História Haunting - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lily Collins, One Direction, Zayn Malik
Personagens Lily Collins, Zayn Malik
Tags Drama, Lily Collins, One Direction, Romance, Thriller, Zayn, Zayn Malik
Exibições 494
Palavras 777
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura :)

Capítulo 18 - Chapter 18 - Stay Away From Me.


Fanfic / Fanfiction Haunting - Capítulo 18 - Chapter 18 - Stay Away From Me.


No final do corredor, Travis estava caído no chão e Pandora se desesperou ao pensar que o amigo poderia estar morto. Seu olhar subiu para o rosto impassível de xHunter que ao perceber o olhar dela, sorriu. 
Pandora correu de volta para o quarto e fechou a porta, mas antes mesmo de trancá-la a porta foi aberta e ele entrou no quarto fazendo Pam dar vários passos para trás numa tentativa de criar a maior distância possível entre eles.
— Não acredito que fugiu de mim — ele disse parando no meio do quarto, com os olhos fitando Pandora e seu olhar era de decepção. 
— Fica longe de mim — Pam disse num fio de voz, com a respiração descompensada.
— Você está com medo de mim? 
Pandora levou as mãos ao rosto, inconformada com a sinceridade exposta na expressão desapontada de seu rosto. Caramba, ele realmente não entedia o medo dela. 
— Você quase me matou, literalmente! 
— Eu sei que não deveria ter feito aquilo, desculpe. Mas você precisa entender que tem que ficar comigo e....
Pandora deu outro passo para trás quando ele se aproximou, fazendo-o interromper a própria fala.
— Para de se afastar de mim, Renée.
— Caramba, esse nem é o meu nome! 
— Vem aqui — ele pediu abrindo os braços e Pandora se encolheu contra a parede — Por favor — xHunter pediu ao se aproximar, a deixando sem saída e abraçou o corpo trêmulo da garota. 
— Me solta — ela pediu, imóvel. 
Ele a abraçava como se precisasse daquilo, passando os braços ao redor do corpo dela de forma protetora e acolhedora e inalou o cheiro do cabelo — ainda molhado — dela. 
— Eu gosto tanto de você, Renée. 
Pandora, viu pela visão periférica que o abajur do criado mudo estava ao seu alcance e sem pensar duas vezes, o pegou e bateu na cabeça de xHunter. Cambaleando para trás, ele a soltou e naquela brecha, Pandora correu para fora do quarto enquanto ele caía no chão. No corredor, ela parou ao lado de Travis e chegou sua pulsação, respirando um pouco aliviada ao saber que ele estava vivo; mas Pandora não tinha muito tempo, ela precisava deixar a casa e xHunter viria atrás dela, seu plano era deixá-lo bem longe de Travis — agora indefeso. 
Pandora corria até o carro enquanto repetia mentalmente que daria um chute no próprio traseiro se tropeçasse, não seria a garota idiota dos filmes de terror. Por que diabos uma hipótese ridícula dessas passava por sua cabeça enquanto ela corria para salvar sua vida? Pandora tentou abrir o carro, mas não conseguiu. Não lembrava de tê-lo trancado. Filho da puta, controlador. 
Ela fechou os olhos por alguns segundos e apoiou as mãos nos joelhos, não sabia o quão nervosa estava até aquele momento. Pam não podia perder tempo, sabia que ele estava se aproximando, imaginava as coisas que passava por sua mente e um calafrio percorreu o corpo dela. 
Entrar em florestas durante a madrugada para fugir de um assassino costumava acabar dando mal, mas ela não tinha para onde ir. Estava no meio do nada. Rodeada por mato. 
— Renée. 
Ele cantarolava.
Cantarolava. 

Enquanto Pandora, literalmente, tremia na base. 
No galho em que estava, ela enxergava mais folhas e galhos abaixo de si, do que o chão, e sabia que não poderia se mover de maneira alguma. Ela se sentiu em Jogos Vorazes e quase sentiu vontade de rir, sua mente continuava a trapaceando, imaginando cenas de filmes ou livros. 
Os passos dele eram pesados, esmagando as folhas debaixo de seus pés, causando um barulho que deixava Pam apavorada. Apesar dos passos fortes, ele parecia tranquilo. Ele era tranquilo em situações como aquela, em situações que era o dominador. Pandora se abraçou, tentando se equilibrar e parar de tremer antes que caísse bem ali, na frente dele.
— Eu sei que você está aqui, amor. Posso ouvir o som da sua respiração.
Ela conseguia ver a silhueta dele. Ele estava ali. Bem debaixo dela. Esperando por ela. Para se vingar. 
— Temos todo o tempo do mundo, Renée. Eu não tenho pressa, muito pelo contrário. Esse lugar me acalma e saber que você está aqui, bem pertinho de mim, me deixa muito, muito feliz. 
Ele insistia em chamá-la por aquele nome. 
— Não sabia que era boa em escalar árvores, você nunca me contou isso. Você não me contava quase nada, lembra? 
Pandora fechou os olhos e mordeu seu próprio joelho, ela queria chorar, gritar, mandar ele a merda. 
Ele se sentou, encostando as costas no tronco da árvore e olhou para baixo, balançando a cabeça em negação.
— Eu disse que te encontraria, amor. 
Ele levantou a cabeça e sorriu ao encarar Pandora que ainda se abraçava. Aquele era seu fim.
 


Notas Finais


Teaser: https://www.youtube.com/watch?v=KOVXAfAZG48
Fanfic disponível no Wattpad: https://www.wattpad.com/story/84238364-haunting
Meu (novo) Twitter: https://twitter.com/rarebabygirl || @rarebabygirl
Você tem alguma Fanfic e precisa de betagem? Se a resposta for sim, basta preencher esse formulário: https://goo.gl/forms/ATE8jL0PdVbhRfK52

Viram que a Fic está de capa nova? Espero que gostem!!! Até o próximo cap <33
PS. que dorzinha no core em saber que a fanfic está em reta final :( hoje mesmo escreverei o último capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...