História Harry Potter ea Profecia Perdida - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Neville Longbottom, Ronald Weasley
Tags Harmony
Visualizações 36
Palavras 1.009
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cada vez mais próximos...

Capítulo 6 - Estudando em Hogwarts


Fanfic / Fanfiction Harry Potter ea Profecia Perdida - Capítulo 6 - Estudando em Hogwarts

Harry acordou em sua cama na torre da Grifinória, ele se levantou e viu que Rony já havia levantado. Havia se passado já semana desde o reencontro no sala principal, Harry e Hermione não se falaram muito depois disso, em parte porque Ron sempre estava por perto tagarelando sobre os cursos e aula que deveria fazer para se tornar Auror, mas também, em parte era porque os dois evitavam ficar sozinhos. Era fim de semana e os alunos não tinham aula, então Harry se levantou e colocou uma camisa vermelha e uma blusa azul, sua calça jeans e tênis. O garoto desceu até o salão principal e revirou os olhos ao ver Ron e Hermione sentados na mesa da Grifinória, rindo abraçados, porém, Harry já havia andado metade do salão e, ao se virar para sair dali...
- Harry! - chamou Hermione acenando com a mão.
O garoto seguiu até a mesa e sentou forçando um sorriso. Ao se sentar ele pegou torradas e suco de abóbora e começou a comer afim de evitar conversa.
- Você está mesmo com fome! - disse a garota um tanto sem graça - Você anda conseguindo fazer os feitiços não verbais com precisão? Rony anda tendo dificuldades.
- Estou indo bem. - disse Harry - Ontem mesmo pedi pro Ron levar um trabalho de DCAT para o professor.
- Ah não! - exclamou Ron colocando a mão na testa - Harry, eu esqueci de te dizer, o Pirraça roubou o seu trabalho ontem a noite! Eu tentei pegar de volta, mas ficou tarde e o Filch estava rondando os corredores!
- Que maravilha Ron. - disse Harry sarcástica - Levei dois dias para fazer esse trabalho e ele é para essa segunda!
- Eu posso te ajudar a fazer o trabalho Harry, eu já terminei o meu! - sugeriu Hermione.
Ron olhou sério para Harry e depois para Hermione.
- Eu pensei que você iria me assistir hoje no Quadribol! - falou o ruivo.
- Ron! Esse trabalho vale muitos pontos! Harry vai acabar reprovando se eu não o ajudar! - disse Hermione.
- Pois então, divirtam-se! - falou Ron saindo da mesa irritado.
Hermione acompanhou o ruivo sair do salão com olhos em tom de reprovação, e se virou para Harry. Ron usava uma blusa listrada verde e uma calça marrom.
- Vamos? - perguntou a garota
- Eu não sei se é uma boa idéia. - confessou Harry.
- Eu falo com o Ron depois. Não época que assim que me trata? Pois vai ser assim que eu trata-lo. - disse Hermione decidida.
Os dois se levantaram e foram para a biblioteca fazer o trabalho. Após uma hora, o trabalho estava longe de acabar, Hermione Lia um livro em silêncio procurando algo que pudesse ser útil, mas, de vez enquando ela dava uma espiada em Harry e pensava em como o amigo estava ansioso por causa dela. Seu nervosismo era notável para a garota, toda vez que ela lhe dirigia a palavra, Harry gaguejava e se enrolava para responder, e Hermione pensava qual seria o motivo de tanta afobação.
- Então, Harry. Você falou com a Mcgonagall sobre os dementadores?
- Falei sim ela avisar aurores estar vai...
Hermione riu da confusão do garoto.
- O que? - disse ela entre risos.
- Desculpe. Ela já avisou os outros aurores, estão procurando por eles! - se corrigiu Harry e tomou um gole de suco.
- E... Como vai a Gina?
Harry engasgou e quase cuspiu suco sobre o trabalho. Hermione tornou a rir e lançou um feitiço que secou as roupas de Harry.
- Não tem graça. - disse ele segurando o riso - Nós não nos falamos muito. Por quê?
Hermione ficou um pouco sem graça e deu de ombros. Padma Patil entrou na sala e sorriu para Harry. O garoto acenou e Hermione encarou a garota de cara fechada, e depois se virou para Harry.
- Agora que está solteiro todas as garotas devem se jogar em cima de você, né? - perguntou a garota séria.
Harry acompanhou Padma com os olhos, distraído e começou a rir.
- É, né? - respondeu ele.
Hermione fez cara de indignada e acertou um pergaminho dobrado na cabeça de Harry.
- Ai! Por que fez isso?
- Ora, porque... porque... você está agindo igual ao Ron, ele que fica dando em cima das meninas desse jeito! - disse Hermione.
- Desculpe. Mas eu não estou dando em cima de ninguém!
Os dois se encaram e ambos ficaram corados. Eles desviaram o olhar e continuaram a fazer o trabalho. Após alguns minutos, Hermione notou que Harry olhava pela janela, nos jardins de Hogwarts. 

Por que não levamos os livros lá pra fora? 

Podemos acabar o trabalho lá! - sugeriu a garota.

- Era exatamente isso que eu estava pensando! - exclamou Harry.
- Eu notei...
Os dois saíram pelo corredor e seguiram para as margens do Lago Negro. Hermione conjurou um pano de piquenique e eles se sentaram embaixo de uma árvore. Após terminarem o trabalho, os dois jovens começaram a conversar sobre diversas coisas e não notaram a hora passar, Harry sentia falta dessas conversas com Hermione e nem notou que a hora do almoço já havia acabado.
- Eu senti sua falta. - disse Harry após Hermione contar uma piada.
- Eu também senti sua falta, mas por que você não minhas cartas? - perguntou a garota.
- Cartas? Que cartas?
Os dois foram interrompidos pelo barulho de risadas e conversas vindo detrás da árvore. Eles se levantaram e juntaram os livros, Harry espiou por trás da árvore e viu Vincent Crabbe junto à um grupo da Soncerina.
- Não faça barulho! - advertiu Harry.
Ambos os jovens se encostaram contra a árvore tentando ouvir alguma coisa.
- Teve notícias? - perguntou Pansy Parkinson.
- Tive, eles acreditam que há uma forma de trazer " ele" de volta, mas eu não sei qual é - disse Goyle.
Harry e Hermione se olharam, precisavam sair dali o mais rápido possível. 


Notas Finais


Continua no próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...