História Haters of Love (Imagine Jimin) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 150
Palavras 1.327
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie amoreees!!!💜💜


Como estão?


Mais um capítulo

Espero que gostem


Boa leitura! 💜

Capítulo 14 - Secret Love Song


Fanfic / Fanfiction Haters of Love (Imagine Jimin) - Capítulo 14 - Secret Love Song



Jimin não foi me buscar naquele dia, o que me fez pensar no porquê de eu ter imaginado que ele viria, novamente.

E também me fez pensar no dia que tivemos ontem.

Nossos beijos, nossa conversa, tudo, até o momento em que ele me deixou em casa.

Mas principalmente o lugar que ele me mostrou, era um lugar somente dele, onde ele foi pra esquecer a briga com os pais e, ainda assim, ele quis e mostrar. Eu estava parecendo uma idiota, uma idiota apaixonada.

Mas era exatamente assim que me sentia: idiota de mais para me apaixonar, apaixonada de mais para esquecê-lo.

E acho que, agora, posso dizer que conheço o verdadeiro Park Jimin - seu lado chato e ignorante e seu lado legal e preocupado com o que pensam -, talvez sejamos um pouco parecido em alguns sentidos. E talvez seja isso que me faz apaixonar ainda mais por ele sempre que descubro algo novo: somos parecidos.

Fui para a escola a pé, não era assim tão longe e eu gostava de ouvir música e pensar em algumas coisas durante o percurso.

Por falar em música... Minha playlist aleatória tirou o dia para me dar tapas na cara.

 


"When you hold me in the street and you kiss me on the dance floor

I wish that it could be like that

Why can't it be like that

'Cause I'm yours

We keep behind closed doors

Every time I see you, I die a little more

Stolen moments that we steal as the curtain falls

It'll never be enough

It's obvious you're meant for me

Every piece of you, it just fits perfectly

Every second, every thought, I'm in so deep

But I'll never show it on my face

But we know this, we got a love that is homeless

Why can't you hold me in the street?

Why can't I kiss you on the dance floor?

I wish that it could be like that

Why can't we be like that?

'Cause I'm yours

When you're with him, do you call his name

Like you do when you're with me, does it feel the same?

Would you leave if I was ready to settle down?

Or would you play it safe and stay?

Girl you know this, we got a love that is hopeless

Why can't you hold me in the street?

Why can't I kiss you on the dance floor?

I wish that it could be like that

Why can't we be like that?

'Cause I'm yours

And nobody knows I'm in love with someone's baby

I don't wanna hide us away

Tell the world about the love we making

I'm living for that day

Someday

Why can't I hold you in the street?

Why can't I kiss you on the dance floor?

I wish that we could be like that

Why can't we be like that?

'Cause I'm yours, I'm yours

Oh, why can't you hold me in the street?

Why can't I kiss you on the dance floor?

I wish that it could be like that

Why can't it be like that?

'Cause I'm yours

Why can't I say that I'm in love?

I wanna shout it from the

rooftops

I wish that it could be like that

Why can't we be like that?

'Cause I'm yours

Why can't we be like that?

Wish we souls be like that" - Secret Love Song, Little Mix.

Assim que chego na escola vou para minha sala, Jimin não estava lá, assim como Jeongguk e Yuna, YoonGi provavelmente estava na sala de música. Então eu estava "sozinha" na sala. Decidi desenhar, para passar o tempo.

- Onde você foi ontem com Jimin? - Yuna bate as mãos na minha banca e praticamente grita.

- Ele me levou em um lugar... Especial para ele e depois fomos tomar sorvete - respondi, embora não ache que tinha um motivo para isso.

- Não aconteceu nada a mais? - ela perguntou arqueando a sobrancelha.

Corei diante da pergunta dela. Sim, aconteceu algo a mais, mas não era algo que eu queria compartilhar.

- I-isso não vem ao caso. Por quê esta me perguntando isso? - Questiono e ela abre sua mochila, tirando um jornal de dentro e me mostrando. Aquilo era uma foto minha com Jimin?

" Park Jimin, herdeiro das empresas Park, esta namorando?" a notícia dizia, sendo seguida por uma foto minha com Jimin na sorveteria ontem.

Olhei perplexa o jornal.

Então é por isso que Jimin não veio hoje?

~*~

Acho que nem consegui prestar alguma atenção nas aulas, estava com os pensamentos longe.

Depois das aulas terminarem decido, novamente, ir andando para casa. Mas talvez não devesse ter feito isso, pois, na metade do caminho, uma chuva começou a cair.

Era só isso que faltava!

Eu estava na capa do jornal e provavelmente de alguma revista de fofoca, meu dia foi totalmente um lixo, estava sozinha em uma rua ás 15:00da tarde e talvez pegue um resfriado no dia seguinte.

Estava com frio, o casaco que coloquei antes de sair de casa era fino de mais, impossível de me proteger daquele frio que a tempestade fazia.

Começo a xingar mentalmente.

Um carro preto para ao meu lado e buzina, tirando-me dos meus devaneios.

- ____? Oque faz aqui, nessa chuva? - Jimin perguntou abrindo a porta do carro. - Entra!

Fiquei parada alguns instantes, mas, apesar disso, entro sem contestar.

Ele me olha, esperando respostas, mas, como apenas olhei para frente e não disse nada, ele suspirou pesadamente e deu partida, ligando o aquecedor em seguida.

- Toma, você vai acabar doente desse jeito - falou me dando seu casaco.

- Obrigada... - agradeci, enquanto colocava o casaco e sentia aquele cheiro que só ele tinha. - Jimin, poderia me deixar na casa da Yuna? Preciso falar com ela. - peço e ele assente.

- Afinal, por que estava na chuva?

- Eu estava indo para casa, então começou a chover - solto uma risada irônica, olhando para frente - bem no dia que eu não trouxe guarda-chuva.

- Oque pode fazer? Aposto que não olha a previsão do tempo antes de sair de casa. - ele ironiza e eu solto um riso baixo.

Olho de soslaio para ele, seus fios estavam mais claros. Como alguém pode ficar mais bonito a cada dia?

- Viu os jornais hoje? - Pergunto.

- Sim, eu fiquei um gato naquela foto - passou as mãos pelos fios, agora loiros. - está preocupada com isso?

- E você, o que acha?

- É com isso que está preocupada? Com oque eu acho sobre isso? - pergunta alterando a voz, o que fez com o que eu me encolhesse no banco. - Olha, essa não é a primeira vez que eu apareço nas notícias, sabia?

Balancei a cabeça. Claro que ele estava acostumado a ser o centro das atenções. Mas eu não estava.

É um bom momento para começar a ser chata e discutir com ele, mesmo o assunto sendo minimamente importante?

- Por quê não foi hoje para a escola? - mudo o assunto.

- Meu irmão mais novo voltou de Busan hoje, ele estava com meus avós. Como meus pais estavam na empresa eu tive que buscá-lo.

- Você nunca me disse que tem um irmão mais novo.

- Qualquer dia eu te levo pra conhecer ele - pisca pra mim, oque me faz soltar um riso baixo.

Ele para o carro e eu olho para a janela, percebendo que estávamos na frente da casa de Yuna. Ia abrir a porta mas no mesmo instante Jimin trava o carro.

- Escuta, sei que foi estranho acordar e ver que estava no jornal, mas eu acho que vai acontecer constantemente agora, só estou pedindo que não se espante.

Olhei bem nos olhos dele, procurando saber oque ele quis dizer. Sem sucesso.

- Não irei me espantar - garanti.

Ele segura meu rosto, puxando-me para um beijo. Como eu amava ter aqueles lábios nos meus. Estava extasiada com aquilo. Com cada toque dele.

Nos separamos aos poucos e com alguns selinhos.

Ele destrava o carro e eu saio, não antes de vê-lo sorrindo. Vou até a porta da casa de Yuna e toco a companhia, ela não demora a aparecer.

- Preciso falar com você!




Notas Finais


Comentem oque acharam, até a próxima💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...