História Heart broken in two - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dolan Twins, Madison Beer, Magcon
Personagens Cameron Dallas, Ethan Dolan, Grayson Dolan, Madison Beer, Personagens Originais
Tags Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Dolan Twins, Magcon, Romance, Shawn Mendes
Exibições 72
Palavras 1.703
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OOOI GENTE!
Como prometido, mais um capítulo! Confesso que fico ansiosa para postar mais capítulos, mas preciso me controlar hauahsush!
Espero que estejam gostando! 💙💙💙
Boa leitura!😘

Capítulo 18 - True or challenge?


Fanfic / Fanfiction Heart broken in two - Capítulo 18 - True or challenge?

-Eu não sei se é uma boa! (Cameron)
-Ta com medo de alguma coisa Cam?  (Nash)
-Não! (Cameron)
-Então vamos lá!
Aaron pegou uma garrafa e todos sentamos em uma roda.

__________________//__________________

Nash deu a sugestão de jogarmos verdade ou desafio, não sei se ia ser uma boa idéia!
-Eu começo!  -Aaron girou a garrafa -Nash! Verdade ou desafio?
-Desafio! (Nash)
-Eu te desafio a beber água no tênis do Taylor! (Aaron)
-Ah cara! Isso é sério? (Nash)
-Seríssimo! (Aaron)
Taylor tirou o sapato, foi até a cozinha colocar água e deu para Nash beber. Ele quase vomitou mas o desafio foi cumprido. Nash girou a garrafa:
-Hayes! Verdade ou desafio? (Nash)
-Verdade! (Hayes)
-Verdade que uma vez você bebeu água da privada? (Nash)
-Orra cara! Você disse que não ia contar isso para ninguém! -cruzou os braços e emburrou -É verdade. (Hayes)
-Credo cara, que nojo! -Carter fez uma cara engraçada e todos nós rimos
-Que foi? Eu tinha 7 anos e não alcançava a torneira da cozinha! (Hayes)
Hayes girou a garrafa:
-Cameron! Verdade ou desafio? (Hayes)
-Verdade! (Cameron)
-É verdade que você gosta da Duda? (Hayes)
-Eu escolho desafio! (Cameron)
-Eu te desafio a me dizer se é verdade que você gosta da Duda! (Hayes)
-Não! (Cameron)
-Não vale mentir! -Hayes riu
-Eu gosto dela como amiga! -Cam corou
-Se você diz! -deu de ombros -Você gira a garrafa!
Depois de longos minutos com os meninos fazendo desafios nojentos e perguntando coisas absurdas mas ao mesmo tempo engraçadas, a garrafa parou em mim.
-Verdade ou desafio? (Taylor)
-Desafio!
-Desafio você à dar um beijo no Cam! (Taylor)
-O QUE? -Ethan e Gray falaram em coro
-Eu... Eu... -tentei exitar
-Vai arregar? (Shawn)
-Não! -me levantei e fui até o Cam.
Ele levantou e me olhou, peguei em seu queixo e o beijei.
-UOOOOOU!  -eles gritaram
-Ela não arregou cara! (Shawn)
-Isso não vai dar coisa boa! (Aaron)
-Eu não gostei disso! (Ethan)
-Nem eu! (Gray)
-Mais eu tô adorando! (Hayes)
-Pronto! -me sentei -Você me paga Taylor! -chochichei e ele riu
-Eu acho melhor acabar o jogo! -Grayson saiu
-Gray! -fui atrás dele
-Deixa ele ir! (Aaron)
-Agora que ficou legal! (Taylor)
-Ele tem razão,  é melhor acabar o jogo! (Ethan)
Os meninos se despediram e foram para casa. Quando Ethan estava indo, se despediu de todos exceto de mim:
-Eth!
-O que? -se virou para mim
-Não fica chateado comigo, era apenas um desafio! -peguei em sua mão
-Eu estava pensando aqui e acho melhor a gente se afastar! -soltou minha mão e saiu
E o prêmio de maior idiota do ano vai para.... isso mesmo, para mim!
Ficamos apenas eu e Shawn ja que o Aaron foi para a casa do Nash e o Cam subiu para o quarto para dormir.
Me sentei na sala e Shawn veio falar comigo:
-Você vai me dar sermão?
-Não!  Eu só quer conversar com a minha melhor amiga! -se sentou do meu lado
-Eu não sei mais o que fazer Shawn! Eu estou tão confusa.
-Eu te disse que devemos fazer o que o nosso coração mandar!
-Mas e quando o nosso coração está partido, que metade devemos seguir?
-Olha Duda, por mais que o nosso coração esteja partido em dois, ele pertence mais à uma pessoa do que à outra. Devemos seguir a metade que diz à quem nosso coração sempre  pertenceu!
-Eu vou pensar sobre isso! Obrigada pelo Conselho!
-Não fiz nada além do que deveria!
-Eu vou perder os dois!
-Não fala isso!
-Por mais que eu esteja chateada com o Grayson,  eu ainda gosto dele. Quer dizer, não só dele, mas do Eth também!
-Você precisa se decidir!
-Eu sei, mas é que eu tenho medo de escolher a pessoa errada!
-Na minha opinião, tanto um quanto o outro podem fazer você feliz. Por mais que você é o Ethan briguem, vocês passam momentos incríveis juntos. Com o Gray é a mesma coisa! Não demore tanto para se decidir, é melhor ficar com um e magoar o outro do que perder os dois!
Pensei sobre o que o Shawn me disse e estava na hora de me decidir de uma vez por todas. O problema é que eu nunca fui decidida, não sei nem por onde começar.
Já que o Grayson tinha beijado a Madison e mentido para mim, eu resolvi abrir mão dele. Não,  não deixei de gostar dele, apenas deixaria o caminho livre para ele ser feliz com ela.
Eu estava deitada no colo do Shawn enquanto assistia e ele estava mexendo no celular.
-Qual sua cor preferida?
-Azul. Por quê? 
-Por nada!
-Ok -ri
-Eu estava pensando em comprar algo para comer daqui a pouco, o que você acha de morango com chocolate?
-Aaaai que delicia! Quero!
-Então eu vou daqui a pouco comprar!
Eu estava quase dormindo quando toca a campainha.
-Atende para mim?
-Eu não! 
-Aaah Shawn,  por favor!
-Vai lá Duda!! Por favor!
-Ok seu chato! -me levantei com preguiça.
Me dirigi até a porta e quando abri fiquei sem palavras. Era o Gray com um buque de rosas azuis e outro com espetinhos de morango cobertos com chocolate.
-Você não vai me tirar daqui a ponta pés né?
-Gray! Isso...isso... Você... o Shawn...-coloquei a mão na boca
-Eu não sabia o que te trazer aí o Shawn me deu uma ajudinha -sorriu -Posso falar com você um estante? Pode ser aqui mesmo.
-Obrigada! -peguei os buques -Pode falar.
-Tudo aquilo que aconteceu ontem foi um mal entendido. Eu não queria beijar a Madison mas ela me pegou desprevenido e eu não pude fazer muita coisa. Eu realmente gosto de você Duda,  eu gosto de você desde que eu tinha 7 anos de idade. Sim, eu esperei por uma chance com você e quando tive a oportunidade que eu tanto quis fiz tudo errado, mas eu não quero perder a menina da minha vida, e eu não vou. Também sei que você está indecisa sobre eu e o Ethan, mas eu quero que você me de uma chance, apenas me uma chance para te mostrar que eu posso te fazer feliz. Você não precisa me escolher, não quero que pense que isso que estou fazendo é para ganhar pontos e ficar a frente dele, você só precisa acreditar em mim e deixar que eu te mostre o quanto eu gosto de você! -ele chegou mais perto e meus olhos se encheram de lágrimas -Eu não vou te pedir desculpas de novo, como você disse, você já ouviu isso de mais, eu só vou pedir um minuto. Você me da apenas um minuto?
-Para que?
-Para isso! -me beijou
-Gray, eu...
-Não fala nada! Só pensa! Pensa em tudo que eu te falei! -me interrompeu
-Está bem! -o olhei
-Eu preciso ir mas nos falamos por sms! -me deu mais um beijo -Vou estar pensando em você!  -saiu
Fechei a porta, fui para a sala com os buques e sentei ao lado do Shawn.
-Isso foi, Uau. -sorriu -Agora você ficou mais confusa?
-Exato! -disse estática -Eu não sei se te agradeço ou se te mato.
-Não faz nada, apenas me convide para comer esse chocolate  -riu
-Considere-se convidado!
Começamos a comer o chocolate e ficamos conversando um pouco. Comentei com ele que queria viajar para o Brasil futuramente, ele me contou que seus  pais estavam morando lá e quando ele fosse me levaria junto. Também me contou que ele assinou um contrato com uma gravadora e logo estaria gravando suas músicas autorais,  isso era ótimo para o crescimento musical dele.
Eu sentia falta da Mary, ela foi a primeira amiga que tive quando morei no Canadá e me fazia falta desabafar com alguém. Também sentia falta da presença do meu irmão,  ele se afastou de mim desde quando veio morar para cá. Pelo menos o Shawn preenchia esse vazio.
Shawn foi para casa e eu fiquei assistindo televisão na sala.
Eu estava inquieta com toda aquela situação do Gray e fui para a cozinha preparar algo para comer já que não conseguia ficar parada.
Estava fazendo um sanduíche quando a luz acabou.
-Aaaaaaaaaah -gritei e me sentei no chão
-O que aconteceu? -Cam correu para a cozinha
-N-nada!
-Porque você está sentada aí? -mirou a lanterna em mim
-Porque eu....foi um impulso!
-Eu ja sei que você tem medo do escuro! Não precisa mentir -sorriu -Eu vou ver o que está acontecendo!
-Espera, eu vou com você! -me levantei e agarrei no braço dele.
Fomos até a caixa de força e Cam achou o problema. O cabo estava descascado e como a caixa fica aberta o vento batia e balançava o cabo fazendo com que a luz acabasse. Chamamos um eletricista que poucos minutos ele resolveu o problema. Depois que o eletricista saiu nós fomos para a cozinha novamente.
-Eu vou fazer um lache para a gente!
-Hoje não!  Hoje eu vou fazer!
-Eu não confio muito! -ri
-Problema é seu! Hoje você vai provar a comida do Dallinhas!
-Comida do Dallinhas?  -ri
-É!  Sente e observe!
Me sentei no balcão e fiquei o olhando. Eu queria colocar uma blusa por estar ficando frio enquanto isso Cameron parecia não estar sentindo frio nenhum. Ele estava sem camiseta e olha, não é por nada não mais ele podia continuar sem ela.
Ele estava fazendo a maior sujeira e eu fui  ajudar ele.
-Sai que eu estou fazendo comida! -me empurrou e riu
-Você tá fazendo sujeira isso sim! -o empurrei
-Eu vou sujar você! -bateu com a mão cheia de extrato de tomate na minha bochecha
-Cam! -limpei
-É um blush! -riu
-O que você está preparando?
-Panquecas!
-Sério? Quero ver você fazer isso! -peguei a frigideira, joguei para cima a massa de panqueca que estava frita fazendo ela girar e cair novamente na frigideira.
-Vou te mostrar meus dotes de cozinheiro! -jogou a massa para cima e ela prendeu no teto
-Que dotes em! Você nasceu para isso! -ri -Vou subir em uma cadeira para pegar!
Peguei a cadeira e coloquei abaixo de onde a massa ficou presa.
-Eu não tô conseguindo! Tá muito alto! -ergui os pés
-Deixa que eu subo!
-Ok -fui descer quando me desequilibrei e cai
-Duda!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...