História Heart Ice - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais, Selena Gomez
Tags Colegial, Drama, Jelena, Romance
Visualizações 200
Palavras 1.119
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


✚ Olá meus Amores como estão? Espero que bem ^^

✚ Me desculpem qualquer erro, passou completamente despercebido.

Boa Leitura ♡

Capítulo 19 - You're two idiot kids


Fanfic / Fanfiction Heart Ice - Capítulo 19 - You're two idiot kids

Scarlett Gomez — Ponto de Vista

Já estava na hora do intervalo e, como minha aula antes dele não era com Lola ou Spencer, fui para cantina pegar meu lanche.

Já estava sentada em uma das mesas comendo meu sanduíche, quando Spencer e Lola sentaram-se ao meu lado.

— Nossa, que demora de vocês. — reclamei dando um gole em meu suco de laranja.

— A culpa não foi minha, mas sim da Spence que demorou a sair da sala. — Lola disse irritada enquanto colocava sua bandeja em cima da mesa.

— Se os babacas da aula de Filosofia não tivessem desenhado vários pintos pelo quadro e zoado com a cara do professor, eu não teria saído minutos depois do sinal ter tocado. — a loira defendeu-se, irritada.

— Meninas, não precisam se desculpar, sei que não fizeram por mal. — falei de boca cheia, impedindo uma discussão entre as duas.

Sei que as conhecia a pouco tempo, mas foi tempo suficiente para saber como as duas podiam ser infantis a maior parte do tempo.

— Ei, vocês conhecem Ian Torres? — a ruiva perguntou olhando para o grupo de Ian, que conversava num canto mais afastado de todos.

— O que tem ele? — Spencer perguntou, parecendo desinteressada no assunto que viria.

— Eu acho que vou chamá-lo para sair. Sei lá, um cinema talvez. — sorriu, fazendo com que Spencer revirasse os olhos e eu quase me engasgasse com o meu suco.

— Meu deus, Lola, ele é um idiota repetente que não é nem capaz de ir para a faculdade. Você merece alguém melhor. — Lola mordeu seus lábios.

— Lola, pensei que gostasse do Ryan. — murmurei.

— Que? Obvio que não! Quem gosta dele é Spencer, não eu.

— Lola! — abaixei minha cabeça para esconder que eu estava rindo e, assim que me recompus, olhei para as duas novamente.

— De qualquer modo, Lola, não tente ficar com ele. Ian não vale um kit de maquiagem da M.A.C, sem contar que ele voltou com minha irmã.

— Ian e Jessica juntos de novo? Pensei que eles só namoravam por status. — a loira mordeu um pedaço de sua maçã.

— Eu também achava, mas pelo jeito aquele canalha já foi “fisgado” há anos. — estralei o dedo e Spencer riu. — Lola, não fica chateada. Você vai encontrar outro garoto igual a ele, essa escola está cheia deles.

— Eu estou definitivamente fodida. Disse para meus pais que os mostraria um namorado maduro e mais velho para verem que posso ser melhor que meus estúpidos irmãos, mas vejo que estava errada. — a ruiva bateu na mesa, irritada o que — de alguma forma — fez com que Spencer e eu rissemos.

— Ei, fica tranquila. Você, pelo menos, não é igual ao seu irmão… — enquanto Lola e Spencer falavam sobre os irmãos da ruiva, eu procurava algum sinal de Justin e seus amigos, mas não havia nenhum sinal deles.

— Meninas, acabei de me lembrar que preciso fazer o dever de espanhol e a aula é depois do intervalo. Vou estar na biblioteca, caso precisem falar comigo. — sorri e levantei-me e saí da cantina, indo para o pátio para cortar caminho.

No caminho, acabei me encontrando com Ryan e Chaz que desciam as escadas puxando alguém.

— Vamos, você precisa comer algo! Só porque ela está lá não é motivo para você deixar de comer. — Ryan falou puxando o braço da pessoa — que eu só percebi ser menino por conta das roupas —.

— Eu não quero ver… — o garoto ia falar algo, mas foi interrompido por Chris que me viu.

— Oi Sky! Vai para onde? — o loiro perguntou sorrindo.

— Hã… Na verdade, estava procurando vocês. Onde estavam? — olhei para Justin que desviava seu olhar para o lado e mordi minha bochecha, um pouco nervosa.

— Então… Scarlett, nós vamos comer algo antes que o intervalo acabe. Depois nos falamos melhor. — Ryan cortou o clima constrangedor entre todos nós e puxou tanto Justin quanto Chris pelo corredor.

Sorri sem mostrar os dentes e subi as escadas, indo para a biblioteca. Eu não faria dever algum, na verdade eu havia dito aquilo para as meninas apenas porque eu já estava entediada com a conversa das duas.

◌   ◌   ◌

Na hora da saída, como Huan Yue havia prometido, lá estava o chinês esperando-me, perto de uma árvore.

— Ei, você está aqui. — sorriu ao me ver enquanto se aproximava de mim para um beijo.

— Claro que estou. Eu estudo aqui. — revirei os olhos, colocando minhas mãos em seu peitoral, o impedindo de se aproximar de mim.

— Sky, você é muito maldosa. Como vou pegar alguém na boate hoje a noite com essa mordida no canto da boca? — sorriu maldoso, virando seu rosto para que eu visse a mordida vermelha e roxa abaixo de seu lábio inferior.

— Você pode mentir ou deixar de pegar alguém até isso curar. — dei de ombros, olhando para o chão.

— Scarlett, você… Posso levá-la para casa? — olhei para trás e vi um Justin desajeitado, com medo de algo. Eu nunca o vi daquele jeito, ainda mais se tratando de falar com garotas.

— Cara, foi mal, mas eu já vou levá-la para casa. — Huan Yue me puxou pela cintura e abraçou-me por trás, colocando seu rosto sobre minha nuca.

— Quem é você? — Justin fez cara feia e ajeitou a alça de sua mochila que pendia em seu ombro direito.

— Eu sou Johnny, namorado dela. — me soltei do moreno o mais rápido possível.

— Namorado? Você disse que éramos apenas ficantes. O que está falando agora?

— A princesa acabou de te entregar. Se me dá licença, serei eu que levarei ela para casa. — o loiro me puxou e Huan Yue fechou seus punhos, demonstrando estar com raiva.

— Eu vou te dar apenas alguns segundos para você se soltar dela. — o tatuado grunhiu e Justin riu.

Um monte de pessoas se juntou em nossa volta e uma vontade de sumir dali o mais rápido possível me invadiu.

Huan Yue me puxou bruscamente dos braços de Justin e aproximou-se do loiro.

— Você tem problemas? — Justin perguntou irritado, jogando sua mochila no chão, também se aproximando do moreno.

— Louco eu posso até ser, mas não tenho medo de um puto infantil como você. Quer mesmo brigar na frente de todos esses seus baba-ovo e amiguinhos? — o mais velho sorriu cinicamente ao ser puxado pelo colarinho da camisa pelo outro.

— Vocês dois, parem agora! — exclamei irritada puxando Huan Yue para trás. — Eu não vou para casa com nenhum de vocês. Não sou um prêmio a ser disputado e nem preciso desse teatrinho todo. Vão se foder e me deixem em paz. — sai empurrando as pessoas dali, sem olhar para trás.

Se aquilo era o que eu teria que passar para Justin e Huan Yue perceberem que eu não sou mais uma puta menininha chorona e medrosa, eu não queria mais ser como era.


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...