História Hariam City: o despertar da maldição! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Bruxos, Maldição, Sobrenatural
Visualizações 5
Palavras 474
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá garelinha, antes de começar quero lhes pedir que acompanhem a fic, tem muito conteúdo por aí... Agora vamos lá!

Capítulo 2 - Prólogo: Nova vida, novo lar!


Dentro de uma cesta de compras forrada com almofada e coberta com um ededrom, estava uma criança e em seu lado o ursinho marrom, no visto tinha em cerca de 5 meses de idade, mas era tão pequenininho que coubera na cesta. A noite estava chuvosa então, era certo que o orfanato acolheria a criança. Deste dia em diante, o lugar se tornara seu lar, e desde então esperou com esperança reencontrar seus familiares que o rejeitaram. 

  Os tempos se passaram, em uma tarde calorosa, estava Antonie e Bob, sue fiel amigo que sempre guardou seus segredos, talvez porque tenha sido apenas um ursinho marrom e já estava ficando velho com o tempo. Mas no meio daquele jardim, alguém veio lhe chamar, pois pessoas o esperavam. Tony esperançoso achava que seria seus pais, então foi correndo ao seu quarto avisar todos os seus amiguinhos. Os únicos não contentes foram os gêmeos Sallen, sempre aprontaram com Tony e sem nenhum motivo, odeiam-o. 

 Depois de um banho e ficar arrumado, o garotinho de 7 anos pegou Bob e, encaminhou se para a diretoria, assim que abriu a porta a diretora Disara o chamou, e colocou-o sentado em seu colo.

-Antonie, estes são o senhor e a senhora Jarbas, e esta é sua filinha Jeyrina, eles estavam ansiosos pra te conhecer!-O garotinho então acenou com a mão a eles.o

-Vocês então são meus pais de verdade?-Tony questiona-os alegre e esperançoso.

-Não Tony... posso te chamar assim né?-A senhora interagiu com o garoto.

-Claro!-Respondeu aborrecido. Se levantou e chegou mais perto do casal. 

-Olha Tony!-O homem alto e forte, chegou perto do garoto e ajoelhou-se para se igualar em tamanhos- Até podemos não ser seus pais, porém, podemos te amar como eles te amavam. Não te obrigo a vir conosco, não vou te chantagear dando lhe todo os nossos bens, mas queremos que venha conosco, que possamos te amar!

A garotinha de olhos verdes e cabelos azuis, se aproximou ao menino, e com sua doce voz lhe respondeu com as seguintes palavras: -É verdade o que o meu pai diz Tony, assim como eles me amam podem te amar também!

O garoto com lágrimas caindo de emoção, deu um abraço bem forte em John Jarbas e encaminhou velozmente ao seu quarto e juntou todas as suas coisas e foi em direção a sala de estar, já pronto pra ir, despediu-se de seus amigos e quando ia sair pela porta virou para trás e mandou um Tchau para seus amigos e o gêmeo lhe disse as seguintes palavras

-Boa sorte Tony, espero não te ver nunca mais!-E lhe deu um sinal de tchauzinho com um olhar obscuro.

Antonie segui se com os novos pais para o carro e já em estrada olhou se para trás, e novamente esperançoso em reencontrar seus pais, Antonie prometeu nunca esquecer aquele orfanato e um dia voltaria para desvendar seu verdadeiro passado. 


Notas Finais


Foi isso pessoal... Obrigado e até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...