- pelas paredes... Parece ser um labirinto mesmo - disse Grace olhando o lugar
- POR FAVOR ME DEIXA IR!!! EU NAO QUERO MORRER!!! TENHO FAMÍLIA!!! POR FAVOR EU FAÇO QUALQUER COISA!!!! MAS NAO ME DEIXEM AQUI!!! -dizia um dos homens enquanto chorava batendo na porta da entrada.
Uma das mulheres foi ate ele e o consolou.
- pare de chorar ou saberão que tem gente aqui! - dizia ela calma
- Alguém... Em nome de tudo que e mais sagrado... Me faz o pequeno favor... de mE EXPLICAR O QUE DESGRAÇAS ESTA ACONTECENDO AQUI, ANTES QUE EU ENLOUQUEÇA!!!!!! -Disse Grace gritando com raiva apontando para cima como se estive declarando guerra!
- ja ouviu falar da história do minotauro ? Digamos que você esta pisando na casa dele agora - disse o homem que estava chorando antes.
- ...............Fudeeeeeeeeeeeeeeeuuu di veeeeiiissssasa - disse eu e Grace. Em seguida um auto e claro grito de uma besta demoníaca se ouvia, todos se assustaram com o grito na hora.
- isso e sério ? Tem mesmo um minotauro aqui ?! - Eu dizia com uma expressão de desespero e raiva.
-A cada uma vez por mês, o rei manda sequestrar entre 5 a 15 pessoas daquela vila onde moramos, ele manda todos para cá apenas para satisfazer o apetite do monstro, caso contrário... O monstro louco por alimento, ira quebrar todas as paredes e chegar a vila, e matar todos, jã tentaram ate outros animais, mas ele so se alimenta de carne humana, ate tentaram envenenar as pessoas mas parece que nao faz efeito....
Mas um grito e ouvido, e dessa vez parecia estar mais próximo.
-nao temos tempo para isso! O labirinto tem saída ?! - disse Grace
-sim, mas ninguém sabe onde é... -disse uma das mulheres
-nos vamos mor...
-VAMOS MERDA NENHUMA!!!! -Disse eu com raiva interrompendo um dos homens que ia dizendo.
-tem uma vaca louca a solta ai! E nos nem saímos do início do labirinto! TODOS VOCÊS!!! LEVANTEM!!!.
Todos eles se levantaram de cabeça baixa.
-se nós nos ajudarmos, nos iremos sobreviver! Nos iremos voltar as nossas famílias! E seremos livres! Quem ta comigo ?!
-...você e louco... Gosto disso! Pode contar comigo -disse um dos homens
-se eu morrer a culpa e sua! -disse uma das mulheres
-se você conseguir poderá se casar com minha filha -uma das mulheres disse
-... Eu num quero não moça, quero viver a vida livre trabalhando com minha irmã mesmo -disse eu
-hahahahaaha o que temos que fazer ? -eles disseram. Expliquei o plano para eles, e logo eles aceitaram mesmo sendo perigoso, ficamos cada um em um canto do labirinto, Jorge (um dos homens) era a isca, esperamos um pouco e em 2 minutos o minotauro apareceu, uma fera com chifres de gelo, cascos grossos, dentes grandes e afiados, e ele estava carregando um martelo de bronze extremamente grande em suas costas, quando ele viu Jorge, ele deu um rugido metálico e logo foi para cima de Jorge que saiu correndo para a direita, onde Márci (uma das mulheres) estava, quando Jorge chegou ate Marci, ele virou para outra direção, atrás de Marci, e Marci foi para outra direção oposta, e o minotauro seguiu ela correndo, Marci pega uma entrada no labirinto e logo saiu Jade (outra mulher) Correndo chamando o minotauro, que parou e se apoiou em um muro por estar cansado.
-maninha, e nossa hora agora - disse eu
- certo, mas tem certeza que é seguro ? -disse ela segurando a minha mão
- claro! Que nao... -girei ela e atirei ela feito uma catapulta acertando as costas dele, mas nao fez efeito algum, ele nem sentiu pelo visto.
-GRACE! SAI DAI! - gritei eu, que acidentalmente chamou o minotauro, o minotauro deu uma forte batida com a cauda fazendo Grace sair voando batendo em um muro, o minotauro foi andando até Grace.
-merda... Ja sei! HEY!!! CHIFRUDO!!! SABE PORQUE TEM CHIFRES ?!!! PORQUE EU COMI SUA ESPOSA A MUITO TEMPO!!! -Gritava eu tentando chamar a atenção dele, que infelizmente... Funcionou!!! O minotauro olhou para min pegando o seu martelo com as duas mãos com raiva babando.
-ferrou...
Sai correndo o mais rápido que podi indo em cantos aleatórios, e passei onde os outros estavam e gritei.
-O PLANO DEU RUIN!!! CORRE!!! CORRE!!! CORREEEEEEE!!!!
todos eles começaram a me seguir desesperados. Enquanto isso, Grace se desgrudou do muro e saiu correndo seguido as pegadas que via no chão.
-merda! Fiquei muito perto daquela coisa! Mas ate que foi útil levar aquele golpe! -disse ela correndo seguindo as pegadas. Eu e os outros levando o minotauro em seguida estávamos correndo feito loucos em grupo.
-ALEXSANDER!!! -Gritou marci
-DIGA!!! -Respondi correndo
-E QUE EU TINHA VISTO A SAÍDA E ACHO QUE SERIA MELHOR SAÍMOS DAQUI EM VEZ DE CORRER AQUI!!!
-PERAI!!! -Gritei derrapando no chão -você viu a saída e nao disse nada ?- disse eu com cara de poker face
-e que eu nao pensei...
-NAO QUERO SABER!!! PODERIA TER AJUDADO A MAIS TEMPO!!! Esquece isso, onde que esta ?!
-a terceira entrada atrás do minotauro - ela disse
-certo, perai! GRACE ?!?!? -quando percebi ela estava atrás do minotauro, o minotauro olhou para trás e viu ela, quando ele se distraiu todos passaram ppr debaixo dele para ir a saída, ele logo percebeu, e deu mais um rugido de raiva, ele pegou o seu martelo e o bateu no chão, fazendo o chão se abrir em nossa direção, logo fomos a direita e saímos do maldito labirinto correndo!.
-ufaaa... Conseguimos! -disse Jorge
-ainda bem, pensei que íamos morrer -Marci
-nunca mais quero voltar la -disse Jade
-Alexsander... O minotauro... Também achou a saída - disse Bradley (outro dos homens)
-Tudo bem... Esse era o plano des do início, hehehe - disse Grace com um olhar confiante e sorrindo
- DESTRUIR A VILA ??!! O NOSSO LAR ??!! VOCÊS SÃO LOUCOS !!!??? -dizia Jorge com raiva
-sabia que nao podia confiar neles - disse marci de cabeça baixa
-calados... Agora vão tricotar antes que o minotauro va atras de vocês... -disse eu sorrindo confiante
-em outras palavras, fu. Jam! -disse Grace.
Todos eles fugiram manos Eu e Grace, o minotauro deu mais um rugido como um grito de guerra, e segurou seu martelo com as duas mãos
-Hey, para com essa merda de ficar "URAAAAAAAAA" dói os ouvidos! Sabia ?! -disse eu com a palma das mãos brilhando um azul celeste
-e mesmo, e esses gritos so os idiotas fazem, sabe ? Tipo o Alexsander como acabou de fazer! -disse Grace com as mãos brilhando, também, um azul celeste
-isso ai! Epa! Para de me usar como exemplos! Eu também vou fazer isso uma hora e voce nao vai gostar!!! -dizia eu com um pouco de raiva da Grace.
Minhas mãos começaram a pegar um fogo azul e logo fui correndo na direção do minotauro, tentei acerta um soco com as mãos ardentes mas ele se defendeu com o braço, na mesma hora, minhas mãos pararam de pegar fogo, o fogo virou dois revolveres pretos com linhas detalhadas azuis! Pulei sobre o braço do minotauro e dei uma rajada de tiros em sua cabeça, ele girou o martelo como uma defesa, em seguida inesperadamente Grace acerta um soco com as mesmas mãos flamejantes que eu estava, porem so no braço direito, e as chamas delas cobriam o braço inteiro dela, o minotauro foi para trás, mas nao chegou a cair, eu fiquei encima do muro do labirinto, apontando uma das armas para ele, as chamas do braço de Grace começam a deslizar como se fossem água e viram uma espada de lamina de prata e punhal azul.
-Alexsander, pode gerar esses revólveres que consegue atravessar qualquer ser vivo com apenas uma bala, ele deu o nome de Seraph Pistol a elas! Quando sao ativados ele fica com sua força maior e defesa também, fora ser um estrategista - disse Grace girando a espada
-E Grace consegue consegue geras essa espada que pode cortar até mesmo o titânio mais puro que existe, ela deu o nome baseado no nome das Serapg Pistol, hehe, Seraph Blade, aumenta a sua força e velocidade, fora ela saber todos os modos de batalha de espada - Dizia eu girando um dos revolveres.
O minotauro se levantou usando o martelo, e ele parecia irritado, babando e batendo no chão com a pata, ele girou o martelo e atacou para cima da Grace, Grace sumiu e surgiu ao meu lado.
- acho que ele nao entendeu mano - disse ela
-e uma vaca mana, ela nao fala português so vaques -disse eu
- ah sim, então.... Muuuu, muu, muuuu, muuuu, mu, mu, mu, muuuu, mu ?.
- sério isso ?
O minotauro bateu os braços no muro do labirinto fazendo o cair, Grace deu um pulo, ja eu nao consegui sair na hora... E bem, aqui estou eu, deitado no chão, com a Grace gritando no meu ouvindo, enquanto o minotauro anda em nossa direção, minhas pernas estão esmagadas e meu braço direito também... Fechei os olhos...
-ALEXSANDER!!! ACORDE AGORA!!! OU NAO IREMOS CONSEGUIR FAZER O NOSSO SONHO JUNTOS!!!
Abri os olhos! E quando percebi o minotauro estava a nossa frente preparado para nos esmagar com o martelo, rapidamente peguei o meu revólver com a mão esquerda e sem olhar para onde apontava atirei, que acertei o braço do minotauro.
- sabe... Voce pode ate me bater, mas eu nao vou cair ate realizar meu sonho!
Mirei na pedra encima do meu braço e atirei, a pedra quebrou ao meio e eu puxei o meu braço de uma vez.
- se voce me assustar assim de novo eu te deixo morrer, seu desgraçadinho -disse a Grace
-Qualé! Ele bateu no muro eu nao esperava cair!
Mirei os dois revolveres nas pedras encima de minhas pernas e atirei, a pedra se separou em 3 pedaços e logo tirei minhas pernas, e fiquei de pé, me limpei do pó.
-Grace, enquanto eu tava quase desmaiado, por que você nao matou ele ?
-ele e muito resistente, e nao gosto de fazer as coisas sozinha, e chato
-ok, ok, admito que e chato mesmo, bem, vamos mata lo ?
-vamos, eu fico com a parte de cima e voce a de baixo!
Grace, segurou a espada nos dentes e deu um rápido pulo na direçao da cabeça do minotauro, que logo tentou um soco, Grace segurou o braço dele, ela moveu a cabeça acertando a espada no braço do minotauro. Em seguida eu começei a atirar nas pernas dele com um dos revólveres.
-A desvantagem dessas minhas armas e que...
O revolver que eu estava atirando fica vermelho, quente e soltando vapor.
-eles esquentam e ficam sem uso até ficarem normais de novo...
Mirei com o outro revolver, e começei a atirar de novo, enquanto o outro revolver esfriava. Grace solto o braço do minotauro e pegou a espada de volta, ela deu um salto mortal para trás acertando as pernas no queixo do minotauro, ela caiu abaixada, e deu mais um salto para o alto segurando a espada, ela tentou corta a cabeça do minotauro mas na hora, ele desviou e acertou as costas de Grace com os ombros.
-Grace! -gritei
Grace, quase bateu de frente com um dos muros, porem ela ficou a espada na exata hora, e ficou encima do punhal dela.
-Alexsander! Vamos inverter agora! Eu fico com a parte de baixo
Ela pulou se encolhendo no ar, pegou a espada e foi numa velocidade impressionante para cima do minotauro. Troquei de braço novamente e comecei a dar tiros nos braços do minotauro, ele tremia todo, Grace enfiava a espada nas patas do minotauro, ate que ela cortou a cauda dele ao meio. O minotauro deu um forte grito metálico, pegou Grace e a arremessou em cima de mim que cai no chão.
-O que você fez ? -disse eu
-Eu cortei a cauda dele, nao esperava ele ficar assim
Se eu cortasse o seu cabelo você ficaria numa boa ?
- claro que nao, eu te mataria
-Isso se aplica a ele!
O minotauro ficou de quatro no chão, e começou a correr na nossa direção "ja tentamos corta-lo, mais ele e rápido, tentamos feri lo a tiros, parece nao fazer efeito! Então o que eu posso fazer ?!......... Ja sei!" falei meu plano no ouvido de Grace que logo concordou, ela saiu de cima de min e ficou a uma distância minima.
-Isso vai doer muito!
Guardei as Seraph Pistols nos bolsos, quando o minotauro chegou próximo segurei os chifres dele e diminui a sua velocidade, mas parecia que sua força era infinita, ele continuava correndo me empurrando.
-DROGA!!!! -gritei
Ele corria me empurrando batendo em árvores, ate que chegamos em um riacho, longe da vila, e do labirinto, pulei por cima dele o fazendo prender os chifres na parede atrás dágua.
-AGORA GRACE!!! -Gritei chamando ela, na hora, Grace aparece ao meu lado e corta o chifre esquerdo do minotauro, ele com raiva se solto e nos atirou para o outro lado do lago
-so falta um chifre agora, consegue fazer aquilo de novo ? -disde Grace
-.................vou te bate Grace! Vamos! Eu nao tenho mais planos
-então vamos lutar contra ele de novo!
Peguei meus revolveres novamente e comecei a atirar nele por inteiro, o minotauro tava andando em minha direção ignorando todos os tiros parecia, depois minhas armas estavam extremamente quentes! Nao dava para atirar mais nada. Grace então, entra na frente e enfia a espada no meio do peito dele, mas ele parecia nao ligar, ele segurou ela com uma mão, e bateu ela no chão fazendo levantar toda a água vem volta, mas na hora ela saiu antes de chegar ao chão, ele deu um pulo e foi de punhos em minha direção, desviei, e fui ate o muro que estava o chifre.
-Grace! Tive uma ideia, a ultima, que pode ter chances 99/100 de nao funcionar!
Ela apareceu ao meu lado preocupada.
-se morrermos a culpa e sua, idiota!!!! -ela disse
-ok, ok, me ajuda aqui agora
Comecei a puxar o chifre que estava preso na parede.
-Voce vai usar isso!
O minotauro começou a correr a nossa direção com raiva!
-isso nao ta dando certo! -disse Grace, ela pegou a espada e enfio dentro do chifre e o puxou! O chifre se funde a espada formando uma lâmina espiral!, o minotauro da um pulo pegando em pulso e bateu a cabeça na parede a quebrando, na hora eu e Grace demos um pulo desviando, entao Grace fez o primeiro ataque, o minotauro tenta desviar mas o seu chifre tava preso, ele desviou, mas o golpe de Grace arrancou o seu braço esquerdo com extrema facilidade, ele com a dor começou a gritar em pânico, ele na hora se solto quebrando o outro chifre restante! Na hora eu dei um salto acertando o peito dele e o faz cair sentado no chão! Enfiei meus revólveres dentro no chifre que estava preso na parede, os revólveres mudaram de cor ficando como a espada da Grace.
-Nos vamos matar por voce! Como vice matou todos os humanos que devorou! -Disse Grace
-bom apetite mana -disse eu
-huh ? Voce me entendeu! -ela respondeu
O minotauro se levantou e pegou seu braço que estava no chão, ele foi para cima da Grace, logo dei um tiro, a pala estava como uma espiral de parafuso, quando a bala acertou o braço que ele estava segurado, o braço simplesmente explodiu com o impacto, Grace ataca novamente e com um só golpe, ela corta o outro braço e as pernas do minotauro, a criatura gritava de dor, como se estivesse pedindo socorro, Eu e Grace fomos ate ele andando, Grace colocou a ponta da espada na garganta dele, e Eu coloquei o cano do revolver da testa dele.
-A Família Hunter... Nunca falha em sua missão -dizemos juntos.
Grace enfiou a espada e eu dei um tiro, tudo ao mesmo tempo, Grace arrancou a cabeça do minotauro fora, e eu dei uma série de tiros que a separou ao meio. Em seguida um pedaço de metal negro sai do peito do corpo do minotauro, e vai para o céu sumindo entre as nuvens, as nossas armas voltam ao normal, elas so ficam na forma absorvida se o ser que foi absorvido estiver vivo, como matamos o minotauro, nossas armas voltaram ao normal. Depois voltamos para a vila, fizeram uma festa para nós comemorando a morte da criatura, tive que fugi da filha de Jade, eu falei que nao queria me casar com ela, mas acho que Jade nao me ouviu, depois de tudo, eles me explicaram tudo, os Deuses entraram em guerra, Gregos, Nórdicos, japonês, chineses, hindus, egípcios, todos, e se eles se encontrarem, ira condenar o mundo inteiro, e eles acham que nos podemos salvar o mundo hahahahahahahaahahahahahahah HAHAHAHAHAHAHAA cof cof cof merda exagerei! E CLARO QUE PODEMOS AJUDAR!!!! mas nos iremos ter uma palavrinha com o rei dessa vila antes, por algum motivo, nao me sinto bem com ele. Bem, e isso, eu e minha irmã, somos de uma família que mata tudo e todos, vendemos brinquedos, temos o poder de gerar a Seraph Pistol e a Seraph Blade, e queremos salvar o mundo, bem e isso, tchau


Notas Finais


Eu sei ficou muito grande, mas bem, espero que vocês tenham entendido! Isso e tudo, tchau!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...