História Hard Carry [GOT7 e BTS] - Fanfic - Capítulo 14


Escrita por: ~

Exibições 66
Palavras 2.323
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


muito tempo? sim
pq? nem eu sei

nau mi matem por issu ;*;

boa leitura 💗

Capítulo 14 - It's Sad, but It's True


1 semana depois...

"Mika on"

Dessa vez, eu não acordei por causa do meu relógio biológico. Foi por causa do Mark. Só não bati nele, porque eu não tava com vontade.

MK - Bom dia, princesa - ele me deu um selinho - dormiu bem?

- Sim... e você?

MK - Só dormi bem porque eu dormi com você...

- Ai... tem que começar a melação? Logo de manhã? - me virei de costas pra ele

MK - Poxa... assim você me magoa - ele fez voz de choro - sério isso?

- Af... - revirei os olhos e me virei de volta pra ele - você sabe muito bem que eu não gosto de todo esse açúcar...

MK - Então tem que ser sal?

- Se fuder... - eu me levantei da cama e fui para a porta

MK - Se for com você... - ele pulou da cama e abriu a porta - eu vou...

- Já chega - desci as escadas e fui pra cozinha 

MK - Aaah... - ele veio junto - vai dizer que... - ele me abraçou por trás - você não gosta disso? - ele me deu um beijo

- Não vou mentir... eu gosto sim...

MK - Então!

Peguei uma caixa de cereal e outra de leite e fui tomar o meu "café" da manhã, enquanto Mark tomava um iogurte.

[.....♡.....]

Estávamos jogando videogame, eu, Jungkook, JB, Bambam e Jin. Era simples: quem perdia, passava o controle e quem ganhava, continuava. Eram dois controles.

Eu estava jogando bem a minha quarta partida seguida, porque tinha ganhado. 

- GANHEI DE NOVO! SOU FODA BITCHES - falei enquanto fazia uma dancinha

JK - Já chegaaaaa... - ele tentou tirar o controle da minha mão - me deixa jogar... vaaaai Mikaaa - ele pedia manhoso

- Naaaaau - apenas afastei o controle dele - se eu ganhei, eu continuo jogando

 BB - VAI JOGAR MAIS NADA - ele estava do meu outro lado e tirou o controle das minhas mãos

- Oushe... - fiz um biquinho - me deixa jogar Bambamzinhoooo - tentei recuperar o controle até que vi JB completamente vidrado na partida - EI, OLHA O JB AE

JB - Eu oque? - ele se assustou

- JÁ É A TERCEIRA PARTIDA SEGUIDA QUE ELE TÁ JOGANDO!

JN - Simples, ele não joga mais - ele tirou o controle do JB

JB - Ô CARALHO! TAVA NA ÚLTIMA FASE SEU DIMUNIU!

JN - NÃO LIGO! - ele saiu da fase em que JB estava, indo para o menu principal

JB - SUA CULPA MIKAELLA - ele pulou encima de mim e ficou me matando de tanto rir por causa da cosquinha - AGORA, SOFRA COM AS CONSEQUÊNCIAS!

- AAAAAAHHHH - Jungkook e Bambam se afastaram de mim, talvez por medo de serem atingidos também - IM JAEBUM, ME SOLTAAAAAAA - tentei me soltar e milagrosamente, consegui enquanto Jungkook, Bambam e Jin se matavam de rir de mim e JB - BITCHES

Ficamos jogando por muito tempo. Não, você não entendeu, foi a manhã toda e metade da tarde. Tipo, das 10:00hrs até 16:00hrs. Viciados? Talvez...

Bom, na hora do lanche, ninguém se mexeu. Oque aconteceu? Ficamos sem alemento  ;-; mas tinha uns lollipop e uns besteirol lá na geladeira, então.... acabou tudo huehueheuhe

Depois de acabarmos com os lanchinhos, nós (a omma Jin), decidimos sair para algum lugar, já que não podiámos ficar o resto do dia trancados em casa. 

JN - Ei! - ele pausou o jogo - vocês tem que parar com esse videogame um pouco! Bora... - ele tirou os controles do Jungkook e do Bambam - pra onde a gente vai?

JB - "A gente" o caralho...

- Eu num quero ir... - me joguei no chão e coloquei uma almofada no rosto

JK - Me deixa aqui... - ele fez o mesmo que eu, mas no sofá e sem a almofada

BB - Se é assim, eu não vou! - fez o mesmo de Jungkook

JN - Oshe... sem essa de "não vou" vocês vão sim! - ele desligou o jogo

JB - Mas eu não quero ir...

JK - Nem eu...

JN - Então, sem videogame por uma semana!

- JÁ TÔ INDO - pulei do sofá

BB - Nossa... tudo pelo videogame... nenon? - ele se levantou também

JK - Quem disse que eu não vou? - ele pulou nas costas do Bambam

BB - DIMUMIU - ele começou à se debater e à tentar se soltar

JN - Bom... em vez de se matar, vão se arrumar que é melhor....

- JÁ FUI - corri pro quarto, ouvindo risadas, e quando entrei, Mark estava lá jogado na cama mexendo no celular 

MK - Oooi Mika - ele desligou o celular logo que eu voei pro guarda-roupa - que pressa é essa? E... pra onde você vai? - ele perguntou quanto eu coloquei um moleton

- Vou dar uma saida....

MK - Nossa... nem me chama né? - ele fez um bico fofinho - é assim?

- Aish... - revirei os olhos enquanto deixava um sorriso surgir - quer vir?

MK - Não... tenho que ir na JYP pra resolver algumas coisas... parece que a empresa vai ajudar alguém...

- Tá bom então... eu peço pros meninos pra gente ir te buscar mais tarde...

MK - Okay - ele me deu um selinho - vão me buscar pelo fim da tarde... acho que vai demorar...

- Okei

[.....♡.....]

A tarde foi ótima! Nem imaginei que poderia ser mais legal do que ficar jogando videogame pra depois esfregar na cara dos meninos que eu ganhei.... hahahahahah

Nós fomos pro cinema, tomamos sorvete e depois ficamos andando pela cidade, procurando algo legal pra fazer. Acabamos comprando algumas coisas, tipo... videogames novos e coisas assim.

Eu perguntei pros meninos se tinha como a gente ir buscar Mark, lá na JYP, e eles concordaram. Chegamos lá no fim da tarde, como ele pediu, mas ninguém quis descer do carro pra chamar ele. Quem teve que ir? Isso mesmo. Eu.

Desci do carro, quase sendo jogada, e entrei lá. Haviam poucas pessoas no local. Fui até a recepcionista, falei meu nome e perguntei onde Mark estava. Ela foi muito gentil comigo! Ela explicou que ele estava ajundando na gravação de um MV, que provavelmente já tinha acabado, então ela riu dizendo que talvez só estivesse ele lá. Soltei uma risada, mas logo agradeci e peguei o elevador.

A porta do elevador abriu, e eu estava em um corredor com algumas portas. Como haviam muitas portas, achei melhor ligar pro Mark... vai que eu entro na sala errada...

"Ligação on"

MK - Alo?

- ASLO ABIGO

MK - Ooi Mika! Já tá vindo?

- Eu já tô aqui... em que sala você tá?

MK - Eu sei lá.... acho que é a 5 ou 6B

- Acho que eu tô no andar errado... - eu vi que todas as salas tinham um "A" e não um "B" - eu vou procurar aqui

MK - Okay... tchauzin

"Ligação off"

Subi mais um lançe de escadas e procurei pela sala. Mano, isso é gigante! Enfim, achei a tal sala e abri a porta. Quem dera se eu nunca tivesse aberto a porta. Oque tinha? Mark e Taeyeon conversando. Resolvi ouvir a conversa

MK - Para de mentir, Taeyeon!

TY - Eu não tô mentindo! É sério...

MK - Mas então não foi comigo, porque a gente tomou todo o cuidado possível! - ele se encostou em uma parede

TY - Não acredita? - ela se aproximou dele - sério isso?

MK - Não mesmo

TY - Já que se recusa à acreditar que tem um filho aqui que pode ficar sem pai... tudo bem...

Então, nessa hora, me conti muito para não ir lá e dar um tapa no Mark, mesmo assim, preferi continuar ouvindo. Como tive que me conter, mexi a porta e ela rangeu. Eles começaram à falar baixo, quase como se fosse algum segredo. Então Taeyeon se aproximou de Mark e eles se beijaram. Ou Taeyeon beijou o Mark. Nem liguei pra isso.

Lágrimas. Muitas lágrimas. Visão embaçada. Raiva, depois tristeza. Gritos vindos daquela sala. Foi como se naquele instante, o único pedaço "bom" do meu coração, se quebrou. Sai de lá. Fechei a porta com força. Aliás, eu acho que por uma fração de segundo, Mark tinha me visto ali. Mas nem liguei.

Desci um lançe de escadas, entrei em uma sala qualquer e fechei a porta. Me encostei na porta e me deixei deslizar pela mesma. Abraçei as minhas pernas, enquanto tentava controlar o choro.

Exagerada? Bom, pensa comigo. Um menino muito legal, bonito, carinhoso e bem-humorado te pede em namoro e você aceita. Afinal, ele é o "garoto dos sonhos". Então você tem a noite da sua vida com esse namorado, e quando vocês fazem uma semana de namoro, você pega ele beijando outra. Oque você faz? Pois é.

Mentira ou não, eu não culpo ninguém. É triste, mas é a verdade.

Controlei o choro. Pronto, uma coisa a menos. Coloquei meus fones no volume máximo e coloquei o meu capuz. Fiquei uns 2 minutos ali, até que ouço batidas na porta. Olhei pra porta e tirei os fones na tentativa falha de tentar descobrir quem poderia estar ali. Percebi que não teria sucesso nenhum, então apenas me afastei para que a porta pudesse ser aberta. Abriram a porta, e lá estava Mark. Oque eu tinha feito pra merecer aquilo? Nem eu sabia.

MK - Mika! Ainda bem que eu te achei! À quanto tempo você estava aqui? - eu fiquei em silêncio - Mika? - não respondi de novo, mas me levantei e olhei nos olhos dele - não vai falar nada?

- Não com você - então passei por ele e sai correndo de lá

MK - Volta aqui Mika! - eu ouvi ele gritar

Nem respondi. Corri pro elevador, com Mark atrás de mim, e rapidamente apertei o botão de "fechar" antes dele chegar. Deu certo. Agora estava só eu naquele espaço pequeno. Quando a porta abriu, corri pro estacionamento e pedi para que Jin abrisse a janela do carro

JN - Nossa! Demorou tanto! E... - ele perguntou quando percebeu que eu estava chorando - oque aconteceu lá? - apenas fiz que não com a cabeça

- Depois eu conto... - eu ia me afastar, pois Mark estava cada vez mais perto 

JN - Pra onde você está indo?

- Não sei... pra algum lugar... não se preocupe, eu não volto tarde pra casa...

JN - Quero saber de tudo depois - fiz que sim com a cabeça e sai dali.

"Mark on" 

BOA GÊNIO DA LÂMPADA! AGORA A MINA MAIS DAHORA QUE VOCÊ CONHEÇE, TÁ CHORANDO PORQUE VOCÊ ACREDITOU EM UMA POSSÍVEL CHANTAGEM! BOA MARK YI-EN TUAN! SEU IDIOTA!

"Flasback on"

Sai de casa logo depois dos meninos e fui pra JYP. Nem precisei dar o meu nome pra recepcionista, então fui logo gravar aquele MV.

Passei a tarde toda gravando, e no final, ficou muito bom! Ainda bem né? Eu e a Taeyon nos esforçamos tanto... no mínimo tinha que ficar bom!

Já estava no fim da tarde, quando todos foram embora e a Taeyeon ia ficar pra guardar algumas coisas, e como eu tinha que esperar a Mika, resolvi ajudar. Começamos a arrumação. Já era tarde, até que Taeyeon fala algo.

TY - Mark?

- Sim? - respondi

TY - Lembra de quando a gente... hum... er... - ela bateu uma mão na costa da outra e eu apenas assenti - pois é... 2 meses depois, eu fiz um teste... um não, 3 e dois deram positivo...

- Para de mentir, Taeyeon!

TY - Eu não tô mentindo! É sério...

- Mas então não foi comigo, porque a gente tomou todo o cuidado possível! - eu me encostei em uma parede

TY - Não acredita? - ela se aproximou de mim- sério isso?

MK - Não mesmo

TY - Já que se recusa à acreditar que tem um filho aqui que pode ficar sem pai... tudo bem...

Ouvimos um barulho, e começamos à falar mais baixo, não que nós estivéssemos fazendo algo errado, mas se alguém nos visse ali, poderiámos passar uma má impressão.

- Sério isso? - sussurei pra ela - porque eu tenho namorada, sabia?

TY - Ah Mark... uma namorada é mais importante que um filho?

- Um filho, que não é meu! - eu falei tentando não elevar a minha voz

TY - Vamos tentar dar certo de novo... por favor... eu não quero que essa criança tenha um pai ausente... ou melhor, não tenha um pai... - eu revirei os olhos

- E oque você sugere?

TY - De nós tentarmos... - então ela selou nossos lábios 

- Sai - empurrei ela, e por uma fração de segundo, vi a Mika, que fechou a porta e saiu de lá - OLHA OQUE VOCÊ FEZ! - falei exaltando a minha voz

TY - Eu só estou tentando fazer com que essa criança conheça o pai! - a voz dela falhava à medida que saia

- Depois a gente conversa... - eu disse indo até a porta

TY - M-mas... - ela suspirou - então tá... até... depois... - ouvi ela falar, porém, já estava fora da sala, correndo escadas à baixo

A primeira coisa que eu fiz, foi descer tudo, e perguntar pra recepcionista se a Mika já tinha ido embora. Resposta negativa. Ótimo. Subi até o primeiro andar e fui abrindo porta por porta. Bati de porta em porta. Abri uma delas, e lá estava ela. Mika estava sentada no chão, abraçada às pernas e com cara de choro.

- Mika! Ainda bem que eu te achei! À quanto tempo você estava aqui? - ela ficou em silêncio - Mika? - ela não respondeu de novo, mas ela se levantou e me olheu nos olhos - não vai falar nada?

Mika - Não com você - então ela passou por mim e saiu correndo

- Volta aqui Mika! - eu gritei

"Flashback off"

Acordei dos meus pensamentos, com Jin me chamando

JN - Ei! Mark! Cara, você tá bem?

- Não... - eu começei à chorar

JN - Calma, entra aqui - ele abriu a porta de trás, onde Bambam e Jungkook estavam, e eu entrei - nós vamos pra casa, então você conta tudo, ok?

- O-okay...

BB - Hey... calma... - ele me abraçou - já vai passar...

- J-Jin? - ele se virou pra mim - p-pra onde a Mika foi? Você sabe?

JN - Não... mas ela disse que não voltava tarde pra casa...

- D-duvido muito que ela vá voltar...


Notas Finais


oq vcs tao achando da fic?
plicisu saber ;*;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...