História Heart Of Stone (Emison) - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Emily Fields, Garrett Reynolds, Hanna Marin, Jason Dilaurentis, Jessica DiLaurentis, Melissa Hastings, Noel Kahn, Pam Fields, Spencer Hastings, Wayne Fields
Tags Emison, Sashapieterse, Shaymitchell
Visualizações 196
Palavras 1.324
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Saiba que eu sempre tô aí
Mesmo sem estar.

Capítulo 27 - Decisão


Fanfic / Fanfiction Heart Of Stone (Emison) - Capítulo 27 - Decisão

EMILY 

 

Tomei um banho, terminei de me arrumar. Assim que desci as escadas avisei minha mãe que iria encontrar a Ali. 

 

Parei na frente da casa dela, e ela já estava me esperando.

 

-Oi amor. -Disse assim que entrou no carro.

-Oi loirinha, você está linda.

-Onde vamos jantar? 

-Estava pensando de a gente pegar comida no restaurante e ir lá para o chalé, o que você acha?!

-Por mim está ótimo.

 

 

Sai e fui até nosso restaurante preferido, descemos juntas fizemos o pedido para viagem, não demorou muito, paguei e voltamos para o carro. Eu estava com a chave do chalé porque semana passada eu fui para lá com a Ali e ainda não deu tempo de devolver, mais a Spen nem liga eles nem vão lá, e tipo o chalé é um lugar importante para mim e para a Ali, conseguimos curtir sozinhas. 

 

Assim que chegamos, ela me ajudou a colocar a mesa, eu abri um vinho e sentamos para jantar.

 

-Quando você ligou me chamando para jantar que precisava conversar eu juro que fiquei nervosa.

-Eu sei amor, mais a gente enrolou esse tempo todo.

-Em seria tão mais fácil se você apenas aceitasse e ir embora comigo, é Londres só nós duas, nossa casa, nossa vida.

-Não Ali, isso não tem discussão. Eu não vou aceitar o dinheiro do seu pai.

-Você é tão orgulhosa.

-Sério que vamos brigar? 

-Não, eu só queria que você fizesse o que eu estou pedindo.

-É tudo o que você quer, e o que eu quero o que eu sempre quis não conta?

-Estudar em Princeton Em? Poxa Fisioterapia tem na Inglaterra também sabia.

-Alison, eu não vou. Semana que vem estarei indo para Princeton com a Spen, e espero que isso não faça a gente terminar brigadas.

-Então esse jantar é para gente terminar Emily?

-Não sei, eu não quero atrapalhar sua vida, são 6 anos. Tenho medo do nosso namoro não suportar a distância.

-Você já veio com essa intenção, eu sabia que não iria terminar bem, porque me fazer sofrer? Eu te amo e não quero terminar Em.

-Eu também não, eu estou com o coração doendo.

-Então vamos deixar rolar Em, eu vou para Inglaterra você vai para Princeton se não der certo depois a gente resolve, mais terminar agora vai ser péssimo eu vou sofrer você também vai, não vamos fazer isso com o nosso amor.

-Desculpa amor, eu pensei que isso seria a melhor escolha para deixar você seguir seu futuro mesmo sendo contra tudo que eu quero, mais se você pensa como eu. Eu não quero separar também.

-Ótimo, se quando tivemos longe e ver que não está dando certo, a gente conversa novamente.

-Sim Combinado.

-Eu te amo Em.

-Eu também te amo loirinha.

 

A Ali me surpreendeu, eu não queria mesmo tomar essa decisão, mesmo sabendo que isso não pode dar certo, mais como ela disse deixa rolar.

 

Passamos a noite juntas, acordei com o barulho do celular dela tocando sem parar a fazendo resmungar. 

 

ALISON 

 

Eu já imaginava, que a Em iria pensar em mim e querer separar, mais eu nunca iria querer isso eu amo ela, e se for para não dar certo quero estar bem longe, porque se a gente terminar agora, eu acho que nem no avião eu entro.

 

Tivemos uma noite inteira de muito amor, ela acaba comigo mais eu amo isso, a única parte ruim é meu celular tocando sem parar.

 

-Atende isso Ali.

-Quem será essa hora aff. -Peguei meu celular sem nem olhar e já atendi.

 

-Alô 

-Bom dia bela adormecida.

-Banana isso não é hora de ligar.

-O mocinha você já viu a hora, ou a Emily acabou com você essa noite que nem prestou atenção que é quase 12;00h

-Sério (risos) acordamos agora, mais o que você precisa.

-Sabia que a nadadora estava por trás disso, espero vocês duas daqui uma hora no celeiro da Spen, vamos almoçar lá.

-Tá bom Han, a gente vai beijo

-Beijo gata.

 

Desliguei e conferi, para ver se já era tão tarde assim. 

 

-Amor dormimos muito.

-Loirinha fomos dormi amanhecendo, então isso já era normal né, mais o que a Hanna queria.

-Estão nos esperando para almoçar lá na Spen.

-Então vamos tomar banho.

-Juntas?

-Lógico, se acha que eu vou te deixar tomar banho sozinha.

-Vamos nos atrasar, e eu não quero a Hanna ligando sem parar.

-Vamos ser rápidas amor.

-Só você mesma.

 

Tomamos nosso banho juntas, arrumamos as coisas, e fomos para a casa da Spen. Assim que chegamos elas já estavam lá.

 

-Vocês duas não tem nem vergonha de usar a cama da minha vó né. -Spen falou e eu me senti um pimentão e a Em começou a dar risada, fazendo as meninas também rirem.

-Pode parar Spen deixou minha marrentinha sem graça.

-Mais essa foi a melhor parte.

-Boba. -Falei 

-Meninas pedimos almoço. -Aria

-Eu tenho uma notícia. -Han

-Você terminou o namoro. -Em disse fazendo a Han revirar o olho 

-Não sua chata, é uma notícia muito boa.

-Fala então Han. -Aria

-Recebi uma carta hoje de uma faculdade.

-Sério amiga, e ai foi aceita? -Perguntei animada

-Eu não tive coragem de abrir sozinha, queira abrir perto de vocês, essa é minha única chance.

-Estamos com vocês Han, -Spen

-Isso amiga, tenho certeza que vai passar. -Aria 

-Banana abre logo. -Em

-Ali, quero que você abre e lê. 

-Eu, sério mesmo?

-Sim amiga.

 

Nossa, que responsabilidade, ela me entregou a carta, respirei fundo. As meninas estavam prestando atenção em mim. Assim que abri a carta e li, escorreram lágrimas. 

 

-Amor, fala logo o que diz essa carta. -Em

-Ali eu vou enfarta de curiosidade. -Aria

-Gente já estou com palpitação. -Spen

-Amiga passei ou não? -Han

-Seja bem venda senhorita Hanna Marin, a Universidade do Sul da Califórnia. -Assim que eu falei animada as meninas pularam de alegria e a Banana ficou parada sem reação.

-Amiga animação você passou.

-Eu passei mesmo? -Ela perguntou

-Claro você vai fazer moda, na Califórnia Banana.

-AAAAAhhhhhh. -Ela pirou saiu pulando e a gente fez festa com ela também.

 

 

Ficamos conversando, até a Aria pedir para falar.

 

-Meninas eu tive uma ideia.

-E qual seria gnoma. -Han

-Para de ser chata Banana. -Aria

-Fala Aria esquece ela. -Spen

-Então, tipo semana que vem vamos embora, eu estava pensando da gente fazer um baú, com todas nossas recordações, depois a gente enterrava ele e daqui 6 anos quando todas estiverem formadas a gente voltava e abria, o que vocês acham? 

-Amei a ideia. -Em

-Eu também gostei, já vi isso em filme. -Falei

-Bem clichê fazer isso né, mais eu topo. -Spen

-Tenho tantas lembranças como vai caber dentro de um baú? -Han

-Não exagera Han, são coisas de hoje que a gente acha importante lembrar daqui 6 anos, quando a gente abrir. -Em

-Isso, então vamos começar a fazer isso? -Aria

-Sim, acho que cada uma tinha que escrever uma carta, e depois colocar um objeto é uma foto que acha importante. -Falei.

-Concordo. -Spen.

 

 

EMILY 

 

A ideia da Aria de fazer um baú com nossas recordações foi genial eu amei, começamos a escrever as cartas, cada uma vez a sua, e ninguém leu, depois escolhemos fotos e objetos que queríamos por dentro do baú. Eu coloquei uma foto nossa e uma minha e da Ali, o objeto coloquei uma camiseta do time de natação é um cardápio do restaurante, que eu e a Ali mais vamos, pois lá meio que se tornou nosso lugar. 

 

Eu e as meninas decidimos enterrar perto do lago, pois é o lugar onde a gente mais vai, e daqui 6 anos voltaremos aqui juntas para abrir esse baú e recordar os momentos que foram importantes para nós. 

 

Depois que saímos de lá, deixei a Ali na casa dela e fui para minha, levei a maior bronca da minha mãe por ter demorado tanto, mais foi por uma boa causa. 

 

 

 

 

Continua...


Notas Finais


Até amanhã.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...