História Guerra Dos Mitos - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Deuses, Guerra, Irmãos Gêmeos, Todas As Mitologias
Visualizações 8
Palavras 1.782
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Yoooo! Eu sei deveria ser cap de the mega vírus, mas eu tenho desculpas: 1° to fzd uma nova fic de crossover; 2° tenho escola e meus pais no meu pé 3° preguiça e internet ruim ;-; boa leituraaaa ^-^

Capítulo 31 - Família


Fanfic / Fanfiction Guerra Dos Mitos - Capítulo 31 - Família

 Olhava para Hades como se aquilo tivesse me matado por dentro... E foi o que aconteceu

-O-O que ?! Explique isso! -diz Grace inconformada

-Melhor eu explicar isso direito - diz Hades que faz um trono obscuro sair do chão, Grace fica ao lado sentada - a alguns dias, a família de vocês estavam fazendo uma festa de aniversário do primo de vocês, Jason Voorhees, o único que não tem Hunter no nome, mas enfim, ele estava completando 9 anos, e todos estavam reunidos, seus pais, tios, avós, primos, todos... Porém um convidado que ninguém tinha chamado apareceu, ninguém o conhecia, ele envenenou todos com um seringa e veneno, a vó de vocês, e seus pais, e un dos tios viram e não demorou o ódio os domar... Ouve uma grande luta, mas perderam, a pessoa matou todos, e em seguida queimou os corpos, e sobrou apenas o primo de vocês, Jason...

-C-Como sabe disso tudo...? - perguntei a ele de cabeça baixa

-Eu estava no campos Elíseos, onde vi alguém que parecia um de vocês, quando vi, era a tia de vocês, Célia Hunter, e comecei a ir atrás de informações para saber, e foi exatamente isso que ela disse... Meus pêsames -ele parecia aflito com a situação, Grace coloca sua cabeça em meu ombro onde eu coloquei a mão a acariciando devagar

-Sabe quem foi o assassino ? -perguntei

-Infelizmente não, eu ainda irei ver isso... Vocês teem total acesso ao tártaro e aos campos Elíseos se quiserem... É só dizer, agora tenho que ir, até logo e cuidado crianças -diz Hades que afunda em um portal no chão. Grace estava fixamente parada me abraçando, e eu quase igual a ela, agora temos um primo para cuidar, e acho que isso vai ser difícil, o pessoal ainda não tinha entrado

-O que vamos fazer agora ? -pergunto a Grace

-Iremos... Iremos... Eu não sei... -ela diz afundando seu rosto ainda mais em meu ombro, abracei ela fortemente com meu braço

-Teremos que ser fortes agora... Igual quando o Jerry morreu... -eu dizia de olhos fechados

-Jerry é um caso diferente... Ele era um coelho, e não nossa família...

-Você quase me jogou da escada quando ele morreu... Eu e você ficamos sem comer, nem beber por três dias... Choravamos bastante também... Mas... Vamos pelo menos tentar ficar bem... Hades disse que podemos ver eles quando quisermos, não disse ?

-Eles estão no tártaro e no Elíseos, eu ainda não entendi isso...

Ela me abraça um pouco mais, ela então deita a cabeça sobre meu colo

-Quer ir ver eles agora ? -perguntei

-........Quero...

Julgando a situação, não iremos passar da mitologia grega... Eu perdi um braço, perdi minha família, acho que não da para piorar isso, dá ?

[...]

Estávamos nos campos Elíseos, tinha um castelo enorme que foi de onde viemos, um castelo cinza com vidros coloridos, as pessoas de la eram muitas, e tinha um tipo de muro que seguida em linha reta parecendo não ter fim, era o famoso muro das lamentações, tinha também dois rios, muitas árvores, e eu tinha visto um parquinho simples, balanços, escorregador, gira-gira, e etc. Eu tinha visto os meus primos la

-Não mudaram nada como eu disse -dizia eu com uma... Com a mão na cintura, eu estava totalmente de preto, ok, um blazer preto com uma florzinha azul no bolso do peitoral

-Realmente, não mudaram nada -diz Grace em resposta, e ela estava com uma roupa igual a minha porém em versão feminina - Grace não gosta de vestidos, ela diz que é brega e etc... Ela tem aquele toque de menina que age como menino - e ela estava com o cabelo solta, coisa rara.

-Primo Alexsander, Prima Grace! -diz nossos primos, eram eles Jéssica Hunter e Yuto Hunter... Sim, tenho tio meio asiático, Jéssica é uma garota simples, óculos pretos, e usava um short curto... Bem curto, tava com uma camisa regata com a estampa de um unicórnio e um panda lutando, meu primo tem o cabelo curto aos lados, a cima e atrás é comprido meio espetado, tava usando um blusa meia manga, e um bracelete preto com pregos, e uma calça jeans rasgada no joelho

-Vocês também estão...

-Como eu disse, eu me recuso a morrer -interrompe Grace

-Você continua linda, prima -diz nosso primo, sim, ele tem uma queda pela Grace

-Caham! Quanto ta o pastel de flango ? -digo eu cortando o ar de romantismo dele, e ele me olha feio, eu olho feio de volta

-Primo, cade seu braço ? -pergunta Jéssica segurando a manga do blazer procurando

-Aahh... Perdi ele a uns dias... Ou um dia, eu não sei mais, cade nossos pais, tios e avós ? -perguntei mudando o assunto

-Estão para la, estão olhando o lugar ainda -diz o primo, e logo fomos ir ver eles. Andamos bastante, até chegarmos, e la estavam eles, meu vô, minha vó, meu pai, minha mãe, meus tios e tias

-Grace..? Alexsander..? -questiona nosso pai nos olhando, meu pai era da parte "sem poder" ele tem cabelo preto com uns grisalhos, barba curta, bem curta, mais alto que eu, na verdade o mais alto da família, olhos verdes claros, e estava com uma roupa simples, uma meia manga escura com a estampa de uma caveira vomitando sangue, usava uma jaqueta de couro, e uma calça jeans escura, e botas de couro, o cabelo e meio ondulado. Minha mãe tem o cabelo comprido, ondulado nas pontas, e como nós, pele quase branca, cabelo preto de pontas azuis, olhos azuis, e estava com uma saia comprida roxa meio escura, uma blusa branca de manga roxa

-Depende, tem outros filhos com esses nomes ? -perguntei ironicamente, ambos, nós quatro, fomos andando rapidamente uns aos outros onde nos abraçamos

-Vocês cresceram bastante em ? -pergunta nossa mãe, seu nome era Mey Hunter, e meu pai era Bruce Morgan

-Nah, apenas 7 cm des da última vez que nos medimos -diz Grace em resposta

-Ja ta levantando quanto de peso ? -pergunta meu pai a mim

-Ja disse que não vou fazer musculação, não quero acabar que nem aqueles marombas! ...189... -eu disse em voz baixa a última parte

-Pelo menos levanta -diz Bruce que em seguida ri de mim

[...]

Estávamos todos juntos, conversamos, riamos, mini brigas, e etc

-Você tem que comer beterraba -diz minha vó

-Eu aviseeei -diz Grace me ironizando

-E você tem que comprar um cachorrinho -eu disse em resposta, posso só ter dito isso mas na minha mente eu disse: E você tem que comprar um cachorrinho para cuidar da vida dele e não minha... Xeque mate veia!

-Hades esta chamando vocês dois agora, o tempo de visita acabou -diz uma figura saindo do chão, tinha os cabelos pretos, e um tipo de mascara em forma de asa que pegava um pouco de seu rosto direito, ele tinha os olhos meio sem expressões, a asa de seu rosto ia engolindo até a sua orelha, ele usava um capuz com ombreiras negras com dourado, seu nome era Hypnos, o Deus do sono

-Verdade, ele deu até 30 minutos a mais -diz outra pessoa, era a mesma coisa, só que no lugar da asa ficar na esquerda estava na direita, e ele tinha os cabelos pretos, era ele Thanatos, o deus da morte... Ok, personificação, mas é a mesma coisa, e diferente de Hypnos, ele usava prateado em vez de dourado

-Certo... - diz eu Grace nos levantando suspirando, demos um último abraço nos nossos parentes e fomos embora ao lado dos deuses gêmeos

-Então, como perdeu o braço ? -pergunta um deles, era Hypnos

-Huh ? Estávamos lutando contra Apolo, até ele atirar um raio que desintegrou meu braço... -eu dizia meio magoado, não estava acostumado

-Hã ? Você parou de lutar ? -pergunta Thanatos

-Sim

-Você sabe algo sem usar um braço ? -pergunta Hypnos

-Sim, escrever, sou destro

-...Já é uma coisa -diz Grace com cara de: pocker face

-Onde querem chegar ?!

-Eu conheço uma pessoa que meio que luta artes marciais, e não tem um braço -diz a morte me olhando sadicamente - mas tem um preço a cobrar...

-.......Pai Hades, cade você ?! -grito esperando Hades aparecer desesperado

-Hahahaha ele se refere a alguém que conheceu... - diz Hypnos rindo

[...]

Depois de uma longa, longa, longa, longa conversa! Fomos a uma floresta, ja estava a noite, e eu tava com minhas roupas normais, e acompanhado de Joe, estávamos numa estrada de barro numa floresta densa com um nevoeiro forte, e apenas uma árvore com folhas. Vocês se perguntam "E como fica Zeus e os outros esperando a luta ?"

[Flashback]

-Então vão demorar mais um pouco para ir contra os deuses ? -pergunta Hermes a nós

-Sim, precisamos de mais reforços antes, e não tem como lutar sem um de nós, então vamos juntar alguns antes -diz Grace em resposta

-Certo, Zeus ficara esperando, ele deve ter paciência para isso -diz Hermes que logo sai correndo e em seguida voar

[Fim do flashback]

Isso respondeu ? Hehe

-Aaaaaah - boceja Joe - isso vai demorar muito ?

-Ainda me pergunto por que raios você veio ?

-Eu não queria ficar la... Grace e Eve só sabem falar de garotos, ou de seres, Tobe só fica falando com um colar dele muito estranho! E eu fico aonde ? Ouvindo ambos!!! Prefiro ficar de vela com um sem braço do que aturar isso!!!

-Eu em... Poderia puxar assunto com um deles sei la, maaaaas você que sabe...

Logo, passos são ouvidos e a silhueta de alguém e vista de longe e se aproximava devagar, assim como eu, estava sem um braço, eu sem o esquerdo e a figura sem o direito, conforme ia se aproximando, mais coisas eram vistas, era uma mulher, aparência de 20 anos, cabelos loiros que iam ficando ruivos nas pontas, olhos azuis, usava uma jaqueta e uma camisa, a camisa laranja deixa sua barriga de fora, estava com calças jeans verdes escuro

- Você é Alexsander Hunter ? -ela me pergunta, logo Joe bate o cotovelo devagar em meu braço

-Cara, ela é muito gata! Olha aqueles seios! -diz Joe em meu ouvido, a única coisa que eu fiz foi como qualquer um: bati o cotovelo com força em seu abdômen

-Sim, sou eu mesmo, e você é a ?

-Jaime Twister, bem, vamos -diz ela se virando e indo embora, e eu vou em seguida, e ela ignorou totalmente a existência de meu melhor amigo

-Onde teremos que ir ? -pergunto a ela

-Sem perguntas, apenas ande -ela diz de maneira fria

-Hey! Eu não existo mais ? -pergunta Joe entrando na frente da garota tentando tirar sua atenção

-Sua existência é algo que eu não quero saber durante os momentos que o Alexsander estiver ao meu lado ao treino -ela diz ainda com a maneira fria, Joe fica totalmente gélido, ele para uns momentos e volta a nos seguir, eu permaneci calado, não queria levar uma patada também.


Notas Finais


#JoeTaNaBad kkkkkkk enfim, eu sei ta curto, bem resumido, mas calma, eu n falei "longa conversa ?" digamos que depois eu vou meio que falar o que eles disseram kkkkk. Isso é tudo pessoal! Até a próximaaaaa e eu n sei se posto o cap da nova fic hj, ou amanhã... Ou depois sei la ;u;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...