História Heart Break - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alan Deaton, Bonnie Bennett, Camille O'Connell, Caroline Forbes, Chris Argent, Damon Salvatore, Davina Claire, Derek Hale, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Enzo, Ethan, Freya Mikaelson, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Jeremy Gilbert, Kira Yukimura, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malachai "Kai" Parker, Malia Tate, Marcellus "Marcel" Gerard, Matt Donovan, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Personagens Originais, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood
Tags Drama, Estupro Sterek, Outros Casais, Tragedia, Vingança
Visualizações 52
Palavras 2.698
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente desculpa ter deletado aquela fanfic eu fiquei sem criatividade

Capítulo 1 - Prólogo. (Começo)


 

Todos os dias eram a mesma coisa, ainda se culpava pela morte de sua amiga e não parava de ter pesadelos apesar do nemeton nem existir mais, mas dessa vez os pesadelos eram diferentes. Stiles remexia-se na cama inquieto, ele suava frio enquanto dormia. Aquele pesadelo não o deixava.

 

 

Era frio, era noite e cidade estava completamente deserta. Stiles andava pela calçada na busca de encontrar alguém na qual pudesse abrigá-lo por uma noite. Ele estava congelando, seus passos eram rápidos e silenciosos, pois sentia como se alguém tive lhe seguindo. Continuou andando até chegar perto de uma construção abandona onde o poste piscava indicando que ele iria queimar a qualquer momento, olhou para o chão e viu uma trilha de sangue. Stiles não queria saber o que tinha pela frente, mas por impulso começou a seguir a trilha de sangue até que viu um a poça de sangue, levantou vagarosamente sua cabeça pra cima e viu sangue escorrendo do pescoço de uma mulher que ia para os para os braços até chegar nos dedos para cair em formas de pingos. Viu melhor de quem se tratava e era sua mãe .

 

Stiles travou. Sua mãe tinha sido chupada até a morte, deu um passo para atrás. Mais logo o homem que servia-se do sangue da mulher a jogou de lado como se fosse um saco de lixo.

 

- Agora é sua vez. – Falou o homem que com alta velocidade o atacou fazendo Stiles Acorda.

 

- AAAAAAHHHHNN!!! AHHHHHHNN!! -  Se sentou rapidamente e começou a ter ataque de ansiedade, por sorte Jonh chega na hora pra acalmar seu filho.

 

- Shiii. Acabou, Lembra? Vamos tentar dormir de novo, amanha você tem aula. – Stiles pousou sua mão no braço de Jonh e se acalmou e ao mesmo tempo acabo adormecendo.

 

                                                               ***

 

- Então, você teve pesadelos de novo? – Falou Scott enquanto andava com Stiles pelo corredor da escola.

 

- Sim. Mais Scott, eu não entendo. Sempre vejo um homem matando minha mãe... – Falou inquieto, afinal não era legal sonhar com sua mãe sendo morta, sendo que ela já ta morta.

 

- Talvez você devesse ir falar com o Deaton. Talvez ele tenha alguma resposta. – Scott abriu seu armário pegando o material e Stiles estava encostado no armário.

 

- Ou talvez ele diga que é só mais alguma coisa da minha cabeça. – Scott fecha um pouco a cara, fecha o armário e revira os olhos.

 

Scott já não aguentava mais Stiles. Ele havia matado seu amor verdadeiro, algo imperdoável. Scott queria se livrar de Stiles de qualquer jeito, tirando ele do pack, falando pra Derek o agredir até a morto, e muito mais.

 

Scott e Stiles já estavam quase entrando na sala de aula.

 

- Stiles, depois eu preciso falar com você. Em particular. – E assim entraram na sala.

 

Foram para suas cadeiras.  Stiles observava a tela de seu celular entediado, pois o professor não havia chegado. Até iria guarda, mais logo chegou uma mensagem inesperada, e era de seu tio Elijah. Stiles sabia muito bem o que seu tio era assim como o seu verdadeiro pai Klaus, mais então por que ele morava com Jonh? Klaus havia acabado de perder Hope, ele tinha perdido sua esperança novamente, mais quando soube da existência de seu filho. Stiles. Ele queria que a criança estivesse em um local seguro, protegido, até que toda a guerra se acabasse. Klaus confiava em Jonh.

 

Mensagem: Querido Sobrinho, estamos indo para Beacon Hills te ver,  Klaus está doidinho para ver como é você, afinal é a primeira vez que os dois vão se encontrar. E sei que você deve estar todo curioso pra saber como acabou essa guerra entre, lobisomens, vampiros e bruxas vou te contar tudo.  Bjs, tio Elijah

 

Com aquela mensagem Stiles começou a sorrir feito bobo, seu dia alegrou-se iria conhecer seu verdadeiro pai e iria reencontrar seu tio, o tio que tanto amava.

 

- STILINSKI!!  ACORDA STILINSKI!!! – falou o treinador perdendo a paciência.

 

- Oi treinador, foi mal. – Ficou com vergonha.

 

- Da próxima vez que ficar no mundo do lua, vou te dar falta! – Stiles só revirou os olhos.

 

As aulas começaram a passar bem rápido, e logo tocou o sinal.

 

- Cara, o que foi aquilo? Faz tempo que não te vejo com um sorriso bobo no rosto. – Falou Scott se levantando da cadeira e colocando a mochila nas costas.

 

- Ah é que vai ter um novo filme do Star Wars. – Stiles mentiu, mais mentiu tão bem que Scott nem percebeu.

 

Stiles terminou de arrumar suas coisas e logo se levantou e ambos saíram da sala

 

 - Então, Scott o que você queria me falar? – Eles conversavam no corredor.

 

- Não pode ser aqui. Vem comigo. – Scott pegou na mão de Stiles e o levou para onde tinha as arquibancadas, o local estava vazio, até por que o dia não estava com uma cara muito boa.

 

- Stiles, você está fora do Pack. – Stiles levantou a sobrancelhas.

 

- C-Como assim, Scott? E quem vai ajudar o Liam na lua cheia?? – Stiles não consiga acreditar nas palavras de seu melhor amigo.

 

- Olha, Stiles. Estou cansado de você! – falou dando um empurrão fazendo Stiles cair na arquibancada. – Você matou a Alisson! E também você é muito fraco. Estou cansado de te proteger. – Stiles já possuía lagrimas nos olhos. – Acabou. Você não é mais meu melhor amigo.

“Você não é mais meu melhor amigo.” Aquelas palavras começaram a ecoar.

 

- E Quem disse que eu preciso de sua amizade, Scott McCall? – Foi irônico, ele precisava, era uma das únicas pessoas que ele contava? Era o que ele pensava. – Eu sou a Cabeça do Pack, sem mim vocês não são nada!

 

- Temos a Lydia. E o Peter. – Scott cruzou os braços.

 

- Ótimo! O Peter! Grande cara pra se confiar! – Falou sendo irônico.

 

- Scott. – Ouviu uma voz, e era a de Derek.

 

- Chegou, está atrasado. – Stiles ficou sem entender. – Se livre de uma vez do Stiles, onde ninguém possa encontrar o corpo, e á pode fazer o que quiser com ele.

 

Derek sorriu para Scott com felicidade. Era isso que Derek queria ferir Stiles por ser um humano fraco.

 

Derek socou o Abdômen de Stiles fazendo ele soltar sangue pega boca e ao mesmo tempo desmaiar.

 

                                                                ***

 

Stiles acorda com uma forte dor na barriga, olhou para frente e viu que estava em uma garagem que tinha alguns fechei de luz que ultrapassava as paredes, viu que suas roupas estavam em uma cadeira, era uma blusa xadrez vermelha, azul e branco, com uma blusa cinza, uma calça azul marinha e um tênis preto. Sua boca estava tampada com fita crepe, seus braços e pernas estavam algemas, Stiles entrou em desespero e começou a se balançar. Em baixo dela tinha um colchão velho, olhou para baixo e viu que estava todo nú.

 

- Acordou? Já estava mais do que na hora. – Derek falou sentando no colchão. Ele estava de jeans escura, azul marinha escura, e estava sem blusa mostrando todo aquele tanquinho que ele tinha.

 

Olho para o corpo de Stiles e sorriu. Stiles estava com medo. Não tinha ninguém. Stiles sentiu a ponta de um dedo encostar em seu tórax, em seguida essa ponta de dedo de tornou uma unha afiada cravando na pele bem fundo. Derek apenas tratou de deslizar aquele dedo de vez um rasgo enorme no tórax juntamente com o abdômen.

 

Gritou, mais a fita crepe impedia que um barulho alto saísse de sua boca.

 

- Nananinanão. Se você chorar, vai sofrer mais.  – Derek falou, sua mão estava no fim da barriga, lá ele cravou todas as suas unhas que estavam imundas, assim Stiles ficara com uma grave infecção. Tirou suas garras quando percebeu que bastante sangue saia, e logo engatinhou até ficar por cima do Stiles, ficou de joelhos para abrir o sua calça.

 

Stiles só balança a cabeça negando. Não queria... Derek era um monstro.

 

- Ah Stiles. – Falou Derek no ouvido de Stiles. – Você não sabe o quanto eu esperava por esse dia. – abaixou um pouco a calça junta com sua cueca e rapidamente pegou as pernas branquelas do menor e as colocou em seu ombro, se posicionou bem, e antes de entrar ele passou a cabeça do seu pênis em toda a bunda.

 

Stiles apenas fechou os olhos e logo sentiu a penetração.

 

Derek colocou todo seu pênis dentro de Stiles que quando sentiu gritou e gritou e precisou os olhos, mesmo assim ficaria traumatizado. Derek foi sem piedade, começou em alta velocidade fazendo movimento de vai e vem, e com suas mãos livres começou a bater no rosto de Stiles para ele ver a cena.

 

Stiles mesmo apanhado no rosto de sendo estuprado, não abria os olhos, não veria o rosto daquele monstro. Até que Derek se irritou, puxou seus cabelos e apertou seus rosto fazendo ele abrir os olhos e ver a cara de mal do lobisomem.

 

Uma lágrima escorreu pelo seu olho. Ele amou Derek. E Derek o quebrou.

 

                                                               ***

 

Jonh estava sentado no sofá de sua casa, ele estava preocupado Stiles não havia chegado. Ouviu a companhia tocar.

 

Fechou o jornal e foi até a porta, a abriu.

 

-  Klaus! Elijah a quanto tempo! – falou Jonh feliz.

 

- Jonh meu velho amigo. – Deram um abraçado, pois Jonh o permitiu entrar. Eles tinham se conhecido em um Mystic falls, mais ai Jonh se mudou.

 

- Elijah. – o Cumprimentou com a mão.

 

- Jonh. – Retribui o aperto de mão, sorrindo. – Sua casa é linda. – Falou Elijah olhando todos os detalhes da casa. Eles tinham entregado Stiles antes de Jonh e Cláudia saírem de Mystic Falls.

 

- Acho que vocês não vieram pra elogiar minha casa. Stiles não está em casa.  Eu já liguei pra ele, e o mesmo não atende. Ele deve estar com o Scott.

 

- O Lobisomem? – perguntou Klaus.

 

- Isso. – Confirmou Jonh.

 

Elijah que já era um pouco mais ligado a Stiles sentia uma certa angústia, de que algo estava errado e de que ele poderia perdê-lo a qualquer momento.

 

- Aonde é a casa desse tal do Scott? – Perguntou Elijah que arrumou seu terno.

 

                                                                ***

 

- Scott eu...- Scott beijava o corpo de Lydia com um desejo enorme. Lydia nunca iria ficar com Stiles. Preferia Scott.

 

Scott beijava seu abdômen enquanto agarrava seus seios...

 

- Ahhhh.... – Falou e colocando sua cabeça para trás e tampou seu rosto com seu braço.

 

Para eles estava tudo perfeito... Até que a campanhia toca.

 

- Merda! – Falou Scott se levantando.

 

Olhou para ver quem era, não reconheceu os homens, então abriu a porta. Lydia se cobriu com um casaco preto de Scott.

 

- Você deve ser o Scott McCall, estou certo? – Perguntou Elijah educamente.

 

- Sim, por que? – já estava se preparando para lutar.

 

- Calma, não queremos briga. Apenas queremos saber onde está uma pessoa. – Encarou bem o garoto. – Scott onde está o Stiles?

 

Scott começou a sua frio, o Hibrido e o vampiro ouviram o ritmo cardíaco acelerado do adolescente, suspeitaram que ele poderia estar escondendo algo.

 

- Você vai me falar onde está o Stiles e o que você fez com ele. – Usou o controle mental que funciono perfeitamente.

 

- Stiles está com meu amigo chamado Derek, eu pedi para ele dar um Fim no Stiles por ter matado meu amor verdadeiro e por ser fraco. Ele estava numa garagem bem longe daqui que fica no meio da floresta. – Klaus ia acertar o garoto mais Elijah o impediu.

 

- Calma, irmão. Se formos rápidos nos o encontraremos. – Elijah soltou Scott que caiu de Joelho no chão.

 

                                                                  ***

 

Já fazia 30 minutos que Derek tinha terminada o trabalho dele. Stiles ainda estava preso, machucado, e lambuzado de gozo de lobisomens em suas feridas que ardiam demais.

 

Ele lembra do que Derek havia falado.

 

“Agora posso terminar, matando seu querido pai Jonh Stilinski.” – Falou depois que se vestiu e saiu correndo de lá, Stiles só podia chorar, ele se sentia uma merda, um inútil...

 

Talvez a morte fosse mesmo uma solução.

 

Stiles fechou os olhos cansado por ter sido super abusado, mais abriu-os assustado quando ouviu a portão sendo arrombando. Viu um homem de jaqueta de couro, com uma blusa vermelha, calça preta e tênis preto e o outro estava de terno. Era seu verdadeiro pai e seu querido tio Elijah, Stiles ficou feliz.

 

Elijah tirou as correntes que Derek tinha colado em seu corpo, as algemas... Ou melhor dizendo, tudo.

 

- Stiles, eu estou aqui. – Esticou a manga do terno e mordeu seu braço.

 

- Eu vou matar o desgraçado que fez isso com meu filho. – Klaus quando finalmente teve a oportunidade de conhecer seu bebê precioso o encontra ferido, aquilo machucou seu coração. Ele não vai perder ninguém de novo.

 

Elijah ofereceu seu sangue a Stiles que bebeu e logo começou a se curar.

 

- Eu pensei que iria morrer... Mais você chegou... Ou melhor vocês chegaram, muito obrigado. – Stiles sorrindo mesmo sofrendo internamente.

 

Stiles tentou se levantar, mais não consigo. Elijah o ajudou.

 

- Eu preciso voltar pra casa... Derek vai matar o Jonh..! – Falou olhando para os dois desesperado.

 

                                                            ***

 

Jonh estava na cozinha tomando uma cerveja até que ouvi o barulho da porta sendo aberto.

 

- Stiles é você? Elijah e Klaus já chegaram a cidade. – Saiu da cozinha e foi para sala.

 

- O que? Derek? O que faz aqui? – Derek ativou seu modo de lobisomem e foi para cima de Jonh cortando seu pescoço e sua carne do corpo.

 

...

 

Stiles, Elijah e Klaus haviam chegado na casa e se deparam com o pior.

 

- Não... NÃO!!! – Stiles correr para o corpo de Jonh que estava ensanguentado. – N-não... – falava chorando, se debruçou no corpo, ensanguentado as roupas.

 

Klaus e Elijah ficaram olhando o garoto chorar, mais eles também estavam bem triste. Jonh era um amigo importante, se pelo menos Rebekah tivesse ido com eles, isso não haveria acontecido.

 

Stiles se levantou e fechou o punho.

 

- Eu quero me vingar. – Stiles virou olhando para seu pai e seu tio. – Quero que eles paguem por tudo o que me fizeram.

 

Os mais velhos apenas concordaram, aqueles que machucavam seus protegidos, eram seus inimigos.

 

                                                                    ***

Duas horas se passaram, e o belo dia foi um horrível, Stiles estava tomando banho, ele ensaboava-se, mais quando chegou na parte onde Derek o penetrou sentiu uma faca em seu coração e começou a chorar de novo. Klaus foi enterrar o corpo de Jonh enquanto Elijah ficou em casa para proteger Stiles.

 

Terminou o banho e se enrolou em uma toalha, saiu do banheiro e foi para o armário pegar uma roupa, Elijah só o observava.

 

- Stiles. Stiles! – Elijah agora estava atrás dele tocando em sua mão que tremia.

 

- Desculpa é que... – Elijah sabia muito bem o que era ser estuprado. Ele já tinha sido, por ele era adulto então para ele as consequências não foram tão grave.

 

Stiles sentiu sua mão se esquentar e parar de tremer quando Elijah a apertou. Elijah era um tio protetor e carinhoso, ele sabia que sempre poderia contar com ele.

 

Ainda com sua mão presa com a do vampiro ele pegou sua roupa, se sentindo mais calmo e logo se vestiu.

 

Stiles se sentou na cama.

 

-  Então me conta como acabou a guerra. – Perguntou Stiles tentando esquecer o acontecimento.

 

- Nós fizemos um acordo, os lobos poderão morar na cidade,  Marcel e seus vampiros poderão voltar pro quartel, e as bruxas terão total liberdade para poder sair da cidade, fazer magia, e ter sus festa em paz. – Stiles sorriu, realmente era um bom acordo.

 

- Voltei. Eu já enterrei o corpo do Jonh. – Falou Klaus aparecendo na porta e deixando Stiles triste de novo, dessa vez ele foi até o adolescente.

 

- Não se preocupe, prometo pra você que vingaremos a morte do seu pai e do que fizeram com você. – Stiles abraçou Klaus e voltou a chorar, e Klaus fez carinho em cabeça.

 

E assim Stiles adormeceu.

 

Klaus o deitou na cama e o cobriu e assim saiu para fora de casa onde Elijah estava.

 

- É parece que não voltaremos tão cedo pra Nova Orleans. – Falou Klaus com um sorriso diabólico.

 

 Elijah retribui o mesmo sorriso.


Notas Finais


Espero que gostem dessa, provavelmente não será todos os dias que posterei fanfic, bjs gente até qualquer dia!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...