História Harry Potter do Humor - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Arthur Weasley, Bellatrix Lestrange, Carlinhos Weasley, Cedrico Diggory, Cho Chang, Córmaco Mclaggen, Dino Thomas, Dolores Umbridge, Draco Malfoy, Fenrir Greyback, Fleur Delacour, Fred Weasley, Gilderoy Lockhart, Gina Weasley, Gregory Goyle, Grope, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Katie Bell, Kingsley Shacklebolt, Lilá Brown, Lino Jordan, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Mila Bulstrode, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Murta Que Geme, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Newton Scamander, Nymphadora Tonks, Padma Patil, Pansy Parkinson, Parvati Patil, Percy Weasley, Personagens Originais, Pomona Sprout, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Rita Skeeter, Ronald Weasley, Rúbeo Hagrid, Severo Snape, Sirius Black, Viktor Krum
Tags Alternativo, Comedia, Comico, Crack!fic, Divertido, Fireboltvioleta, Harry Potter, Humor, Serie, Universo
Visualizações 52
Palavras 962
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Self Inserction, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 27 - Viagem Para... Um Acampamento?



AUTORA: (aparecendo da ponte que partiu no meio da galera) andem logo, seus molengas! Arrumem as malas!

HERMIONE: (enfiando uma almofada na cabeça) se arrumar pra quê, paçoca?

AUTORA: (animada) vamos para um acampamento de férias!

LUNA: eba!

RONY: não podemos acampar aqui dentro do castelo?

AUTORA: não… (funga) aprontem suas coisas e me encontrem lá no vértice (esfrega as mãos) vai ser uma viagem supimpa!

BELATRIZ; (assim que Bia vira as costas) por que só eu pareço ter a impressão de que essa viagem vai dar merda?


QUINZE MINUTOS E UMA DANCINHA DO CRÉU DE MIGUEL CORNER DEPOIS…


HARRY: (depois que todo mundo já se acomodou dentro do vértice, com ele já se locomovendo para fora da estação) ok.. todo mundo já se arrumou? Não esquecemos nada?

LÚCIO: acho que esqueci minha chapinha… (dá de ombros) mas não tem problema. Pego a da Delphini emprestado.

DELPHINI: (apontando pro próprio cabelo) e eu tenho cara de já ter usado chapinha alguma vez na vida?

NEVILLE: acho que não esqueci nada não (revira o olhar) ah, cara… pelo amor de Paracelso..

Irritado, olha para o fundo do vagão, onde Lilá, Pansy e Mila dançam ao som de Nicki Minaj.


My anaconda don't, my anaconda don't

My anaconda don't want none unless you got buns, hun


HERMIONE: (massageando a testa) é sério, isso? Dá pras três periquitas sentarem e curtirem a viagem?

VOLDEMORT: (tapando os ouvidos de Delphini) elas não te ouvem, Bia. O fogo no rabo delas é tão alto que amortece os ouvidos.

TODO MUNDO; (risos)

BECKY: (balançando a cabeça, enquanto Aloy está dormindo em seu colo) as meninas não são bom exemplo para as crianças!

AUTORA: (fazendo uma careta) esse universo todo não é um bom exemplo pras crianças (funga) eu devia ter ligado pro Error quando tive chance…

MCGONAGALL: ha, ha. Engraçadinha… (fuzila as funkeiras com o olhar) ou as senhoritas sentam agora, ou mando seus pais cortarem a mesada pro show do MC Catra!

Lilá, Pansy e Mila correm para se sentar, afivelando os cintos e ficando quietas na mesma hora. McGonagall assente, satisfeita.

GRINDEWALD: botou moral… gostei.

MCGONAGALL: (se achando, botando a mão no peito de modo vaidoso) obrigada, Geraldinho.

GRINDEWALD: (desmancha o sorriso) tá. Não força.

MCGONAGALL: foi mal (bota a língua pra fora)

GINA: ahhh, meu pé tá dormente (começa a remexer, até que um dos dedos volta ao normal) ah, o dedo mindinho voltou. Ele é um dedo importante… (guincha) ah, agora o calcanhar parou de formigar… eu tinha tanta coia presa dentro do meu pé… que eu não conseguia nem dizer… (exclama) EI, EU TÔ VIVA! (começa a tagarelar) afinal, por que furacão tem olho mas não tem ouvido…?

RONY: (sussurrando para Bia) eu empurro ela pra fora do vértice se tu confirmar que foi acidente.

AUTORA: (bufando) beleza. Eu confirmo.

NEWT: (com a cara colada no vidro do vértice, admirando a paisagem) ahhhh… olha as vaquinhas… que fofas…

HERMIONE: (rindo) ei, Scamander. Se você der uma olhadinha no fundo do vértice, vai ver mais algumas.

PANSY: EU OUVI ISSO, Ô ARIRANHA!

TODO MUNDO: (risadinhas)

MIGUEL: ainda bem que eu não comecei a cantar. Imagina o tamanho da represália. A galera tem muito preconceito com cantor universitário.

MORGANA: não é preconceito, querido. Só tentamos manter nossa saúde auditiva a salvo de agressões externas.

NARCISA: traduzindo… tu é brega pra caramba e canta feito uma foca morrendo. Desculpa a sinceridade.

MIGUEL: (faz cara triste, enquanto toca aquela música deprimente de fundo)

Bia olha pra trás, morrendo de fofura ao ver Jacob e Queenie aos beijinhos no assento atrás dela.

LUNA: que fofos (olha para Bia) e o seu chuchu, Bia? Onde está?

AUTORA: Ramon? (sorri) tá dormindo no fundo do vértice com os outros leitores. A viagem temporal sempre deixa eles cansados…

LUNA: ué… e não deixa você também?

AUTORA: (sorrindo misteriosamente) eu nunca disse que era uma viajante dimensional comum, Luna. Aliás (ergue a sobrancelha) eu nunca disse que era humana.

Luna pisca, surpresa, e se vira para frente, sacudindo a cabeça.

HERMIONE: (se dependurando no encosto de Bia) verdade… lembra daquela noite loucona na Mansão dos Malfoy, Bia? Na tua festa de formatura da faculdade?

AUTORA: (dando risada) lembro sim… a gente bebeu até o sutiã fazer bico… e aí juntamos com as amigas… e começamos a jogar papel higiênico nos pinheiros do jardim. As irmãs Patil correram peladas pelo canteiro de flores, e Astoria jurava ter virado um ornitorrinco.

DRACO: (não segurando e rindo também) eu nunca bebi tanto na minha vida… acordei no dia seguinte casado com um abacaxi… (faz careta) um abacaxi feio que dói, diga-se de passagem…

HARRY: e eu tive que tirar a Hermione da barra de pole dance, por que ela estava parecendo uma pombagira.

HERMIONE: nossa… por isso acordei de bunda pra cima no dormitório da Grifinória?

AUTORA: eu lembro do que aconteceu depois. Você ainda estava bêbada que nem um gambá. Tu tinha quebrado um vaso do jardim do Hagrid enquanto a gente voltava pro castelo. Aí a gente foi lá na casa do maluco. O Hagrid chegou e abriu a porta… (olha pra Luna) e o que a Hermione faz? Sai correndo e me deixa sozinha.

HERMIONE: (lixando as unhas) saí correndo mesmo. Você que se dane.

AUTORA: MAS NÃO FUI EU QUE QUEBREI AQUELE CASSETE, SUA CARA DE PAU! Eu… pequenininha… na frente daquele mastodonte. Me caguei de medo, velho.

TODO MUNDO: (gargalhadas)

Após mais alguns minutos de conversa jogada fora, o vértice começa a desacelerar. Todos olham pela janela, animados, tentando enxergar a nova estação.

RONY: espera aí… (franze a testa) acho que conheço esse lugar…

Assim que o vértice para completamente, as portas enfim se reabrem. Todos descem, confusos, olhando ao redor.

HARRY: espera aí… isso é..?

Bia ri, erguendo os braços para uma enorme fachada de portões imensos, cujas amuradas abarcam um enorme complexo rodeado por árvores. Sons altos e ameaçadores ecoam de dentro dos muros, fazendo a maioria dos presentes ofegar de choque.

AUTORA: eu disse que iríamos campar. Mas não disse aonde… nem como (faz um meneio, extasiada) bem-vindos ao Jurassic World!

TODO MUNDO: O QUE????????




































Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...