História Harry Potter ea Profecia Perdida - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Aberforth Dumbledore, Argo Filch, Arthur Weasley, Bellatrix Lestrange, Carlinhos Weasley, Cho Chang, Dino Thomas, Dolores Umbridge, Draco Malfoy, Fenrir Greyback, Fílio Flitwick, Fleur Delacour, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Jorge Weasley, Lilá Brown, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Olívio Wood, Padma Patil, Pansy Parkinson, Parvati Patil, Percy Weasley, Personagens Originais, Pomona Sprout, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Rita Skeeter, Ronald Weasley, Rúbeo Hagrid, Sibila Trelawney, Simas Finnigan, Ted Lupin, Viktor Krum, Vincent Crabbe
Tags Harmony
Visualizações 316
Palavras 904
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estou chegando com essa nova fic. Espero que gostem!
Eu vou colocar bastante o uso de feitiços e termos mágicos, mas sempre que der eu coloco um pequeno resumo do que significam aqui nas notas mesmo.

Capítulo 1 - Piloto


Fanfic / Fanfiction Harry Potter ea Profecia Perdida - Capítulo 1 - Piloto

Harry Potter estava deitado sobre sua cama na Toca, ele lembrava de como havia sido A Segunda Guerra Bruxa e como havia derrotado Voldemort. Harry não havia mudado muito nesses meses que se passaram, estava mais sério e um pouco paranóico, mas sua aparência continuava a mesma. Era magrelo, usava seus óculos e seus cabelos eram despenteados.
Ele pensava em como havia sido bom esses dias de recuperação na casa Wesley, em como ele foi bem cuidado e bem tratado pela senhora Wesley e seus filhos. Porém, lembrou-se também, de como estavam preocupados uns com os outros, os comensais da morte ainda estavam a solta e o Ministério da Magia acredita que estão sendo liderados por Lúcio Malfoy e Bellatriz Lestrange em objetivo de vingar seu falecido Lord das Trevas.
Harry se revirou na cama e avistou um garoto ruivo. Ronald estava lendo uma carta, deitado em sua cama, o ruivo estava com um olhar sonhador e sorria bobamente.
- Notícias de Hermione? - perguntou Harry.
A garota havia ido em uma perigosa missão junto ao um grupo de aurores do Ministério da busca de seus pais, ela iria devolver sua memória. Embora Harry e Rony tivessem insistido em ir com ela e ajuda-la, ela havia negado com firmeza. "Já foi muito difícil convencer o Ministério a me deixar ir junto, e além do mais, seria muito arriscado levar Harry com esses Comensais a solta" havia dito Hermione a eles.
Ron tirou o olhar da carta e se virou para o garoto.
- Tive, mas não é isso que estou lendo. - respondeu o ruivo estendo a carta para Harry pegar.
Ele pegou a carta e deu uma lida:
" Caro sr Wesley.
É com grande satisfação que o Ministério da Magia aceitou seu pedido de emprego como Auror em Aprendizagem. Portanto, é necessário que você não só faça um teste no Ministério, mas sim que termine seu último ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.
Para que o Sr esteja ciente, a nova diretora da mencionada escola, Minerva Mcgonagall, estará reabrindo o Castelo para a volta dos anos letivos no fim do verão.
Esperamos por você no dia 27 de outubro no Departamento de Admissão e Demissão do Ministério da Magia.
Kinglsley Shacklebolt, Ministro da Magia."
Harry terminou de ler e devolveu a carta para Ron.
- Parabéns!
- Obrigado, estou tão ansioso com esse emprego Harry, eu acho que finalmente vou conseguir ficar conhecido por conta própria - disse Ron confiante.
Harry se sentiu um pouco incomodado, ele sabia que Ron achava que só conseguiu sua fama por te-lo ajudado-o durante todos esses anos, e parte disso era verdade, mas ele não queria que fosse. Porém ele estava muito satisfeito pelo amigo.
- Espero que você consiga, de verdade. - falou o garoto colocando a mão no ombro foi amigo - Mas e Hermione? Boas noticias?
- Ah, parece que ela teve alguns problemas no caminho para Londres, mas agora está tudo bem. - disse o ruivo dando de ombros.
Harry ficou sério e se levantou.
- O que? Ela está bem? Foi um ataque? - ele encheu Rony de perguntas.
- Calma cara, eu já disse que ela está bem. - respondeu o garoto impaciente - Se quiser saber mais, ela deixou uma carta para você também.
Ron apontou para a escrivaninha enquanto falava. Harry não entendia de onde vinha tamanha preocupação, claro, Hermione era sua melhor amiga, mas sempre que eles estavam longe o garoto sentia um sentimento diferente pela amiga, queria que ela estivesse bem e ao lado dele. " Ela é como minha irmã" pensou Harry, mas ele já não tinha tanta certeza se era isso mesmo que ele sentia, se era apenas uma preocupa de irmão. Ele namorou Gina no ano passado e eles haviam se beijado durante a Batalha de Hogwarts, mas eles nunca reataram depois disso, o garoto havia ficado isolado esses meses e só tinha conversas curtas com todos da Toca, exceto Ron, ou seja, ele e Gina ainda não tiveram a chance de conversar.
Harry foi até a escrivaninha e notou que a carta está aberta.
- Você abriu? - ele perguntou um pouco irritado.
- Mas é claro que eu abri, minha namorada mandou carta para outro garoto - disse Ron como se fosse óbvio.
- As vezes você age como um idiota. - disse Harry saindo do quarto e seguindo para fora da casa com a carta na mão. Ron permaneceu no quarto e começou a reler a carta do Ministério. Harry ando pelo jardim e se sentou no gramado embaixo de uma grande árvore, ele abriu a carta e sorriu ao reconhecer a letra da amiga.

" Querido Harry
Espero que não fique muito preocupado comigo nesses dias. Encontrar meus pais foi fácil, o difícil vai ser recuperar suas memórias, estamos viajando pelo Reino Unido em busca de ingredientes para preparar uma rara poção da memória, e como se já não fosse o bastante, os Comensais da Morte estão por todo o lugar, tivemos que fazer e refazer vários trajetos para não cairmos em uma batalha.
Embora os nossos objetivos não sejam mais os mesmos, espero te ver em Hogwarts para completarmos o último ano. Sei que vão ser difícil aguentar os olhares e os cochichos todos os dias, mas portanto que estejamos juntos, tudo é possível. Como eu sempre digo "Estamos juntos nisso.
Com amor, Hermione Granger."


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...