História Harry Potter e o Futuro Sombrio - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Potter, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Ronald Weasley, Rose Weasley, Scorpius Malfoy, Tiago S. Potter
Tags Harry Potter
Visualizações 14
Palavras 1.101
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Capítulo 6 - A descoberta de Alvo e Cris.


Já se passará um mês e pouco desde o começo das aulas,Escórpio começou a andar com Evanna,Cris e Alvo,embora Cris não gostasse muito dele.Alvo estava sendo motivo de piada onde passasse,ele não conseguia ser bom em nada.Cris,pelo contrário,não era aquela coisa voando,mas,com poucas aulas melhorou um pouco,fora que já tinha aprendido a levitar objetos,desarmar o adversário,abrir portas,entre outros feitiços.Evanna e Escórpio eram ótima alunos também.

Mas hoje era dia de jogo de quadribol,Sonserina x Griffinória.

-Sua prima vai jogar,Alvo? - perguntou Escórpio interessado.

-Sim - falou Alvo - Abriram uma exceção para ela.Por ela ser ótima.

-É,ela é realmente muito linda - disse Escórpio - Digo,ótima,isso,ótima jogadora.

Evanna ficou um pouco desconfortável ao lado de Cris.

-Olhem - disse Cris pegando o jonal "O Profeta Diário" na mão - Parece que não é exclusividade daqui esses sumiços.

-Desaparecimento de Aurores e fuga de Azkaban,há relações? - disse Evanna lendo a noticia.

-Comensais da morte - disse Escórpio - Meu pai me falou que alguns fugiram de Azkaban.

"Até por que seu pai sabe muito do assunto",pensou Cris.

-É - disse Alvo - Parece que a paz,tem seus dias contados.

O salão comunal começou a vibrar por algum motivo:

-Olhem,é Harry Potter! - disse um garoto.

Todos se viraram,Harry acenou para Alvo e o chamou,assim como chamou Thiago,seu outro filho.

Alvo se levantou e se aproximou de seu pai:

-Alvo - disse Harry - Tiago,estão se divertindo?

-Sim - disse Tiago - Viu,eu disse que ele seria escolhido para Sonserina.

-Menos Tiago - disse Harry - E o que tem de demais nisso?

-Ah você sabe - disse Tiago - É a casa dos maus.

-Não tem nada disso,você sabe que não - disse Harry - Alvo,está se divertindo?Não respondeu.

 -Você sabe que não sou bom em nada - disse ele - Tenho alguns amigos,pelo menos.

Harry sentiu que Alvo estava bem infeliz.

-O que veio fazer aqui Pai? - disse Tiago.

-Achei que seria legal vir fazer uma visita para vocês e  assistir ao jogo hoje - disse Harry - Aproveitar bem essa folga que ganhei hoje.Rony também está aqui,conversando com a Professora Minerva.

-Pai  - disse Alvo - É verdade que a magia negra está voltando?

Harry fez uma cara séria.

-O que? - disse ele disfarçando algo - De onde você tirou isso?

-A fuga de azkaban,os sumiços de alunos em hogwart,isso tem uma ligação - disse Alvo.

-Não sei do que você está falando Alvo - disse Harry,que parecia saber de algo a mais.

-Você mente muito mal - disse Alvo.

-Bom - disse Harry quebrando um pouco o clima ruim - Acho que foi fazer uma visita a Minerva também.Até o jogo.Boa sorte Tiago.

Tiago era apanhador da Griffinória.Assim como Daniel,o irmão de Cris era o da Sonserina.

-Vai perder hoje - disse Alvo.

-Não acho - disse Tiago -Sonserina,uma vez freguês,sempre freguês.

Então Tiago se afastou e foi para ao encontro do seu time que se reunia já.

Alvo voltou para seus amigos.

-Onde está Cris? - disse Alvo.

-Conversando com o irmão dele - disse Evanna.

-Chame ele - disse Alvo - Vamos para as arquibancadas,pegar os melhores lugares.Nem gosto muito de quadribol.Mas esse jogo eu nã posso perder.

Eles chamaram Cris e foram para a arquibancada.O jogo já estava prestes a começar.E pronto,começou.

A griffinória trocou passes muito rapidamente,sem ninguém sofrer um arranhão,até que a bola caiu na mão de Rosa,que marcou os primeiros pontos para a Griffinória.

Thiago e Daniel começaram a rasgar o céu,eles tinham avistado o pomo de ouro.Os dois estavam em uma disputa feroz.

-A vassoura dele tá pegando fogo - disse Escórpio.

-É  do meu irmão - disse Cris,um bocado desesperado.

Daniel caiu da vassoura,estava bem alto,e POOF.Se chocou com o chão.

-O jogo está encerrado! - gritou Minerva.

Cris correu até dentro do estádio para ver como estava seu irmão:

-Daniel,Daniel? - disse Alvo - Responde.

Ele falou algo em russo ou sei lá.

-O que? - disse Cris.

-Acho que quebrei o braço - disse ele gemendo.

Minerva desceu e o pegou nos braços:

-Vou o levar até a enfermaria - disse Minerva - Todos para dentro da escola,agora!O jogo está cancelado!

Todos voltaram para dentro da escola:

-Tenho certeza de que esses acontecimentos tem uma ligação - disse Alvo - Os sumiços e isso têm uma ligação.Vou até meu pai.

Alvo começou a vagar pela escola procurando seu pai,e literalmente trombou com ele:

-Você viu - disse Alvo - Você viu,isso tem uma ligação,você sabe que tem.

Rony se aproximou de Harry:

-Alvo,como você cresceu! - disse ele.

-Oi Tio - disse Alvo - Por acaso você sabe o que meu pai não quer me contar?

-O que? - disse Rony - Da cica...

-Sua cicatriz está doendo não é? - disse Alvo indignado - Você nunca me conta nada,aposto que contou ao Tiago,até mesmo para Lilian!

-Olha... - disse Harry.

-Ele está voltando né pai? - disse Alvo - Voldemort.

Harry pôs a mão a cabeça,sua cicatriz começou a doer.

-Não - disse Harry - Lógico que não.

-Até o natal então Pai - disse Alvo - Espero que até lá esteja tudo bem.

Alvo se virou e foi caminhando até a Sala Comunal da Sonserina:

-Não - disse uma voz masculina  - Por favor!

A voz era similar para Alvo.Ele começou a ir até ela.

Cris apareceu atrás dele,fazendo sinalde silêncio:

-Você também ouviu? - perguntou Alvo.

Cris assentiu que sim.

-Nãooooo - disse a voz - Piedade.Eu não lhe fiz nada.

-Não - disse a voz que parecia estar ameçando - Claro que não.

Eles se aproximaram e viram Michael,irmão de Evanna apontando uma varinha para um aluno da Sonserina,eles se esconderam atrás de uma parede:

-Você agora vai parar de me zoar - disse Michael - Vai sumir junto com seus amigos...

Michael analisava onde atacar:

-Deixa comigo - disse Cris.

Cris se levantou e entrou na sala em que os dois estavam sem que Michael percebesse.

-Avada...

-Expelliarmus - disse Cris rapidamente desarmando Michael.

Cris continuou apontando a varinha para Michar ael.

Alvo entrou na sala.

-Eu devia estar surpreso que um aluno do primeiro ano consiga executar um feitiço com tamanha perfeição assim - disse Michael.

Passos se aproximaram,era o professor Neville Longbottom:

-O que está acontecendo aqui? - perguntou ele.

-Esse garoto - disse Alvo apontando para Michael - Nós ouvimos tudo,ele ia matar o outro e ia sumir com ele.Ele é o responsável por esses desaparecimentos.

-É verdade - disse Neville perguntando ao garoto da Sonserina.

Ele ainda tremendo,respondeu:

-Sim.

-Venham comigo - disse ele - Todos vocês.

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...