História Heart Marks 2: Bruno e Dam - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Heart Marks
Visualizações 2
Palavras 632
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eae galera!
Esse capítulo talvez seja um pouquinho triste
Espero que gostem!

Capítulo 4 - Uma história só para Bruno


NA CAVERNA QUE JÁ FOI DE SAMUEL E JASMINE, DE NOITE

Dam: Pronto, a Anna já está dormindo... Agora vou te contar a história, Bruno

Bruno: Ok, então começa _Curioso_

Dam: Certo... Essa é a história de seus pais... Seu pai se chamava Samuel e sua mãe se chama Jasmine... Ele era um Contra-humanos e ela era uma a favor de humanos... Os dois se conheceram por acaso em um pontezinha da Grande Capital... Eles se enfrentaram e acabaram se apaixonando, mas por eles terem ideologias diferentes sobre os humanos puros, eles acabaram tendo dificuldade... Ele treinou ela, e eles forma atacados por Heart Marks membros das bases deles próprios

Bruno: Mas por que aqueles Heart Marks tentaram matar eles?

Dam: porque... Ele eram de bases diferentes

Bruno: Mas porque se separar desse jeito?

Dam: Bruno, os Heart Marks se dividiram entre Contra-humanos e a favor de humanos antes de mim nascer... Acho que foi na época em que o Clayton, o pai de Black e Leight era jovem

Bruno: Quem é Clayton, Black e Leight?

Dam: Bem... Eles eram Heart Marks Contra-humanos, só o Black deve estar vivo até hoje

Bruno: Entendi

Dam: Você puxou a arma de seu pai, uma espada com lâmina fina e longa... também puxou o poder de sua mãe, controlar a água... E assim como sempre acontece, sua marca do coração é Azul claro porque é a mistura do coração dos dois

Bruno: _Abaixo minha gola e vejo minha marca do coração azul claro_ Legal, eu não sabia que era assim que funcionava

Dam: Mas é assim mesmo, por exemplo: A marca do coração da Anna é marrom

Bruno: Entendi

Dam: Eu vou continuar a história... Samuel e Jasmine tiveram que ir morar nesta caverna para não serem pegos pelos membros das bases

Bruno: então esta caverna é dos meus pais?

Dam: Sim, eles dois que chegaram aqui primeiro pra morar nesta caverna

Bruno: Legal

Dam: Então, no final, os dois decidiram que iam para a Grande Capital matar os Heart Marks Contra-humanos de lá

Bruno: Eles estão denovo querendo se matar?

Dam: Sim, eles eram inimigos

Bruno: Eu só não entendo por que as pessoas da mesma espécie ficam querendo se matar

Dam: Já te disse várias vezes, temos diferenças, somos inimigos

Bruno: Mas eu aposto que isso só acontece com os Heart Marks! Aposto que você não vai ver isso em nenhuma outra espécie!

Dam: Bruno, não grita

Bruno: ...

Dam: Vou terminar a história... Samuel e Jasmine deixou você comigo e com a Valentine... E eles nunca mais voltaram

Bruno: O que será que aconteceu com eles?

Dam: Aposto que o Black ou a Valery matou eles

Bruno: Mas você não tem certeza?

Dam: não

Bruno: Então eles podem estar vivos!

Dam: Bruno... Não vai acontecer um milagre, eles estão mortos

Bruno: Você não sabe de nada!

Dam: Bruno, para com isso!

Bruno: ...

Dam: Olha, eu sei tudo sobre eles... sei também que se Samuel estivesse vivo, ele seria o melhor pai do mundo pra você

Bruno: ...

Dam: O que houve, Bruno?

Bruno: _Chorando_

Dam: Bruno... Por que você tá chorando?

Bruno: _Chorando_ Porque... Voce disse pra mim não esperar a um milagre... Agora eu não tenho esperança de vê-los nunca na minha vida... E agora você diz que ele seria o melhor pai do mundo... Mas é o melhor pai do mundo que eu nunca vou ter... _Chorando muito_

Dam: _Pensamento: "Ele está chorando porque nunca conheceu o pai?"_ Bruno, não chore... Não o que fazer

Bruno: Você não sabe como é nunca conhecer o próprio Pai! _Chorando_

Dam: ...E você acha que eu conheci o meu?

Bruno: ... _Surpreso_

Anna: _Apareço_ Ei, eu nunca tinha visto o Bruno chorando _Encarando Bruno surpresa_

Bruno: _Tento enxugar minhas lágrimas_ Você não sabe do que a gente ta falando... E você tem pai! Não sabe como é viver sem!

Dam: já chega, Bruno... _Pego Anna no colo_ Vou botar a Anna pra dormir denovo... Vai dormir, Bruno... Amanhã vai ser um dia muito difícil...

CONTINUA...


Notas Finais


Eae galera!
Lá no fundo eu sinto que esse capítulo nem ficou tão triste quando eu imaginei... Mas vocês é que vão me dizer né!

Aliás... "Amanhã vai ser um dia MUITO DIFÍCIL"

Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...