História Harpe's Islands- OUAT - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Colin O'Donoghue, Jennifer Morrison, Lana Parrilla, Once Upon a Time, Rebecca Mader, Sean Maguire
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Dr. Whale (Dr. Victor Frankenstein), Emma Swan, Hades, Henry Mills, Lacey (Belle), Lilith "Lily" Page, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Neal Cassidy (Baelfire), Princesa Aurora, Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Xerife Graham Humbert (Caçador)
Tags Assassinato, Capitan Swan, Capitianswan, Colifer, Drama, Emma Swan, Investigação, Killian Jones, Mary Margaerth, Morte, Once Upon A Time, Regina Mills, Robin Hood, Romance, Seana
Exibições 15
Palavras 916
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem
comentem pf a participação de vcs é muito importante
Mais uma morte nesse capitulo

Capítulo 11 - Esconder


*No bar do Hotel*

Neal, Eric, Philip e August bebiam juntos.

Eric: Vamos todos pra cadeia.

Neal: A gente não vai ficar com a grana, mas se a gente pudesse como gastariam os 50 mil?

August: Caridade.

Philip: Tirar o pé da lama.

Eric: Procurar um advogado pra gente.

Philip: Qual é Eric?

Eric: É serio, a gente roubou e violou o cadáver.

Dois homens vestidos de preto entraram no bar do hotel.

Neal: Ai.

Philip: Meu.

Eric: Deus.

August: Mantenham a calma.

Eric se levanta e sai de dentro do Hotel e os outros caras o seguem.

Eric: São eles, os traficantes que mataram o cara, eles tão procurando a grana.

August: A gente tem que se livrar do dinheiro.

Philip: Como a gente afundou o barco?

Neal: Você afundou o barco.

Graham se aproxima.

Graham: Por quê vocês saíram correndo?

Eric: Tudo péssimo.

August: Tem dois caras lá dentro.

Neal: Armados.

Philip: Mas nós não sabemos de nada, eles podem ser caçadores.

Neal: Philip cala essa boca.

Graham: Certo pessoal, Philip temos que achar um lugar seguro pro dinheiro e depois que tudo acabar eu vou achar uma maneira de devolver essa grana.

Philip: Um lugar seguro onde?

Graham: Eu não sei, mas não nos quartos de vocês ou no meu loft, em um lugar onde não tem relação com a gente.

Neal: Na floresta.

Graham: Pode ser.

August: Quem vai esconder?

Neal: Eu não.

Eric: Nem eu.

Graham: Então vamos decidir na sorte.

Neal pega uns palitos e quebra um deles mistura os palitos e cada um deles tira um palito.

Neal: O que tiver o menor palito, vai ter que enterrar a grana.

Todos mostram os palitos e o de Eric é o menor.

Graham: Olha você pode fazer isso, enterra na floresta.

Neal: Você vai conseguir.

Eric: Eu vou conseguir.

August: Certo, agora vamos sair daqui- eles voltam pra dentro do Hotel.

-Durante a noite

*No loft de Regina*

A despedida de solteira de Regina estava super animada, todas as garotas bebiam muito e cada vez que alguém pronunciasse o nome do noivo teria que beber uma dose de Vodca, Karina, a vidente, tirava as cartas pra Regina e as outras garotas observavam.

Karina: Eu vejo uma mudança, uma mudança de destino.

Regina: Você tá falando da louça da minha mãe?

Karina: Não, o que eu previ ainda vai acontecer, essa carta significa a traição de alguém que você ama.

Regina: Não é do meu Graham.

Mary: Falou o nome, agora vai ter que tomar vodca- disse entregando o copo a ela que bebe num só gole.

Regina: Eu devia brincar desse jogo.

Zelena: Ela tá certa, ela vai falar o nome do Graham a noite toda.

Regina: Falou o nome, outra dose pra minha maninha.

Aurora: Bebe, bebe- Zelena bebe tudo de uma vez como Regina.

Regina se volta pra Karina.

Regina: Olha, eu já sei quem é que vai me trair, é uma mulher não é?

Karina: Não, mas a pessoa que vai te trair também é teu salvador.

*Na Floresta*

Eric caminhava sozinho na floresta com a bolsa cheia de dinheiro, uma lanterna e uma arma.

Eric: Vai ficar tudo bem, vai ficar tudo bem- ele repetia a ele mesmo.

De repente alguém encapuzado pula em cima dele que tenta se defender e consegue se soltar ele corre pela floresta, mas é atingido quando o assassino usa a pistola que estava dentro da bolsa e dá CINCO TIROS, DOIS NA PERNA, UM NO PEITO, E DOIS NA CABEÇA DE ERIC QUE CAI MORTO NO CHÃO

*No Cannery*

Todos os rapazes do casamento estavam na despedida de solteiro do noivo, todos bebiam muito, Graham conversava com Ruby, quando um dos caras chama ela, Graham fica sozinho e observa Hades quieto em uma mesa sozinho ele se aproxima e se senta na frente dele.

Hades: Graham, parabéns cara.

Graham: A Regina viu vocês- Foi curto e grosso.

Hades: Do que está falando?

Graham: Você e a Cora, Regina viu o “joguinho” de vocês dois hoje numa das trilhas.

Hades: Tudo bem.

Graham: Tudo bem? É isso?

Hades: O que você quer Graham.

Graham: Sei lá, algum remorso, qual é cara, você tá traindo sua mulher com a madrasta dela, e o seu filho?

Hades: Já terminou?

Graham: E se o Sr.Mills descobrir isso?

Hades: Conta pra ele, veja o que acontece- Hades se levanta e vai embora.

*No Loft de Regina*

A festa continuava, e Mary tinha acabado de se consultar com Karina

Zelena: Emma é sua vez.

Emma: Não precisa disso.

Zelena: É só brincadeira.

Emma: Tudo bem.

Emma vai até a mesa onde Karina estava.

Emma: Eu acho que a gente já se encontrou hoje.

Karina: Tenho certeza que desta vez será mais agradável.

Emma: Eu espero isso.

Karina: Me dê algo que é seu.

Emma retira um colar com um cisne e entrega pra Karina.

Regina: Uau, Emma ele é lindo.

Emma: Obrigada.

Karina: Era da sua mãe?

Emma: Era.

Regina: Pena que nossas mães não estejam aqui agora nesse momento.

Karina segurou o colar com força e sentiu algo terrível, ela solta um grito e joga o colar no chão.

Karina: Me desculpem, eu preciso ir embora- disse pegando suas coisas e saindo do loft de Regina.

Mary: O que que deu nela?

Aurora: Emma você tá bem?

Emma: Tô eu não acredito nessas coisas.

Regina: Nem eu, mas vocês sabem em quem eu acredito? GRAHAM- elas começam a dançar e a pular e gritar muito.


Notas Finais


Então...........................


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...