História He Is My... - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Rap Monster
Tags Namjoon (bts)
Exibições 8
Palavras 2.358
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Melhores Amigos?


O horário do almoço chegou na escola e enquanto todos saíam da sala Rina ficava quieta em seu canto, Namjoon estranhou e quando se levantou para sair, percebeu que Rina não iria junto - Ué, não vai almoçar? - Oh, não. Eu trouxe meu almoço está aqui na mochila, irei ficar por aqui mesmo. - Respondeu. - Ah não, você é nova aqui nao pode ficar sozinha, vou comprar meu almoço e volto aqui, é rápido tá? - Disse Namjoon que levantou e saiu da sala correndo. Ele passou pelo corredor numa velocidade jamais vista, o que chamou a atenção de Hamjul de 16 anos, Kinjoo de 15, Daegon com 16 e Arim também com 16 os quatro amigos de Namjoon que tinha 16 anos. Eles estudam junto desde o Ginásio II, e desde então não viviam separados. - Ele ta esquisito, eu nunca vi o Namjoon desse jeito por causa de uma garota - Disse Kinjoo - Verdade Kin, o Nam é um cara frio, não se apaixona por garotas tão facilmente assim, desde o Ginásio as meninas ficam atrás dele, mas ele nunca fica com elas, e nem procura ninguém - Afirmou Arim. - Deveríamos ir ver os dois conversando na sala? - Sugeriu Daegon que por sinal era o zoeiro da turma, ele era um pouco baixinho e estava entre Hamjul e Kinjoo que ao ouvir isso deram ambos um tapa no pescoço de Dae - Tá louco? Vamos almoçar ganhamos mais. - Hamjul era quem tinha ar de ser o mais sério do grupo. Então eles desceram as escadas em direção ao refeitório. Quando chegaram no fim da escada Namjoon vinha com seu almoço em mãos andando devagar desta vez para não derrubar seu almoço. - Ei brothers, vamos ao fliper na hora da saída? - Nossa Nam, pensei que estavas a fim de acompanhar a novata até em casa. - Disse Dae o que deixaram seus amigos furiosos - Ah Dae, terão outros dias e além do mais, faz um bom tempo que nao vamos ao fliperama - Marcado então disse Arim. E seguiu para a cantina com seus amigos. Namjoon subiu as escadas com cautela e quando chegou na sala viu que Rina estava de cabeça baixa com uma espécie de vasilha em cima da mesa a qual provavelmente continha seu almoço dentro. - Oh porque ainda não comeu? - Desculpe, é costume de família, comer apenas quando todos estiverem, e como você disse que iria almoçar comigo, eu resolvi esperar por você. - Namjoon olhou fixamente para Rina, ele realmente ficou hipnotizado naquele momento, mas rapidamente parou de olhar para ela não notar coisas a mais, apenas sentou ao lado de sua nova amiga, agradeceu pela comida e começou a se alimentar. Um momento de silêncio caiu sobre o local mas Rina logo impediu que o tempo de silêncio continuasse. - Então.. É legal estudar aqui? Te confesso que fiquei com um receio nas últimas semanas de vir para cá e me sentir estranha. - Comentou Rina. enquanto comia uma mistura de arroz, ovo, natto e também um pedaço de salmão, Rina amava salmão, era seu tipo de peixe preferido. - Namjoon, que estava comendo arroz e curry respondeu: - Eu gosto muito daqui, tem pessoas e professores legais, inteligentes. Não tem o que temer. E qualquer problema é só entrar em contato comigo, ta aqui meu número. - Obrigada amigo - E ambos continuaram a comer. Quando enfim encerraram a refeição ainda faltava cerca de meia hora para as aulas da tarde começar, e Rina e Namjoon foram caminhar pela escola, ele ensinou a ela o caminho para ir à todas as salas, e também o que eles faziam naquelas salas. Rina não podia deixar de ficar incomodada com os olhares vindo de garotas da escola e ficou com medo, Namjoon percebe sua insegurança tentou acalmar ela - Não se importe com tais olhares, elas não irão te machucar, são fracas. Se caso elas tentar fazer algo, me avise. - Ela balançou a cabeça afirmando e continuou andando. - Bom, me fala um pouco de você. - Namjoon parecia bem curioso - Bom eu sou a Park Rina como já falei na apresentação da sala, tenho 15 anos e vim de Ueda no Japão, local onde morei desde os meus 3 anos até o mês passado, sinto saudades de lá fiz muitos amigos durante minha trajetória de vida. - Disse Rina. - Ueda? Bela Cidade - Namjoon respondeu sorrindo. E os dois continuaram andando pela escola, até a hora do sinal tocar. - Agora temos aula de História com a professora Kal Jingae, todos gostam muito dela - Namjoon disse quando o tocou para as aulas de tarde. - Vamos? - Vamos - Respondeu Rina, ela amou a aula de História e logo após teve aula de Música e foi liberada da escola. Os amigos de Namjoon ja estavam à espera dele no portão principal - Ah que demora do Nam, não diz que ele vai estragar o plano que ele mesmo elaborou! - Arim já estava ficando inconformado com a situação - Olha ele lá - Disse Kinjoo apontando para o pátio - Ele está vindo com ela - Arim comentou - Quando chegaram perto Namjoon se despediu de Rina - Bom queria muito te acompanhar até em casa mas, vou ao fliperama com meus amigos então até amanhã aqui na escola de novo, boa volta pra casa e cuidado. - Ele sorriu pra ela o que a deixou um pouco sem jeito, pois eles estavam praticamente em frente aos amigos de Namjoon. - Ok eu ficarei bem, divirta-se amigo - Ela deu um tchauzinho para ele e seus amigos e se foi - Então vamos ao fliper galerinha? Os joguinhos nos esperam - Vamos! - Todos responderam totalmente empolgados. Namjoon e seus amigos passaram cerca de uma hora e meia jogando no fliperama e depois foram ao shopping comer algo e jogar boliche no game center, a noite estava prestes a cair em Seul e os meninos estavam super felizes - Temos que fazer isso mais vezes - Daegon nao parava de sorrir - Foi muito legal - Hamjul estava muito satisfeito - Faremos isso com mais frequência - As palavras de Namjoon deixaram todos mais felizes. Pouco a pouco os garotos iam se despedindo uns dos outros pois a sua casa estava próxima, Namjoon era o terceiro a se despedir. Antes dele era Arim e Daegon e depois eram Hamjul e por último Kinjoo. Ao chegar em casa Namjoon foi falar com sua mãe que estava fazendo o jantar, sua irmã de 8 anos que estava vendo desenhos, e seu pai que estava lendo o jornal do dia, ele subiu para seu quarto e se jogou na cama, de repente ele lembrou da foto que guardava com tanto cuidado que parecia ser uma peça de diamante, era uma foto de seus 7, anos de idade junto com sua antiga turma de escola, na foto havia uma menina com um rosto tão ingênuo e ela estava segurando a mão de Namjoon, que sorria, ele parecia estar ao lado de uma pessoa muito importante para ele. Seus olhos encheram de lágrimas que foram interrompidas com a vibração de seu celular, era uma mensagem do Line. "- Oi, desculpa te mandar uma mensagem assim do nada, eu nem te dei meu número mas enfim, só vim te avisar que cheguei bem em casa. Beijos Rina" - Namjoon enxugou as lágrimas e respondeu "- Oh que bom! Bem.. eu quero falar uma coisa.. É que.. não pense que estou fazendo isso porque quero algo em troca, você é realmente legal eu gostei muito de você, e como eu tenho um certo déficit de conseguir me tornar amigo de uma garota eu achei que... você pudesse ser uma." - Rina leu aquela mensagem e respondeu "- Está tudo bem, eu também gostei muito de você, espero que possamos nos tornar melhores amigos como já havia dito na escola hoje" -Namjoon mandou um emoji e disse que iria jantar mas na verdade ele não foi, ele ficou cerca de dez minutos deitado na cama imóvel e olhando para o teto - "Melhores amigos
.. De Novo..." - Pensou ele. O dia se findou e Namjoon não conseguiu dormir direito, ele foi para a escola com muito sono, Rina quando chegou na sala encontrou seu amigo dormindo na carteira e deu um sustinho dele - Nossa você quase me matou de susto - Namjoon estava com uma cara de sono muito forte. - Desculpe não me contive - Disse Rina aos risos, ele acabou sorrindo também mas de certa forma ele também admirava o sorriso de Rina. A manhã estava passando relativamente rápido, perto do horário do almoço Namjoon parecia estar fraco, pois nem conseguiu dormir na noite passada e nem na escola, ele mal levantava a cabeça, Rina começou a ficar preocupada - Você vai aguentar passar o resto do dia na escola com tanto sono desse jeito? Se quiser eu te acompanho até em casa. - Namjoon estremeceu mas disse em voz baixa. - Eu estou bem. - O sinal tocou e todos saíram da sala Rina levantou-se e esperou seu amigo também se levantar, ele conseguiu mas quando deu dois passos quase caiu, Rina rapidamente o segurou e disse: - Não dá pra você continuar na escola, fique aqui - Ela pôs Namjoon sentado numa cadeira - Vou na sala da direção e já volto - Rina saiu correndo pelos corredores da escola, ela estava um pouco desesperada, mesmo sem ter muita intimidade com Namjoon ela teve boas impressões dele de início e nao queria que nada de mal acontecesse com ele. No caminho, ela encontrou Hamjul e Kinjoo e contou rapidamente o que havia acontecido, eles logo chamaram Arim e Daegon e correram para ver a situação de Namjoon - Eu falei que era estranho ele ficar daquele jeito na sala por tanto tempo - Hamjul estava preocupado, pois seu amigo já havia enfrentado noites de insônia mas conseguia se manter firme na escola,mesmo sem muita disposição. Chegando na direção Rina conseguiu autorização para levar seu amigo para casa, ela voltou às pressas para a sua classe - Consegui - ela estava respirando rápido e seu coração palpitava. - Ele está com febre - Disse Hamjul - Você quer ajuda para levá-lo embora? - Não precisa vocês precisam ficar para não perderem a aula e também para avisar aos professores o que aconteceu. - Todos balançaram a cabeça afirmando. - Vamos Nam. - Rina tinha forças suficiente para levar Namjoon para casa - Não precisava fazer isso Rina - Disse ele em voz baixa - Não precisa se preocupar comigo - Preciso sim - Respondeu ela. - Riiiinaaaaa!!! - Arim vinha correndo pelo corredor - Pensei que não te alcançaria, toma, uma graninha para pagar um táxi - Arim deu à Rina algumas notas de Wons, e um papel escrito o endereço da casa de Namjoon. - Essa quantia é suficiente para ir até a casa dele, e o que sobrar compre algo para ele comer - Rina balançou a cabeça afirmando e saiu com Namjoon. Ela teve sorte pois quando atravessou os portões da HSF estava passando um táxi por ali, ela acenou, acomodou seu amigo no carro e entrou logo em seguida. Namjoon acabou apoiando-se nos ombros de Rina, ela pôs sua mão por trás dele colocando a sua cabeça para mais perto do colo dela e o abraçou, Namjoon mesmo fraco sentiu seu coração bater forte, nunca uma menina havia o abraçado daquela maneira. O motorista do táxi notou os carinhos de Rina e perguntou: - É seu namorado? Está passando mal? - Rina corou mas respondeu - Não ele é meu amigo, sim ele está passando mal. - Oh, vocês formam um belo casal. Não quer que eu os leve para o hospital? - Oh Não, vamos para a casa dele mesmo, a mãe dele sabe o que fazer, os amigos dele falaram que ela é enfermeira. - Rina pôs uma de suas mãos na testa de Namjoon - Nossa você está ardendo em febre - A viagem no táxi durou mais ou menos dez minutos, Rina entregou a quantia ao taxista e o que sobrou ela comprou uma espécie de sopa instantânea que comprou num mercado que ficava em frente à casa de Namjoon. Chegando em casa a mãe de seu amigo estava preocupada - Oh meu Deus filho! O Hamjul me ligou dizendo o que havia acontecido - Ela olhou para Rina e paralisou, ficou analisando sua face. Rina ficou parada à porta observando a mãe de Namjoon colocá-lo deitado no sofá - Quem é esta moça filho? Ela não me é estranha - Perguntou ela em voz baixa - É Park Rina mãe, filha do Yukimura Heda. - Não acredito! - Mas por favor não fale nada - Namjoon estava realmente fraco, dava para notar pelo seu tom de voz. - Ela não lembra de nós - A mãe dele foi até Rina e disse: - Por favor faça companhia a meu filho enquanto preparo algo para ele comer. - Tome isto - Rina entregou a sacola com a sopa instantânea para a mãe de Namjoon. - Prepare isto para ele, minha mãe sempre me dá quando estou com febre - Ok, irei preparar - O nome da mãe de Namjoon era Lee Yana, ela já ia deslocando-se para a cozinha quando virou-se e falou para Rina - Muito Obrigada por cuidar do Namjoon, e pode me chamar de Yana. - Rina sorriu e respondeu - Me chame de Rina - Então Yana foi para a cozinha preparar a sopa para seu filho. Rina foi para perto de onde seu amigo estava e sentou-se no chão ao lado do sofá. Namjoon podia sentir ela chegando perto dele, ela não se conteve e começou a acariciar o rosto de Namjoon que mesmo sem força pegou na mão de sua amiga que ficou surpresa, levou a mão dela até seu coração e ainda em tom baixo perguntou para Rina - Por...Por que você não lembra?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...