História Happy Ending...Oh no - Capítulo 12


Escrita por: ~ e ~Eno

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Personagens Originais
Tags Lucy X Natsu, Stincy
Visualizações 115
Palavras 1.205
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Kidnapped


Fanfic / Fanfiction Happy Ending...Oh no - Capítulo 12 - Kidnapped

Chapter - XII

Kidnapped

“I do not care how long it takes, but please get me out of here and just hold me”.

Pov’s Lucy

Quando voltamos para dentro do castelo, tudo estava um completo caos. Era algo de fazer seu queixo cair. As enormes cortinas vermelhas estavam completamente rasgadas e havia alguns pedaços espalhados pelo chão; O chão que antes era branco, agora estava totalmente vermelho, antes aquilo fosse apenas tinta do que sangue; Havia também alguns corpos jogados em qualquer canto, tive que levar uma de minhas mãos a boca tentando segurar o vômito. Sting não estava muito diferente de mim e por mais que tentasse manter sua pose eu já sabia, no fundo ele estava enojado tanto quanto eu. Tantos corpos espalhados, alguns até mesmo dos melhores magos que um dia achei conhecer. Estavam completamente mutilados, decapitados, enforcados, esfaqueados; Era horrível.

As pessoas que sobraram estava tentando sair aos montes pelas portas, o desespero delas estava mais do que estampando em seus rostos. Os únicos que sobraram naquele salão eram Eu, Sting, Happy, Rogue, Erza, Gray, Lion, Wendy e mais alguns magos que já estavam se retirando por estarem feridos.

-O que aconteceu… - Antes que pudesse abrir a boca, uma risada se fez presente no salão. Aquela risada era de arrepiar até mesmo Acnologia, esse era meu medo. De quem era aquela risada afinal?

-Ora ora, dando uma festa sem mim? Cruel - Olhamos para cima onde havia um belo candelabro de ouro e lá estava o portador da voz. Ninguém menos do que Natsu.

-O que pensa que está fazendo, Natsu!? - E como sempre, lá estava Erza com aquela aura assustadora que somente ela sabia fazer.

-CALE A BOCA, MULHER! - Ele desceu de lá de cima com um semblante irritado, mas não ousou tirar o sorriso debochado de seu rosto. Nem fez questão de tentar esconder seu tom rude - Quando eu me dirigir a você, somente aí irá abrir a boca, certo? - A ruiva preferiu engolir seu orgulho e suas palavras para se manter quieta, mas não escondeu a irritação em sua face.

-Foi você quem fez isso, Natsu-san? - Pela primeira vez em muito tempo, consegui ouvir a voz de Wendy que continuava suave, porém assustada o suficiente para denunciá-la.

-Claro que fui eu, pequena Dragon Slayer. Aliás, tenho um presente para você, Wendy-chan - Ele fechou um de seus punhos e levou a boca, parecia estar soprando como se fosse encher um balão. Quando sua mão se abriu uma espécie de corrente de fogo saiu e foi em direção a Wendy em uma velocidade enorme. Antes que pudesse matá-la, Gray se jogou na frente recebendo a corrente atravessada bem no meio de seu peito. Arregalamos os olhos, quando ele cuspiu sangue e seus joelhos cederam ao chão, tudo pareceu ter desmoronado com ele.

-GRAY-SAMA! - Wendy se ajoelhou ao seu lado e tentou usar sua magia para curá-lo. Natsu começou a rir novamente enquanto recebia alguns golpes de Erza.

-COMO VOCÊ PODE FAZER ISSO COM ELE, NATSU!? COMO VOCÊ OUSA…- Logo foi ouvido apenas um estalar e o silêncio reinou. Ninguém podia acreditar no que havia visto, Natsu acabou acertando um tapa forte o suficiente para fazer Erza virar o rosto.

-Não ouse gritar comigo, lembre quem são seus superiores aqui - Ele a pegou pelo pescoço e a levantou do chão para fazê-la ficar sem ar, o que não iria demorar quase nada.

-Natxu...P-Para - Ouvir os soluços de Happy foi como um tiro em meu peito, sempre odiei ver qualquer um chorar, mas Happy, aquilo era imperdoável.

-Happy...Já havia me esquecido de você, desapareça - Arregalei os olhos quando vi meu pequeno voar e se colidir com a parede. Ele caiu no chão e Rogue foi correndo ao seu encontro - Quem é o próximo? - Segurei meu vestido com as mãos apertando-o com certa força, já não conseguia mais segurar minhas lágrimas sabendo que aquilo era culpa minha. Dei alguns passos e encarei Natsu nos olhos.

-Chega, Natsu, pare de fazer isso - Ele deu uma risada debochada e deixou Erza cair.

-E quem vai me impedir, você?

-Se for necessário, sim - Ele abriu seus braços como se fosse me abraçar, o que obviamente não era a intenção dele.

-Então venha, Heartfilia.

-Star Dress: Loke Form! - Avancei contra ele tentando acertá-lo com qualquer golpe que fosse, mas ele conseguia desviar ou bloquear usando apenas as mãos.

-Vai precisar se esforçar mais se quiser me impedir, Luce - Por um breve momento eu me paralisei, mas foi tempo suficiente para que ele me derrubasse no chão e colocasse um de seus pés por cima da minha garganta, foi forte o suficiente para começar a me deixar sem ar.

-S-Star Dress: Virgo Form! - Consegui cavar um buraco fundo o suficiente para que ele caísse, mas eu acabei por cair bem por cima dele.

-Ora sua… - Comecei a cavar e me arrastando rapidamente - VOLTE AQUI! - Ele tentou agarrar meu pé várias vezes, mas sem sucesso. Quando estava prestes a sair daquele buraco ele alcançou meu pé, mas por sorte consegui acertar um chute bem dado em seu nariz, o que pareceu ter quebrado o mesmo - CANSEI! JÁ CHEGA DE BRINCAR, LOIRA! - Um grito escapou pela minha garganta quando senti suas garras serem fincadas na minha cintura com força; Seus chifres, asas, escamas, tudo estava começando a aparecer finalmente.

-Star Dress: Taurus Form! - Acertei outro chute em seu nariz e sai para fora colocando as mãos na ferida aberta que já sangrava muito, foi quando eu percebi que estava arfando e suando muito. Minha magia já estava começando a acabar e aquilo estava se tornando desgastante para as chaves. Natsu subiu e ficou de pé a minha frente com um sorriso malicioso. Ainda consegui sorrir quando vi o estrago que havia feito em seu rosto, era um tanto satisfatório.

-Sinceramente, você está bem melhor que antes e esse seu corpo parece ficar cada vez mais convidativo a cada segundo que se passa - Arregalei os olhos enquanto o Star Dress se desfazia.

-V-Você não ousaria.

-E como teria o prazer de fazer tal atrocidade - Enquanto ele se aproximava fui tentando empurrar meu corpo para trás - Você sabe o que eu quero e não vou desistir tão facilmente, Luce - Se teleportou para algum lugar e parei ao sentir algo atrás de mim, como eu queria que fosse a parede. Gritei como nunca ao sentir suas garras tentarem atravessar minhas costas, como se não bastasse toda a dor ele parecia estar tentando fritar a minha carne.

-P-P-PARAAAA!

-LUCY! - Vi Sting tentar correr em minha direção já com o Dragon Force ativado, infelizmente ele estava longe demais. Cai com tudo no chão já vendo uma enorme poça de sangue se formar, Natsu se abaixou um pouco segurando minha cintura e deu um sorriso malicioso enquanto beijava meu pescoço. Eu só conseguia sentir nojo aos seus toques, a vontade de vômitar nunca foi tão grande.

-Hora de ir, Luce - Minha visão se tornou turva e fui fechando os olhos devagar, a única coisa que pude ouvir foram o gritos de Sting tentando me alcançar.

---XXX---

 


Notas Finais


Eae? Gostaram? Espero que sim!
Desculpem a demora e o capítulo pequeno, mas minha cabeça está um caos ultimamente.
Enfim, titia Lola vai passar um tempo fora sem escrever capítulos para esta fanfic, então titio ou titia Eno vai ficar no meu lugar mais uma vez. (Sorry Eno, ainda não sei como me referir a você .-.).
Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...