História Hasta que el mundo cambie y gire al revés - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Feia Mais Bela
Personagens Aldo Domenzaín, Alicia Ferreira, Erasmo Padilla, Fernando Mendiola, Julieta Solís de Padilla, Letícia "Lety" Padilha Solís, Márcia Vilarroel, Omar Carvarral, Personagens Originais, Tomás Moura Gutiérrez
Exibições 62
Palavras 663
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Esse capítulo é em homenagem a Bruna Feliz Aniversário nega não e FerLety (nem um pouco) mas e em homenagem então não reclama rsrs

Capítulo 6 - UM POUCO DELA



               POV MÁRCIA

Não me orgulho nem um pouco do que estou fazendo mas a verdade e que não aguento mais essa solidão,essa sensação de desespero quando chega a noite e estou só,sinto vontade de chorar mas não há em mim mais lágrimas. Vocês devem estar se perguntando  o porquê de todo esse sofrimento então vou explicar

        Flash BACK ON

A APROXIMADAMENTE  1 ano atrás eu ainda morava em Los Angeles  estava fazendo aniversário de 6 anos de namoro, eu estava muito feliz já tinha programado tudo, faria uma surpresa para ele, comprei um vinho e o mais especial a fantasia, não sei de onde tirei a coragem de usa aquilo mas sentia que eu deveria apimentar mais o nossos momentos íntimos.
Quando chegou hora ele bateu na porta de minha casa, eu já estava pronta com um roupão cobrindo a fantasia então abri a porta e me surpreedi com meu amor segurando um buquê de rosas brancas e um largo sorriso, sorri e dei um selinho nele pedi para que ele entrasse assim que ele entrou já subimos para o quarto já que queríamos aproveitar a nossa noite, chegando lá fiz um mini Striptease dando vários beijos provocantes nele enquanto bebia um pouco do vinho quando já não aguentavamos mais fizemos amor de uma forma intensa, depois dormimos profundamente.
No dia seguinte levantamos e fomos direto para as nossas empresas chegando em minha sala me assustei ao me deparar com meu pai sentado a minha cadeira ele não estava com uma cara muito boa,me aproximei para lhe dar um beijo até meio receosa  mas ele virou o rosto para o outro lado me afastei e falei

_ Bom dia papai, aconteceu alguma coisa?

_ E você ainda tem a cara de pau de me perguntar se aconteceu alguma coisa

Ele se levantou da cadeira já alterando a voz

_ Papai eu não estou entendendo, o que eu fiz? O que está acontecendo?

_ Isso é o que está acontecendo

Ele jogou um envelope preto em cima da mesa, e com as mãos tremulas peguei e abri o envelope,o susto foi tamanho ao me deparar com imagens minhas da noite passada, que me faltou ar por alguns segundos em meu pulmão e dei um passo para trás

_ Co...como você conseguiu estas fotos?

Uma vergonha tomou conta de mim por meu pai ter visto imagens minhas tão íntimas

_ Isso não importa agora, o que me importa e como você pode ter feito isso comigo Márcia você me traiu você desonrou a nossa família você se desonrou e justo com este traste do Domenzaín 

_ Não fale assim dele

Também aumentei meu tom de voz

_ Como ousa aumentar sua voz e justo para defender ele

_ Eu o amo papai o que eu tenho que fazer para provar isso

_ Há quatro anos atrás peguei vocês dois juntos e deixei claro que não queria você junto dele mas parece que vocês não entenderam então eu não vejo outra saída a não ser te mandar para o méxico

_ Não papai por favor

_ Não vou mudar de opinião Márcia nem adianta tentar

Abaixei a cabeça pois já sabia que não havia nada que eu poderia fazer

         FLASH BACK OFF

Então você deve estar se perguntando também o porquê de toda essa rivalidade entre os dois, e pelo o que me contaram parece que os dois eram amigos inseparáveis e até construíram um restaurante
mas houve um dia em que meu pai suspeitou que Marcos o pai de Aldo estaria roubando o dinheiro dele e então tiveram a maldita briga que hoje atrapalha o nosso relacionamento.
É isso a quase um ano não vejo o meu amor e não tenho coragem de enfrentar meu pai e correr atrás de Aldo, sou uma covarde e pior ainda vou tentar ficar com o Fernando só para tentar esquecer ele nesse momento eu estou me odiando mas do jeito que eu to não dá para mim continuar

             


Notas Finais


Então este cap e para ver o lado da Márcia obg por lerem BJKS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...