História Heartbreaker - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kylie Jenner
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Justin Bieber, Kylie Jenner, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Miley Cyrus, Niall Horan, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Anne Payne Kylie Jenner
Exibições 23
Palavras 1.149
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


helouuuuuuuuuuu olha quem voltouu haha

Capítulo 28 - Kiara


   Kylie Jenner P.O.V.

- Anne? - chamo ela.

- Hum? - responde sem tirar os olhos do seu telefone.

- Eu te amo - digo e ela me olha e dá um sorriso lindo.

- Eu te amo - fala - nunca pensei que seria tão feliz com alguém quanto sou com você - diz e eu dou um sorriso para ela. Ele vem em minha direção e meu deu um selinho rápido.

- Vamos sair? - pergunto a ela e ela faz cara de pensativa.

- O que seria melhor do que te comer agora? - falou e eu corei.

- Tudo bem, nada, mas depois você me come - falei e fiz careta na expressão que eu usei - vamos almoçar fora, claro você paga.

- Tá bom - diz e ri. Vamos tomar banho juntas mas nada passa de carinhos, me visto de pressa e Anne já está pronta, jogando um jogo idiota em seu celular.

Entramos no carro e vamos em direção as ruas a procura de restaurante, ficamos conversando besteiras, Lauren ligou, conversamos bastante e teve que desligar pois Camila tinha chegado. Achamos um restaurante bem bacana lá no centro da cidade e resolvemos ficar, Anne deu a chave de seu carro para um homem qualquer que tinha lá e entramos, mas antes tinhamos que esperar em um barzinho que tinha ali, até esvaziar uma mesa, já que era lotado.

Eu e Anne sentamos no banquinho de lá e pedimos só uma água, ficamos conversando baboseiras de novo e ai então, ouvimos alguém chamando Anne.

- Oi, Kiara - diz e dá dois beijinhos na bochecha dela, assim como a tal Kiara.

- Como está, baby? Sumiu depois que terminamos - diz e eu fico lá com cara de tacho.

- Ah, estou bem e você? Pois é, você também sumiu - falou e deu um sorriso nervoso ao olhar para mim - essa aqui é minha namorada - nos apresentou e Kiara me olhou com nojo.

- Kylie Jenner - falei e estendi a mão.

- Prazer Kyle - diz e dá um sorriso falso.

- Kylie - corrigi ela e dei um gole em minha água me controlando para não bater nela ali mesmo.

- Tanto faz - diz Kiara e revira os olhos - bom amor, se quiser me encontrar para relembrar os velhos tempo, tá aqui meu número - fala e anota o seu número no guardanapo e eu tomei de sua mão antes de Anne.

- Obrigado, pode ir embora já - Kiara me ignorou e deu um beijo na bochecha de Anne.

- Precisava disso? Pelo amor de Deus! A garota só queria ser gentil - disse Anne com raiva.

- E eu fui simpatica com ela, oxe - disse e guardei o papel em meus seios. Logo a moça veio chamar a gente para sentar na mesa.

Chegando lá vimos Kiara, com um cara, golpista! Como Anne namorava aquela biscate?.

- Ela era boa de cama - falou Anne e eu cuspi a bebida que estava em minha boca.

- O que? Não quero saber se ela era boa...

- Mas você é melhor - diz e pisca pra mim.

- Você sempre faz isso pare - falo com raiva e ela ri.

Comemos em silêncio o resto, pedimos sobremesa e anne pagou a conta, viemos embora e eu fiquei emburrada porque Anne pediu o papel que Kiara deu a ela, fiquei vendo TV e ela ficou no quarto. Depois de um tempo ela saiu e veio deitar comigo, ficou me cutucando e e eu ignorei ela mas quando ela começou a beijar meu pescoço eu não resisti e dei um gemido pequeno, mas a desgraçada ouviu e ai que aumentou as investidas, rapidamente virei nossas posições e fiquei por cima, eu sabia que Anne odiava aquilo mas nem liguei e comecei a beijar-la com todo desejo que havia em mim.

Depois de um tempo nos beijando, Anne mudou as posições novamente para a minha tristeza, suas unhas arranhavam minha coxa me puxando mais para si pela a minha blusa, levantando a blusa mais pra cima, tirando sem mais delongas, sem demora ela descolou dos meus lábios e começou a sugar meus mamilos, eu gemia baixo e agarrava seu cabelo incentivando ela a continuar com aquilo, então ela continuou, então passou para o outro seio, brincando com a língua no mamilo, contornando a auréola, depois de um tempo gemendo ela parou, me dando um sorriso safado.

Então delicadamente tirou minha calça jeans e sua blusa e sua calça também, ficando apenas de roupas íntimas, mas eu fiz questão de tirar seu sutiã e apertar seus seios e da beijinhos e ouvir seus gemidos foi a melhor coisa daquele dia, ela me empurrou delicadamente e tirou minha calcinha e jogou em qualquer canto, dobrei os joelhos e ela se postou em meio as minhas pernas, dando vários beijos na parte interna da minha coxa, então passou a lamber minhas virilhas e eu já revirava os olhos só com aquele ato, me apoiei com meus antebraços para ver ela em ação.

Ela abraçou minhas coxas e começou a lamber minha os lábios da minha vagina, ameaçando enfiar a língua a qualquer momento, e então foi em direção ao meu clitóris, dando linguadas rápidas, e agarrei seu cabelo novamente, não me contendo e gemendo seu nome, passou a sugar meu clitóris me fazendo apertar meus próprios seios e gemer seu nome várias vezes. Sem enrola penetrou o dedo indicador e o médio em minha vagina, me arrancando um gemido alto, quase como um grito, minha respiração mais falha, e ela fazendo movimentos de vai e vem cada vez mais rápido, sussurrando coisas de baixo calouro em meu ouvido me fazendo ficar mais louca, então senti minha vagina se contrair e gozei em seus dedos, ela me deu um selinho e se levantou e eu a puxei de volta e sussurrei em seu ouvido.

- Vamos tentar algo diferente hoje, meu amor - falei e ela me olhou com cara de dúvida - tira esse resto de roupa e fica de quatro, amor - falei e ela ficou parada ainda - agora - falei por último.

Assim ela fez, empinou sua bunda em minha direção, e meu Deus que bunda era essa? Sem avisar eu comecei a chupar seu clitóris, fazendo a mesma coisa que ela havia feito em mim minutos atrás, eu sugava, mordiscava e fazia tudo que podia, só ouvia seus gemidos que me deixava mais louca de tesão, então enfiei o dedo indicador e o médio de uma mão e em seguida da outra, arrancando gemidos maravilhoso da boca da minha namorada, fiquei fazendo movimentos de vai e vem e decidi voltar a chupar seu clitóris sem parar, e então ela gozou em minha boca e dedos, lambi meus dedos e deitei ao seu lado.

- Te amo.


Notas Finais


desculpe se tiver erros, e beijos ate o proximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...