História Happy Day - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Personagens I'M, Joo Heon, Ki Hyun
Tags Jooheon, Monstax, Romance
Exibições 36
Palavras 1.295
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa tarde meu povo!!
Como estão??
Sobreviveram ao tiro do BTS no Brasil??
Aqui está um imagine com o lindíssimo Jooheon, ele ganhou na enquete que fiz no Kpop Amino, deixarei o link nas notas finais para quem quiser me seguir.

P.S: Toda que eu coloca "Kim" é como se fosse seu nome ok??

Boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Happy Day - Capítulo 1 - Capítulo Único

Aquele não estava sendo o seu dia. Se atrasou para chegar na faculdade de artes onde teria que entregar um trabalho valendo metade da nota, e pelo atraso você perdeu três pontos "Pelo menos não fiquei com zero" pensou. 

Saiu da faculdade correndo para o trabalho, você era secretária de uma pediatra e a agenda da mesma estava lotada naquele dia e a sala de espera estava cheia de crianças birrentas gritando para seus pais e irmão "Mas que dia eim!" sem contar que também se atrasou para chegar ao trabalho.

O dia até que passou rápido graças ao movimento grande que estava no escritório, quando a doutora foi embora você quase se ajoelhou agradecendo a Deus que finalmente estava indo para casa, mas você não poderia reclamar do emprego o salario era bom e você conseguia pagar as contas e a mensalidade da faculdade e ainda sobrava algo se divertir. 

Fechou o consultório e foi para o ponto de ônibus esperar, uma das três opções que tinha, passar. Não demorou muito até que o ônibus passou, não estava cheio mas não tinha lugar para sentar, você passou a catraca e ficou ao lado do único garoto que estava em pé. 

Ele estava com os fones de ouvido, usava uma calça, coturnos e camiseta de algodão pretos é uma camisa xadrez vermelha, seus cabelos penteados para trás deixando um topete e por um momento seus olhos cruzaram os seus, aqueles olhos negros e pequenos foram hipnotizantes, você com vergonha desviou o olhar.

Ao longo do caminho o ônibus foi esvaziando e você sentou primeiro é assim que o lugar ao seu lado vagou o garoto sentou, o mesmo pegou um caderno pequeno e começou a escrever algo. Vez ou outra ele a olhava e sorria deixando seus olhos ainda menores, você não pode deixar de sorrir. 

Desceu do ônibus e passou na cafeteria Starbucks para tomar um capuccino e curtir um pouco o clima fresco daquele fim de tarde e tentar relaxar um pouco. Pegou seu pedido e sentou nas mesas do lado de fora e começou a ler seu livro que estava muito interessante por sinal.

Estava tão presa na história do livro que se assustou quando alguém puxou uma cadeira e se sentou em sua frente. 

- Meu Deus que susto! - exclamou ofegante colocando a mão no peito. 

- Desculpa, não quis te assustar - disse o garoto do ônibus - Jooheon, prazer - estendeu a mão sorrindo. 

- Prazer, Kim - se apresentou apertando a mão de Jooheon e sorriu. "Ele me seguiu?" Se perguntou, um medo tomou conta de você. 

- Você mora aqui perto? - Jooheon perguntou e ao perceber sua expressão desconfiada ele continuou - Eu não estava te seguindo eu moro ali - apontou para o prédio do outro lado da rua. 

- Moro na rua de trás - você respondeu mas a única coisa que você conseguia observar era o sorriso de Jooheon e estava tirando toda sua atenção. 

- Você faz faculdade de artes? - perguntou Jooheon ao ver seu sketchbook em cima da mesa.

- Sim - respondeu sorrindo. 

- Posso ver? 

- Claro - respondeu entregando o sketchbook a Jooheon. 

Ele abriu com cuidado e a cada desenho que ele olhava a expressão de admiração aumentava e você não pode deixar de sorrir, você não era muito confiante mesmo os desenhos sendo apenas esboços. 

- Você desenha muito bem - elogiou Jooheon - Você pretende seguir qual área? 

- De quadrinhos - você respondeu, pois era seu sonho ser quadrinista ou pelo menos trabalhar com um famoso para aprender mais sobre o mundo dos quadrinhos. 

- Você tem muito talento, parabéns! - Jooheon exclamou e sorriu largo, foi o sorriso mais lindo que você já havia vista. 

- O...Obrigada - você gaguejou. 

- Vou para a praça encontrar alguns amigos, vamos? - Jooheon perguntou. 

- Não, eu não quero atrapalhar - você respondeu sem graça. 

- Você não vai atrapalhar - disse Jooheon se levantando - VAMOS - gritou fazendo aegyo. 

Você sorriu tímida e aceitou. Jooheon pegou em sua mão e puxou-a para o caminho até a praça. 

Durante todo o percurso até a praça vocês conversaram bastante, Jooheon fazia faculdade de música e era rapper de rua, fazia alguns shows para ganhar uns trocados para viver o mês. Os pais dele haviam dado de presente a faculdade então ele não teria que se preocupar com as mensalidades da mesma. Ele improvisou alguns raps e você não podia negar que ele tinha talento. Quem sabe ele se torna um rapper famoso. 

Ao chegar na praça ele acenou para dois amigos dele, um tinha o cabelo rosa bebê a pele delicada e branca e o outro com cabelos cinza os dois eram mais baixos que Jooheon. 

- Ei Joo!! - exclamou o garoto de cabelo cinza - Estão namorando? - perguntou ao ver vocês de mãos dadas, a conversa foi tão boa que não perceberam que ainda estavam de mãos dadas.

Naquele momento você reparou em como a mão dele era grande segurando a sua, fazendo se sentir segura. 

- Ah, não - disse Jooheon, mas não soltou sua mão - Essa é Kim, a conheci hoje no ônibus. 

- Prazer! - você reverenciou para os garotos. 

- Ela é linda - elogiou o garoto de cabelo rosa - Prazer, Kihyun - sorriu. 

- Chang Kyun, mas pode me chamar de I.M - apresentou-se. 

Aquela noite foi tão divertida que você não queria que acabasse, os garotos improvisaram raps e Kihyun cantou eles formavam um belo trio. Jooheon sempre sorria para você, sempre perguntava se você estava bem ou se precisava de algo talvez por preocupação. Pode perceber que ele parecia ser agressivo, bruto mas na verdade era apenas uma aparência pois ele era carinhoso e atencioso.

Depois de ter um dia totalmente cheio e cansativo ele fez você esquecer tudo é apenas se divertir, como você agradeceria a ele? 

- Eu te levo em casa - disse Jooheon - Vejo vocês amanhã.

- Ok! - disse Chang Kyun. 

- Tchau meninos - você exclamou - Foi um prazer conhecê-los. 

- O prazer foi nosso - exclamou Kihyun. E foi embora com Chang Kyun. 

- Se divertiu? - perguntou Jooheon depois de alguns segundos caminhando. 

- Bastante - você respondeu sorrindo fraco e parou para olhá-lo - Obrigada. 

- Não tem o que agradecer - Jooheon sorriu e deu um passo à sua direção. Você não se assustou, continuou intacta, não teve medo dele - Não pude deixar de notar na cafeteria que você parecia chateada - tocou sua bochecha delicadamente - Não gosto de ver garotas bonitas como você assim - Jooheon deu mais um passo deixando um palmo de distância entre vocês - Gosto de ver sorrisos - ao você sorrir as luzes que tinham nas árvores se acenderam. 

Era época de natal. Jooheon olhou as luzinhas brancas e depois olhos em seus olhos, segurou seu rosto com as duas mãos e selou os lábios dele nos seus, em um beijo delicado, macio e quente. Você retribuiu o beijo, passou as mão em torno do pescoço de Jooheon e aprofundou o beijo. 

Não sabia quanto tempo ficaram ali parados no meio da calçada hipnotizados pelo beijo mas sabia que Jooheon salvou seu dia. Você acariciava os cabelos dele, ele realmente salvou seu dia. 

Separaram do beijo pela falta de ar mas mantiveram o abraço.

Sorriram. 

- Seja feliz comigo - Jooheon sussurrou e como resposta você sorriu e iniciou outro beijo. 

Claro que você seria feliz com ele. Isso seria amor à primeira vista? Talvez. Mas você não pensou demais nisso, a única coisa que tomava conta de você era a felicidade que estava sentindo ao Jooheon aparecer em sua vida. 
 


Notas Finais


Ah muito fofo né??!!

Quem quiser me seguir lá no amino fique a vontade, sigo todos de volta.
http://aminoapps.com/p/mh7ou3

Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...