História Haunted House 2 - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Felipe Z. "Felps", Rafael "CellBit" Lange
Personagens Alan Ferreira, Felps, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellps, Mistério, Sobrenatural
Exibições 10
Palavras 1.224
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei!
Desculpem a demora,é que eu tenho outra fic(de Undertale) pra escrever,então como minha criatividade anda um CUelho,até eu pensar em um capítulo pra outra fic,escrever,depois voltar aqui,pensar em um capítulo e escrever,somando tudo(mais a pausa pra me alimentar,ir a escola,etc.) isso dá quase 1 século.
Sem mais enrrolação.
Boa leitura
Até lá embaixo.

Capítulo 2 - Ato 1 - The house that always changes


                 Ato 1

 A casa que sempre muda

P.o.V ???

EastWood Mansion, XX:XX

As pessoas pensam que conhecem a Mansão EastWood,mas estão todos enganados,ninguém conhece a mansão depois que foi fechada.Por que?Ninguém que esteve lá dentro após o fechamento voltou pra contar a história.

É comum o ambiente se modificar drasticamente do lado de dentro.Lembra aquela porta que devia estar lá?Pois é,ela sumiu.Lembra aquela escada que devia estar lá?Ela também sumiu,é mais que natural coisas assim acontecerem na mansão,portas,escadas,corredores e objetos mudam de lugar ou de aparencia dependendo do visitante que cruzar a porta de entrada,raramente o padrão se repete,pois ninguém que entra na Mansão EastWood volta a cruzar a porta,pois ninguém consegue sair para retornar,e mesmo que saissem,duvido muito que algum ser humano em sã conciência voltaria a esse lugar.

Como sei dessas coisas?Você não precisa saber.

P.o.V Rafael

East Liverpool, 15:55

Eu estava andando pelas ruas da cidadezinha pacata de East Liverpool,a rua estava rotineiramente vazia,o que facilitou muito meu trageto.Meu destino era a Mansão EastWood,faltavam apenas 5 minutos para o horário que tinhamos marcado.Enquanto isso,só posso andar e pensar na vida.

Você já deve ter reparado na frequência que o nome "East" aparece na história da nossa cidade,isso se dá pelo motivo de que realmente a família EastWood fez um papel notório na nossa história.A começar por Augustos EastWood,foi ele quem colonizou a área de East Liverpool a muito tempo atraz,ou seja,deu origem a esse fim de mundo,o "Liverpool" veio do nome da na época falecida irmã de Augustos,Tereza EastWood Liverpool.A família EastWood,atualmente já não habita este fim de mundo,o atual herdeiro,Thomas EastWood,o filho do dono do parque EastWood,foi fazer carreira na Califórnia com todo aquele dinheiro que ele tinha quando saiu daqui,os boatos que correm aqui na cidade são de que Thomas hoje em dia é um deputado que praticamente arrota dinheiro,esta casado com uma mulher chamada Gabie Funtyme e tem 3 filhos.Parece que ele se deu bem na vida,ao contrário de mim,que estou indo buscar meu amigo em uma mansão "mal assombrada".

"Não haja como se fosse fazer isso sozinho Rafael!Nem parece que o Lixo e Felps vão ir contigo."

"Eu sei que vou ter ajuda,mas estou com um mal pressentimento,não é como se eu quisesse arrastar o Felps e o Alan pra dentro daquele lugar,mas sinto que tem um motivo bem maior para o Pac não ter voltado sozinho."

Antes que eu me desse de conta,lá estava eu,em frente a Mansão EastWood com Felps e Alan mais adiante.

Alan:-E ai,Cellbit?Já está pronto?-Como se eu viesse despreparado.

Cellbit:-Sim,mas como vamos entrar?-Perguntei.

Felps:-Pela porta da frente,é claro.-Felps e suas boas maneiras.

Fomos até o portão e adivinha?Estava trancado com uma corrente e um cadeado.

Cellbit:-É,vamos entrar muito por aqui.-Meu tom de voz era irônico.:-Nem pensem que eu vou escalar esse negócio.-Eu olhei em volta procurando outra entrada.

Felps:-Ninguém falou em escalar.-Ele disse,procurando algo na mochila que havia trazido consigo.

Um pé de cabra.

Exatamente,ele trouxe um pé de cabra na mochila,assim como nós,ele já esperava que a entrada estivesse bloqueada.Com um pouco de jeito e uma pancada forte o cadeado se partiu.

Felps:-Pronto,podemos entrar.-Ele falava naturalmente,como se tivesse tirado o cadeado de forma comum.

Alan:-Nossa Felps,você tem a delicadesa de um ogro!-Alan disse,meio que tentando descontrair.

Cellbit:-Faz o urro!-Não perdi a piada.

Demos algumas risadas da piada,mas elas logo morreram quando entramos na casa.

Alan:-M-mas oque é isso?-Ele perguntou,bem assustado.

A porta de entrada revelou um corredor escuro com vários quadros bizarros e desconfortáveis de se ver,mas a maioria deles estava danificado o bastante para não conseguirmos destinguir seus formatos e figuras.

Cellbit:-Agora eu sei porquê isso era uma casa de horrores.-Eu não vou mentir,a visão não foi agradável.

O lugar estava bem destruído,encontramos próximo a porta um painel retângular,nele havia uma forca vazia,um pistão ativado precionando a parede e no canto oposto uma boneca loira,ela vestia um vestido verde esmeralda,usava um rabo de cavalo e tinha botões azuis no lugar dos olhos,ela tinha algo cravado na testa,era uma lâmina pequena e detalhada,era uma faca adaptada ao tamanho da boneca.

Alan:-Isso é...-Faltaram palavras pra descrever.

Cellbit:-...Bizarro,isso que é.-Eu disse e levei as mãos até aquela boneca.

No instante que a toquei me arrependi,trouxe ela pra junto de mim e retirei a lâmina de sua testa,mas quando fiz isso um arrepio correu pelo meu corpo,não me senti bem em segurar a boneca,então apenas a coloquei de volta no lugar.

Felps:-Temos bastante lugares pra procurar,melhor começarmos logo.-Felps chamou minha atenção.

Depois que ele disse aquilo eu voltei a realidade,lembrei porquê eu estava ali,para resgatar meu amigo.

Nós fomos até o final do corredor,onde encontramos uma escada que subia para o primeiro andar e outra que descia para o porão,ou seja,estamos no andar térreo.

Felps:-Pra onde primeiro?-Ele nos encarou.

Alan:-Cima,não quero encarar o porão de um lugar desses agora.-Ele encarou a escura passagem para o porão.

Felps:-Mas temos que pensar como o Pac pensaria,estamos procurando ele afinal.-Ele ainda se mostrava indeciso.

Cellbit:-O Pac odeia porões,se ele está preso nesse lugar o ultimo local que ele estaria seria o porão,melhor irmos pra cima.-Eu disse e Felps assentiu.

Subimos as escadas a passos lentos,sem fazer barulho,embora eu não soubesse exatamente o que não queriamos perturbar.Enquanto subiamos eu tive e sensação de que algo estava me observando,mas quando olhei para trás não havia nada.

Alan:-Gente,olha isso.-Alan falava meio perturbado.

Quando vi que já estava no topo da escada,me vi em um corredor que ia para esquerda ou para direita,na nossa reta havia apenas uma parede com escritas borradas feitas com um líquido avermelhado,as frases laterais estavam borradas o bastante para serem taxadas como ilegiveis,mas a mensagem do meio podia ser bem lida até,mas suas palavras eram meio confusas:

"Watch out for Dummy"

Felps:-Tome cuidado com Dummy.-Ele leu e releu atentamente:-Oque isso quer dizer?-Se eu soubesse,lhe diria.

Cellbit:Não sei,mas isso parece não ter sido escrito a tanto tempo assim.-Uma ideia veio a minha mente:-Será que Pac não escreveu isso?-

Alan:-Pode até ser,mas...-Ele se aproximou das escrituras na parede:-Isso tem cheiro de sangue.-Ele falou em tom preocupado.

Quando pensei um pouco logo me toquei,se Pac pode ser a única pessoa aqui além de nós,se foi ele que escreveu isso,ele provavelmente deve estar machucado.

"Mais um motivo para encontra-lo."

Felps:-Para onde vamos,direita ou esquerda?-Eu já sabia a resposta de Alan.

Alan:-Direita,é claro.-Ele sorriu,não dá pra competir com o Alan quando o assunto é direita ou esquerda.

Seguimos pelo corredor da direita,ele era estranho,quase todo feito de espelhos,com exceção do chão,alguns estavam rachados e outros haviam caido,espalhando cacos por algumas partes.No final do corredor tinha uma porta fechada com tábuas,andamos até lá com calma,pois mesmo que silenciosos,tinhamos um plano em mente.

Alan:-Hora de abrir isso,Felps,cadê o pé de cabra?-Ele estendeu a mão para o moreno ao meu lado.

Felps:-Pera...-Felps mexeu na mochila procurando a ferramenta,mas sua cara não foi das boas:-Eu tinha certeza de que tinha colocado de volta na mochila.-Ele respondeu desanimado.

Alan:-Não acredito que você perdeu um pé de cabra,se filho da puta!-Alan se exaltou por um momento.

Cellbit:-Calma os animos,Alan.Vamos ver o corredor da esquerda primeiro,depois vamos lá fora buscar o pé de cabra e abrir essa porta.-Eu falei,calmo até os ossos.

Nós demos meia volta,com um Alan revoltado com Felps,mas tenho que adimitir,quem consegue perder um pé de cabra com o pouco trajeto que fizemos até agora?Eu andava destraído com meus pensamentos,mas posso jurar que vi alguém nos espelhos,mas quando me virei,novamente não havia ninguém.

Nós voltamos a escada,mas havia algo diferente de quando saimos.

A parede estava totalmente limpa,sem sinal algum de frases escritas em sangue.Nos assustamos com aquilo,pois não é todo dia que avisos escritos em sangue desaparecem,mas mesmo confuso,isso não vai nos impedir de achar nosso amigo.

"Se ele ainda estiver vivo."


Notas Finais


Por favor,não me atirem pedras nem nada que possa me causar ferimentos graves.Eu posso explicar:
Eu já mencionei que tenho outra fic pra atualizar(atualizei no final de semana passado),mas eu tive algo mundialmente conhecido como "Semana de Provas",depois de todas as greves no meio do ano,agora é correr pra recuperar tudo.Estamos no 3 trimestre e,quando as férias chegarem vou postar com mais frequência,mas ainda tenho prova de história nessa semana,então paciência,por favor.

Se você é novato,encontrou a fic flutuando no nada e está mais perdido que cego em tiroteio,aqui esta o link da Haunted House 1:
https://spiritfanfics.com/historia/haunted-house-6981060

Um beijo da Angel <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...