História Hard Carry ( 하드캐리 ) • Im JaeBum • - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 28
Palavras 679
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura!

Capítulo 8 - Capítulo 08


Fanfic / Fanfiction Hard Carry ( 하드캐리 ) • Im JaeBum • - Capítulo 8 - Capítulo 08

Não importa o quão longe procuro por você, é apenas um sonho vazio

Não importa o quão louco eu corro, eu volto para esse mesmo lugar

Apenas me queime! Sim, me puxe

Essa é uma corrida de amor louca - Run

• JaeBum •

A arma fazia furos no alvo, o som realmente era estridente fazia eco nos meus ouvido.

- Tá na hora de parar hyung.- Yugyeom tocou no meu braço.

- Não posso.- Falei atirando mais três vezes.

- Não pode ou, não quer? - falou, af maknae insistente, Deus me livre.

- Os dois.- Falei largando a arma em na bancada de armas onde tinha vários tipos de pistolas, revólveres e tudo mais.

- Mas porque você não quer e não pode? É a Hae-ssi nao é? - Perguntou e chegou exatamente no ponto ápice.

- Sim, eu não posso ver ela como uma criança, eu tento mais não consigo.- Respirei fundo soltando o ar pesadamente e me sentando encostado a parede branca.

- Mas tenta, pro Jackson é tão fácil ver ela como criança.- Falou se sentando ao meu lado, hoje nos fomos para nossa aula de tiro ao alvo já que não tinha nada melhor pra fazer em casa.

- Claro o Jackson tem a mente de criança ne.- Respondi me levantando.- Vamos.

Começamos a andar pra fora do local em direção ao meu carro já que o Yugyeom veio junto comigo e o JinYoung ja foi.

- Você gosta dela não é? - perguntou o mais novo, Jesus menino cala a boquinha, chegamos ao carro e eu entro em seguida ele.

- Eu? Claro que não! - Comecei a rir, mas não sabia se era de nervosismo ou por idiotisse mesmo.

- Tá na sua cara hyung, esses três meses que ela tá aqui você mudou completamente seu jeito, não é mais frio igual antes, até com a gente mesmo você ta diferente.- Falou mexendo em seu celular

- Não estou apaixonado por ela Yugyeom, não insista.- Falei frio dessa vez e ele deu os ombros.

Chegamos em casa e a Hae Eun tinha ido no supermercado com o Jackson, YoungJae, Mark e Sid.

Subo pro meu quarto e me jogo na cama, sem nada pra fazer pego meu celular e procuro o número de alguma garota que eu juro que eu tenho, pei achei.

Mensagem On

Eu: Olá Hyuna.

Hyuna: Oi JB ♡

Eu: Tudo na boa?

Hyuna: Com certeza e com você?

Eu: To bem. Que tal da uma passada aqui em casa?

Hyuna: Claro, que horas?

Eu: Agora.

Hyuna: Em 10 minutos eu chego ai.

Mensagem Of

Hyuna é uma garota que eu pego a um tempo já, ela não é vadia ou algo assim, muitas pessoas acham que ela é, mas na verdade ela é um amor de pessoas e nós temos um caso que nao envolve sentimentos nenhum  além dos carnais.

Levanto da cama quase me arrastando e vou tomar um banho, saindo do banho visto uma calça jeans, uma regata branca e um moletom dos Simpsons por cima, coloco minhas meias do Bart Simpson, ponho meus anéis e brincos e pa to pronto.

Escuto batidas na porta do meu quarto, vou abrir a mesma e vejo a Hyuna com um vestido vermelho e ima sapatilha preta.

- Entre.- Falei dando espaço pra ela entrar

- É impressão minha ou é a Hae Eun-ah lá em baixo? - Perguntou se sentando na minha cama e tirando suas sapatilhas.

- Longa história, você não vai querer saber.- Respondi suspirando pesado e ela percebo pois começou a massagear minhas costas.

- To morta de curiosidade pra saber o que tá rolando.- Falou ainda massageando as minhas costas.

Suas mãos são macias e delicadas são como toques de anjos, deito na cama e ela se senta em cima das minhas costas.

- Eu sei pra que você me chamou aqui hoje JB.- Falou com uma voz sexy no meu ouvido

- Sabe é? - Provoquei me virando pra frente e a olhando nos olhos.

- É sei.- eEa me agarrou.

{...}

- Você ainda continua ótima nisso.- Falei ofegante limpando as gotas de suor que caiam.

- Agora eu só quero dormir, boa noite.- Falou e se virou, solto uma risada e durmo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...