História Harpe's Islands- OUAT - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Colin O'Donoghue, Jennifer Morrison, Lana Parrilla, Once Upon a Time, Rebecca Mader, Sean Maguire
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Dr. Whale (Dr. Victor Frankenstein), Emma Swan, Hades, Henry Mills, Lacey (Belle), Lilith "Lily" Page, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Neal Cassidy (Baelfire), Princesa Aurora, Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Xerife Graham Humbert (Caçador)
Tags Assassinato, Capitan Swan, Capitianswan, Colifer, Drama, Emma Swan, Investigação, Killian Jones, Mary Margaerth, Morte, Once Upon A Time, Regina Mills, Robin Hood, Romance, Seana
Exibições 15
Palavras 2.424
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem
Gnt eu tô cheio de trabalho pra fazer, então não sei quando vai sair o próximo
Mas quando eu entrar de ferias vai ter capitulo novos todo dia e uma nova fic também
Comentem o que acharam
Se gostar da historia favorita

Capítulo 9 - Traição


-Na manhã seguinte

*No Hotel*

Numa das salas do hotel uma mulher loira de cabelos um pouco curtos arrumava cartas, velas e pedras brilhantes em cima de uma mesa, quando Zelena e seu filho Henry se aproximam dela.

Zelena: Oi, eu sou Zelena, você é a médium, é sobre a despedida de solteira da minha irmã.

Karina: Oi, sou Karina é um prazer conhece-la eu e os espíritos já estamos prontos pra hoje a noite.

Zelena: Ótimo, eu só quero que seja muito divertido, sabe auras, folhas, velas aromáticas, essas coisas- Henry se aproxima das cartas e começa a ver elas- eu trouxe a lista de aniversario para os horóscopos e eu botei umas informações, caso você e os espíritos precisem de ajuda.

Karina: Obrigada, acho que está tudo certo.

Zelena: Henry, filho esse é o material de trabalho da Karina.

Karina: Pode deixar ele tocar, seu filho tem um espirito livre.

Zelena: Eu sei.

Henry folheava as cartas.

Karina: São lindas, não são?

Henry: Elas parecem magicas.

Karina: E são, elas me dizem coisas sobre as pessoas.

Henry: Eu sei coisas sobre as pessoas... Olha essa significa que alguém vai morrer.

Zelena: É melhor a gente ir.

Karina: Tem razão.

*No Cannery*

Ruby e Emma estavam no bar conversando sobre a despedida de solteiro dos noivos, Ruby anotava uma receita em um papel.

Ruby: Emma sabe quantas pessoas me pedem essa receita de bolo de siri?

Emma: Eu juro que vai ficar em segredo Ruby, nunca comprei um presente para um casamento de um milionário antes.

Ruby: O Graham não é milionário ou é?

Emma: Você entendeu, os Mills tem tipo 80 casas, o que se dá pra gente como eles.

Ruby: Toma a receita.

Emma: Valeu.

Ruby: O que é isso- ela disse abrindo um álbum que tinha varias fotos do casal, fotos, poemas e outras coisas- você deve ter levado um tempão fazendo.

Emma: Arruma um milionário e eu faço um pra você também, eu vou passar no jornal pra terminar esse álbum antes dessa noite, a festa de despedida de solteira da noiva.

Ruby: Eu sei, vai rolar um festinha aqui pro noivo.

Emma: Parece divertido.

Ruby: E vai ser.

Emma: Precisa de ajudante?

Killian: Eu é que tô precisando de uma- disse entrando no bar com uma caixa cheia de caranguejos- Quem se habilita?

Elas negam com a cabeça.

Killian: São só caranguejos- elas voltam a negar- Etâ vidinha dura essa.

Emma dá um sorriso e volta a falar com Ruby.

*No Loft de Graham*

Graham lavava as mãos dentro do banheiro, quando ele sai ele se depara com Regina pelada no meio do seu quarto.

Graham: Não tá vestida- disse sorrindo.

Regina: Não tô não- disse com um sorriso malicioso.

Graham: Então você tá...

Regina: Nuazinha.

Graham: Tá certo, eu entendi.

Regina: Que foi? Eu não sei o que vestir.

Graham: Não, você tá dizendo que é pra eu me divertir na minha despedida de solteiro, mas sem exagero senão eu perco isso tudo.

Regina: Despedida de solteiro? E hoje?- falou como se não soubesse.

Graham: É.

Regina: Acho que eu vou ter que botar minha roupa então.

Graham: Vem aqui- disse abraçando ela e a jogando na cama e beijando seu pescoço.

Regina: Você tem certeza de que tem tempo pra isso? Por que parece que você vai ter um dia muito ocupado- ele sela seus lábios com um beijo longo e demorado.

*Do lado de fora do Hotel*

Zelena e Henry andavam pelas escadas de pedra da varanda do Hotel.

Henry: Mãe, espíritos existem?

Zelena: Eu não sei, por quê?

Henry: Eu acho que os espíritos estão falando coisas ruins pra Karina.

Zelena: Não filho, a Karina é só brincadeira, tudo aquilo é só brincadeira- Henry pega do seu bolso uma carta escrita: //MORTE//.

*Dentro do Hotel*

Karina terminava de arrumar suas coisas e pega a lista que Zelena havia lhe dado com os nomes das garotas ele lê eles em voz alta para si mesma:

Karina: Regina, Zelena, Cora, Mary, Aurora, Belle... Emma Swan- duas gotas de sangue caem do nariz de Karina sobre o nome de Emma.

*No Cannery*

Killian e Emma saiam do bar juntos.

Killian: Preciso te contar uma coisa.

Emma: Que não vai me dar carona ou que odeia caranguejos?

Killian: Eu quero dizer eu lamento tudo que aconteceu com o Will e a morte da Lily, olha eu não tô defendendo o Will, eu só tô falando isso por que... Eu quero que você goste daqui, que você se divirta, nem todo mundo aqui é ruim.

Emma: Quer mesmo me ajudar a me divertir?

Killian: Exatamente.

Emma: Me deixa dirigir- ele fecha a cara, ela espera uma resposta.

Killian: Pega- disse entregando a chave pra ela e colocando a ultima caixa de peixe na Pick-Up(N/A: Não sei se é assim que se escreve).

*Na parte de fora do Hotel*

Neal esperava os outros caras numa das varandas, quando Eric e August se aproximam.

Neal: Ei galera!! Prontos pro grande dia?

August: A maioria das pessoas considera o casamento o Grande dia.

Neal: Não, a maioria das MULHERES considera o casamento o grande dia, a maioria dos homens considera a despedida de solteiro o evento mais importante da semana.

Eric: Isso significa que você contratou...

Neal: Sim e o nome dela é Stacy.

Eric: Legal, uma striper.

Neal: Não fiquem tão animados, a garota é da ilha vamos ter sorte se ela tiver todos os dentes da frente.

Graham se aproxima.

Graham: Essa é a minha festa, três caras e cooler (N/A: Pra quem não sabe Cooler é tipo um isopor) cheio de cerveja.

Neal: Para de reclamar- disse entregando uma caixa pra ele.

Graham abre a caixa e vê pedaços de peixe cru e sorri.

Graham: Serio?

August: Alguns caras gostam de jogar, outros de cantar, mas Graham gosta de PESCAR.

Graham: Galera, vocês são incríveis.

Neal: Alugamos um barco.

August: Até o Eric que se sente mal em barcos, vai.

Eric: Eu vou fazer um esforço.

Neal: Assim que o Philip terminar uma reunião que tá tendo com o Mills, vamos zarpar.

Graham: Maravilha, quem mais vai?

Neal: Só a gente e.... Murphy.

Graham: Murphy? Quem é Murphy?- Neal pega uma boneca inflável e mostra a eles e  começam a rir.

*Dentro do hotel*

O Sr.Mills e Hades estavam em uma reunião com Philip.

Philip: Sr.Mills, a cerveja Sagrada é a melhor, meu objetivo inicial é colocar o produto no mercado local de Washington e Oregon.

Hades: Quanto isso nos custara?

Philip: Por cem mil dólares, a empresa Mills sera sócia majoritária da cerveja Sagrada.

Hades: Esses gráficos não mostram publico alvo, valor de mercado, quantidade, mão de obra.

Sr.Mills: Quem sabe na próxima, Philip, ou melhor sem próxima- disse se levantando junto com Hades e saindo da sala onde estavam.

*No loft de Regina*

Regina e Zelena desembrulhavam um jogo de chá da caixa.

Regina: Zelena isso é incrível, eu não acredito, o jogo de chá da mamãe.

Zelena: Eu mandei trazer da nossa casa em Boston que era da mamãe, eu pensei que podíamos fazer seu chá de panela com eles.

Regina: Como se a mamãe estivesse aqui.

Zelena: É.

Regina: Obrigada mana- disse abrando ela, um barulho de quebrado faz elas se separarem e as duas veem Henry com uma xicara quebrada.

Zelena: O que você fez?

Henry: Eu não fiz nada.

Zelena: HENRY!

Henry: Eu não fiz nada- Zelena e Regina se olham e voltam a olhar pra Henry.

*No Mar*

Neal, Graham, Philip, August e Eric estavam em uma lancha pescando.

Graham: Isso é incrível, vocês acharam a melhor maneira de se passar o dia.

Neal: É.

August: Podemos chamar de pescaria se não pegarmos nenhum peixe?

Graham: Tem que ter paciência.

Neal: Philip, não fica assim, você foi ótimo na apresentação.

Graham: Philip, você sabe que o meu sogro é do ramo imobiliário.

Philip: Não é isso, ele ia topar, mas aquele desgraçado do Hades atrapalhou, disse que não fazia parte do portfolio da família Mills, eu ia fazer um favor a ele, eu criei tudo isso.

August: E aquele dinheiro que a gente te deu?

Philip: 5 mil dólares não resolvem nada, qual pessoal é serio, eu precisava daquilo, eu tô completamente duro.

A vara de pesca de Graham balança.

Graham: Beleza.

Eric: Tava na hora.

Graham puxa a vara com dificuldade e um enorme peixe sai da agua e cai dentro do barco, os caras se assustam e Neal pega Murphy e se joga no mar, Graham mata o peixe e olha pra Neal na agua.

Graham: Foi mal galera, eu puxei com muita força.

Philip: Seu MEDROSO- disse pra Neal que estava na agua com Murphy.

Neal: Qual é? Eu ia salvar a Murphy.

Graham: Cuidado com a agua.

Neal: Por quê?- Neal é tragado para dentro da agua.

Eric: NEAL.

Philip: NEAL.

Neal volta à superfície.

Neal: Enganei vocês otários.

Philip: Quer saber? Eu quero é BEBER.

August avista uma lancha pelos binóculos e um monte de gaivotas em volta dela.

August: Graham, o que você disse sobre gaivotas e peixes?

Graham: Eles andam juntos, vamos lá conferir.

*Na Cidade*

Emma analisava a caminhonete de Killian enquanto ele terminava sua ultima entrega do dia.

Killian: Acabei- disse saindo de um restaurante.

Emma: Qual foi a ultima vez que alinhou os pneus? Eu notei que estava puxando pra esquerda, e também precisa trocar as pastilhas de freio.

Killian: Nossa! Não sabia que te deixar dirigir me sairia tão caro, mas claro você não é uma mulher barata.

Emma: Viu, eu te fiz um favor indo embora.

Killian: Não fala isso, eu fiquei muito chateado quando você partiu, foi difícil pra mim, na verdade foi difícil pra todos nós... Eu só queria... Só queria estar do seu lado.

Emma: Killian não foi culpa sua.

Killian: Eu sei, mas eu já esqueci isso, toquei a minha vida.

Emma: Fico feliz por você.

Killian: Vamos lá?

Emma: Vamos- disse entrando na Pick-Up e sentando-se no banco do motorista e Killian no banco do passageiro.

Killian: E você Emma? Anda perturbando os caras de Los Angeles?

Emma: Ah... Eu ganho minha grana, eu viajo muito pra bienais de livros, a vida noturna de Los Angeles é incrível e os caras são...

Killian: Um bando de babacas?

Emma: É- o radio amador no carro de Killian recebe uma transmissão.

Xx: Killian Jones, você tá ai? Sua namorada precisa de você, Julia disse que o carro não tá pegando- Emma ficou um pouco incomodada.

Killian: Depois eu vejo isso- disse se acomodando no banco.

Emma: A gente pode dar uma paradinha lá, vai ser legal conhecer essa Julia.

Killian: Beleza, Liam avisa pra Julia que a gente tá indo- disse falando com o radio amador.

*No Mar*

A lancha onde os caras estavam se aproximam da lancha abandonada no mar.

Neal: O que é essa lancha?

Eric: Alguém mergulhando?

Graham: Pode ser, mas não parece que está ancorado.

Graham aproxima o seu barco de perto da lancha e veem uma poça de sangue, e o corpo de Robin jogado no chão, mas como o tiro que o matou foi no rosto ele estava desfigurado.

August: O que isso?

Neal: É um corpo.

Eric vai até o outro lado do barco e vomita.

Graham: Vamos embora daqui?

August: Concordo.

Eric: Tô com você.

Neal: Não acha melhor a gente ligar pra policia?

Graham: Eu vou ligar pro porto.

August: Nunca viu um morto antes?- perguntou a Eric.

Eric: Não desse jeito.

Philip observa a lancha e vê a bolsa cheia de dinheiro.

Philip: Graham perae, não liga pro porto.

Neal: PHILIP, VOLTA.

August: NÃO FAZ ISSO.

Eric: VOLTA.

Philip pula dentro da lancha.

Philip: Nossa que cheiro horrível.

Graham: PHILIP VOLTA PRO BARCO AGORA.

Philip: Espera ai.

Graham: Não, sai dai agora.

Philip: Pessoal tem dinheiro.

Eric: Eu te dou dinheiro, mas sai dai.

Philip: Não, aqui tem muito dinheiro, uns milhares e uma arma também.

Neal: Dinheiro, arma, corpo, esse cara é traficante.

August: Se alguém matou o caro, por quê não levou o dinheiro?

Eric: Vai vê ele se matou.

August: Dando um tiro no rosto, será que se arrependeu de ser traficante?

Philip: Pega- disse entregando a bolsa de dinheiro pra Graham.

Graham: A gente não vai levar esse dinheiro.

Philip: A gente tem que voltar.

Eric: A gente não vai levar isso.

Neal: Deixa essa bolsa ai e vamos avisar a policia.

Graham: Eu vou ligar pro porto.

Philip dá um tiro no chão da lancha e ela começa a afundar.

Neal: Você tá louco?

Graham: Agora a gente vai ter que levar o dinheiro- ele pega a bolsa e bota dentro do barco deles e Philip sobe na lancha.

*Do lado de fora do Hotel*

Regina caminhava pela parte de fora do hotel e encontra Henry jogando cartas.

Regina: Oi lindo.

Henry: A minha mãe tá me procurando?

Regina: Não meu amor.

Sr.Mills: Aqui está os biscoitos- disse chegando por trás de Regina e se sentando na cadeira na frente de Henry.

Regina: Pai, você viu a Cora?

Sr.Mills: Eu já não vejo minha mulher faz um tempo e eu estou apanhando do meu neto no jogo de buraco.

Henry: Eu vi a Cora perto da casa da piscina.

Regina: Tá bem, obrigada Henry- disse dando um beijo em seu rosto- Divirtam-se- e continuou a caminhar.

Henry: Bati.

Sr.Mills: De Novo?

Henry: É.

*Na Floresta*

Regina caminhava por uma trilha na floresta quando ouve uma mulher chorando dentro de um galpão ela abre a porta de ferro, mas a mulher não a vê por ela está vendada, ela se esconde e Regina percebe que é Cora que estava amarrada com as mãos pra cima sem blusa.

Cora: Alguém me ajuda, por favor.

Regina estava preparada para ir até a madrasta, mas ele percebe que elas não estão sozinhas.

Xx: Tá pedindo socorro, ninguém vai te ajudar Cora- era um homem, Regina se esforça pra vê-lo e acaba por ver Hades sem roupa com a mão no pescoço de Cora.

Hades: Ninguém se importa com a esposa do milionário. - ele tira a venda e os dois começam a rir e Hades começa a beijá-la e Regina observava tudo em choque.

Cora: Ai... Hades- ela gemia enquanto Hades tirava sua saia, e ela fica somete de calcinha e sutiã e Hades começa a baixar sua cueca, Regina não aguenta ver aquilo e sai cuidadosamente pra os dois não perceberem, ela sai do galpão em choque e começa a correr de volta pro hotel.


Notas Finais


Então.....
Hades e Cora um caso....
E o corpo na lancha pra quem não sabe é o de Robin e o dinheiro é do Tio Whale
Emma e Killian juntos....
Comentem o que acharam....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...