História Harvest Moon


Escrita por: ~


Sinopse:
Minha história foi escrita por um homem bêbado e louco .
Alguém com um cigarro nos lábios e uma eterna ressaca moral .
As linhas turvas foram preenchidas por devaneios e isso me fez ser o que sou . Desde o começo .
Fui uma criança bizarra , dessas que te dão medo , sem o magnetismo da inocência pueril ;
E com você as coisas foram as mesmas , exceto pelo perigo que rondava a tua cabeça loira .
Mesmo assim , estamos aqui , juntos , entre o fogo que criamos , no meio pirado de uma São Francisco nova , dessa vez sem jazz e com roupas de couro , destruindo tudo .
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Metallica
Exibições 88
Comentários 6
Palavras 5.262
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Harvest Moon
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Prólogo
2
28
978
 
2.
Pequena voyeur
2
27
1.106
 
3.
Lars
1
18
1.324
 
4.
I don't belong here
1
15
1.854

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~AlienKiller
Capítulo 3 - Lars
Usuário: ~AlienKiller
Usuário
Começando com The Doors...certo, deve saber que já me conquistou aí, mas já deve saber que sou completamente obcecada por suas palavras e tudo o que faz, parece ser uma espécie de mágica renovadora, eu estou completamente encantada, sinto a ansiedade fluindo em minhas veias e domando o meu sangue para que eu tenha mais dessa história, olha...você me domou de vez e já não sei mais o que fazer...necessito de mais, e parabéns pelas palavras, não sei como lhe dizer o quão incrível é, babe...Continue e obrigada mais uma vez por banhar meus olhos com sua poesia <3