História Harpe's Islands- OUAT - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Colin O'Donoghue, Jennifer Morrison, Lana Parrilla, Once Upon a Time, Rebecca Mader, Sean Maguire
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Dr. Whale (Dr. Victor Frankenstein), Emma Swan, Hades, Henry Mills, Lacey (Belle), Lilith "Lily" Page, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Neal Cassidy (Baelfire), Princesa Aurora, Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Xerife Graham Humbert (Caçador)
Tags Assassinato, Capitan Swan, Capitianswan, Colifer, Drama, Emma Swan, Investigação, Killian Jones, Mary Margaerth, Morte, Once Upon A Time, Regina Mills, Robin Hood, Romance, Seana
Exibições 20
Palavras 1.212
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei com outro capitulo
Espero que gostem
No próximo teremos mais uma morte
Comentem o que acharam

Capítulo 10 - Um a Um


*Na Casa de Julia*

Killian e Emma estavam na frente da casa da “namorada” de Killian, os dois tentavam concertar o carro dela, Killian abre o capô do carro.

Killian: Liga o carro ai Emma.

Emma gira a chave, mas o carro não pega, Killian sorri satisfeito e abaixa o capô do carro.

Emma: Só isso?

Killian: Só.

Uma senhora de 75 anos aparece na frente da casa.

Xx: Consegui?

Killian: Não Julia, desculpa.- Emma fica aliviada ao ver Killian chamando a senhora de Julia.

Julia: Então está bem, obrigada por tentar.

Killian; Tá.

Julia: Acho que não preciso ir ao supermercado essa semana- disse voltando pro jardim.

Killian; Julia se você quiser eu te levo, eu vou só deixar a Emma na cidade, você quer ir com a gente.

Julia abre um sorriso.

Julia: Eu vou trocar de roupa- disse entrando na sua casa, Killian olha pra Emma que o encarava com os olhos semicerrados e um sorriso.

Killian: O que foi?

Emma: Faz isso toda semana, né?

Killian: Oque?- perguntou se fazendo de desentendido.

Emma: Leva ela de carro ajuda com as compras... Nada a haver com a vida de Los Angeles.

Killian: Emma...

Emma: Não, nada lá é mais triste do que pegar um ônibus pro aeroporto, ou aterrissar de avião... Ninguém tá te esperando.

Killian; Emma...

Emma: Eu preciso ir andando, você leva a Julia eu vou pro jornal daqui, obrigada por me deixar dirigir, a gente se vê- ela pega suas coisas e vai em direção a estrada.

Killian: Emma?

Emma: Oi?

Killian: Nada não- disse sorrindo e ela volta a caminhar com um sorriso no canto da sua boca.

*No Hotel*

Graham, Neal, August, Eric e Philip chegaram ao hotel o dinheiro que eles acharam estava dentro do cooler de cerveja.

Graham: Segura isso direito.

Eric: Eu sei.

Eles vão até o loft de Graham e colocam o dinheiro em cima da mesa de centro e contam.

Neal: 250 Mil, dá 50 mil pra cada um de nós.

August: Temos que resolver isso.

Graham: Isso já tá resolvido, a gente vai devolver.

Eric: Não podemos “devolver”, nós cometemos um crime, nós pegamos a grana, afundamos o barco, E se tiverem bandidos atrás disso?

Neal: Como a gente vai saber?

Philip: Graham, precisamos conversar- eles caminha até o quarto de Graham.

Graham: O que foi?

Philip: Olha só Graham, me desculpe pelo o que aconteceu no barco e que eu vi aquele dinheiro e a minha cabeça enlouqueceu, entende?

Graham: Tudo bem cara.

Philip: Eu só quero que você saiba que nós estamos aqui pro SEU casamento e é isso que importa.

Graham: A gente só precisa é resolver como se livrar do dinheiro.

Philip: Eu queria falar com você sobre a grana e que eu... eu... tô com o pé na lama, eu liso cara, eu pus todo o meu dinheiro nessa cerveja e não consegui nada, eu tô vendendo o almoço pra pagar a janta, eu tô pagando a fatura do cartão com outro cartão e tô quebrado.

Graham: A gente vai dar um jeito de ajudar você.

Philip: Não, você não tá entendendo, caras como eu nunca vão se casar com uma Regina Mills, essa grana que achamos é minha única chance.

Graham: Cara...

Philip: Só pensa nisso, por favor.

Graham: Tá bem.

Graham vai até os outros.

Eric: Então...

Graham: Eu chequei numa conclusão, a gente deixa o dinheiro aqui, depois cuida do cadáver... É minha despedida de solteiro, depois do casamento a gente dá um jeito nisso.

Todos: Beleza!

*Jornal da Ilha de Harper*

Emma entra no jornal e fala com a recepcionista.

Emma: Oi, eu sou Emma, eu liguei semana passada sobre uma reportagem antiga... Verão de 1998 é uma foto de Graham Hubert com um peixe que ele pescou.

Ashley: Claro só um minuto eu vou pegar- disse entrando numa sala.

Emma observava as matérias antigas em cima do balcão ela folheia todas e fica assustada.

//PASSADO ESQUECIDO?//

//WAKEFIELD ASSASSINOIU ESPOSA DO XERIFE//

//XERIFE MATA SUSPEITO: NATHANIEL WAKEFIELD//

//CORPO DE WAKEFIELD É ENCONTRADO//

//UMA FERIDA QUE PODE NUNCA SE CURAR//

Ashley: Você sabe alguma coisa sobre o caso Wakefield? Esquisito né?

Emma: É, mas por quê tá aqui em cima?

Ashley: Alguém queria todas as reportagens sobre Wakefield, mas não vieram buscar.

Emma: Posso saber quem?

Ashley: Eu não sei não tava aqui quando ligaram, Tá aqui a reportagem que pediu- disse entregando a reportagem nas mãos de Emma.

//GRAHAM HUBERT, UM GAROTO DE 11 ANOS PESCA PEIXE DO TAMANHO DE SUA CABEÇA!//

Emma bota a reportagem dentro do seu álbum e sai do jornal, um pouco abalada pelas reportagens sobre Wakefield, ela anda pela rua e acaba por ser quase atropelada por um carro vermelho, a motorista abaixa o vidro e fala com ela:

Karina: Desculpe, você está bem?

Emma: Tô, fui eu que não prestei atenção.

Karina: Está certo- ela levanta o vidro e vai embora com seu carro, Emma olha e percebe que com o susto o álbum que ela havia feito estava caído no chão.

Emma: Droga- diz pegando o álbum da possa de lama.

*No loft de Graham*

Graham botava um roupa pra sua despedida de solteiro, quando Regina entra no seu quarto chorando muito.

Graham: O que foi amor?

Regina: A... A Cora... A Cora e o  Hades... Eles estavam- ela abraça ele com força.

Graham: Calma, calma.

-Algumas horas depois

*No salão do Hotel*

Regina, Mary, Aurora, Emma, Zelena e outas garotas estavam no salão do hotel planejando a despedida da noiva, e Cora chega com uma caixa e pede a atenção de todos.

Cora: Bom, eu queria fazer uma surpresa legal pra Regina hoje- disse sorrindo e olhando pra Regina que retribui com um sorriso falso- Eu sei que ela sente falta da mãe dela e o quanto ela ama toda a sua família e todas vocês também garotas, então pensei comigo mesma, o que eu posso fazer como madrasta para demostrar o meu amor por ela e fazer parte desse grupo maravilhoso, então eu lembrei que todo grupo- disse abrindo a caixa- tem uniformes- disse mostrando uma camisa rosa com os nomes Regina e Graham dentro de um coração.

Zelena: São incríveis.

Mary: Que lindo, Cora.

Todas se aproximaram de Cora para pegar os seus.

Cora: Eu fiz preta pros rapazes.

Todas falavam ao mesmo tempo, Aurora deu um a Regina que o tocou com nojo, depois de uns minutos a Vovó chega e chama Zelena e Regina.

Vovó: Com licença, eu preciso falar com vocês sobre algo que aconteceu.

*Em outro lugar do Hotel*

Regina abriu a porta de outro salão onde seu chá de panela seria servido com a louça de sua mãe, infelizmente todas às peças estavam quebradas.

Regina: Não, Não, Não, Meu Deus.

Mary: Ai Regina.

Vovó: Eu perguntei aos funcionários, ninguém viu nada.

Cora: Nós podemos concertar, quando voltarmos compramos um jogo novo.

Regina: Não existe jogo novo, isso era da minha mãe- ela sai correndo chorando.

Zelena: Cadê o Henry?

Emma: Eu vou procura-lo.

*Nos corredores do Hotel*

Henry brincava sozinho quando Emma se aproxima.

Henry: Ele vai leva-los um a um, um a um.

Emma: Henry tudo bem?

Henry: Não vai ter casamento Emma.

Emma: Quem te disse isso?

Henry: OS ESPIRITUOS ME DISSERAM.


Notas Finais


Então
O Henry tá cada vez mais estranho né?
Quem será que encomendou aqueles jornais?
Regina vai falar do caso de Cora com Hades pro seu pai?
O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...