História Harry Potter e os Corações das Casas - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers, Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Arthur Weasley, Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Bellatrix Lestrange, Cho Chang, Dobby, Draco Malfoy, Gellert Grindelwald, Gina Weasley, Godric Gryffindor, Harry Potter, Hermione Granger, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Reiji Sakamaki, Ronald Weasley, Rúbeo Hagrid, Ruki Mukami, Severo Snape, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Viktor Krum
Tags Bruxos, Diabolik Lovers, Drama, Guerra, Harry Potter, Hentai, Luta, Romance, Vampiros
Exibições 36
Palavras 1.347
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Esse é um capitulo bem hentai, então prepare-se para fortes emoçoes.

Boa leitura!!!

Capítulo 4 - A descoberta


Fanfic / Fanfiction Harry Potter e os Corações das Casas - Capítulo 4 - A descoberta

O novo dia estava chegando, Harry não dormiu a noite inteira pois além de pensar em que Flanix disse, ele ainda tentou aprender a voar.

--- O que você está fazendo aqui Potter! – disse Melisse olhando pela janela.

Harry  sorriu ao ver o rosto de Mel, mas reparou que ela estava apenas com uma lingerie verde esmeralda contrastando com sua pele branca, conseguiu observar que o corpo da garota era todo marcado, fosse com cicatrizes ou com tatuagens, parou no peitoril da janela e viu que Mel não estava sozinha em seu quarto, Draco Malfoy estava sem camisa dormindo profundamente.
 

Harry não acreditava no que seus olhos estavam vendo e Melisse não acreditava que ele estava ali, voando para falar com ela, tanto que quando ela saiu da cama não se deu conta que estava apenas de lingerie, foi em direção da janela, neste momento Draco acordou e viu Potter voando.

--- Você fica aqui! – disse Draco agarrando o braço de Mel. – Você me pertence agora, não pense que vou deixar você ir falar com aquele imbecil.
 

---Sou nada sua, apenas me diverti um pouco com vc, agora me solte!! – quando Mel se soltou, Harry já não estava mais la.

Draco estava parado atrás de Mel e viu Harry ainda olhando para a janela, foi então que Draco segurou a cintura da garota e começou a beijar o pescoço da mesma, Mel se debateu para Draco solta-la, mas ele apertava ainda mais o braço da menina e começou a desabotoar o soutien dela com uma das mãos livres, ele virou ela de frente pra ele e começou a beijar seus seios, mordiscar até Mel se entregar a ele. Draco via que Harry não parava de olhar e pra dar um belo show de poder para seu maior rival, começou a ser mais violento com Mel

---Fique quieta! – disse Draco empurrando Melisse para deitar sobre o peitoril da janela e amarrando seus pulsos com a calcinha que ela já havia tirado.

Começou a penetra-la com força para que Harry escutasse os gemidos de Melisse e visse a bela cena do seu amorzinho sendo possuída por outro.

Harry olhava tudo aquilo do corujal, com raiva de Draco e Mel, pois se sentia enganado, mas também com um tesão incomparável e sem perceber Harry estava se tocando, porém Harry não percebeu que Karin estava encostada na parede observando tudo aquilo.

---Até que pra um bruxo da sua idade, você é bem dotado Potter! e muito safado – disse Karin rindo e olhando para Harry com desejo.

---Desculpe...eu naão.... – disse Harry extremamente envergonhado, se arrumando.

---Não vamos desperdiçar esse momento Harry, nem precisa se vestir.. – disse Karin tirando a espartilho vermelho que usava, e deixando o vestido branco cair no chão...

---O que??....Você... – Harry foi interrompido pelo beijo de Karin que logo foi se intensificando e Harry cedeu aquela bela jovem.

Karin foi colocando a mão no membro de Harry e o estimulando, ouvia os gemidos baixos de Harry.

---Esta gostando neh? – pergunta Karin ao ouvido de Harry

---Não pare! – disse Harry ofegante

A menina no mesmo instante parou, olhou no fundo dos olhos de Harry, sorriu e foi abaixando, beijando o corpo de Harry até chegar onde ela queria.

Harry gemeu alto, não aguentando aquilo por muito tempo, afastou Karin e a deitou no chão, subiu em cima do corpo magro da menina e foi beijando da boca até a intimidade úmida da menina, fazendo Karin quase gritar de prazer.

Os dois estavam explodindo, quando Karin jogou Harry no pro lado e subiu em seu colo, parou, levantou e pegou na sua bolsa um pacotinho, rasgou e com a boca colocou em Harry, sentou novamente em seu colo e foi subindo e descendo até os dois explodirem em um momento único. Ficaram deitados um pouco, Karin levantou, se vestiu e estava saindo.

---Aonde você vai? – perguntou Harry sem entender nada.

---O que acha que acontecerá agora Potter? Se esta pensando que isso voltara a repetir ou que seremos namoradinhos agora, esquece! – disse Karin aos risos. – E faça o favor de não comentar isso com ninguém.

--- ok! – disse Harry sem entender muita coisa, como sempre.

Harry se vestiu e ficou ali no corujal, pensando no que havia acontecido com ele e com Karin e no que tinha visto no quarto de Mel. Todos foram ao passeio para Hogsmeade ,mas Harry como sempre não tinha permissão para ir, nem Mel, pois ela estava de castigo, devido o feitiço lançado no professor Snape. Mel acabou encontrando Harry, mas como Harry estava com raiva dela, nem disse OI.

Mel sentiu que Harry estava triste com ela, então resolveu puxar assunto.

----Quero explicar pra você o que viu em meu quarto. – disse Mel em tom sério.

----Porque você não me disse que namorava o Draco e sim que odiava ele??

----Mas não gosto dele, gosto de outra pessoa.

Irritado porque ele a amava e ela amava Draco, Harry pergunta:

----Não gosta dele, eu vi vocês transando daqui Melisse, como não gosta dele?

Mel irritada mais ainda com ele diz:

----Não devo explicações da minha vida pra você, estava apenas querendo te explicar o acontecido, eu sou prometida a Draco, e outra coisa, precisa gostar pra transar com alguém??? Afinal que eu saiba você não gosta de Karin para comer ela aqui no corujal não é mesmo??

---Como você...que absurdo você esta falando Melisse. – disse Harry ainda pensando em como aquela garota sabia.

---Eu sei de tudo que acontece nessa porra de escola Harry Potter. E vi o papinho final de vocês! Você é como todos os outros, um moleque que não pode ver uma mina abrindo as pernas que já entra com o taco. Tenho nojo de você – disse Mel irritada, com lagrimas nos olhos e saindo do corujal

Harry segurou o braço da menina com força e a fez virar pra encara-lo

---Você não sabe o que está falando! Não sou assim. Mas você posso dizer que me lembra muito esse tipo de menina que você acabou de descrever: Que abre as pernas pra qualquer um sem pensar no sentimentos dos outros.

Nesse momento Mel deu um tapa na cara de Harry e sacando a varinha quase conjurava uma das maldições imperdoáveis, mas Flanix apareceu na frente dela em chamas e ela parou. Mel chorando diz:

---Não sou nenhuma vagabunda Potter. Meu nome é Melisse Riddle ,sou neta de Tom Riddle, sou infelizmente filha de Voldemort e minha missão aqui em Hogwarts é encontrar o herdeiro de sonserina, não matar um dos alunos, por esse motivo não o mato agora pelo insulto que me fizeste – disse Mel soluçando de tanto chorar.

Harry toma um grande susto e apenas passa a mão onde Melisse bateu, pois ardia muito. Mel sai voando, desesperada, Harry então recebe bicadas de umas das corujas e sai no mesmo instante em busca de Mel.

Harry a encontra chorando na beira do lago negro, Mel ao avistá-lo tenta aparatar, mas Harry  chega antes e aparata junto com ela para um outro lago, mas agora  com agua de um azul anil lindo.Harry vê Melisse encolhida e a abraça

----Por que não me disse isso antes? – questiona Harry

----Porque....Porque eu....EU ME APAIXONEI POR VOCÊ! – disse Mel chorando e gritando – Não queria que nada de mortal acontecesse com vc, por isso permiti ao Draco dormir comigo, por isso quis afasta-lo.

----Afastar-se de mim não vai diminuir o que estou sentindo por você Melisse Riddle – disse Harry com uma convicção que nem mesmo ele entendeu

----Você não pode, meu pai tentará matá-lo novamente, não quero que você morra, prefiro morrer em seu lugar.

----Não tenho medo, eu faria tudo por você. – Harry olha para os olhos molhados de Melisse e eles acabam se beijando.

--- Que casalzinho lindo, que pena que minha filha tem um péssimo gosto para homens, não puxou a mamãe.

Melisse olha ao redor e percebeu que Draco lidera os comensais da morte juntamente com sua mãe.

---- Vá para Hogwarts agora! – diz Mel apenas para Harry ouvir.

----Nem pensar que vou deixar você aqui! – diz Harry segurando na mão de Mel



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...