História Guerra Fria - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sorriso Maroto
Personagens Bruno Cardoso, Cris Oliveira, Fred Araújo, Personagens Originais, Sérgio Jr., Vinícius Augusto
Tags Bruno Cardoso, Romance, Sorriso Maroto
Exibições 20
Palavras 1.553
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 30 - Felicidade define


Fanfic / Fanfiction Guerra Fria - Capítulo 30 - Felicidade define

Estava no carro,Bruno dirigia sem dizer uma palavra,aliás ele não disse absolutamente nada desde que contei á ele sobre o bebê.Ele não quer esse filho,é isso.Não tem outra explicação pra essa reação,ele simplesmente pegou na minha mão e me conduziu até o carro dele,e os seguranças pegaram o meu carro e nos seguiam.Não sei pra onde vamos,pra minha casa,ou a dele,e na verdade eu nem ligo,estou me preparando psicologicamente pra fúria dele.Estacionamos no prédio dele,claro e pegamos o elevador,quando entrei Maria parecia surpresa,mas não disse uma palavra sequer,ele me conduziu até o seu quarto e fechou a porta.Era agora.Ele me olhou sério por segundos intermináveis,eu até fiquei arrepiada.E então o inesperado aconteceu,ele avançou em minha direção e grudou sua boca na minha,acabamos encostados na parede do seu quarto,enquanto ele explorava minha boca com a sua língua.Foi como um bálsamo,era tudo o que eu precisava.Aquele toque,aquele perfume,ele,as mãos dele....meu Bruno,minha cura.
- Nós vamos fazer isso – ele disse interrompendo o beijo – vamos ser pais! – ele parecia feliz – meu Deus como eu amo você,como eu senti sua falta!
Ele me beijava por todo o rosto e acariciava meus cabelos.
- Eu....achei que você ficaria bravo...depois do que eu vi com a Anita eu pensei... – comecei a falar mas ele me interrompeu
- Ela me beijou amor,aquele dia.Ela avançou e me beijou e bem na hora você chegou.Juro pela vida do meu filho que eu e ela não temos absolutamente nada,e que é você a mulher da minha vida!
O jeito como ele jurou me deixou com o coração aquecido.
- Como vamos fazer isso juntos Bruno? – perguntei – a Paula...ela pode...
- Foda-se ela! –  falou – desculpa – ele riu – não estou sendo grosso...mas é assim que me sinto! Amor você tem noção do presente que está sendo gerado aqui? – ele perguntou colocando a mão na minha barriga – meu filho! Ninguém vai me impedir de acompanhar essa gravidez,e de criar meu filho entendeu?
- É perigoso amor – falei tentando agir pela razão – eu sei que você está feliz por essa gravidez,e que não quer perder nada,mas e se ela jogar na mídia o que tem contra você? E se deixar que o Victor venha atrás de nós? – falei imitando-o e colocando minha mão por cima da mão dele
- Por enquanto,até termos um plano melhor,vamos fingir que continuamos separados.Tem  um apartamento á venda aqui nesse prédio,a dois andares abaixo,vou comprar no seu nome,como se você fosse se mudar pra lá,e na verdade ficará aqui em casa.
- Amor,não...eu não tenho dinheiro pra comprar um apartamento nesse nível,e não quero que você gaste seu dinheiro,podemos pensar em outra coisa.
- Bárbara você vai ser a minha esposa num futuro não tão distante,e tudo o que é meu é seu também – ele me deu um beijo – de vocês dois.
Naquele instante,todo o nervoso que passei nos últimos dias veio de uma vez só,um misto de emoções que não consegui controlar,e explodi num choro alto e desesperado.Bruno me abraçou e me levou até a cama.
-Não chora,vocês estão seguros,vai ficar tudo bem!
Me permiti chorar toda a minha angústia,e acabei adormecendo.Acordei com barulho de água,e um cheiro maravilhoso de sabonete líquido...o cheiro é cítrico...limão? Pensar em limão faz minha boca se encher de água,e agora sei exatamente o porquê.Desço até a cozinha e percebo que já é noite.Caramba! Dormi o dia inteiro? Abro a geladeira atrás de limão,e os acho,lindos numa prateleira,pensei em fazer um suco,mas estão tão bonitos,que os corto ao meio e passo sal....espremo na palma da minha mão e levo o suco á boca.Meu Deus! Que coisa deliciosa,como não pensei nisso antes?Meio limão depois e eu de repente sinto azia...abro o armário e pego um sal de frutas....depois coloco no lugar.Será que eu posso tomar isso?
Abro a geladeira novamente pra pegar água gelada,mas reparo em uma torta holandesa que eu não tinha visto da primeira vez.Pego minha água e uma fatia bem grossa da torta e me sento na bancada.Minutos mais tarde quando já estou lambendo os dedos Bruno aparece na cozinha com um sorriso de orelha a orelha:
- Desejos? – ele brinca
- Não é muito cedo pra isso? – questiono – senti o cheiro do seu sabonete e fiquei com vontade de chupar limão.
Ele fez uma careta engraçada.
- E acabou comendo torta?
- Sim – respondo – o limão me deixou com azia...e agora a torta me deixou enjoada!
Ele dá uma risada gostosa.
- Há meu amor,senti tanto a sua falta – ele disse me abraçando – da sua voz,das suas risadas,da sua bagunça....essa casa ficou sem vida todo esse tempo! E agora você está de volta...e grávida! Eu não consigo mensurar minha felicidade!
Ele passou seu braço pela minha cintura,e eu o beijei faminta,sedenta por mais.Fazia tanto tempo desde a última vez.Quando começo a tirar sua camisa ele me interrompe:
- Amor,será que podemos?
- Não seja bobo – eu falo tirando as alças do meu vestido – estou grávida,não doente!
Ele me come com os olhos e depois com um sorriso sacana dispara:
- Não dá pra saber que você está grávida ainda...mas seus seios te denunciam...estão maravilhosos!
Ele me lança um olhar de luxúria e eu já me sinto incendiada por dentro.
-  Não quero perder tempo com preliminares meu amor – falo rápido – por favor,preciso de você,e preciso agora!
- Não posso negar o desejo de uma gestante – ele diz sorrindo.
Fizemos amor ali mesmo,na bancada da cozinha.Foi lento,gostoso e extasiante.Em meio ao êxtase confessamos nosso amor um pelo outro,e chegamos ao ápice juntos!

**

Acordei suada e com o estômago protestando,corri pro banheiro e vomitei tudo o que tinha no estômago.Engraçado,nunca tinha vomitado,mas parece que foi só descobrir a gravidez que comecei a sentir os sintomas.
- Amor? – Bruno perguntou sonolento da cama – tudo bem?
- Tudo – gritei do banheiro – acho que comi torta demais ontem – falei – já estou saindo!
Escovei os dentes e lavei o rosto.Vestia uma camisa do Bruno apenas,nada por baixo,estava morrendo de calor.Quando saí do banheiro,encontrei um Bruno com cara amassada e cabelo bagunçado sentado na cama e sorrindo.Lindo!
- Oi – ele disse me puxando pra perto – bom dia amor! – ele me deu um selinho – e bom dia pra você também meu amor – ele disse beijando minha barriga – pega leve com a mamãe!
Eu sorria tanto que minhas bochechas estavam doloridas.Ficamos na cama namorando,e depois o Bruno teve que sair,ele participaria de um programa ao vivo aquele dia.Ele ligou pra mãe antes de sair,e a convidou pra almoçar na casa dele domingo.Fiquei ansiosa,não a conhecia ainda e acho que o Bruno contaria da gravidez,como será que ela reagiria? Me arrumei e resolvi dar uma volta,liguei pra Maria e ela me contou que estava fazendo compras,ficou animada com a minha ligação e feliz por termos voltado,mas não contei nada á ela sobre meu bebê,e foi aí que tive uma idéia.Passei em uma loja e comprei várias camisetas brancas,depois pedi pra personalizarem.Mandei escrever “Promovido á titio”,e em uma escrevi “Promovida á titia”,essa seria da Mah,e as outras dos meninos da banda,embaixo da frase tinha a foto do meu ultrassom,minha bolinha.Coloquei cada camisa numa caixa enfeitada,e saí da loja em disparada pra casa,precisava estar lá quando eles chegassem.
Mais tarde depois de tomar café com a Mah e saber de todos os babados que se passaram na minha ausência eu já estava ficando com sono,aliás esse é um sintoma que eu venho sentindo á semanas.Durmo muito durante o dia e pouco á noite.Claro que noite passada foi uma exceção,mas no geral,troco o dia pela noite.Quando já estava quase me retirando pro quarto,ouvi aquela falação se aproximando da porta e meu coração dobrou de tamanho! Como eu amava aqueles meninos,senti falta de todos eles.Quando entraram e me viram pareciam confusos,e entendi  que o Bruno não tinha contado á eles sobre a nossa volta.A zona estava armada! Entraram fazendo a maior gritaria,me pegando no colo,me abraçando e fazendo milhões de perguntas!
- Meninos – eu disse gargalhando – me ponham no chão por favor! Amor – gritei pro Bruno mas ele dava risada também.
- Foi você que acostumou mal – ele me disse – eles sentiram sua falta.
- Que bom,porque eu tenho presentes pra todo mundo – falei animada – todos no sofá já!
Todos eles foram correndo e falando coisas engraçadas do tipo “Espero que seja um relógio” ou “Nem vem com chocolate”.Chamei a Maria e pedi que ela se juntasse á todos.
- Bom...- comecei – quero que saibam que senti muito a falta de vocês,que são minha família agora,e que eu estou muito feliz em poder dar esse presente pra todos!
Distribuí as caixas e contei até três pra que abrissem.Um a um todos foram tirando as camisas e abrindo-as pra ler o que estava escrito.
- Promovido á titio? – perguntou Vini – não entendi!
- É serio isso? – Sergio perguntou
- Não acredito – Chris disse animado – vocês estão grávidos!
Eu comecei a chorar de felicidade e todos vieram me abraçar,a única que chorava também era Maria,que agradeceu o presente e me deu um beijo.Eu olhava aquela sala cheia,preenchida com risadas,e com histórias de bebê,os meninos discutindo para qual time “ele” irá torcer e qual o instrumento que tocaria.
- Tudo bem? – disse Bruno me abraçando
- Estou – falei limpando as lágrimas
- E por que você está chorando?
- Porque Deus não podia ter me dado família mais linda!
E dizendo isso dei um beijo no homem da minha vida.


Notas Finais


E aí amores? Sugestões?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...