História He Likes Green - Capítulo 23


Escrita por: ~ e ~bubblebitxh

Postado
Categorias Originais
Tags Blue, Colegial, Comedia, Drama, Festa, Gay, Romance, Troye, Yaoi, Yuri
Exibições 181
Palavras 1.650
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Spoilers, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá pessoinhas
como vocês estão? Tudo bem? Espero que sim
Vão ler
Lalalala lalalalalala lalalala Fare fare fanfare

Capítulo 23 - Love and reconciliation


Já fazia quase uma semana que Troye e Thomas não se falavam, ele havia tentado se aproximar e pedir desculpas, mas era ignorado completamente, e cada vez mais o outro se afastava dele e do grupo. Nem mesmo com o Daniel ele estava falando. 

- É tudo culpa daquele energúmeno - comentou quando eles estavam na lanchonete de sempre no intervalo. 

- Por que exatamente seria culpa do Jake? - Evan perguntou.  

Ele lembrou- se que apenas seu namorado e suas amigas sabiam sobre o Jake, e na verdade preferia assim. 

- Porquê sim, eu tenho certeza de que ele está enchendo a cabeça do Thomas com coisas sobre a gente e por isso ele sequer me escuta - falou. 

Ele tinha a mais absoluta certeza de que Jake vinha envenenando Thomas contra eles, não tinha como provar isso, nem sabia exatamente dizer o porquê de achar isso, mas desde que Jake chegara as coisas vem ficando ruins e Troye tinha certeza que era culpa dele. 

- Não acho que Jake tenha algo haver com isso, conheço Thomas, ele não é tão influenciável assim, deve estar realmente chateado - Daniel comentou - Eu não o vejo desde aquele dia. 

- Olá gente - ouviram a vozinha enjoada de Jéssica dizer e a loira se sentou ao lado do irmão. 

Fazia uns dias que ela aparecia, sentava- se com eles por um tempo e ia embora. Eles achavam ela deveria estar se drogando ou algo do tipo, pelo menos agora não estava ameaçando alguém ou declarando o seu amor a Dylan. 

- O que você quer? - Troye perguntou cruzando os braços. 

- Nada, apenas queria falar com vocês - ela disse sorrindo, já era esperado, ela sempre falava o mesmo. - como estão? 

- Estávamos muito bem até você chegar - Daniel respondeu - qual é a sua?  

- Jéssica querida, não querendo ser grossa, nós não gostamos de você - Amy falou. 

- Não sei por qual motivo você insiste em tentar ser nossa amiga, não vai rolar - Valerie disse revirando os olhos. 

Todos eles já estavam de saco cheio dela. 

- Eu não entendo porquê vocês não gostam de mim - ela disse aparentando estar um pouco triste -se é pelo Dylan, eu peço perdão, mas se você está namorando eu não vou atrapalhar. 

- Está brincando não é? - Valerie perguntou, ela não acreditava nem um pouco nisso. 

- Claro que não! Dylan eu te amo, e se você está feliz, eu estou feliz por você e eu ainda terei esperanças que no futuro talvez possamos ficar juntos. 

- Ela ta falando isso, mas na primeira briga dos dois ela já vai estar pronta pra dar pro Dylan - Daniel falou de maneira nada discreta, fazendo a garota ficar sem graça. 

- Isso é muito legal da sua parte Jéssica, mas se eu fosse você não teria esperanças, não pretendo me separar do Troye - Dylan declarou, fazendo o garoto sorrir e as garotas - Daniel e Adam- soltarem um "awn". 

- Acho que saindo daqui eu vou no médico - Michael comentou. 

- Por que? Está doente? - Adam perguntou. 

- Não, tenho que ver como está a minha glicemia depois dessa cena. 

- Não seja invejoso Michael - Valerie disse, mas ela assim como os outros riam, por um momento até se esqueceram de Jéssica, que naquele momento forçava um sorriso que era mais falso que nota de 3 reais. 

- Tudo bem, eu estou indo - Ela disse se levantando - espero que um dia possam me aceitar. 

- Já vai tarde querida - Valerie gritou enquanto a garota se afastava. 

- Gente eu contei a novidade para vocês? - Evan perguntou animado. 

- Não, mas parece algo bom, o que houve? - Adam perguntou. 

- Meu irmão está vindo pra cá, ele vai passar uma semana aqui - anunciou animado. 

- Ele vai trazer aquele namorado maravilhoso dele? - Michael perguntou, parecendo mais interessado no assunto. 

- Michael, você não cansa de tentar destruir relacionamentos? - Dylan perguntou. 

- Cala a boca Dylan, estou deixando vocês serem felizes. Não me faça mudar de ideia! 

- Como se você fosse conseguir roubar o Troye de mim - deu um sorriso debochado. 

- Isso é um desafio? - o loiro perguntou arqueando uma sobrancelha. 

- Não, Michael, isso não é um desafio - Troye respondeu. 

- Parece bastante com um desafio pra mim - Daniel comentou sorrindo. 

- Daniel, para de tentar fazer eles brigarem - Valerie reclamou dando um tapa no garoto. 

- Mike me desculpa mas eu acho que você deveria parar de tentar ficar com as pessoas que já são de alguém e procurar uma pra você - Adam se pronunciou comendo uma de suas batatas fritas logo depois. 

- Concordo, mas são poucas as pessoas que despertam meu interesse, não é culpa minha elas serem comprometidas... ou hétero - falou agora roubando a batata que Adam havia acabado de pegar - Se apaixonar por hétero é a pior coisa, não recomendo crianças. 

- Então você está apaixonado por alguém? - Troye perguntou animado. 

- Talvez... - respondeu desconfiado. 

- Quem é? - Adam perguntou. 

- Ninguém que vocês conheçam. 

- Você vai nos apresentar não é? Alguém que conseguiu fazer você se apaixonar deve ser uma pessoa maravilhosa - Amy comentou. 

- Olha a hora... Acabou de bater temos que voltar - Michael falou se levantando e saindo na frente. 

- Ah que pena, a conversa estava ficando interessante...Não pense que você vai escapar de mim, quero saber quem é esse - Valerie avisou - vamos dar um jeito na heterossexualidade dele! 

Eles voltaram para o colégio, e Michael foi atormentado durante o resto do dia para contar quem era o cara de quem ele gostava. Mas ele se recusava a contar e se arrependia imensamente de ter tocado no assunto. Até mesmo Adam estava enchendo seu saco afim de saber quem era. Michael estava realmente decidido a não contar nada. 

(...) 

Na hora da saída, para a surpresa de todos Thomas estava esperando por eles, ao seu lado estava Jake, encostado em seu carro de braços cruzados encarando o nada. 

- Parando pra observar... Esse tal de Jake também é muito gato, olha aqueles cachos, aqueles olhos verdes... - Michael comentou. 

- Mike querido, o que você está sentindo hoje? - Evan perguntou - Você está muito vadia, hora de parar. 

- Evan, o meu crush não me quer, você acha que eu vou sofrer por ele em vez de beijar outras pessoas? É óbvio que não - Ele disse. 

Thomas os avistou e se aproximou, deixando Jake parado apenas observando. 

- Troye, eu posso falar com você? - ele perguntou baixo. 

Troye apenas assentiu e o seguiu para longe do grupo. 

- O que quer? - perguntou, e se perguntou como isso pôde ter soado tão rude, esperava que Thomas não tivesse notado, não queria piorar as coisas entre eles. 

- Só queria pedir desculpas pelas minhas atitudes nos últimos dias, eu fui um idiota, o Jake me contou o que houve entre vocês e disse que era por isso que estava falando aquelas coisas. Você só queria me proteger e eu fui tão grosso, me perdoe mesmo! 

- Tudo bem, sem problemas, eu também não tive as melhores das atitudes - riu - Mas o que o Jake te contou? 

- Ele disse que cometeu um erro com você no passado e isso te deixou muito mal e com muita raiva e por isso você não podia mais confiar nele. Ele disse que voltou para tentar te ter de volta, mas mudou de ideia quando viu o quão feliz você está com o Dylan. 

- Ele me falou tudo isso, eu não acredito nem um pouco - falou cruzando os braços - tenho quase certeza que é tudo parte de um plano dele. Jackson não faz nada sem planejar e ele sempre tem um plano B. 

- Ele me pareceu bastante arrependido. Mas o que importa é que, ele me fez pensar melhor e eu percebi que você só queria o meu bem, desculpa pelo tapa também. 

- Tudo bem eu acho que mereci - ele disse e sorriu. 

Logo depois foi puxado para um abraço. 

- Obrigado. Nós nunca fomos tão próximos e mesmo assim quis ajudar. 

- Na verdade eu ainda não acho uma boa ideia você ficar com ele - Troye disse saindo do abraço. 

- Relaxa eu sei me cuidar, eu duvido que ele faça algo - Thomas falou sorrindo. 

- Finalmente fizeram as pazes? - Daniel perguntou passando os braços pelos ombros dos dois. 

- Sim e eu não aguentaria ficar tanto tempo longe de vocês... Sabem disso - Thomas falou, o que causou um abraço coletivo. 

- E o carinha ali? - Adam perguntou apontando para Jake. 

- Ah ele está me esperando... Por falar nisso tenho uma coisa pra contar pra vocês - anunciou - Eu estou muito feliz e gostaria que meus amigos ficassem felizes por mim. 

- Para de enrolar - Michael pediu revirando os olhos. 

- O Jake me pediu em namoro ontem à noite - ele disse com um sorriso de orelha a orelha. 

- Estamos muito feliz por você Thommy - Valerie disse dando um outro abraço no garoto. 

- Eu não gosto muito disso, mas se você está feliz eu ficarei feliz - Troye sorriu. 

- Meu Deus do céu, é muita melosidade pra um dia só - Michael praticamente gritou - eu não suporto isso, estou indo embora! 

- Cala boca e vem aqui ser amado também - Dylan disse o puxando de volta. 

Troye sentiu seu celular vibrar e saiu dali para que pudesse ver a mensagem. 

"É muito bom ver você feliz. Mas não com o Dylan... Você vai ser feliz comigo novamente, então apenas aproveite o seu namoradinho enquanto pode"


Notas Finais


Hello amores
Desculpa a demorinha básica e tals, esse mês de outubro está muito movimentado, mal começou e já levei varios tiros ENFIM
Eu não tenho certeza se esse capitulo ta bom pq eu amo uma treta, dai quando não rola minhas tretas eu fico achando que não está muito legal
Então comentem ai se vocês gostaram, se não, do que gostaram, do que não gostaram, do que gostariam que acontecesse ENFIM COMENTEM TUDO
Outra coisa... PAREM COM ESSE ODIO NOS CORAÇÕEZINHOS NÃO FAZ BEM GALERA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...