História Hands of love! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars, Sasha Pieterse, Shay Mitchell
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Dr. Rollins, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Hanna Marin, Jason Dilaurentis, Jenna Marshall, Jessica DiLaurentis, Noel Kahn, Paige McCullers, Pam Fields, Spencer Hastings, Toby Cavanaugh, Wayne Fields
Tags Alison Dilaurentis, Emily Fields, Jessica Dilaurentis, Pll, Romance
Exibições 24
Palavras 1.251
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá.
Obrigada pelo comentário e favorito.
Aqui está!
BoA lEiTuRa

Capítulo 2 - Sou Jessica DiLaurentis


Fanfic / Fanfiction Hands of love! - Capítulo 2 - Sou Jessica DiLaurentis

Nós ficamos nos encarando em silêncio.
Emily: Já nos conhecemos, estudamos juntas. Como vai Alison?
Sr. Hackett: Claro, que memória falha a minha.  Eram amigas antes da Fields ir embora.
Alison: Muito bem, e você Emily?
Emily: Não poderia estar melhor.
Alison: Fico feliz.
Meu celular toca umas duas vezes seguidas, vejo que é o meu pai, o que me faz pensar se eu tinha alguma reunião hoje.
Emily: Enfim, preciso ir.
Sr.Hackett: Mas já? Não quer discutir nada?
Emily: Poderemos conversar melhor em uma outra hora, o Sr. tem que conversar com o tal John, e eu estou em um dia cheio, deixei Ezra na academia cuidando de tudo, sendo assim tenho que ser rápida, quem cuida de tudo somos Jacke e eu, mas a esse horário ele está em aula.
Meu celular toca novamente é o meu pai. E eu recuso a chamada
Alison: Eu vou voltar à sala de aula; até a vista Emily.
Emily: Até professora DiLaurentis, Diretor Hackett.
Sr.Hackett: Até Emily.
Com essa despedida eu deixei o prédio da escola me perguntando como eu tive o azar de aceitar algo para fazer as pazes com o meu passado e encontrar a garota que mais me magoou em toda minha vida. Eu queria conseguir perdoar ela, mas quando eu a vejo, toda a dor volta como se estivesse acontecendo de novo e de novo... Fui para a academia e vi que o Ezra estava todo atrapalhado com os formulários de inscrição para os novatos da academia então o auxiliei a forma correta e enquanto ele atendia uma pessoa eu chamava outra, hoje a academia estava realmente cheia, fomos chamando até a fila acabar e eu decidi ir tomar um suco no bistrô que tinha no outro lado da rua. As minhas amigas do colegial: Hanna, Spencer e Ária estavam me mandando mensagens e eu me encaminhava a minha mesa, até que esbarrei em alguém que se levantava de outra mesa.
Emily: Me desculpe, a culpa foi minha. Você está bem? – a mulher que aparentava ser um pouco mais velha do que eu me mandou um sorriso agradável e respondeu.
Xxx: Ah não, tudo bem eu também não tinha te visto. Sou Jessica DiLaurentis. Emily: Senhora D.? Quanto tempo. Emily Fields.
Jessica: Não acredito – me abraçou – como você está?
Emily: Muito bem. E a senhora?
Jessica: Muito bem também.  Na verdade feliz em encontrar a pessoa que era a melhor amiga da minha filha. Alison ficará feliz ao saber que voltou.
Emily: Na verdade eu e Alison já nos encontramos. Ela dá aulas em Rosewood Day e eu sou a nova treinadora de natação de lá.
Jessica: É mesmo? Você sempre teve paixão pelas piscinas não é. Quem diria que Alison viraria uma professora de História, o tempo tem cada uma, quem diria que eu me separaria de Kenneth.
Emily: Eu sinto muito por isso. Posso pagar—lhe um café ou um suco enquanto conversamos?
Jessica: Não é necessário Emily, obrigada.
Emily: Eu insisto.
Jessica: Um café então.
Emily: Ótimo. – nos dirigimos a uma mesa e eu puxei a cadeira para que ela sentasse, fiz sinal ao garçom que logo veio ao nosso encontro. – Jimm, um suco de laranja para mim e um café para a bela dama.
Jimm: É para já senhorita Fields.
Emily: Obrigada.
Logo ele sumiu de nosso campo de visão.
Jessica: Obrigada por ter puxado a cadeira para mim, você é um tipo raro de pessoa. Então Emily, por onde esteve todos esses anos?
Emily: Onde eu morava era costumeira as boas maneiras em nosso dia a dia. Londres, estava morando lá com os meus pais. Eu vim morar aqui sozinha, eles não aprovaram a minha decisão de voltar. Mas como Spencer chega em alguns dias já me deixa mais feliz.
Jessica: Spencer Hastings? Minha vizinha?
Emily: É, ela está vindo de Washington.
Jessica: Que bom. Tenho certeza que Verônica ficaria muito feliz com a volta dela.
Eu e Jessica conversamos mais sobre a separação dela, ela disse que o Kenneth traiu ela e isso ela nunca iria perdoar. Um café que era para ser rápido acabou se esticando por mais de uma hora, e a conversa fluía naturalmente mesmo eu tendo 20 anos e a Jessica 40 anos ela não parecia aquelas pessoas que se aparecem por conhecer melhor a vida, até que fomos interrompidas por um rapaz.
Rapaz: Minha sogra, não acreditei que fosse você, pelo tanto que conversava sentada a horas com essa linda jovem.
Jessica: Olá Eliot, não cansa de ser inconveniente? Emily, esse é Eliot Rollins o noivo de Alison.
Emily: Prazer Eliot, Emily Fields.
Eliot: Fields, do grupo empresarial Fields?
Emily: Sim, sou filha do dono do grupo Wayne Fields.
Nisso Ezra apareceu no estabelecimento correndo.
Ezra: Chefinha! Desculpe interromper, mas seu pai está nervoso no telefone  é algo com a Senhora Fields, parece que ela passou mal. Ele estava tentando seu celular, mas só dava caixa de mensagens.
Emily: Ligue para o meu piloto e o mande estar pronto para partirmos para Londres em uma hora. Desculpem, foi ótimo rever você Jessica, esse é o meu cartão, qualquer coisa me ligue. Foi um prazer Eliot.
Eliot: O prazer foi meu também.
Jessica: Estimo melhoras a Pam.
Emily: Obrigada Jessica. Vamos Z.
Eu deixei 40 dólares em cima da mesa e saí do bistrô com o Ezra. Peguei meu carro na frente da academia e fui para casa, arrumei as malas e liguei ao Jacke avisando para cancelar as minhas aulas dessa semana. Fui ao heliporto. Embarquei e depois de algum tempo voando chegamos na mansão dos Fields em Londres. Assim que entrei em casa avistei apenas a Josephine.
Josephine: Senhorita Fields a senhora a essa hora?
Emily: Olá Josephine. Onde está o meu pai? Ele me ligou.
Josephine: Está no hospital com a senhora Fields.
Peguei o carro e no caminho liguei para o meu pai.
Ligação On:
Emily: Pai cadê a minha mãe? Como ela está se sentindo?
Wayne: Pam estava bem. Sentada em frente ao piano ela havia escolhido uma partitura e na hora em que iria tocar desmaiou.
Emily: Mas o que ela sente? Alguma dor?
Wayne: Ela não disse nada. E porque você não atendia as minhas ligações?
Emily: Eu estava tomando um café com Jessica DiLaurentis.
Wayne: Mas você não cansa das DiLaurentis não? Primeiro a filha, agora a mãe?
Emily: O que? Que filha?
Wayne: A Alison. Você ficou com ela sim. Eu vi você beijando ela há muitos anos atrás.
Emily: Ual você não perde uma e eu pensando que ninguém nunca tivesse nos pegado.
Wayne: Eu peguei apenas uma vez.
Emily: O médico ainda não apareceu aí?
Wayne: Não. Anda logo!
Emily: Calma que eu já deveria estar aí se não fosse o trânsito danado.
Wayne: Venha logo e pare de dirigir falando no celular.
Desligou na minha cara. Meu pai vira um ser "querido" quando está nervoso.  Enquanto eu estava parada em um semáforo lembrei das palavras de Jessica sobre Eliot, noivo  de Alison. Não deveria nem ligar para isso.
Quando cheguei ao hospital dei de cara com meu pai ele andava de um lado para o outro.
Emily: O doutor apareceu?
Wayne: Não. Mas o que sua mãe tem é grave.  Eu posso sentir.
Emily: Ela vai ficar bem pai. Ela é forte.
Wayne: Ela é forte, mas ela sabia que estava doente. Eu vi o brilho do olhar dela se apagando a cada dia.
Doutor: Acompanhantes de Pamela Fields?
Emily: Nós.
Doutor: Eu sinto informar, mas...


Notas Finais


O que será que aconteceu com a Pam?
Espero que tenham gostado.
Beijos amorecos ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...