História Hate - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 65
Palavras 1.434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


➡Oi meu povo,nunca escrevi uma fanfic de 2hyun mais vou começar escrever <3 ⬅

⬅.-O cap está curto mais outros capítulos
serão maiores ⬅

➡.-Vou procurar atualizar todas semanas caso vocês comentem,pois gosto de saber opinião de vocês. ⬅


➡.-Criticas construtivas também são bem vindas <3 :* ⬅

➡.-Boa Leitura :*⬅

Capítulo 1 - One


Fanfic / Fanfiction Hate - Capítulo 1 - One

POV Kim HyunA Ah 

Acordei era seis e meia da amanhã me levantei da cama e coloquei uma roupa bem simples e penteei meu cabelo deixei soltos e desci fui direto na cozinha vi minha Omma sentada na cadeira segurando uns papeis brancos que estava sobre a mesa minha Omma me escraviza seriamente . 

 

-Bom dia Omma. -Falei com sorrisos nos lábios me sentei na cadeira fiquei só observando ela assinar uns papeis. -Para que são estes papeis Omma? -Perguntou calmamente curiosamente apontando para os papeis que estava segurando. 

 

-Que bom que você tocou nesse assunto filha vou te explicar tudo. -Respondeu minha Omma me olhando seria. 

 

-Então me explique. -Falei um pouco nervosa. -O quê senhora está tramando dessa vez, Omma ? -Perguntei olhando-a “ironicamente” fazendo entre aspas com os dedos. 

 

-HyunA minha filha, você sabe muito bem que eu nunca concordei que você namorasse com uma garota, nunca gostei disso você me deixou decepcionada e triste com suas atitudes erradas. -Indagou minha Omma me olhando seriamente. 

 

-Omma eu estou namorando com Goo Hara há dois meses e você vem me dizer que não apoia meu namoro com ela. -Falei batendo minha mão sobre a mesa nervosamente. 

 

-Hyuna! abaixe seu tom comigo garota, você vai me obedecer e vai terminar esse namoro ridículo com essa tal de Goo Hara, entendido? -Fala a mesma severa se levantando da mesa.

 

-Não vou fazer isso. -Falei choramingando. 

 

-No contrato do papel que eu assinei HyunA, você vai se casar daqui as três semanas com o Jang Hyunseung e não adianta falar nada, isso é uma ordem da empresa Cube Entertaiment. - Minha Omma começou se explicar, me levanto quase explodindo. Como assim eu me casar com Jang Hyunseung? Odeio esse garoto, já basta que e ter que aguentar JS na mesma empresa, ficar na mesma dupla de Trouble Maker cantando com ele e agora serei esposa de mentirinha?! Eu não mereço isso. Pensei comigo, quase me explodindo de raiva. 

 

-Filha a empresa Cube entertainmemt está quase na falência, você tem que colaborar com contrato, pois eu assinei tudo e vou entregar hoje mesmo pro dono da Cube. -Indagou minha Omma novamente. 

 

-Não acredito! E o que ele achou dessa palhaçada toda? -Perguntei encarando-a e cruzo os braços desafiando. 

 

-Se quer mesmo saber, ele aceitou, pois não teve outra escolha, o Cube obrigou ele aceitar, se Hyunseung não aceita-se ele iria sair do grupo BEAST e sair da empresa e como ele não queria teve que aceitar. -Explicou me olhando entusiasmada. 

 

-Vocês planejaram isso tudo. -falei nervosa tentando me controlar. 

 

-Sim filha e agora não podemos voltar atrás, hoje mesmo você vai terminar esse seu namoro de quinta categoria, com Goo Hara. -Exclamou fazendo entre aspas com os dedos.

 

-Está bem, vou fazer o que a senhora esta pedindo. -Falei limpando minhas lágrimas. 

 

-Goo Hara está chegando agora, você vai ter que terminar esse namoro com ela. -Concordo respirando fundo. 

 

-Eu já entendi. -Encerro a conversa a encarando. 

 

-Bom dia gente! Tudo bem por aqui? -Perguntou Goo Hara animada se sentando do meu lado. 

 

-Vou deixar vocês duas conversar a sós. -Avisa se retirando. 

-Sua Omma não gosta de mim, né Unnie?! -Pergunta a morena me olhando com aquela carinha triste. 

 

-Ela nunca gostou do nosso namoro Hara, ela acha ridículo uma garota namorar com uma garota. -Explico me aproximando dela contornando meus braços em torno do seu pescoço, selando nossos lábios em um beijo intenso e calmo. 

 

-Mais porquê sua omma não quer que você namora comigo? -perguntou começando chorar. É agora ou nunca! 

 

-Hara?... Temos que terminar nosso namoro, vou me casar daqui três semanas. -Digo de uma vez. 

 

-É claro, por que não? Não iria dar, sua Omma não gosta de mim mesmo. -Ela se levantou da cadeira. 

 

-Eu não queria que isso acontecesse, mais decisão é da empresa, eles tem um contrato assinado com minha Omma. -Expliquei com detalhes. -Espero que você me entenda. 

 

-Eu te entendo. -Respondeu Hara chorando. -Adeus, melhor eu ir embora. -Ela saiu de minha casa correndo, eu fiquei meio magoada, não queria ter feito isso, mais eu não podia decidir. 

 

POV Jang Hyunseung 

Estávamos na empresa (Cube entertainment) no escritório conversando com senhor Hong, sobre meu casamento, só aceitei me casar com que ela pois eu não queria sair do grupo BEAST e nem sair da empresa, esse era meu único emprego, só quero ver até onde isso vai. Onde você foi se meter Jang! Penso. 

-Que bom que você aceitou se casar com HyunA, pensei que iria recusar já que a odeia. -Diz senhor Hong muito surpreso. 

 

-Senhor, pensou errado. -falei mexendo nos meus cabelos loiros liso. -Quero dizer, eu a odeio, mas gosto do meu emprego. 

-Otimo, você entendeu rápido! Olha como são as coisas JS. -Senhor Hong falou ironicamente me observando. -Vamos ver como ela vai reagir, se caso a garota aceitar se aceitar, por que a Omma dela me disse que ela terminou com tal namorada. -Senhor Hong fez entre aspas com dedos ironicamente. 

 

-Nem precisa me explicar desses detalhes senhor. -Falei começando ficar irritado. 

 

-Ok pode se retirar.-ordenou senhor Hong encarando seriamente. -Pois ela vai vim com sua Omma no meu escritório e eu quero que você esteja aqui no mesmo horário, está me entendendo? 

 

-Sim senhor, agora posso ir? -Perguntei me levantando da cadeira. 

 

-Sim pode. -Responde. Sai do seu escritório irritado e meio perturbado, fui na cantina conversar com Kikwang, precisava conversar com alguém. 

 

-Aish que raiva dessa empresa. -Falei irritado me sentando na frente de Kikwang que me encarava preocupado. 

 

-Por que está tanto irritado? -Pergunta meu amigo. 

 

-Senhor Hong está me obrigando a fingir um casamento com a Kim Hyuna, sendo que eu a odeio com todas minhas forças, e ainda por cima tive que aceitar, pois se eu não aceita-se eu sairia do grupo e dessa empresa. -Começo a explicar. 

 

-Jang, você se casando com ela? isso é inacreditável tenho que concordar que foi uma excelente ideia. -Disse Kikwang começando dar gargalhadas achando maior graça. 

 

-Caramba Lee! isso não tem a menor graça. -Falei começando a ficar bravo. 

-Tem sim JS, só espero que vocês não se mate, no dia do casamento. -Kikwang respondeu com sarcasmo.- Pois vocês até que fazem casal bonitinho. -Disse fazendo aegyo. -Shipper 2Hyun. -Ele faz um coração. 

 

-Não somos um casal. -Apenas respondi encarando-o serio. 

 

-São sim um casal, só vocês que não se dão conta disso ainda, deve ser o destino querendo juntar vocês. -Indagou entusiasmado. 

 

-Talvez você tenha razão Lee. -Respondi um pouco sorrindo interessado pelo assunto. – Vou me aproveitar da situação só pra beijar Hyuna e abusar do atrevimento dela, já que vai ser minha esposa de mentirinha. 

 

-Você não presta mesmo JS. -Respondeu Kikwang sorrindo. 

 

-Já vou, tenho que esperar minha futura noiva chegar. -Falei sorrindo e saio da cantina, vou ate o escritório, entro e me sento na cadeira de frente ao homem de terno que permanecia calado. 

 

POV Kim HyunA Ah

Eu e minha Omma, estávamos no dentro de um taxi parando em frente a empresa e entramos, vou ate o escritório e entro o senhor Hong estava sentado em sua cadeira e JS estava sentado em sua frente com as pernas cruzadas, quando me olha dar um sorriso sínico. 

 

- HyunA! Que bom que veio, seja bem vindas novamente. -Disse senhor Hong nos cumprimentando com dois beijinhos na bochecha. 

 

-Ficamos agradecida por nos receber senhor Hong. -Minha Omma sorri animada. 

 

-Que bom rever minha futura noiva, cada vez mais bonita. -Jang Hyunseung respondeu com sorriso sarcástico e me abraçou fortemente. -Garota mimada, você vai me pagar bem caro por isto. -Sussurra em meu ouvido em um tom de ameaça, meu corpo tremer em resposta, eu não sabia o que ele queria dizer com isso. Ele se afasta de mim e anda na direção da minha Omma sorrindo. 

 

-JS! Como está bonito, rapaz! Como está sua família? -Perguntou ela sorrindo e segurando nas mãos do mesmo. 

 

-Estão ótimos, obrigado. - Responde gentil. -fico feliz Senhora Kim por ser você minha futura sogra. 

 

-Eu fico mais querido, já que você vai ser meu genro. -respondeu simpática. 

 

-Por favor sentam-se todos, quero conversar com vocês. -Indagou senhor Hong se sentando em sua cadeira. 

 

-Podemos saber do que se trata?-perguntei o olhando seriamente. 

 

-Como vocês dois vão se casar daqui as três semanas, eu vou pedir mais uma coisa, que vocês gravem outro MV e segundo mini álbum de Trouble Maker e nesse MV vocês terão que gravar cenas quentes sexy e terão que se beijar. -Explicou senhor Hong nos olhando. -Queremos que a mídia só falem do novo casal. 


Notas Finais


⬅Espero que goste boa leitura .⬅
⬅será mesmo que esses dois vão se apaixonar.⬅
⬅Comente o quê vocês acharam amores??,➡😘😍😍
Bjs até pròximo capìtulo .⬅


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...