História HEART ATTACK- IMAGINE SEHUN (EXO) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Exo, Got7
Exibições 198
Palavras 970
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiieeeeee gnteeeeee, mais um capítulo pra vocês ❤.

Espero que gostem e me desculpem se tiver erros 😢💜.

Capítulo 3 - Presentations and fights


Fanfic / Fanfiction HEART ATTACK- IMAGINE SEHUN (EXO) - Capítulo 3 - Presentations and fights



-Não fala nada chanyeol até porque você e o baek.-falou ele começando a olhar para um garoto de cabelos rosa. E eu fiquei boiando.


-O-ok gente se apresentem.-falou chanyeol ficando da mesma cor do seu cabelo (vermelho).


Cada um se apresentou, começou pelo chanyeol que tinha cabelo vermelhos ou ruivos. (Não sei porque ele se apresentou denovo). Depois Baekhyun que tinha cabelos rosas. Kai tinha cabelos castanho escuro.Kyungsoo era moreno. Tao tinha cabelos louros. Kris também era loiro. Suho tinha castanho escuro. Lay era moreno. Chen era moreno também. Xiumin tinha cabelos castanhos claros. luhan também tinha cabelos castanho claro. sehun tinha cabelos morenos.


Depois das apresentações, bateu o sino pra ir pra casa.Quando tava saindo, sinto uma mão no meu ombro, me viro pra ver quem era e vi sehun.


-Sehun? pensei que você já tinha ido com os outros meninos.-falei meio assustada.


-É que eu tava conversando com o diretor.


-Hmm... ok, annyeong.-falei me virando e indo direção a saída.


-Ei, espera.-falou ele me alcançando de novo.-Você, quer que eu te acompanhe até em casa? e que tá escurecendo, e pode ficar meio perigoso.-perguntou ele preocupado.


-N-não, obrigada.- falei.


-Hmm... ok.-falou ele meio triste.-até amanhã.


-até...


Peguei meu celular e meu fone, fiquei andando pelas ruas de Seul, tava meio escuro,até que vejo o mesmo garoto moreno da sala, que sorriu malicioso pra mim me seguindo. Fiquei com medo e comecei a dar passos longos, até que ele corre até eu, e me puxa para um beco.Comecei a ficar com mais medo ainda, ele sorriu de lado e me prendeu na parede, tentei sair mais ele era mais forte, então quando eu ia começar a gritar o garoto botou a mão na minha boca.


-Vamos brincar, gatinha.-falou começando a beijar meu pescoço. Fiquei arrepiada, e senti lágrimas saindo.-não chora, linda você vai gostar.


-Jimiin! para com isso.- ouvi uma voz familiar, olhei pro lado e vi sehun de novo.


-ah não eu nem comecei.-falou "jimin" bravo.


-que bom né.-falou sehun vindo na direção dele, começando a socar ele. Tentei separar mais nao deu certo.


O jimin começou a socar o sehun também deixando a voca dele sangrar e o olho também. chutei aquela parte do jimin, ele se jogou no chão gemendo de dor. apoiei o braço do sehun no meu ombro e levei ele pra minha casa. Meus tios não estavam em casa, levei o sehun pra cozinha e pedi pra ele sentar, ele sentou no balcão que tinha no meio da cozinha. Fui procurar minha bolsa de remédios, e voltei pra cozinha de novo. ele tava com cara de dor.


-Pelo amor de Deus, não precisava querer matar o garoto daquele jeito.-falei fazendo os curativos nele.


-a ele tava quase abusando de você, e eu não ia deixar isso pra lá.-falou ele.


-Hmm ta bom.-falei ainda fazendo curativo.


-ai, aí, isso doi.-Falou ele tirando minha mao do seu rosto.


-Ninguém mandou você, se meter em briga.-falei tirando sarro da cara dele.


-aigoo!.-ele fez biquinho.


-humpf!.- cheguei mais perto pra eu conseguir ver melhor, quando percebo que nos estávamos muito perto, a gente se aproximou ainda mais quando ouço minha tia gritando.


-______ chegamoooos!.- quando ela falou me afastei e deixei ele se levantar.


-A t-titita.- falei saindo da cozinha com o sehun, corada.


-Olha, mais você e rápida né ?.-falou ela sorrindo pro sehun


-O-oque?!.-perguntei assustada, e ficando mais vermelha.


-somos apenas amigos, senhora.-falou sehun retribuindo o sorriso.-a desculpa não me apresentar, sou sehun.continuou o sorriso.


-annyeonghaseyo, sehun sou Sun Hee, tia da _______.-falou minha tia se curvando e sehun fez o mesmo.-Mais finalmente minha querida sobrinha achou um amigo.-falou minha tia abrindo sorriso de orelha a orelha.


-Bom não sou so eu também tem, meus outros amigos.


-A que bom, mas sehun porque você está com estes machucados falou ela, meio preocupada.


-É que....-ele ia falar mas eu, atrapalhei.


-ele caiu, daí ajudei ele...-falei.


-ah, entendi. Sehun quer jantar com nós ? .-perguntou minha tia.


-t-tia, ele n-não pode, porque ele tá atrasado e a mãe d-dele vai brigar com ele...-falei empurrando ele pra fora.-t-tchau sehun.


-tchau, sua fofa.-falou ele apertando minha bochecha.-até amanhã.-disse ele beijando minha testa.


Voltei pra dentro e minha tia tava me olhando com cara animada.


-ele e legal devia ficar com ele, seria um ótimo rapaz pra você,  e você poderia mudar com ele perto de você.-disse ela sorrindo.


-aigoo! tia eu n-nunca vou me a-apaixonar, e nem faço i-ideia do que e isso!.-falei brava e corada.


Subi pro meu quarto e me joguei na cama, levo um susto quando ouço barulho do meu celular. Pego ele e vejo que tem um número desconhecido.


Desconhecido:É tudo sua culpa eu perdi ele por sua culpa, eu vou acabar com você.


Eu fiquei assustada com aquela mensagem, mais pra passar, fui pro banheiro, tirei meu uniforme e liguei o chuveiro, comecei a lembrar do acidente dos meus pais, mais também lembrava quando minha mãe me batia, ficava com vários hematomas, quando tinha uns 5 anos, quando tinha aquela idade eu tinha um amigo mais quando minha mãe soube da minha amizade com ele, ela ficava me batendo e me chamando e vadia.Comecei a chorar com essas lembranças 


Flashback on'


Estava muito animada, por ter feito amizade com o JaeBum, ele foi super legal comigo.


Cheguei em casa, e vi minha mãe com um chicote na mão, fiquei assustada.Ela veio em minha direção,e começou a me puxar pelo cabelo até meu quarto, comecei a chorar.

-O-o-omma, i-isso d-doi.-ela apenas me ignorou e começou a me bater com o chicote. Deixando sangrar.


Depois de muitos dias, as pessoas me perguntavam porque eu estava com marcas roxas, mais falei que tinha cai do, JaeBum ficava muito preocupado.Depois de muitos anos isso continuava até quando, deu o acidente. Tive que me separar do JB, e nós choramos muito.

 

Flashback off'


Será, que foi minha mãe? Nãoela morreu, não foi ela. Sai do banho, e fui pro quarto, vesti minhas roupas íntimas e depois meu pijama (uma blusa larga de mangás de unicórnio e uma calça moletom branca). Depois de me arrumar fui dormir.






































Notas Finais


De quem será o número desconhecido?
Espero que tenham gostado 😍.

E me desculpem pelos erros, juro que vou tentar melhorar!.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...