História Hakugai no Kitsune - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruto
Visualizações 536
Palavras 1.140
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Policial, Romance e Novela, Super Power, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esperamos que gostem dessa fanfic, ela ja estava na memoria do meu computador ja faz alguns meses porem sempre esquecia de postar.
Por favor comentem e favoritem....
Abraços do Tio SharkKill

Capítulo 1 - Capitulo. 1


Em um local um tanto afastado de Konoha, o nascimento do primogênito do Yondaime Hokage estava acontecendo, o local era uma caverna estrategicamente escolhida para oferecer um melhor segurança durante o parto, muitas pessoas tinham o Yondaime como inimigo e algumas dessas pessoas poderiam se aproveitar de um momento de fraqueza e acabar ferindo a esposa do Yondaime ou seu pequeno filho que estava nascendo. Guardas Anbu estavam no perímetro em volta da caverna a protegendo, enquanto o parto era feito pela esposa do Sandaime Hokage, que além de ser uma ótima Ninja Medica, era de estrema confiança da família Namikaze.

Na verdade toda essa proteção tinha outro motivo, a esposa do Yondaime, Kushina Uzumaki, era a Jinchuuriki da Kyuubi, ela era a portadora da Besta de Nove Caldas, e durante o parto o selo poderia se enfraquecer e colocar não só em risco a família do Yondaime, como também toda a população de Konoha estaria em risco caso a Kyuubi libertar-se.

- Vamos Kushina, respire fundo e faça força. – Fala a Biwako Sarutobi, esposa do Sandaime Hokage, numa voz calma e rígida

- Para você é fácil falar. – Brande a Kushina respirando fortemente enquanto apertava a mão do seu marido que estava ao seu lado, o Hokage estava respirando pesadamente, além de estar ansioso com o nascimento do seu filho, sua esposa estava esmagando sua mão com a força monstruosa da ruiva. – AHHHHH. – Grita a Kushina assustando o Minato que estava perdido em pensamentos

- Vamos Kushina, falta pouco. – Incentiva a Biwako quando vê a criança já estava quase nascendo

- Kushi-chan, pense no nosso filhinho correndo pela casa, gritando que quer Hokage. – Fala o Minato dando um sorriso gentil a esposa, embora não pudesse fazer muito, podia dar apoio moral a esposa, que com o ato do marido retribui com um pequeno sorriso

Após alguns gritos da Kushina, e cenas cômicas do Minato que se contorcia de dor a cada vez que a mulher apertava sua mão, a Biwako estava com a criança em mãos, porem diferente de qualquer criança, ela não chorava os fazia qualquer barulho nos braços da parteira.

- Meu Rikudou-sama. – Exclama a Biwako com os olhos arregalados enquanto olhava para a criança em seus braços, ela arfava de surpresa ao olhar para aquele frágil criança

- O que foi Biwako-sama? – Questiona o Minato trocando um olhar preocupado com a Kushina, a mulher do Sandaime estava com os olhos arregalados e a boca entre aberta enquanto limpava a criança em seu colo

- E-Ele é a coisa mais linda que eu já vi. – Exclama a Biwako quando entrega a criança nos braços da mão, que ainda estava deitada na cama

- K-Kawai. – Exclama a Kushina com os olhos brilhando

A pequena criança tinha cabelos brancos um tanto espetado, seus pequenos olhinhos era num tom amarelo dourado, porem o mais incrível, era um par de orelhas pontiagudas acima da cabeça, como os de um felino, e pequenas caldas brancas como a neve, totalizando nove, que balançavam tranquilamente em um movimento articulado.

- E-Ele é lindo Kushi-chan. – Fala o Minato finalmente recuperando o folego, ele fazia um pequeno cafune na cabeça da esposa enquanto observava o seu filho

- Sim.....mais porque ele tem orelhas e caldas de raposa? – Questiona a Kushina tocando a orelha felpuda do filho que ao sentir o toque da mãe acaba soltando um ronronar, o que faz os olhos brilharem com tamanha fofura

- Você é a primeira Jinchuuriki a ter um filho enquanto a Biju ainda esta selada em si, acredito que a criança possa ter sofrido algum tipo de mutação por conta da Kyuubi. – Responde a Biwako com um sorriso gentil olhando para a pequena família

- Isso não importa Kushi-chan. – Fala o Minato olhando para o seu filho, que estava no colo da esposa olhando atentamente em sua volta. – Olha só esses olhinhos. – Completa ele ao seu olha se encontrar com o do seu filho, para ele e a Kushina não importava que seu filho tivesse caldas ou orelhas de raposa, o que importava era que ele estava ali e aparentemente com saúde

- E o selo Minato-kun! – Exclama a Kushina quando se lembra da Biju dentro de si

- Eu esqueci. – Brand ele levantando a blusa da esposa para ver o selo que se localizava na altura do umbigo, porem assim que viu o selo arregalou os olhos. – Impossível, ele esta estável. – Completa ele arregalando os olhos ao ver que o selo não avia sido comprometido com nada, era impossível que a raposa não tenha nem ao menos tentado escapar

- Como? Não era para o selo estar enfraquecido com o chakra que a Kyuubi mandaria para tentar fugir? – Pergunta a Kushina enquanto amamentava seu filho pela primeira vez

- Sim.....mais aparentemente a Kyuubi nem ao menos tentou nada. – Fala o Minato surpreso com a possibilidade da Kyuubi nem ao menos tentar fugir

- Provavelmente ela viu que não podia comigo e resolveu ficar pianinho. – Fala a Kushina com um largo sorriso, enquanto o pequeno tentava puxar o cabelo da ruiva com suas pequenas mãozinhas

- É provavelmente..... – Múrmura o Minato não convencido com isso, porem acaba por dar de ombros e vai ao lado da esposa ver seu pequeno filho

- E qual será o nome dessa coisa fofa? – Pergunta a Biwako com um sorriso animado

O Minato da um pequeno sorriso de canto e olha para a esposa que balança a cabeça afirmando, o Minato pega seu filho nos braços e o ergue na altura da cabeça, com o pequeno tentando pegar os cabelos loiros do Minato.

- O nome dele será o nome de um herói de um livro escrito pelo Jiraya-sensei, esse herói era muito valente e corajoso, sabe meu pequeno, esse herói lutou com tudo e todos com apenas um objetivo, a paz. – Fala o Minato olhando para o filho com um largo sorriso, ele falava como se seu filho pudesse o entender. – Seu nome será Naruto, Naruto Namikaze, meu pequeno e amado filho. – Completa ele com pequenas lagrimas caindo de seus olhos, porem ele não perdia o sorriso

- Naruto....um nome lindo. – Exclama a Biwako com um sorriso

- Concordo, e ele será como o Naruto do livro, um garoto destemido e forte. – Fala a Kushina, assim como o marido com lagrimas nos olhos

- “Hehehehe, Naruto é? Um nome bonito.” – Pensa um ser enorme, que estava dentro da Kushina observando tudo, esse ser, tinha um tamanho enorme que se aproxima dos 30 metros, tinha olhos vermelho em fendas, o corpo revestido por uma pelagem alaranjada, e tinha enormes nove caldas balançando caoticamente de um lado para o outro, esse ser era a grande Kyuubi. – “Quem diria que um ser tão belo e poderoso poderia sair dessa humana.” – Completa seus pensamentos com a face um pouco ruborizada enquanto olhava para a pequena criança


Notas Finais


Não esqueçao de deixar a opiniao ai em baixo.
:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...