História Harry e Gina - A História Não Contada - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Aberforth Dumbledore, Alvo Potter, Arthur Weasley, Cho Chang, Dino Thomas, Dominique Weasley, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Neville Longbottom, Padma Patil, Parvati Patil, Ronald Weasley, Simas Finnigan, Ted Lupin, Tiago S. Potter, Victoire Weasley
Tags Hinny Harry Gina Romance
Exibições 79
Palavras 1.086
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Saga
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Se puderem e gostarem da história, por favor comentem para que eu continue.

Capítulo 1 - Prologo


Fanfic / Fanfiction Harry e Gina - A História Não Contada - Capítulo 1 - Prologo


Era o dia da batalha de Hogwarts, mas eles ainda não sabiam disso. Apenas haviam decido voltar á escola naquele dia, sem planos, afinal nenhum havia saido como o planejado até aquele momento. 
(Harry)
- Não sei se voltar a Hogwarts neste momento é o mais correto, mas nada tem saido como planejado. Chegou a hora de arriscar... 
[...]
Chegando á escola guiados por Neville a pedido de Aberforth Dumbledore, (devido as passagens secretas já conhecidas estarem lacradas) foram surpreendidos por uma boa parte dos alunos que frequentaram a AD. Enquanto anunciavam o motivo de seu regresso, a porta se abriu, e Harry foi surpreendido por Gina. 
A menina de cabelos longos e ruivos esqueceu da presença de todos naquela sala, como se houvessem apenas ela e Harry. 
- Harry! - Disse Gina.
E Harry que havia pensado em Gina, durante todo o ano que passou fora de Hogwarts, não conseguiu sequer ter uma reação "decente".
- Oi. - Disse Harry, seco.
Claro que Rony ficou revoltado, afinal era irmão de Gina e ela nem tinha se dado conta da presença dele. 
- Harry? Eu sou o irmão dela! - Disse Rony
- Existem muitos irmãos, mas só um Harry - Disse Simas, fazendo todos rirem.

Então todos se voltaram para a explicação de Harry, onde informa que precisa encontrar um objeto importante e valioso da Corvinal. Então Luna informou sobre o Diadema perdido. Cho logo se ofereceu para acompanhar Harry, mas Gina interveio, dizendo que Luna quem iria com ele. 
Antes de sair da sala, Harry deixou o mapa do Maroto com Rony e Mione, que acabaram de ter uma ideia, e ficaram de encontrar Harry logo depois.
[...]
Harry encontrou o fantasma da torre da Corvinal, sabia onde deveria ir, mas a guerra se iniciara. Em meio a correria, encontrou Gina que ia ajudar Neville numa tarefa que Minerva os havia instruido. 
O coração de Harry não sabia como, lidar sempre que via Gina não sabia o que fazer. Naquele momento apenas olhou nos olhos da menina. Ela devolveu um olhar de compreensão e deram um breve beijo. Gina acenou com a cabeça e seguiu escada acima. 

[...]
Harry por sua vez seguiu para a sala precisa, estava lá absorto em pensamentos, procurando o Diadema.
- O que está fazendo aqui Potter? - Disse Draco.
Harry que se assustou por um momento, disse com frieza
- Eu pergunto o mesmo.
- Vim buscar minha varinha 
Mione e Rony apareceram, um dos comparsas de Malfoy lançou a maldição da morte contra Mione (que se defendeu), fazendo Rony ficar furioso e sair atras deles.
Neste momento Harry e Mione encontram o Diadema. Mas Rony volta correndo aos berros.
- Fooogo! Foooogo... Estão colocando fogo na sala.
Então Harry, Mione e Rony saem em disparada, fugindo das chamas que já tomavam a sala. Encontram vassouras em meio ao desespero e conseguem escapar. Ao tentar sair da sala, vêem de longe Malfoy e um de seus amigos pendurados numa pilha. 


- Temos que ajuda-los - Disse Harry


- Se a gente morrer por causa deles, eu mato você - Disse Rony para Harry.


Eles voltaram e salvaram Draco.
Logo em seguida saindo da sala precisa que estava totalmente em chamas, Mione grita por Harry, joga um dos dentes de Basilisco que foi buscar na Camara Secreta e, Harry acerta em cheio o Diadema, destruindo mais uma horcrux.
Harry cai no chão, conseguindo visualizar a ultima horcrux e onde ela e o Lorde das Trevas estão. Ele, Rony e Mione decidem ir o mais rapido possivel ao lugar.


[...]
Chegando ao local, presenciou a morte de Snape e seu pedido para que levassem suas lagrimas á penseira. Harry então obedeceu, e teve uma das maiores revelações de sua vida. 
E como orientação de Dumbledore sabia que teria que morrer, pelas mãos do proprio Voldemort. 

[...] 
Em seu caminho até a floresta proibida, sob a capa de invisibilidade, Harry ia observando a todos. E ao ver os Weasley's chorando a morte de Fred, Harry pensou imediatamente em Gina. Pensava em quanto tempo havia perdido sem se dar conta da menina, que poderia ter passado muito tempo com a felicidade que desconhecia, até beija-la na sala comunal. 


Gina era tudo que Harry precisava. Era forte, decidida, poderosa mas ao mesmo tempo era a menina mais doce que já conhecera. 
Não queria nem imaginar Gina com outra pessoa, não queria imaginar que estava a caminho de sua morte, sem ao menos ter vivido o que poderia com a garota que amava.
De repente ele a avistou logo a frente, ajudando alguém que estava caido no chão. Ele se aproximou para ouvir sua voz e sentir seu cheiro pela ultima vez. E pensou que ela poderia talvez, sentir sua presença bem ali, mas seguiu em frente. Sem olhar para trás.


[...]
Depois de sobreviver novamente ao Lorde das Trevas, Harry voltava para escola nos braços de Hagrid, fingindo estar morto.
Voldemort anunciava sua morte á todos, com os Comensais aos risos. 


- HARRY? NÃO!!! - gritou Gina.


Rony e Mione mal conseguiram esboçar alguma reação.


Ao final do discurso de Neville, e motivado por ouvir a voz de Gina. Harry se jogou no chão já lançando um feitiço em Nagine, e todos ficaram absurdamente surpresos. A esperança se restaurava, começava a segunda parte da batalha e essa só teria fim, após a queda de Lorde Voldemort. 

[...]
Enquanto Mione e Rony tentavam matar a cobra, Harry lutava com o Lorde das Trevas.
A maioria dos Comensais havia fugido, mas alguns ainda batalhavam, dentre eles Bellatriz, que tentou acertar Gina com a maldição da morte. Sra Weasley que não suportaria perder mais um filho naquela guerra, atacou Bellatriz com tanta furia que á matou. 
Pouco depois, Neville matou a cobra e logo em seguida Harry derrotou o Lorde das Trevas.
Trazendo assim um final para guerra. 


[...]
Ao caminhar pelo castelo, depois de restaurar sua varinha com a Varinha das Varinhas, Harry se deparou com Gina na entrada do salão, encarou a menina que olhava com intensidade para seus olhos, e disse:
- Sinto muito... pelo Fred...
- Eu também sinto - Disse Gina, demonstrando força.
- Tenho muita coisa para te explicar - disse Harry, baixando a cabeça
- Eu quero ouvir - disse Gina ainda encarando.
Sra Weasley veio ao encontro dos dois, dizendo para todos irem para A'Toca. Todos estavam exaustos e bastante abalados com as mortes.
- Conversamos depois, temos muito tempo - Disse Harry alisando o braço de Gina.
 


Notas Finais


Se gostarem por favor, favoritem ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...