História Happiness, Peace and Love - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Ashley Tisdale, Demi Lovato, Justin Bieber, Melanie Martinez, One Direction, Selena Gomez
Personagens Ariana Grande, Ashley Tisdale, Demi Lovato, Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Melanie Martinez, Niall Horan, Personagens Originais, Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Amor, Darry, Demi Lovato, Drama, Justemi, Justin Bieber, Melanie Martinez, One Direction, Romance, Selena Gomez, Semi, Violencia
Visualizações 228
Palavras 1.436
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demora, bloqueio de criatividade :(

Capítulo 23 - Question


Fanfic / Fanfiction Happiness, Peace and Love - Capítulo 23 - Question

POV DEMI 

Respiro fundo. Ok. A minha perna não está se mechendo. Ah meu Deus! O que está acontecendo?!                             

Começo a apertar o botão freneticamente, o pânico já se inicia. Tenho que manter a calma, não deve ser nada demais , talvez minha perna apenas tenha ficado dormente pelo tempo que passei aqui sem me mover.

-O que está havendo srt. Lovato?!- uma enfermeira entra no quarto afobada. Ela vem até mim e olha os aparelhos a meu lado, constando que meus batimentos estão acelerados por conta do nervosismo.

-O-oque aconteceu comigo?- pergunto com a voz falhada sentindo meus olhos marejados.                              A mulher que aparenta ser jovem, em torno de seus 34 anos, dirige seu olhar a mim com compaixão e sorri levemente. 

-Você não se lembra?- pergunta desconfiada. Fecho os olhos reprimindo algumas lágrimas teimosas que caiam . -Sim, eu lembro bem o que aconteceu antes do tiro. M-mas...-minha voz fica embargada e já não consigo mais segurar o choro- qual é o meu estado de saúde?- questiono e ela abaixa o olhar, me deixando mais nervosa ainda.

-POR FAVOR ME DIGA!- imploro desesperada , já consumida pela aflição      -Não se altere srt. Infelizmente eu não tenho permissão para lhe dar esta informação- vejo que ela está sendo sincera, mas não consigo me impedir de ficar irritada. 

-ENTÃO CHAME ALGUÉM QUE POSSA! UM MÉDICO, QUALQUER UM! EU PRECISO SABER QUE PORRA TÁ ACONTECENDO!!!- Falo com um tom elevado, quase gritando . A enfermeira sai as pressas e logo volta com o doutor. 

-Srt,peço-lhe que se acalme, eu irei explicar o seu estado- o médico pede me fazendo assentir e respirar fundo pela milésima vez nesse dia.         -A bala atingiu um local delicado e muito próximo a um ligamento importante de sua perna. A srt. Passou por uma longa e complexa cirurgia, com um processo altamente complicado para a retirada da bala, afinal, qualquer milímetro movido de forma errada poderia colocar em risco o movimento de sua perna. Após algumas horas nós conseguimos retirar o projétil, porém, não poderíamos saber o resultado final e se haveria algum efeito colateral antes que a srt. Acordasse. Peço que tenha paciência e que espere um pouco, irei preparar alguns exames para sabermos exatamente o que está havendo com a movimentação de sua perna. - o doutor explica me olhando compadecido. 

-O senhor acha que é algo permanente?- pergunto com medo da resposta. Não sei se aguentaria ficar com uma perna imóvel. Como eu viveria ? Teria que andar de muleta para sempre? 

-Não posso responder isso antes de saber os resultados dos exames. Mas você é uma garota forte, sei que vai saber seguir  em frente independente do que acontecer- sorrio triste. Tomara que sim...

*** 

-Amor?- ouço uma voz conhecida e abro os olhos com dificuldade por causa do inchaço. Passei grande parte da noite chorando, ainda não acredito... -Oi Jus- cumprimento-o de forma pesarosa e ele me observa triste após selar nossos lábios. 

-o médico me contou o que aconteceu durante a noite... Ele já ajeitou tudo, os exames serão às 10:00-Justin diz enquanto acaricia meus cabelos. Fecho os olhos apreciando a sensação. É tão bom estar ao lado dele neste momento, talvez o pior da minha vida. Somente sua presença já me dá forças para continuar. 

-Princesa?- me chame suavemente, como se eu estivesse sonhando com o paraíso e ele tivesse pena de interromper.                                  -Hum?- respondo abrindo os olhos e fitando-o

 -A polícia está aqui.-                       arregalo os olhos. Eu sabia que esse momento ia chegar, mas ainda não estou preparada para isso. 

-Que hora é?- pergunto me preparando psicologicamente para o interrogatório. Isso não será nada fácil. -8:02. Acabaram de trazer seu café...-fala pegando uma bandeja (que eu nem tinha notado ) na mesinha ao lado da cama e coloca em meu colo. Observo a refeição: leite, café ,torradas, geléia de morango e algumas frutas. 

-Não estou com fome- digo. Realmente não estou com o mínimo apetite, todos esses problemas tiram a fome de qualquer um.                                 -Nem pensar mocinha! Você vai comer sim! O médico disse que você precisa se alimentar bem e beber muito leite porque é a principal fonte alimentícia de cálcio, que é o que fortalece os ossos- ele fala mecanicamente me fazendo rir. 

-Você passou quanto tempo decorando isso?- questiono risonha.        -Ah, não era pra você descobrir! Queria que pensasse que isso saiu da minha mente brilhante!- Jus entra na brincadeira. Dou um tapa em sua testa e começo a comer contragosto, esquecendo por um momento de todos os problemas que me cercam, e isso , graças ao meu amor, Justin. 

*** 

-Muito bem srt.Lovato, conte exatamente o que aconteceu naquela noite. - o oficial pede e maneio a cabeça, começando o relato. 

-Eu estava sozinha,minha amiga Selena que mora comigo tinha saído com o namorado , ela até me chamou para ir mas estava me sentindo cansada e recusei...- conto detalhadamente enquanto um homem escreve tudo-. Após eles saírem, peguei um cobertor e deitei na sala para assistir , em seguida dormi ali mesmo...- paro de falar sendo interrompida pelo interrogador: 

-A que horas foi isso?- 

-Por volta de 7 ou 8 horas da noite eu acho, não lembro bem- respondo e continuo- Depois acordei com um barulho. Levantei e fui ver...

POV ARIANA 

Chego a casa de Justin e toco a campainha. Ontem combinamos de nos encontrar aqui e irmos juntos ao hospital ver a Demizita. 

-BOM...dia- começo a dar um "Bom Dia" super alegre quando a porta é aberta, mas toda a empolgação vai para o ralo quando a vejo que quem abre é o projeto de Anabelle.

-Ah ,é você- fala revirando os olhos e bufando. Garota antipática.         -Sim, em carne, osso e maravilhosidade- falo jogando meus cabelos para trás. 

-Claro, e eu sou a Madonna- diz irônica.                                                           -Nem nos seus sonhos mon amour- retruco empurrando-a e entrando na casa.                                                                   -Por acaso alguém te chamou para entrar querida?!- pergunta com falsa indignação. 

-Sim, o seu amado irmão- respondo sentando no sofá.                       -Acontece que o Justin não está, na verdade todo mundo saiu, então eu mando nessa casa. E advinha? Sua visita é incrivelmente indesejada! - arqueio uma sobrancelha e levanto, ficando cara a cara com ela. 

-Olha aqui "Melzinha" , não to nem aí para a sua opinião. Se você gosta de mim ou não o problema é seu, e a casa não é sua então fica de boa aí benzinho.- pisco e saio andando até a cozinha sentindo sua presença me seguindo.

Adentro ocômodo e vou até a geladeira, pegando um pedaço de pudim.                                                           -Garota você é muito folgada sabia ?!- Melanie para com a mão na cintura me encarando com raiva. Apenas ignoro sabendo que ela odeia isso. 

-Será que você pode andar logo, eu quero sair e tenho que fechar a casa!- ela fala mas continuo ignorando e comendo meu delicioso pudim.            -Você não tá me escutando não??!!- pergunta irritada e me seguro para não rir.

-Aff que voz irritante. Cala a boca garota- digo apenas para provoca-la.    -Vem calar!- retruca nervosa. Levanto por impulso e vou até ela que não está muito longe. Paro em sua frente e encaro seus olhos bem maquiados , passo meu olhar por seus lábios carnudos e coloridos por um batom verde. Eu gosto disso nela, dessa autenticidade , esse jeito tão complexo e peculiar que só ela tem. Melanie Martinez Bieber é realmente um enigma para mim. Tem hora que eu a odeio, e tem que hora que... 




...Eu continuo odiando, só que menos. 

- vai ficar só olhando ou vai me beijar logo?- ela pergunta olhando fundo em meus olhos. A cada palavra nossas respirações se chocam causando arrepios em ambas e então finalmente ataco seus lábios. Nada de beijo calmo, comigo é selvagem hehe. 

Sugo seu lábio inferior e ela me dá passagem, enfio minha língua em sua boca e exploro cada canto. Ela tem um gosto doce , Mel. 

Deposito minha mão atrás de sua cabeça e a outra em sua cintura. Nossos lábios se envolvem e se encaixam perfeitamente enquanto nossas línguas dançam em sincronia. Logo a falta de ar se faz presente e nos separamos. 

- O. QUE . FOI. ISSO?!- pergunta incrédula mas com um sorriso enfeitando os lábios.                                  -Sei lá!- digo dando de ombros e rindo.

*** 

POV DEMI 

-...E bom, o final da história vocês já sabem: Luke matou Natalie e Jack, e morreu depois. E eu estou vivendo com Selena em nosso apartamento sob a guarda do pai dela. - finalizo a longa história e o oficial me olha abismado.     -Isso é o suficiente e... Srt Lovato?- me chama atraindo minha completa atenção- Parabéns, você é uma guerreira!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...