História He Is My... - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Rap Monster
Tags Namjoon (bts)
Exibições 16
Palavras 1.282
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Novata


Novata

O dia em Seul amanheceu ensolarado e com poucas nuvens, Rina acordou e permaneceu sentada em sua cama por uns dez minutos, pensando apenas em uma coisa que ela estava a pensar durante uma semana -"Oh céus, escola novata, alunos antigos... Todo mundo com seu grupo formado, apenas eu que serei a diferente e sozinha naquele meio." - Park Rina, uma jovem de 15 anos que se mudou de Ueda no Japão para Seul na Coréia do Sul. Seu pai recebeu uma ótima proposta de emprego na capital tecnológica, e não pensou duas vezes para aceitar. Rina estava no 2° Módulo do Ensino Médio, e estava destinada a ir estudar na HSF a escola que até onde ela sabia era a mais famosa de Seul por ter em seu quadro de alunos trainees famosos de grandes empresas de entretenimento da Coreia, ela não sabia o que esperar de lá mas torceu fervorosamente para não ser selecionada para a sala 2-A que era onde os famosos estavam. Geralmente as salas dos módulos anuais 'A' eram as salas dos trainees. Faltava exatamente uma semana para Rina ir à escola, durante esta semana os dias se passaram rápido e logo o domingo chegou, Rina foi ver o resultado de sua seleção no site do colégio e se surpreendeu - Ah Não, Não pode ser!! - Rina se viu gritando dentro de sua casa, estava sozinha pois seus pais e seu irmão mais novo foram visitar uns amigos que tinham ali naquela cidade. - Eu não quero ir, o que raios vou fazer no meio de um monte de trainees? Que dançam e cantam bem? Vou ficar tipo uma múmia! - Rina jogou-se na cama e ficou lá até conseguir se recompor. Já beirava a noite e os pais de Rina chegaram em casa - Park-na Chegamos querida! - A mãe de Rina adotou este apelido para ela desde criança e só a chamava pelo seu nome em situações sérias, ela era uma bela mulher, muito bem conservada, muito inteligente sempre ajudava seus filhos nos deveres escolares, além de ser uma cozinheira de mão cheia. O pai de rina era um engenheiro de nome, muito conhecido pela Ásia devido as suas belas participações em grandes construções, era muito inteligente também, durante sua vida acadêmica sempre foi excelente em matemática e física, e parte do conhecimento de Rina nessas disciplinas deve-se aos ensinamentos que ele deu em seus momentos livres. O irmão de Rina era Lee Jonghae, tinha 13 anos e estava no último ano do ginásio II, ele é muito bom em dança e recentemente foi aprovado na seleção para ser trainee da JYP. Tanto ele quanto sua irmã sempre foram excelentes na escola, tanto que estão em  altas séries no colégio, com pouca idade. - Mãe eu to na sala dos famosos na HSF - A cara de Rina não era das melhores. - Nossa filha que maravilha!! Estávamos torcendo para você entrar nesta classe, o filho do chefe do seu pai estuda lá. - A mãe dela estava entusiasmada - Oh que legal - Rina revirou os olhos - Aposto que ele é daqueles caras que só não voam porque não tem asas. - Ah qual é Nona, ele é muito divertido - Jonghae se intrometeu na conversa - E como você sabe? - Ah, fomos apresentados hoje. - Disse ele e subiu as escadas indo para o quarto - Ok, Ok.. vá se preparar mocinha, vou preparar o jantar. - Ok mãe. - Oh espere! - A mãe de Rina pegou uma sacola que estava em cima da poltrona - Tome, prove isto. - O que é mãe? - Seu uniforme querida. Vá logo, quando estiver vestida me chame que quero ver. - Com um olhar cansado Rina apenas respondeu: - Ok mãe. - E subiu para seu quarto. - Quando ela chegou no quarto tirou o uniforme da sacola e ficou admirando por um tempo, havia 2 uniformes lá e de fato eram realmente lindos. Era composto de uma blusa e uma espécie de mini saia típico de uniformes asiáticos, de cor azul marinho com detalhes em branco e vermelho, e o brasão da escola vinha em destaque no busto do lado esquerdo da blusa. Rina vestiu-se e chamou sua mãe. - Mãe venha ver! - A mãe dela veio correndo para conferir - Oh Meu Deus! Está linda! Você vai amar esta escola, acredite eu não lhe colocaria la se nao tivesse certeza do que estou falando - Ok mãe eu confio em você. - Rina chegou na frente da sua mãe e a abraçou. - Eu te amo mãe. - Também te amo filha. Agora guarde seu uniforme e desça para comer. - Rina assim o fez. Após o jantar ela arrumou os últimos detalhes de sua mochila e ficou conversando com seus amigos do Japão dizendo o quanto estavam sentindo falta deles e também comentando sobre a sua nova escola. O domingo se chegou ao fim em Seul, Rina adormeceu na esperança de que o dia seguinte trouxesse muitas coisas boas para ela. Amanheceu e Rina estava um tanto quanto ansiosa, ela se vestiu tomou o café da manhã e entrou no carro, como o colégio ficava na rota que o pai dela fazia para o trabalho ele ficou encarregado de levar ela pela manhã. Aos poucos Rina via aquele enorme prédio se aproximando e vários alunos com boas aparências usando o uniforme e se socializando entre si, seu pai estacionou o carro na frente da escola e desejou boa aula e boa sorte para ela, que agradeceu e desceu do carro. Rina entrou na escola se sentindo mais estranha que tudo, ela percebeu que havia olhares indo em direção à ela, uns de curiosidade outros nem tanto mas ela apenas seguiu e sentou num banco que estava vazio no pátio da escola. O sinal tocou e Rina foi para sua classe chegando lá a sala já estava cheia com apenas um local vazio ao lado de um garoto de aparência um pouco estranha, parecia ser rapper pois tinha um cordão daqueles bem elaborados no pescoço. O professor deu a ordem para ela entrar - Alunos hoje recebemos uma nova pessoa na classe. Prazer sou o professor Kihung de Matemática e Física, Apresente-se por favor. - Rina olhou para todos e sentiu sua garganta secar. Mas tomou coragem e falou - Olá a todos, sou Park Rina, vim de Ueda no Japão e espero me dar bem com vocês - Ok Park-na - Rina olhou para o professor com um olhar confuso mas não comentou nada. - Sente-se ali ao lado do Namjoon - Rina sentiu um calafrio mas seguiu para sua carteira, sentou-se meio que sem jeito e não olhou para seu novo colega. Ela tinha uma certa dificuldade com garotos, sempre travava quando conversava face a face com algum. Ela continuava a olhar para baixo quando algo lhe assustou. Era a voz de Namjoon - Oi, sou Kim Namjoon, prazer em te conhecer Park-na. Tenho certeza que seremos bons amigos - Rina quando ergueu sua cabeça se deparou com o sorriso brilhante de Namjoon o que lhe fez sentir arrepios, nenhum outro garoto teria sorrido assim pra ela durante sua vida. - Oi Namjoon, prazer - Pela primeira vez ela falou naturalmente sem nenhum problemas o que fez ela estranhar a situação - Espero que sejamos bons amigos mesmo. - Os colegas de Namjoon pareciam todos assustados pois ele nunca era de fazer essas coisas para garotas novatas.  Ele estendeu sua mão para Rina, que a apertou e sorriu. Depois disso ambos se organizaram e começaram a prestar atenção na aula, Iniciava-se ali uma bela amizade.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...