História Guerra Fria - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sorriso Maroto
Personagens Bruno Cardoso, Cris Oliveira, Fred Araújo, Personagens Originais, Sérgio Jr., Vinícius Augusto
Tags Bruno Cardoso, Romance, Sorriso Maroto
Exibições 41
Palavras 1.459
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Implorando por monotonia


Fanfic / Fanfiction Guerra Fria - Capítulo 18 - Implorando por monotonia

Eu estava sentada de costas para Bruno,encaixada em suas pernas e encostada em seu peito na enorme hidro do quarto dele.Fizemos amor de forma urgente e cheia de paixão,e logo depois ele encheu a banheira e me chamou para um banho.
- Sabe amor...- começou ele
- Hmmm – respondi de olhos fechados
- O que acha de viajarmos?
- Pra onde?
- Você decide...qualquer lugar!
- Por que isso agora? –perguntei desconfiada
- É que – ele começou a massagear meus ombros – esses últimos dias tem sido muito conturbados,quer dizer,primeiro você vai no médico e....
- Amor,não quero falar sobre isso ainda....
- Sim,eu sei me perdoa...enfim,aí você briga com a Anitta...
- Não quero falar sobre ela também...
- E depois – continua ele – eu sou drogado,sou atendido por um ex seu,e aquele filho da puta do Victor aparece do nada.
- Também não quero falar sobre ele.
Bruno ri e continua a massagem pelas minhas costas.
- Eu sei meu amor,mas entende o que eu quero dizer? A gente não tem tempo pra nada...nos vemos todos os dias,mas você está sempre atarefada e eu também.A noite estamos exaustos.E quando acordo não tenho você mais na cama...Eu quero tempo com você,quero curtir você!
- Eu também amor,mas ainda temos muito trabalho pela frente!
- Pensa comigo,essa é a última semana de gravações,e aí no sábado vamos receber duas fãs ganhadoras da promoção pra nos conhecer e passar um dia conosco,lembra que comentei?
- Sim!
- Depois disso,vamos participar de um programa na rádio na segunda e aí damos uma pausa de 1 mês até a turnê começar! Depois de segunda,vamos viajar e passar um tempo sozinhos!
- É isso que você quer? Tem certeza? Não quero atrasar sua agenda amor!
- Tenho certeza – ele diz descendo as mãos até meus seios – e você nunca me atrasa Bárbara.
- Sr.Cardoso,isso é abuso! – eu digo divertida
- Não tem como não ser pervertido com você Srtª Maldonado.
Já consigo sentir a ereção dele dura em minhas costas,ele começa uma longa tortura de beijos pelo meu pescoço enquanto acaricia meus seios.
- Bruno,aqui não!
- Por que? – ele pergunta enquanto desce sua mão pela minha barriga
- Vamos derrubar água pelo banheiro todo!
- É só água amor!
Ele chega até meu ponto mais íntimo e me toca,ali.Solto um gemido e em seguida arfo de prazer quando ele introduz dois dedos em mim.
- Oh,Bruno,por favor,aqui não!
- Sempre pronta pra mim querida! – ele geme em resposta
Sua ereção cresce em minhas costas enquanto ele me fode com os dedos.Com a mão livre ele puxa o meu cabelo para o lado e começa a mordiscar e lamber meu pescoço,e eu fico desnorteada de prazer,e sinto aquela sensação crescer dentro de mim,não vou aguentar por muito tempo.
- Bruno....
- Sim amor...fala,o que você quer que eu faça....
- Bruno eu vou...
- Agora princesa,goza pra mim!
E sua ordem era tudo o que eu precisava pra explodir em mil pedaços com um gemido alto.Tenho espasmos em seus dedos que ainda estão dentro de mim,enquanto ele beija meu pescoço e depois vira meu rosto pra enfiar a língua na minha boca,num beijo quente e promissor...ainda não acabou.Acabei de ter um orgasmo e quero mais.
- De quatro gostosa! – ele ordena e eu obedeço – então você gosta que eu te foda com o dedo é?
- Sim – gemo dengosa em resposta – mas prefiro....
- Prefere o que? Hã? – ele pergunta enquanto enfia bem devagar um dedo em mim novamente.
- Oh Bruno,por favor...
- Fala pra mim delícia,o que você prefere!
- Seu.... – ele começa as estocadas de novo,enquanto dá tapas na minha bunda – Seu Pau!  Eu prefiro seu pau! – consigo falar
Ele rapidamente se coloca atrás de mim e numa estocada só me penetra,sem dó e sem rodeios,ambos soltamos um gemido.Ele enrosca a mão nos meus cabelos e puxa pra trás enquanto me penetra.Uma,duas,dez vezes,e sinto o prazer crescer em mim.Bruno continua a me penetrar,e com a mão livre passa pela minha bunda e devagar leva o polegar até minha região proibida.Eu enrijeço na hora.
- Calma amor,não vou fazer nada que você não queira.Apenas sinta querida,posso te dar prazer de várias formas.
E com movimentos circulares ele faz uma leve pressão ali,enquanto ainda me penetra,e a onda de prazer que eu sinto me deixa surpresa e ao mesmo tempo inebriada de prazer.
- Bruno,por favor...
- Peça...
- Oh amor,não faz assim comigo – imploro
- Agora meu amor – ele diz enquanto penetra mais forte – juntos!
E mais uma vez me desfaço em pedaços enquanto um violento orgasmo me leva até o céu e me traz de volta á terra.Bruno começa a depositar vários beijos pelas minhas costas enquanto sai de dentro de mim.Ele liga a hidro que começa a borbulhar a água que nos cerca e me leva de novo pra deitar em seu peito.
- Amo você – ele diz
- Eu também amo você – digo sonolenta.

**

Terminamos nosso banho no chuveiro e depois vesti meu roupão.Ia dormir,porém era fim de tarde e eu estava faminta.
- O que foi? – Bruno perguntou enquanto saía do banheiro secando o cabelo em uma toalha,ele estava incrivelmente lindo.
- Nada – eu digo sorrindo – só admirando!
- Admirando é? – ele ri,e sem vergonha desenrola a toalha presa na sua cintura,revelando sua nudez por baixo.
- Isso não vale! – faço biquinho
Ele sorri e vai em direção ao closet.
- Estou com fome – falo alto pra que ele me escute do outro cômodo – vou descer e fazer algo pra comermos.
- Ta bom,eu  já desço.
Vou até a cozinha,e em cima do balcão há uma torta enorme de frango.Maria,com certeza fez.Ainda estava quente,o que significa que ela não tirou do forno a muito tempo,de repente me sinto envergonhada,será que ela escutou nosso barulho indecente no andar de cima?
Corto dois pedaços enormes,vou até a geladeira,pego duas latas de coca e me dirijo até a sala com tudo em uma bandeja.Ligo a netflix e coloco na minha séria amada.Na metade do episódio,sinto o cheiro da colônia de Bruno preencher a sala.Me viro e lá está ele,o homem que eu amo,parado olhando para a TV com cara de tédio.Não consigo deixar de gargalhar.
- Grey’s Anatomy,de novo? – ele finge um desmaio no sofá
- Há amor por favor,só esse!
- Vamos assistir Narcos!
- Depois...quero terminar esse episódio primeiro!
- Tá acabando já?
- Sim – eu respondo sorrindo.
No fim do episódio,enquanto seco minhas lágrimas e Bruno tira sarro de mim,Maria entra no cômodo com o telefone na mão.
- Desculpa atrapalhar – ela diz de cabeça baixa – mas é urgente Bruno!
Ele na hora levanta,pega o telefone da sua mão e vai até a sacada,fechando a porta de vidro.
- Tá uma delícia isso aqui Mah!
- Obrigado dona Bárbara.
- Senta Mah,assiste comigo Grey’s....o Bruno odeia – falo rindo.
- Dona Bárbara,não quero ser inconveniente,mas era o advogado do Bruno no telefone,e ele pediu que eu ligasse a TV pra ele,urgente.
Na hora desfaço minha cara feliz,caralho o que aconteceu agora?
Saio do Netflix e coloco no canal indicado pela Mah,estava passando um programa de notícias,que tinha um quadro muito famoso de fofocas.Lá havia uma foto minha,falando ao celular enquanto entro em meu carro,ao lado em uma montagem haviam várias fotos do Bruno comigo.No carro, no shopping,e até no casarão!
- Como eles conseguiram essas fotos?
Ouço a voz do Bruno ao telefone,ele está a caminho da sala,procurando pela TV.
- Sim,estou vendo.Liga pra emissora e descubra quem fez as fotos.Não vou dar resposta alguma – ele diz frio – quero que se foda o que eles pensam ou especulam.
Olho pra TV novamente e a manchete enorme diz “Bruno Cardoso,vocalista do grupo Sorriso Maroto é flagrado com sua amante”,enquanto isso a apresentadora finge estar chocada,e se diz muito magoada por Anitta.Demoro um tempo até assimilar a informação.Claro.Pra mídia eles são namorados.
Bruno desliga a TV e olha pra mim sério.
- Amo você – ele diz enquanto me beija – vou descobrir quem tirou as fotos – ele faz outra pausa pra mais um beijo – e não quero que fique preocupada.É só uma notícia de fofoca.Logo outro artista faz algo interessante e eles esquecem da gente.
- Tudo bem...
- Ainda assim,meu advogado acha melhor que eu converse com a Anitta,pra ver se existe a possibilidade de uma nota de esclarecimento por parte dela á imprensa.
- Porque ela?
- Esse tipo de notícia não faz bem pra minha imagem amor,ainda mais agora com um CD prestes a ser lançado.Então se ela concordar em dizer que nós terminamos a algum tempo eu não saio como vilão e ela não sai como traída.Todo mundo fica feliz!
- Okay... – respondo sem grande entusiasmo.
Será que terei algum dia normal,sem grandes emoções pelo amor de Deus?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...