História Guerras Internas-Imagine Jungkook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens Jackson, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine, Jungkook, Você
Visualizações 36
Palavras 1.090
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Fantasia, Ficção, Fluffy, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieeeeeeee, essa é minha primeira fic e eu estou muito animada! Escolhi fazer um imagine do Jão ku primeiro:por ele ser meu bias e segundo: porque já estou pensando nesse imagine faz um tempão, esse imagine vai ser mais focado no e tals, espero que gostem!

Capítulo 1 - Meus amigos idiotas e eu


Fanfic / Fanfiction Guerras Internas-Imagine Jungkook - Capítulo 1 - Meus amigos idiotas e eu

-HAAAA, EU GANHEI DE NOVOO!-gritei ao matar o Mark no jogo.

-Sorte de principiante...-resmungou com as bochechas infladas e levemente coradas, talvez por ter sido derrotado no jogo que ele se diz Rei ou por ter sido tão fácil para mim ganhar dele, Liza, que estava deitada na minha cama mexendo no celular, começou a rir um pouco alto demais fazendo Mark ir até a cama e começar a fazer cócegas nela:

-Para de rir de mim que eu paro de fazer cócegas!-ele disse rindo junto com a irmã.

-Moom! Me ajuda, mulher!- a essa altura eu já estava sem ar de tanto rir das caretas que a Liza fazia enquanto ria.

-Belesma, para com essa bosta ai antes que eu morra sem ar!-falei me sentando na cama e recuperando o ar. E sim! Nós morremos, ficamos doentes e tudo mais só que em nós, seres sobrenaturais, a morte demora um pouco mais para chegar, também temos doenças diferentes como, por exemplo, meu amigo Tae ele é um vampiro e tinha dente-preso, que é quando as presas dos vampiros demoram para sairem, mas agora que eu já expliquei sobre isso vamos continuar...

-Ah, mas você não vai escapar não!- Mark me puxou para o meio da cama e começou a fazer cócegas em mim, eu conseguia escutar as risadas descontroladas de Liza, que já havia caido no chão- Pede arrego!- gaguejei um "nunca"- Então sofra as consequências!- Ele falou como se estivesse condenando alguém a morrer inforcado. Ele levanto minha camisa e começou a dar aqueles... Aqueles negócios que as pessoa fazem e faz cócegas com a boca, entendeu? Não? Nem eu me entendi, mas é tipo um chupão ao contrario.

-ARREGO, PELO AMOR DE G-DRAGON!-  (eu tenho força para o parar mas é só uma brincadeira, não vou estragar machucando alguém) Ele parou e se jogou do meu lado esquerdo, já que a Liza tinha se deitado no lado direito, ficou um silêncio enquanto tentávamos recuperar o ar que nos faltava de tanto que tinhamos dado risada, eu amo passar o dia com eles é sempre divertido, as vezes a gente assiste um filme, brinca, conversa e jogamos video-game, como foi hoje, Liza, acho que por ser a mais extrovertida entre nós, quebrou o gelo:

-Animados para as aula?- disse como se aquilo fosse alguma coisa legal, não que eu não goste de estudar ou de ir pra escola é que o colégio é interno e eu gosto de ficar em casa e ter aliberdade que eu tenho dentro dela, pode soar um tanto mimado da minha parte mas eu acho que qualquer pessoa prefere fica na sua propria casa do que viver em colégio interno. 

-Nem me lembre disso! A unica coisa boa é que é o meu último ano naquele inferno... Ah, sem querer ofender Moom.- na verdade eu não me ofendia, acho que em qualquer escola que o Mark estivesse ele ia achar um inferno e como ele é mais velho que nós duas já está no terceiro ano.

-Ah, se anima! Pode acabar sendo legal!- dei um sorriso bem desanimado que se desmanchou quando passei a mão pela minha barriga que estava toda babada- Argh... Você deixou minha barriga toda molhada- olhei para ele com uma cara de nojo.

- Ah é...-coçou a nuca- desculpa- sorriu sem mostrar os dentes.

- Belesma, seu chato- peguei um paninho que ficava do ladoda minha cama caso eu precisasse assoar o nariz.

- Primeiramente, chata é você- jogou o travesseiro em mim- segundo, não tem como ser legal, vão ser as mesmas pessoas chatas do ano passado, eu vou ficar sempre lá no fundão sem falar com ninguém E- gesticulou com as mãos- não vou ter amigos- fez bico e abaixou a cabeça, espera ai! Nao vai ter amigos? Como assim? E eu? E a Liza? Eu até ia falar isso pra ele só que a Liza foi mais rapida e disse fingindo estar brava:

-COMASSIM??? VOCÊ NÃO TEM AMIGOS??? E EU????E A MOMIIE????- me chamou pelo apelido que eu tanto edeio.

- Calma, calma... Eu estou falando sobre amigos da minha idade, com quem eu possa conversar durante a aula, entendeu?- Liza fez sinal que sim com a cabeça e parou com seu teatro escandaloso.

- Ah, sem drama, você tem a gente, não tem? Somos melhores amigos e vocês são irmãos, vamls falar de coisas boas...- ficou um silêncio enquanto nos olhavamos, acho que, todos nós, estavamos tentando arrumar um assunto.

- E a sua insonia, Moom?- serio? Quem pergunta sobre insonia, Liza?

- Está a mesma coisa, legal você se importar.- falei desanimada.

Me sentei, e encostei minhas costas na cabiceira, suspirei enquanto Mark colocava sua cabeça sobre minha coxa, olhei para Liza que nos olhava com uma cara maliciosa, mostrei a lingua para ela e comecei a fazer cafuné nos cabelos cedosos do mais velho, eu sempre fazia isso, Liza ligou a TV e colocou em um filme, era até que bem legal até o celular da Liza começou a tocar, fazendo o Mark, que estava dormindo, pular do meu colo e murmurar um "hãn?!", Liza disse que eram seu pais falando pra eles irem embora e que já estava tarde, me despedi deles e eles foram embora. Passei pela sala, onde meus pais conversavam e riam, falei boa noite e subi para o meu quarto, tomei banho e coloquei meu pijama de unicornio, que era preto e roxo, me deitei vendo que eram 22:12, como minha amiga Liza já disse, eu tenho uma insonia brava, apaguei a luz na esperança de que o sono viesse, mas não veio... Já eram 23:20 e eu ainda estava acordada, decidi brincar um pouco com meus poderes, produzi uma liz branca com algumas mechas pretas e então comecei a brincar com elas fazendo desenho e pequeninas explosões, até sentir meus olhos pesarem, a luz aos poucoa foram se apagando e meus olhos foram se fechando.

(...)

FANTASTIC BABY...

Abri os olhos lentamente enquanto ouvia meu dispertador, o desliguei e bufei, primeiro dia de aula, lá vou eu!

Como meu pai era o diretor e tinha que chegar cedo e isso faz com que eu também chegue cedo, chegamos no colégio ele era realmente enorme, não me admira que tenha demorado 14 anos para ser feito, ainda estava vazio e os funcionários iriam levar minhas malas para o meu quarto, pedi para meu pai deixar eu ficar no mesmo quarto que a Liza e ele deixou é uma das vantagens de ser a filha do diretor, estava andando pelo jardim quando vi algo meio brilhante em meio as folhas, me aproximei para checar e era... UM OVO GIGANTE ?


Notas Finais


Eai? Gostaram? Odiaram? Amaram? Podem comentar, vou responder todos, obrigada por ler até aqui!
S2

Beijos de uma Cabrita_Lokona~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...