História Happy little Pill - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Bianca di Angelo, Calipso, Charles "Charlie" Beckendorf, Chris Rodriguez, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Frank Zhang, Frederick Chase, Hades, Jason Grace, Júniper, Leo Valdez, Luke Castellan, Malcolm, Miranda Gardiner, Nico di Angelo, Octavian, Octavian, Percy Jackson, Piper McLean, Poseidon, Quíron, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Sally Jackson
Tags Amor, Drogas, Medo, Percabeth
Exibições 20
Palavras 870
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Saga, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, sei que demorei mas... ta ai o cap 2
Tentei fazer maior mas nao consigo ver exatamente o número de palavras então ... espero q gostem
Boa leitura 💓

Capítulo 2 - Cap. 2- Anger


Fanfic / Fanfiction Happy little Pill - Capítulo 2 - Cap. 2- Anger

Percy estava sentado em um banco no Central Park. Estava muito frio, ele usava um casaco grosso azul e uma calça jeans escura. Ele fumava alguma coisa que Nico arrumara para ele, provavelmente cocaína . Sua cabeça estava turva de pensamentos. Antes de tudo é bom falar que Percy não é nenhum viciado, ele apenas Arrumou uma forma de preencher por algumas horas o espaço de sua felicidade. Aquilo era sua Pilula da felicidade. Sua Happy Little Pill 


 * * * 3 anos atrás 

 Percy estava chegando da escola , da esquina ele sentiu o familiar cheiro dos cookies de sua mãe. Começou a correr na esperança de devorar os mesmos. Na época ele tinha 15 anos, era um adolescente com um ótimo coração, não muito bom com os estudos. Mas se esforçava ao máximo . Quando chegou em casa viu um prato cheio de cookies azuis. Um pequeno truque de Sally para agradar o garoto. Seu pai raramente estava em casa. Poseidon trabalhava o dia todo e quando saía da empresa ia a bares e enchia a cara. Percy já tinha perdido a conta de quantas vezes vira seu pai chegando em casa bêbado e quebrando tudo que via pela frente. Quando isso acontecia Sally tentava acalmar Poseidon , mas com isso era humilhada pelo mesmo, pelo fato de não trabalhar e ser "sustentada". 

Um dia Sally tentara pegar um vaso da mao de Poseidon , vaso que tinha ganhado de sua mãe, Poseidon deu um tapa fortíssimo em seu rosto. Sally caiu no chão e chorou, ela se sentia um lixo por não ter coragem de sair dali e viver apenas com seu filho.Percy assistia a aquilo quase toda noite. Chamava a si mesmo de covarde por ter medo de proteger sua mãe daquilo. Percy pegou um dos cookies e comeu. Sua mãe veio da cozinha e lhe abraçou

 -como foi a escola ? - perguntou 

 -o de sempre 

 - vou a casa de uma amiga daqui a pouco tudo bem ? 


"Eu lutei por você 

Com força, isso me fez mais forte"

- claro mãe

 - talvez eu volte tarde, não saia do quarto quando seu pai chegar. Não quero ele dispensando suas raivas em você

"Então me conte seus segredos 

Eu só não aguento te ver ir embora"

 - tudo bem Percy depois de comer se despediu de sua mãe e subiu para o seu quarto. Pegou se celular e começou a conversar com seu amigo Leo. Quando anoiteceu Percy ouviu seu pai chegar e como sempre um estrondo foi ouvido quando ele chutou a porta para abri-la. Nem as empregadas ousavam ficar no caminho de Poseidon quando ele chegava . Percy ouviu seu pai gritar por Sally e chingar ela de puta. Viu pela janela o carro de sua mãe chegando. Ele teve um mal pressentimento , sua mãe não deveria ter chegado bem naquela hora , seu pai ainda gritava por ela. Percy desceu as escadas correndo e chegou a sala bem quando sua mãe era arremeçada contra o sofá por seu pai. Ele estava em cima dela desferindo tapas atrás de tapas em sua cara . Gritando que ela o estava traindo. Sua mãe gritava e chorava, Poseidon então agarrou o pescoço dela é começou a aperta-lo. Sally arregalou os olhos e se debateu tentando inutilmente se livrar dos braços de Poseidon . Percy que até agora permanecia em choque correu até a mãe e começou a tentar ajuda-la. Dava socos em Poseidon e tantava livrar o pescoço de sally. Poseidon o empurrou forte e largou Sally no chão . Deu um chute no estômago de Percy e subiu as escadas. Percy levantou com dificuldade e viu que sua mãe ainda se debatia. Gritou o tanto que pode e foi correndo para abraçar a mãe. Ela estava tendo uma parada cardíaca . Percy podia sentir os batimentos de seu coração cada vez mais fracos. Abraçou o corpo de sua mãe e chorou o máximo que pode. Um dos empregados chegou a sala correndo e gritou, para chamarem a ambulância. Mas Percy sabia que já era tarde demais.


                           * * *

 Os olhos de Percy estavam fechados, lágrimas escorriam como a nascente de um rio. Cortando sua bochecha para então despencarem no chão frio. Ele ouviu uma voz doce atrás de si. "Se acalme" foi oque a voz disse. Ele abriu os olhos e visualizou sua mãe na sua frente . Ele chorou ainda mais, implorando para aquilo parar. - eu te amo - ela disse doce 

                Nós rimos na escuridão 

Tão assustados que nos perdemos 

- NAO - gritou - não faça isso comigo mamãe , eu te imploro . Fique comigo. Eu me sinto tão só - nesse momento ele já estava ajoelhado no chão chorando.- não vá embora denovo .

"Você me mostrou que o amor era tudo o que você precisava"

 Porfavor mãe, eu preciso de você. Ele então chorou. Mais do que pode em sua vida. Ajoelhado e falando com uma imagem de sua imaginação .

Mas o céu não pode esperar por você 

Não, o céu não pode esperar por você 

O céu não pode esperar por você

 Não, o céu não pode esperar por você 

Então continue, vá para casa


Heaven- Beyoncé 


Notas Finais


Gente deixem suas opiniões sobre oq estão achando da fic, isso ajuda muito
E se puderem favoritem tbm ajuda bastante 💓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...