História Hacker - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Minecraft, Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Felipe "Febatista" Batista, Felps, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Mike, Pac, Rafael "CellBit" Lange
Tags Hack, Minecraft, Mitw
Exibições 130
Palavras 952
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Falo nada (é capítulo)



Pov Pac
Eu tinha percebido a tamanha burrada que tinha feito, matei o meu amigo, putz...
Desculpa Jv, mas não percebi...
-Caralho, você joga muito velho- mike me elogia
-Nada, é só uma partidinha básica- digo saindo da cadeira e deixando ele de sentar na mesma.
-Partidinha básica? Ta de brinks? - Ele pergunta
-É, ta mais do que básico- eu não minto sobre esse tipo de "mito" que eu sou, mato hacker facilmente, youtuber é acabado por mim e noob's.... Facilmente exterminados.
Pego o meu celular e peço desculpas ao jv por causa disso... Ele também não estranhou que era eu, até porque eu tive meu gato que se chamava pelo meu nick.
O mike estava olhando o servidor, hoje em dia tem muita criança com hack lixo, não que eu esteja as xingando, mas esses hack que eles usam são lixos, huzuni, metro, resilience, (n.a: não sei se escreve assim) tudo um lixo comparado ao meu próprio hack....
E agora que olhei para o monitor do mike, ele estava com o Felps, ah felps... Sempre certinho das coisas, mocinho demais, sempre do bem, eu não fiquei surpreso dele entrar na staff, era de se esperar do grande médico....
Por falar em médico, quero esclarescer a todos os leitores desta fanfic, atrasada pra caralho em Lilian...
Lilly: bloqueio passou pra ficar...
Bem, eu, Tarik Pacanhan, lobo negro, todos vão dizer... Ah você é um ômega ta fudido... Ah é um alfa fodão.
Não, não sou ômega pra minha felicidade e para a tristeza de vocês e não sou alfa, apesar de eu ser fodão... Modéstia à parte, eu sou um beta, até porque betas são a maioria da população dos lobos/alcateia, que por sinal, não tenho nenhuma...
Eu sei, querem matar nossa querida autora, dizendo: POR QUE FEZ ISSO SUA VAGABUNDA, ELE TEM QUE SER ÔMEGA PRA SOFRER CARALHO.
Ou como: VELHO ELE É O FODÃO DO UNIVERSO ELE TEM QUE SER ALFA.
Aparências enganam não é mesmo?
Não a apedregem, se bem que eu deixaria...
Bem, continuando essa porra, só vou ficar aqui mais uns dois dias, mais ou menos, até a poeira esfriar, eu sei, meu pai pode aparecer a qualquer momento, ele já pode estar saindo daquela floresta, pode já estar no caminho de casa, ou pode estar morto.
Se tem uma coisa que eu temo é ele machucar minha mãe, não quero que encoste num fio de cabelo dela, eu vou arregaçar aquele ser humano até ele estar no caixão.
-Hey pac, já comeu? Parece que nem almoçou- mike vira pra mim e me olha
-Não comi, tava sem fome- comento mentindo
-Dá pra ver porque é um palito- refere-se a minha magreza
-Ou, eu sou magro, mas não é pra tanto- rio nasalmente
-Vem, eu tenho algumas coisas que podem te engordar um pouco- ele se levanta e eu sigo ele...
§{2 dias depois}§
Eu ainda estava na casa de mike, já sabia muita coisa sobre ele, eu não sabia que um vizinho staff seria tão legal...
Mas eu já estava de saída, até porque eu não posso me abrigar na casa dele, é bem estranho.
-Hey mike, valeu, passa lá em casa mais vezes- digo sorrindo, saindo da casa dele.
-Passo sim pac- sim, ele já sabe meu apelido, é torcer para que ele não descubra...
Sabe, esse garoto ainda vai me causar muita coisa, brigas, desentendimentos, choros, uma dessas coisas pode aparecer.
Eu chego em casa pedindo mentalmente que aquele... Não vou xingar minha avó né... Ser não esteja em casa.
Entro lá e vejo que minha mãe estava estranha... Sentada no sofá, quase desabando.
-Que foi mãe?- solto minha bolsa e vou até ela
-S-seu pai... E-ele não voltou, não... Dá notícias, n-nem sinal de vida- Lorena fala entre soluços
-Calma mãe, ele deve ter feito uma viagem ou algo assim, tente ficar calma, ele vai aparecer- digo tentando reconforta-la
-Mas ele nem avisou nada- ela fala
-Ele não deve ter tempo pra isso... Mas garanto, ele vai voltar- minha mãe se ajeita no sofá, pois estava quase deitada e eu a abraço, me sentando também.
§{ 3 dias depois }§
-Filho, vou sair, cuidado aí- minha mãe fala entrando no quarto, ela distribui um beijo na minha testa e sai.
Há um tempo já venho intrigado de meu pai ainda não aparecer...
Saio de meu quarto e vou na cozinha, estava com fome, procuro pelas estantes algo que me dê energia, estou acabado, morrendo de sono, a aula foi cansativa...
Eu tinha achado uns cookies e pego um prato pra mim colocar o alimento lá, pego um copo de achocolatado e levo para o meu quarto, só que no meio do corredor eu paro, tem um quarto a mais lá que eu nunca entrei, o dos meus pais.
Sempre tive a curiosidade de saber como é... Mas eles nunca deixavam, essa é a hora perfeita pra isso...
Deixo o alimento na estante do computador e corro para aquele quarto, era normal, cama de casal, criado mudo do lado, guarda roupas, espelho... Nada demais, fui vasculhando os móveis, nada demais também, até eu ver umas pastas no criado mudo, eram do meu pai.
Nem hesitei, olhei cada um, eram da empresa, mas um me chamou a atenção e começei a ler.
§{ Documento On }§
Dados da Criança


Nome: Tarik Felipe Álvares 
Idade: 3 meses
Sexo: masculino
Nasceu: 29 de julho de 1995
Chegou: 23 de agosto de 1995


Dados do Adotante
Nome do pai: Richard Pacanhan
Nome da mãe: Lorena Pacanhan
§{ Documento Off }§ (n.a: ainda tem mais do documento, pac só parou de ler)
Opa opa opa, peraí calma, ficha caindo.
1%
20%
50%
75%
100%
Quê?
Eu sou adotado?
 


Notas Finais


Pequeno
Sim eu sumi nessa fic
Sorry
:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...