História Heart Traps - Armadilhas do Coração - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, J-hope, Jimin, Jin, Rap Monster, Suga
Exibições 28
Palavras 1.126
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellou pessoas maravilindas desse mundo \O/
Mais um capítulo pra vocês, espero que gostem ♡

Capítulo 3 - Capitulo 2


Fanfic / Fanfiction Heart Traps - Armadilhas do Coração - Capítulo 3 - Capitulo 2

-Eu tinha planos de ficar em casa agarradinho com você. -Jimin diz do quarto enquanto eu me arrumava no banheiro. -Mas comer a comida do Jin é épico.
-Com certeza, desde que somos amigos só comi a comida dele uma vez. -digo terminando de arrumar meu cabelo.
-Vamos logo, meu anjo. -ele bate na porta. -To cansado de espe... -assim que saio do banheiro ele para de falar e fica me encarando com cara de bobo.
-O que foi? -pergunto sorrindo.
-Uau, realmente valeu a pena esperar. -diz me puxando pela cintura e colando nossos corpos. -Gosto de ficar assim com você, sabia? Apenas te olhando, poderia fazer isso por horas.
-Achei que estivéssemos atrasados. -digo corando.
-Realmente estamos. -ele diz me roubando um selinho. -Mas precisava fazer isso.
-V-vamos.? -digo sentindo meu rosto queimar.
-Vamos. -ele diz rindo, provavelmente achando graça do meu rosto parecer um pimentão.
Saímos de casa e não demorou muito para encontrarmos Barb um pouco mais a frente, chamamos ela mas ele não ouviu, então Jimin saiu correndo atrás dela.
-BARB! -Jimin gritou e com o susto ela deu uma cotovelada no estômago dele.
-Desculpa Jimin, você me assustou seu babaca. -ela abaixou pra socorrê-lo já que ele estava no chão gemendo de dor.
-Tudo bem, amor? -perguntei me segurando para não rir.
-Sim.. Aí! -ela reclama quando tenta levantar.
-Foi em legítima defesa. -ela diz rindo e não me aguento e começo a rir também.
-Bem legal vocês duas hein. -ele faz careta mas percebemos que ele queria rir também.
-Vamos logo. - diz Jimin fingindo estar ofendido.
-Por que não passou lá em casa, Barb? -pergunto depois de um tempo.
-Achei que vocês já tinham ido, alias, estamos atrasados, não?
-Eu sempre estou atrasado. Se não for pra chegar atrasado, nem vou. - Jimin disse e demos risada.
-Se meus cálculos estão certos, eles estavam se pegando e a comida atrasou. -Barb diz fazendo uma cara pensativa.
-Espero que seus cálculos estejam certos. Você é boa em cálculos? -pergunto.
-Não. -ela diz rindo. -Mas sou boa em colas.
Fomos o resto do caminho ouvindo Jimin reclamar que seu estômago estava doendo, o que era de se esperar, pois se só o tapa da Barb já doía, imagina uma cotovelada.
-Finalmente vocês chegaram seus lerdos. -Ana diz assim que abre a porta.
-A comida nem está pronta Ana. -escuto a voz do Jin que provavelmente está na cozinha.
-Viu, meus cálculos estavam certos. -Barb disse e demos risada, menos Ana que ficou nos olhando com uma cara estranha.
-Entrem logo seus doidos. -ela diz rindo.
-Jinzão! -sorrio quando o vejo na cozinha com um avental rosa que ficou muito fofo nele.
-Ellenzinha. -ele sorri de volta.
-O cheiro está ótimo, Hyung. -Jimin disse se aproximando da cozinha.
-Créditos à mim, ajudei bastante. -disse Ana vitoriosa.
-Tem ajudante melhor que essa? -Jin disse sorrindo.
-Aquela mulher do Master Chefe. -Barb falou ironicamente o que nos fez rir.
-Saudade de assistir isso no Brasil. -digo.
-Nós vamos pro Brasil em breve, meu anjo. -Jimin diz e me dá um beijo na  testa.
-Vocês vão para o Brasil e não chamam a gente? -Jin disse com uma colher de madeira na mão.
-Era uma surpresa. -digo entre dentes e lanço um olhar pro Jimin que apenas sussurra um "desculpa". -Mas alguém acabou de contar.
-Surpresa! -ele sorri.
-Calma, vamos pro Brasil? -Ana pergunta confusa.
-Nós final do semestre, falta um tempo ainda, mas pretendemos ir. -explico.
-Agora sim, precisamos comemorar nossa viagem com uma comida deliciosa que eu preparei. -Jin falou e Ana deu uma cotovelada no braço ele. -Com ajuda da minha linda namorada.
-As habilidades culinárias da Ana estão aprovadas, Jin? -Jimin pergunta brincalhão e Ana joga um pano nele.
-Claro que estão, coma logo seu garoto insolente. -Ana diz pegando uma colher do possivelmente Kimchi e coloca na boca de Jimin.
-E então? Já está sentindo o veneno atacar seu corpo? -Barb brinca e dou risada, mas logo paro quando Ana lança um olhar mortal para nós.
-Ana... Tenho que dizer, não está bom.. -Jimin diz olhando para Ana que faz uma cara triste. -Está ótimo!
-Aí seu gordinho insolente. -ela disse batendo em seu braço. 

-Podemos comer? Estou morta de fome. -Não sei porque ainda não o começaram a comer. -Jin se senta conosco.

Tenho que admitir, a comida estava ótima, comemos e ficamos conversando de conversar aleatório, aproveitei essas conversas e repeti duas vezes.

-Então Barb, como está seu curso de... Fotografia, né? -Ana perguntou.
-Sim, está bom até então, era algo que eu queria cursar faz tempo. -ela sorriu.
-Quem é o professor? -pergunto.
-Kim Xuan.
-Será que ele é parceiro do Sr. Jung Yoo? - perguntei, precisava de alguém pra me dizer como é esse professor.
-Acho que querendo tem alguém querendo uma ajuda pra se matricular na aula do professor Jung Yoo.
-Eu não aguento mais a professora Lee Soon Shin. -digo fazendo careta. -Preciso me matricular com o Sr. Jung Yoo.
-Como você vai se matricular com ele? -Jin pergunta.
-As provas semestrais estão chegando, se eu passar nessa prova eu consigo uma bolsa integral com ele e um estágio na empresa dele. Se eu não passar..
-Nada de estagio. -completa Ana.
-E mais dois semestres com a Sra. Lee Morta Shin. -digo irritada.
-Não sei se gosto da ideia de você trabalhar na empresa desse Sung Yoo. - Jimin diz com um tom de ciúmes.
-Eu preciso desse estágio, amor. -digo olhando para ele.
-Eu sei. -ele dá um sorriso forçado. -Mas não gosto do jeito dele.
-Igual você não gosta do jeito do Baek In Ho. -diz Barb ironicamente.
-E de metade da escola. -Jin continua.
-Não sou tão ciumento. -ele diz fingindo estar ofendido.
-Não precisa ter ciúmes, meu anjo. -dou um beijo em sua mão.
-Sem romance, por favor. -Ana diz jogando algo em nós que eu não sei o que é.
Continuamos conversando até que decidimos ir embora, Ana insistiu para que ficássemos lá mas preferimos ir embora, deixamos a Barb na casa dela e fomos para casa.
-Sabe do que eu preciso? -Jimin pergunta assim que entramos em casa.
-Do que, amor?
-De um carro. -ele diz e dou risada.
-Realmente, já que é sua última semana lá em casa.
-Vou sentir sua falta. -ele diz com uma voz triste.
-Mas ainda vamos nos ver na faculdade, amor e ainda vamos sair juntos. -digo sorrindo.
-Vou sentir falta de ser acordado com seus beijinhos toda manhã. -ele me puxa pela cintura e sela nossos lábios.
-Vou sentir falta de acordar e ver você quase caindo do colchão. -digo rindo.
-Disso não sentirei falta. -ele ri.
-Vamos dormir, amor. -digo e lhe dou um selinho. -Amanhã temos aula.
-Vamos.

Continuo?


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...