História He Is My Wolf (Vhope) - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Vhope namjin jikook tae&hope
Visualizações 81
Palavras 2.964
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 34 - The Beginning Of LeeBeak.


Pov's Lee Chaelin


Desde o dia em que viajei com Taehyung e Hoseok para a província de Yharnam para buscar a avó de Tae e conversei com Habeak me tornei muito próxima do Alfa. Sempre marcavamos de nos encontrar em parques, sorveterias, restaurante e lugares assim. Da última vez que nos vimos fomos em um cinema, foi ótimo.


Habeak em todos os seus intervalos me mandava mensagem perguntando sobre várias coisas, ele sempre foi preocupado comigo, ele sempre pregunta se eu estou bem e todos os dias acordo com uma mensagem dele em meu celular. Ele é tão fofo e... lindo!


Habeak é o tipo do Alfa que é fofo, carinhoso, gostoso, atencioso, amoroso, preocupado, fiel e leal. É muito difícil encontrar Alfas como ele hoje em dia e por uma grande maluquice eu virei sua melhor amiga, ele sempre me conta tudo e eu conto tudo pra ele assim como para Taehyung. Digamos que eu tenha um penhasco pelo Alfa. ( N/A: A atração tá tão grande que a palavra "Queda" não serve mais, tem que ser "Penhasco" mesmo 🌝 kkkkkk )


Estava no salão de festas do Palácio organizando os últimos detalhes da festa dos Príncipes quando ouço o toque de notificação em meu celular ecoar pelo local, pego o mesmo e vejo que era uma mensagem do Alfa e sem nem perceber e muito menos sem minha autorização acabei sorrindo com aquilo.

CHAT ON

Beak ♡: Lee, quer vir fazer maratona de Harry Potter comigo hoje as 18:00 na minha cobertura? Posso te encontrar na Praça Central as 18:00 já que é o horário que irei sair do trabalho. ( 17:00 )


-Você disse Harry Potter? Ficaria chateada se não me convidasse, óbvio que vou afinal sou uma Potterhead. ( 17 : 00 )


Beak ♡: Mais uma coisa que temos em comum... Eu também sou Potterhead. Prevejo uma noite muito boa para nós dois. ( 17 : 01 ) 


-Dependendo do seu ponto de vista será ótima. (17: 01 )


Beak ♡: Kkkkkkkk com certeza, bom Lee preciso trabalhar, até as 18 horas ou até o momento que eu te mandar mensagem. Bjos my baby 😘😘❤ ( 17 : 02 )


-Bjos my panda 😘😘🐼❤ ( 17 : 03 )


CHAT OFF

SOCORRO O OPPA ME CHAMOU PRA MARATONAR HARRY POTTER COM ELE!!! EU TO ASSASSINADA DE TANTA FELICIDADE!!! JÁ POSSO MORRER TIA PARK?
( N/A: Se você quiser eu coloco um carro desgovernado pra te atropelar ai tu morre... | CL: Brincadeira :") Kkkkk )
Continuei o que eu estava fazendo até dar o horário de encontrar Habeak, sai do Palácio e fui em direção a Praça Central onde marquei de me encontrar com Habeak.

( ... )

Hbk: Lee!!!

Virei pra trás e vi o Alfa me carregar e me rodar no ar, isso já tinha virado costume pra nós, ele me coloca no chão com cuidado e beija minha bochecha, corei violentamente e ele começou a rir, bati em seu braço e ele me olhou incrédulo, rosnei e ele riu ainda mais.

-Não ri Habeak.


Hbk: Querida esse seu rosnado não assusta ninguém!


-Posso ser pior que um Alfa quando quero.


Hbk: Ah claro, olha quanta bravura, baby esse seu rosnado não assusta ninguém, nem um bebê, é um rosnado fofo e suave...


-Aigoo não me faça corar e vamos logo porque temos uma maratona de Harry Potter pra fazer.


Hbk: Pensei que iria querer aproveitar a minha companhia mas pelo visto me enganei.


-Cala a boca porque eu também te amo chato.


Hbk: Eu também te amo chata.

Habeak me surpreende quando ele entrelaça nossos dedos e começa a caminhar, indo em direção ao prédio de apartamentos luxuosos onde ele mora. Habeak me disse que sua família é extremamente rica e que os pais deram essa cobertura pra ele quando ele fez 20 anos, atualmente ele tem 25 e mora sozinho desde quando atingiu a maior idade.


No meio do caminho começa a cair uma chuva muito forte e me faz ficar completamente encharcada assim como ele, sua blusa branca de tornou transparente marcando todos os seus músculos e abdômen definidos, eu juro que mais um pouco e eu deixava baba escorrer pela minha boca, eu estava completamente boquiaberta com a cena do Alfa a minha frente.


Eu nem percebo quando Habeak me olha e acaba lançando um sorriso malicioso por me ver de olhos arregalados olhando para o seu corpo, balanço a cabeça saindo do meu transe e olho pro Alfa a minha frente que continuava com aquele sorriso no rosto.

Hbk: Gosta do que vê Lee?


-É... Aish pare com isso!


Hbk: Era você que estava olhando pro meu corpo!


-Entenda... Eu sou uma Ômega, é óbvio que se eu vê um Alfa com um corpo que foi esculpido pelos deuses eu vou ficar olhando querido.


Hbk: Meu corpo foi esculpido pelos deuses?


-Foi... Quer dizer... Aish.

Eu corei tanto naquele momento que não conseguir dizer mais uma palavra, Habeak tem esse poder sobre mim, ele me faz ficar constrangida com coisas mínimas e pequenas. Ele tira as mãos de meu rosto e levanta minha cabeça com dois dedos de sua mão direita me fazendo olhar para ele. Eu ainda estava constrangida então acabei por ficar corada mais ainda.

Hbk: Um tomate teria inveja de você agora.


-Aigoo Beak.


Hbk: Olha Lee eu entendo que por você ser Ômega olhar para Alfas com o corpo que tenha o estilo do meu seja natural, eu sei disso e não te culpo, Deus quando criou a humanidade fez ela com desejos carnais e isso é natural nosso, não podemos nos culpar, até porque eu também olho pra você... disfarçadamente mas olho. 


-Habeak!!! 


Hbk: Você tem um corpo lindo e não negue isso, na verdade você é toda linda.


-Se você continuar falando essas coisas eu vou virar avestruz e enterrar minha cabeça no chão!


Hbk: Quanta fofura!


-É... Beak... Nós estamos encharcados e estamos molhando o chão... Não seria melhor a gente entrar e trocar de roupa sabe... Podemos ficar gripados...


Hbk: Aish é verdade eu havia esquecido, vamos entrar.

Habeak tira a chave da porta de seua cobertura e abre me dando a plena visão de um apartamento extremamente luxuoso e magnífico, na sala tinha um sofá extremamente grande que era em formato de " L ", uma televisão que mais parecia um telão de cinema e toda a parede era de vidro o que proporcionava uma visão inteira de Seoul.

-Ai... Meu... Deus!


Hbk: Gostou?


-O que? Eu amei! 


Hbk: Que bom, vem eu vou pegar umas roupas pra você.


-Tá bom.

Ele me leva até o segundo andar da cobertura e entra em um um quarto que na porta estava escrito Jung Nayeoon. Ele entra no quarto que era todo preto e tinha decoração em coisas de bandas de Rock como Slipknot, Nirvana, Systen Of A Down, Gunse's Roses, Link Park, Black Veil Brides ( N/A: Quem ai é BVB Army? Eu sou! ), Skillet, Paramore, Asking Alexandria e outras, essa menina tem um ótimo gosto músical, quero conhecer ela, ela deve ser legal. 


Ao lado da cama dela tinha uma mesinha com uma caveira luminosa e no teto tinha várias coisas escritas com tinta fluorescente como alguns trechos de letras de músicas das bandas que ela gosta e algumas frases de séries e sagas que ela gosta, tinha um trecho que me chamou bastante atenção, era da música Perfect Weapon  de Black Veil Brides, eu amo muito essa música.

"[ ... ]

Here's to your perfect weapon
Crack bones with blind aggression
Like birds whose wings are broken
You´re living without direction

[ ... ]

"Aqui está a sua arma perfeito
Quebra ossos como uma cega agressão
Como os pássaros cujas asas estão quebradas
Você vive sem direção"


Hbk: Não liga pra essa decoração extremamente pesada do quarto da minha irmã, ela é bem gótica sabe...


-Eu amei esse quarto, ela gosta de todas as bandas que eu gosto, já amei a sua irmã!


Hbk: Você gosta de Rock?


-Eu amo Rock! 


Hbk: Tá explicado o porque da foto de capa do seu celular ser uma montagem de todas essas bandas.


-Sim, isso mesmo mas eu pretendo mudar.


Hbk: Pra qual?


-Uma foto nossa, minha e sua.


Hbk: Prevejo uns tapas de um certo Príncipe Ômega e uns socos de um certo Príncipe Alfa... Mas enfim, aqui estão umas roupas da minha irmã pra você.


-Valeu.

Fui em direção ao banheiro do quarto de Nayeoon e entrei, meu cabelo por um milagre da vida estava seco e então eu só fiz solta-lo e ajeitar como sempre uso, no armário dela tinha todos os tipos de maquiagens e eu fiquei boquiaberta com isso. Na chuva meu delineador e meu rímel foram para a puta que pariu então eu estava completamente sem nenhuma maquiagem.

Por incrível que pareça a tonalidade de pele de Nayeoon é a mesma que a minha então peguei um corretivo que era a prova d'água e passei, peguei uma base também a prova d'água e passei dando pequenas batidinhas no meu rosto com o pincel, peguei um pouco de pó que também era a prova d'água e passei para selar o efeito da base e deixar mais natural o meu rosto, peguei o delineador também a prova d'água e refiz o delineado que antes havia em meus olhos, por último um rímel também a prova d'água e passei nos meus cílios aumentando o volume dos mesmos, iluminador e um batom rosinha bem claro, gostei do resultado e peguei uma toalha me enxugando e vestindo as roupas que ele me emprestou.


Sai do quarto de Nayeoon e fui para a sala onde encontrei o Alfa só com uma bermuda da Nike, box da Calvin Klein e é uma blusa sem mangas branca que marcava seus músculos e abdômen definidos, parei de pensar em coisas impuras e fui na sua direção o abraçando por trás, fazendo o mesmo tomar um pequeno susto e dar um pulinho pra trás, soltei uma risadinha fofa com aquilo.

Hbk: Aish Lee porque tão fofa?


-Não sei... Apenas ri.


Hbk: Minha lobinha favorita! 


-Aigoo!


Hbk: Vamos pra sala? As coisas já estão lá nos esperando.


-Vamos.

Habeak me puxa até a sala onde a tv já estava pronta com o início do filme pausado e percebi que sairia daqui rolando de tão gorda que ficarei. Encima da mesa de centro havia baldes de pipoca tamanho jumbo, hambúrgueres, batatas fritas e refrigerantes do McDonalds, alguns copos de coisas do Starbucks, pizzas de sabores brasileiros e doces e salgados de vários tipos e sabores. Esse menino quer me engordar.

-Hoje eu vou sair rolando dessa cobertura.


Hbk: Não vai não, nem é tanta coisa.


-Pra você ne? Eu não aguento comer tudo isso.


Hbk: Lee, quando você notar já vamos ter acabado isso.


-Espero que você esteja certo.

Ele puxa uma alavanca que tinha em baixo do sofá o mesmo se transforma em um sofá-cama, fiquei boquiaberta com aquilo e ele soltou uma risada nasal, ele pegou dois travesseiros e um cobertor de seu quarto, ele volta com as coisas e arruma no sofá-cama e pega o controle da televisão, sentamos no mesmo e nos cobrimos já que a Central estava ligada e estava frio.


Pegamos cada um um balde de pipoca e 2 refrigerantes, continuamos sentados e ele deu Play no filme, o filme começou e ele desligou a luz deixando tudo mais ainda com um clima de cinema, tudo na cobertura era controlado por controle e inclusive tinha um robô empregada, quase tive um ataque quando vi aquele trosso, é digno de filme de terror...


Estávamos vidrados no filme até que aparece a cena do cachorro de 3 cabeças e eu não vou negar, eu estava com um medo da porra, sempre me assusto com esse bixo e eu tinha certeza de que eu estava começando a exalar qie estava com medo, dei graças a Deus porque vi que Habeak não estava ligando pra nada por está muito concentrado no filme, pude respirar melhor e mais aliviada por saber disso, além Deus, Deus me ama.

Pov's Jung Habeak


Pode parecer até descuido de minha parte mas eu estou preocupado com a Lee, ela está com medo e eu sei disso pois seu cheiro não me engana e eu sei muito bem quando ela está com medo ou apavorada e nesse caso é apavorada mesmo. Ela acha que eu não estou ligando pra isso e deve está agradecendo aos céus por causa disso mas eu não posso deixa-la com medo assim...


Por incrível que pareça durante esse pouco tempo que eu e Lee estivemos passando juntos pude ver que ela é o tipo de Ômega que eu chamo de perfeita, é uma das poucas pessoas que eu conheço que possui a personalidade dela. Lee é uma ótima amiga mas eu sei que ela esconde algo, não é de hoje que eu percebi umas cicatrizes em sua costa, coma se algo tivesse entrado em contato com a sua pele, algo cortante ou duro como chicotes. Eu sempre quis perguntar mas tive medo.

-Lee, vem cá.

Eu chamei a mesma que me olhou confusa, eu ajeitei os travesseiros no encosto do sofá e então me aconchego no mesmo puxando a mesma para bem perto de mim, ela ainda estava com um pouco de medo então a abracei forte pra passar proteção.

Com esse pouco tempo de convivência com ela acabei nutrindo sentimentos, por isso que eu sou muito preocupado com ela, eu a amo e queria realmente que ela sentisse algo por mim, eu iria ficar muito feliz se isso fosse verdade. Eu realmente gosto dela, gosto muito. Ela é a Ômega perfeita pra mim, pelo menos eu acho isso.


Ouço um celular tocar no meio do filme e percebo que era do de Lee, ela pega o mesmo e levanta indo pra uma parte mais afastada da sala e eu fiquei ali no sofa-cama. Como eu tenho uma audição apurada eu pude ouvir o que ela estava falando e acabei ficando muito mal.

Lee: O q-que? Não, não é possível, c-como i-isso aconte-ceu? M-meus p-pais morreram! Tá, t-tudo b-bem eu v-vou p-pra ai.

Ela volta para perto de mim chorando muito, eu levantei rapidamente e abracei com todas as minhas forças, eu não estava aguentando vê-la chorando daquela forma e estava muito aflito, não quero vê ela triste assim.

-O que aconteceu Lee?


Lee: M-Meus p-pais B-Beak... E-Eles m-morreram em um a-acidente d-de c-c-carro h-hoje... O a-acidente foi a-agora e a polícia a-achou meu n-número n-no celular do m-meu Appa. Eu to s-sozinha no m-mundo Beak!


-Não! Você não está sozinha, eu estou com você!


Lee: Não q-quero te d-dar trabalho Beak.


-Lee, eu gosto muito de você e não vou te deixar sozinha nesse momento, vou ligar pro meu chefe.


Lee: Pra q-que?


-Vou pedir pra ter minhas semana de folga adiantada, vamos para onde seus pais moravam e vamos fazer o enterro deles. 


Lee: Não p-precisa eu p-posso ir sozinha.


-Não Lee, eu vou com você.

Peguei meu celular e disquei o número número do meu chefe do aeroporto, demorou um pouco mas ele logo atendeu e perguntou o que havia acontecido, me afastei um pouco de Lee para poder falar.

CHAMADA ON

"Alô, Habeak que aconteceu?"


-Chefe a família da minha Ômega morreu em um acidente de carro agora e eu queria saber se o senhor poderia me dar um semana de folga porque eu quero levar ela pro enterro dos pais...


"Meu Deus sua Ômega? Claro que pode Habeak e demore o tempo que força necessário, cuide de sua Ômega e só volte quando tudo estiver bem. Deus abençoe vocês e conforte o coração dela. Eu sinto muito pelo o ocorrido."


-Obrigado Chefe, prometo que tentarei voltar rápido.


"Não se preocupa que não vai ser nada descontado de seu salários, isso é delicado e nós entendemos. Até a sua volta Habeak, cuide de sua Ômega."


-Até Chefe, eu cuidarei.

CHAMADA OFF

Eu esqueci de mencionar que meu Chefe sempre foi louco para que eu arrumasse uma Ômega, ele me trata como um filho e sempre me perguntava quando eu iria ter minha Ômega e eu sempre respondia com a mesma resposta "Estou procurando a pessoa certa" e bem... Eu achei, só falta ela gostar de mim...

-Vamos passar na sua casa e pegar algumas roupas pra você, vou arrumar uma pequena mochila pra mim, já falei com meu chefe e ele só quer que eu volte quando você estiver bem, então pronto, vamos?


Lee: Nossa... Vamos.

Peguei uma bolsa grande onde eu levava comida pras viajens e guarde todos os refrigerantes, hambúrgueres e tudo de comida que eu havia comprado pra gente ver o filme. Peguei alguns biscoitos do armário e caixas de Nescau e todynho na geladeira e coloquei na bolsa. 


Como nós vamos de carro até chegarmos em Busan demorará exatas 6 horas de carro então temos que levar bastante comida, a minha sorte é que meu carro é uma Lamborghini e eu vou o mais rápido que eu puder e claro sem deixar nenhum acidente acontecer.


Fui ao meu quarto e peguei apenas algumas calças pretas Jeans rasgadas no joelho e coxas, algumas calças pretas de couro, blusas brancas e vermelhas, alguns casacos de couro, moletons e boxes. Coloquei tudo ja mochila e vesti apenas uma calça jeans preta que era rasgada da coxa até o tornozelo, uma vermelha escrito "Agust D" uma das minhas músicas músicas favoritas e um dos meus Rappers favoritos e uma jaqueta de couro tambem preta. É... Eu amo preto. Coloquei um tênis preto da Nike, meus anéis e um cordão, meus brincos e meu piercing da cartilagem da orelha. Sai de dentro do meu quarto e tranquei as portas e janelas.



Notas Finais


Um amor que é correspondido mas ninguém tem coragem de assumir logo pro outro o que sente, se fosse eu já tinha beijado porque sou dessas!
Mentira que eu viro gelatina e o máximo que consigo é um abraço... 🌚
Bjos, amo vocês! ❤

~Tia Park~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...