História Halves - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Novela
Exibições 96
Palavras 721
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Natalie


Me despedi de Justin e entrei em casa. Depois da seção de fotos eu mereço um banho de banheira e um belo sono. Deixei a bolsa em cima da poltrona no closet, escolhi um blusão preto e uma calcinha. Me dirigi ao banheiro e coloquei a banheira para encher. No armário peguei uma bolinha roxa de sal e joguei dentro da banheira. Após encher entrei na mesma. Deixei me levar pelos pensamentos e acabei adormecendo.

-Hey! Acorda! - acordei com alguém me sacudindo, olhei para cima e era a Olívia. - Pensei que você estava morta. - me levantei e peguei o roupão que ela me estendeu. Me enxuguei e vesti a roupa que tinha separado.

- O que você faz aqui? - perguntei enquanto penteava o meu cabelo.

- Vim ver como você esta.- desviou o seu olhar do meu.

-Estou ótima, obrigada por se preocupar. - a deixei no quarto e segui rumo a cozinha. Abri a geladeira e decidi pegar uma lasanha congelada para comer, coloquei no micro-ondas e sentei em um banco em frente a bancada.

-Por que você esta fugindo? - perguntou se sentando de frente para mim, a encarei, não estava acreditando no que ela estava falando.

-Eu estou fugindo? - devolvi a pergunta. - Tem certeza? Por que não foi eu que larguei a amiga em uma seção de fotos, e ainda nem disse a ela.

-Não foi por querer. - bufou e deu toda a sua atenção para o celular na sua mão. O micro-ondas apitou e peguei a minha lasanha, me sentando no meu lugar.

-Para Olívia! Você esta diferente comigo a semana inteira. O que eu lhe fiz? - ela me deu toda a sua atenção deixando o seu celular na bancada.

-Você não tem tempo pra mim. - dizia enquanto fazia gestos exagerados que é do seu feitio. - Éramos grudadas, como unha e carne, agora. Não passamos mais tempo juntas, eu quero a minha amiga de volta.- admitiu. Me levantei e a abracei forte. -Eu não quero perder contato com você, não quero que sejamos estanhas. Eu apenas tenho a você, e eu não quero ficar sozinha.- disse e retribuiu o abraço.

-Desculpe me. Eu apenas estava atarefada você sabe. E eu nunca te deixarei. - nos separei, peguei dois garfos e me sentei no meu lugar. - Eu não irei mudar, você sabe. Tudo de bom e ruim que passei até hoje, foram ao seu lado. É com você que eu divido tudo que acontece, e quero que continue assim. Uma ajudando a outra. - sorri para ela e lhe entreguei um garfo dividindo a lasanha com ela.

-Ok, desculpe me. Eu não deveria ter feito aquele showzinho, e era meu dever estar ao seu lado.

-Tudo bem. - respondi enquanto comia.

-Como foi a seção? - perguntou animada, nem parecia que tínhamos conversado algo sério.

-Foi ótimo, até que achei muito legal fazer seções. Quem sabe eu não viro uma modelo? - ela deu risada da minha cara.- Qual é? Eu sou linda. Tem um maquiador que me deu até o número dele.

-Nossa, arrasando os corações.

- Nada disso. Ele disse que se eu quisesse o contratar ele sairia da CK. - a expliquei. -E seria ótimo, por que com toda essa correria do desfile que ira ter, eu não tenho tempo nem pra passar rímel.

-E o que mais? - perguntou tentando roubar a lasanha só para ela.

-O Justin me beijou. - ouvi o barulho de garfo batendo no mármore da bancada.

-O QUE? EU NÃO ACREDITO! - começou a pular e bater palmas. -Eu sabia! Sabia! JALIE É REAL, MINHA GENTE! - gritou da sacada. A puxei antes que pulasse de tanta animação.

-Pare com isso, sua maluca. - pulou em cima de mim e acabei caindo. - Olívia!

-Ok, parei. - ajudou me a levantar. - Vocês estão namorando? Eu quero ser a madrinha! E não esquece que eu quero ser a primeira a saber de tudo.

-Não estamos namorando. - falei rapidamente antes de outro ataque dela. - E para de falar bobagens, somos apenas amigos.

-Amigos que se tacam aos beijos. - veio para cima de mim novamente fazendo estalos parecendo beijos.

-Olívia, eu irei te internar.

-Ok! Agora é sério, parei!- disse aos risos se sentando ao meu lado.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...