História Harry Potter e a Armada de Dumbledore - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Tags Arthur Weasley, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Molly Weasley, Rony Weasley
Visualizações 14
Palavras 782
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Escolar, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - A batalha do túmulo


O salão explodiu da aplausos,assobios,entre outros.
   Harry finalmente se desgrudou de Hermione,visualmente vermelha.Outra música começou a tocar e vários casais invadiram a pista,Harry e Hermione se sentaram.
   -Você não devia ter feito isto! - criticou Hermione olhando para os lados,ela encontrou os olhos de Rony,que ela percebera visualmente abatidos.
    -Então por que você não me impediu? - disse Harry - Você gostou vai...
   Ela corou,Neville vinha de mãos dadas com Luna para perto deles.
   -Não sabia que vocês se gostavam! - disse Luna,sorridente como sempre.
   Harry coçou a cabeça,envergonhado,olhou para os lados enquanto Hermione conversava com os dois,ele avistou um vulto estranho passando pela porta do salão.Hermione parou de conversar e olhou para Harry.
    -O que foi? - perguntou ela.
    -Eu já volto - Harry se levantou,indo para a saída,olhou para os corredores,não havia nada,então viu alguém passando correndo.
   Harry começou a seguir,puxou sua varinha por precaução.
   Ele identificou era Draco Malfoy,estava se escondendo atrás de uma pilastra.Ele percebeu a chegada de Harry,fez sinal para segui-lo.Harry assentiu.Foi para perto de Draco.
    -O que está acontecendo? - murmurou Harry,enquanto se aproximava.
   -Eles estão aqui! - disse a voz trêmula de Draco - Venha.
   Draco começou a andar quase agachado.Harry o seguiu.
   -Eles? - perguntou Harry,sentindo um mal-estar - Eles quem?
   -Você sabe muito bem - Draco passava para os jardins com Harry o  seguindo - Em algum lugar,mantenha a guarda.
   Harry concordou novamente.
   Ele e Draco cortaram pelo jardim a fora.Podia se ouvir os barulhos da festa.
   Eles começaram a tomar um caminho em direção as margens do lago,ele sabia muito bem onde ia dar.Ele avistou o túmulo branco.Sentiu um frio na espinha.Os dois se aproximaram,Draco apoiou a mão sobre o túmulo em que jazia Alvo Dumbledore.
   -Chegamos primeiro - comemorou Draco - Precisamos defendê-lo.
   -Desculpe? - Harry pareceu incrédulo.
   -Eles vão tentar pegar a varinha das varinhas.
   -Mas de que serve?Ela morreu com Dumbledore.
   -Serve para o que eles querem - respondeu rapidamente Draco.
   -E o que eles querem? - perguntou Harry,interessado.
   -Depois Potter - desviou da pergunta Draco - O túmulo.Precisamos guarda-lo.
   -Só nós dois?Impossível.E como eles conseguiram entrar em Hogwarts?
   -Devem ter tido ajuda.Estão vagando por aí.Se mantenha atento.
   Harry viu um arbusto mexer,apontou a varinha com a mão trêmula,não era nada,a não ser o vento.
   Harry se assustou quando Draco se moveu bruscamente,apontando a varinha,Harry fez o mesmo.Tentava achar algo.
   -Ora,ora - soou uma voz grave Harry,viu um homem de barba desleixada e cabelos negros longos e desarumados,ao seu lado estavam outros 3,que Harry não sabia quem era.
   Draco estremeceu.
   -Meu sobrinho favorito - comentou o homem de barba desleixada que parecia ser o líder - Sabia que você era um traidor nojento.
   -Estupefaça - ordenou Harry que acertou o homem do lado do líder,que apagou.Os outros três começaram a disparar feitiços contra eles,com muita sorte conseguiam desviar,Draco foi atingido por um Sectumsempra na perna.Snape devia ter ensinado quando era comensal.A perna de Draco jorrava sangue.
   -Está tudo bem? - perguntou Harry enquanto protegia-se de um feitiço.
  -Claro que está doendo!Diffindo! - Harry acertou o líder na barriga,ele urrou se dor.
   -Avada Kedavra! - ordenou ele.Draco se jogou contra o chão,esquivando.
   Era surpresa que todos ainda tivessem curtindo uma festa tranquilamente,enquanto estavam travando uma batalha de vida ou morte.
   Draco se arrastou para trás do túmulo se escondendo,Harry se juntou a ele.
   -Não vamos suportar muito mais tempo - sussurrou Harry.
   -Apareçam covardes! - berrou um outro comensal que lançou um feitiço contra o túmulo de Dumbledore,o túmulo sofreu um leve arranhou,era bem forte.
   -Vamos brincar! - berrou o líder.
   -Estupore - Draco se mostrou,mandando um comensal para longe.
   Harry se levantou também.
   -Petrificus Totallus- bradou Harry,que fez um comensal ficar parado.
   -Expulso - Draco arremessou outro para longe.Agora eram 2 contra 1.
   O líder observou os dois e começou a correr.Harry e Draco seguiram ele.
   -Incarcerous - cordas saíram da varinha de Draco e prenderam o líder que corria desesperadamente.
   -Maldito Traidor - berrava ele enquanto se remexia pelas cordas.
   Harry olhou para trás,dois comensais apagados e o outro petrificado,haviam feito um ótimo trabalho em conjunto.
   A professora McGonagall vinha correndo desesperada até eles.Olhava os comensais e os garotos.
   -O que diabos aconteceu aqui? - perguntou ela.
   Harry contou toda a história,enquanto Draco segurava o comensal líder que se remexia.
   -Tenho que entrar em contato com o ministério - disse ela chocada - Temos novos prisioneiros para eles.E a propósito,ótimo trabalho de vocês.
   Harry olhou para Draco,que tinha a expressão de dor.
   -Draco ele se machucou - disse Harry - Não parece nada demais,pegou de raspão,mas está sangrando.Fique aqui,eu levo ele na enfermaria.
    Draco apoiou o braço em Harry,gemendo de dor e os dois caminharam para a enfermaria.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...