História Heart Ice - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais, Selena Gomez
Tags Colegial, Drama, Jelena, Romance
Visualizações 820
Palavras 1.632
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


✚ Hey como estão? Então, primeiramente peço mil desculpas por demorar tanto a postar cap novo. Estou em época de provas e tenho que estudar muito, ainda não acabaram mas esse foi o único tempo que consegui para postar. Espero que entendam.

✚ Capítulo betado pela Smurftte do Perfect Design ♡

Boa Leitura ♡

Capítulo 2 - Jessica, missed you


Fanfic / Fanfiction Heart Ice - Capítulo 2 - Jessica, missed you

Depois da primeira aula ter acabado, arrumei meu material para a próxima, enquanto Justin correu atrás de uma garota.

— Ei Scarlett — olhei surpresa assim que escutei Justin dizer meu nome — Faz um favor? Leva meu material pra próxima aula? — perguntou enquanto envolvia seu braço no pescoço de uma loira.

— Hã... Tudo bem. Eu acho — respondi baixo. A garota deu uma risada e os dois saíram da sala deixando-me sozinha. Peguei sua mochila junto com a minha e saí da sala de aula. A próxima aula seria de biologia, então segui meu caminho para a sala de biologia, onde já estavam algumas pessoas e no fundo Justin e a garota se beijando. Meu estômago embrulhou e a vontade que eu tinha era de correr para fora de sala e não voltar mais, porém controlei-me e caminhei até a rodinha de seus amigos tentando ignorar aquela cena. Admito que foi difícil.

— Precisa de algo garota? — Ryan perguntou me olhando de cima a baixo.

— Não, eu só vim... Aqui está a mochila de Justin — disse timidamente, pondo a mochila praticamente vazia em cima da mesa. Andei em passos rápidos até minha mesa e pude escutar as risadas dos garotos assim que saí de perto. Encolhi-me sobre a cadeira e apoiei minha cabeça na parede. Eu estava tão cansada de tudo.

— Pessoal, escutem — Lola, uma das líderes de torcida disse entrando em sala. Todos voltaram seus olhares para ela curiosos com o que diria. — É o seguinte, amanhã irei dar uma festa, e quero que todos que estão aqui vá — disse deixando todos de boca aberta. Lola sempre convidava os “mais populares” para suas festas. Era estranho ela convidar todos, principalmente os menos populares como eu, para sua festa.

— Você fumou por acaso Lola? Eu não vou pra uma festa que tenha nerds idiotas — Justin disse irritado.

— Então não vá. Você não vai fazer falta — respondeu indiferente. Passou os convites que estavam em suas mãos para a sua amiga que estava ao seu lado, e ela distribuiu para todos, inclusive para mim, o convite dourado com prata que muitos dariam a vida para receber.

— Espero todos lá amanhã — Lola disse indo em direção ao grupinho de Justin. Olhei para ela que sorria enquanto conversava com Ryan. Aquilo era um sonho? Eu estava sendo convidada para uma festa de uma garota que todos idolatram na escola. Uma festa em que Justin sempre ia. Uma festa considerada a “importante do ano”,  já que Lola todo ano dava uma festa como aquela. Por que justo agora ela queria convidar todos? Eu temia de ser uma brincadeira de mau gosto.

— O papo tá bom pessoal, mas vamos sentando nas cadeiras. Temos muita matéria pela frente — o professor disse assim que entrou na sala. Todos  sentaram-se em seus lugares e o Sr. Lewis começou sua aula. Mais um dia normal.

==                           ==                                    ==

Depois de um dia inteiro fugindo de Justin para não vê-lo com outras, finalmente cheguei em casa. Joguei minha mochila em cima do sofá e fui até a cozinha onde estava minha mãe e por algum motivo Jessica, minha irmã.

— Jessica? Pensei que estivesse na faculdade — disse surpresa abraçando minha mãe. Jessica era apenas um ano mais velha que eu e estudava em Stanford. Fico surpresa que “a garota problemática da família” tenha conseguido entrar na faculdade.

— Vim visitar minha maninha querida que amo tanto — disse me abraçando.

— Suspensa por quantos dias? — perguntei arqueando uma de minhas sobrancelhas.

— Uns dias aí, mas isso não importa — respondeu fazendo-me rir.

— Meninas, que tal vocês subirem pro quarto? Quando o almoço estiver pronto eu chamo vocês — minha mãe disse, assentimos com a cabeça e subimos as escadas indo direto para meu quarto.

— Senti saudades desse quarto — Jessica disse sentando-se  em minha cama.

— Também senti saudades. Não do quarto, de você — gaguejei nervosa.

— Tá legal Sky, me conte o que aconteceu na escola — sentei-me ao seu lado em posição de índio e suspirei.

— Me convidaram para uma festa amanhã — os olhos de Jessie brilharam assim que eu disse aquilo.

— Que bom, e já sabe com que roupa vai?

— Eu não sei se vou. O Justin vai estar lá

— Ai meu Deus Scarlett, você ainda gosta desse garoto? Sério, ele é muito estranho com aquele cabelo de biba ridículo — ela proferiu passando a mão sobre a tatuagem de pássaros que havia em seu pulso.

— Ele não usa mais esse cabelo — disse cabisbaixa, colocando meu cabelo atrás da orelha.

— Tudo bem Sky me desculpe. Mas é que faz anos que você gosta dele e ele só te deixa pra baixo, não gosto de ver minha irmã triste por causa de um garoto idiota — acariciou meu rosto, fazendo-me deixar escapar uma lágrima teimosa.

— Se eu for, você me ajuda a ficar bem bonita pra festa? — perguntei, Jessica abriu um sorriso mostrando as covinhas em suas bochechas.

— Por que não? — respondeu com outra pergunta. Rimos juntas e Jessie levantou-se da cama indo direto para o meu closet. Abriu-o e retirou de lá várias mudas de roupas.

— Precisamos escolher a roupa ainda hoje, amanhã quero te levar ao salão e transformar você por completo — disse jogando todas as roupas em cima de mim.

— Jessie e Sky, o almoço está pronto — escutei minha mãe nos chamar no andar de baixo.

— Acho melhor comermos primeiro e depois nós vemos qual roupa irei para a festa — disse levantando-me com dificuldade da cama.

— Tudo bem, vamos lá — Jessie deu de ombros e descemos as escadas juntas dando risadas.

Justin Bieber – Ponto de Vista

— Justin, isso são horas de chegar? Já são duas da tarde, onde esteve? — Pattie perguntou furiosa pondo suas mãos sobre o quadril.

— Não enche Pattie — disse franzindo o cenho.

— “Não enche Pattie”? Isso são modos garoto? — perguntou num tom alto atrás de mim, enquanto eu subia as escadas. Minha cabeça doía e meu corpo pedia por um bom banho. Fazia horas que eu tinha saído da escola e fui beber com os caras. Dessa vez, passei dos limites.

— Justin, está de castigo por ter me desrespeitado — disse apontando o dedo para mim. Dei uma risada debochada.

— Quantos anos acha que tenho pra me deixar de castigo? Oito? — perguntei rindo.

— Justin Drew Bieber, cale a boca — bufei irritado. Pattie já estava me dando nos nervos.

— CALA VOCÊ A PORRA DA BOCA — berrei deixando-a totalmente sem palavras. Um silêncio profundo pairou sobre nós e eu me sentei na beira da cama aliviado. Era isso que eu queria: paz.

— Quando foi que meu filho se tornou o Jeremy? — perguntou com a voz falha, logo quebrando o silêncio. Encarei-a friamente, enquanto ela já caía em prantos.

— Pattie, só me deixa sozinho — pedi tentando manter a calma. Pattie não respondeu e apenas saiu do quarto. Quando foi que Pattie ficou tão irritante?

Retirei minha camisa e meu boné, logo deitando-me na cama. Agora, só acordaria na manhã seguinte para me arrumar pra grande festa do ano. A festa de Lola.

Scarlett Gomez – Ponto de Vista | Sábado- 15:45 pm

— Vamos logo Sky, não quero perder tempo — Jessie me gritou da sala. Terminei de prender meu cabelo em um rabo de cavalo e me vi no espelho. Usava um short jeans curto, uma blusa com um número 94 como estampa, e uma sapatilha preta. Uma roupa simples para ir ao shopping. Desci as escadas correndo, logo deparando-me com Jessie.

Jessica usava uma calça rasgada jeans, regata branca, jaqueta de couro marrom e uma bota de salto preta.  Usava um óculos-escuros da Gucci e seus cabelos pretos que batiam na altura de seus ombros estavam soltos, ela cortara depois de ter pintado as pontas de azul e se arrependido.

— Você está linda pra quem vai apenas para o shopping — disse sorrindo.

— Tenho que estar bonita, nunca se sabe quando vamos ver um cara bonito por aí — disse sorrindo. Passei pela mesma para abrir a porta e senti que ela exalava um cheiro forte de Dolce&Gabbana misturado com cigarro.

— Você fumou? — perguntei cheirando sua nuca.

— Um pouco, sempre fumo às tardes — respondeu dando de ombros. Revirei os olhos e saímos de casa, logo entrando em sua BMW branca.

Assim que chegamos ao shopping, Jessie correu comigo até as vitrines das lojas mais caras. Fazia tempo que não saímos juntas por causa da faculdade e da escola. Sentia falta desse nosso tempo de irmãs.

— Olha Sky, esse vestido é perfeito pra hoje à noite — disse com os olhos vidrados num vestido vermelho e justo que havia um decote em forma de “V”.

— Não sei, não é o meu tipo — respondi desconfortável.

— Ai Sky, deixa de ser careta. Vamos dar mais uma volta pelo shopping e se não encontrarmos uma roupa melhor, compramos essa — disse segurando minha mão. Assenti com a cabeça e fomos em direção à escada rolante. Assim que chegamos ao andar de cima, meu coração congelou e eu travei.

— Scarlett anda — Jessie disse me empurrando. Tropecei em meus próprios pés e segurei fortemente em seu braço. Lá estava Justin junto com seus amigos em frente à loja em que eu teria que entrar.

— Justin está ali — murmurei enquanto apontava para o garoto de topete perfeito que sorria mostrando seus perfeitos dentes brancos.

— Aquele é o Justin? Você tinha razão quando disse que ele mudou — disse boquiaberta. — Vamos lá falar com ele — segurei fortemente seu braço impedindo-a de andar. Por acaso ela estava louca?

— Não. Eu não falo com ele,  e nem ele fala comigo, é melhor assim. Não vamos mudar em nada — disse dando ênfase no “nada”.

— Às vezes você é tão chata. Temos que entrar naquela loja de qualquer jeito. A gente passa, dá um oi e pronto. Você não vai morrer por causa disso

— Prefiro não arriscar — disse dando um sorriso constrangedor.

— Vamos — respondeu autoritária. Dei um tranco em meu braço, fazendo-me a soltar e foi em direção aos meninos. Droga. E agora?


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até o próximo cap.

Trailer da fic: https://www.youtube.com/watch?v=V5eBAXy3Rw4&feature=youtu.be


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...