História Heartbroken - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Exibições 4
Palavras 255
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Festa, Magia, Mistério, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - A menina sem meórias


Abri meus olhos lentamente sentindo eles arderem devido a luz que vinha de cima, levantei devagar devido a dor que sentia no meu corpo inteiro, olhei em volta vendo um campo de flores amarelas, a pouca luz que iluminava o lugar vinha de um buraco no teto, levantei lentamente sentindo o meu corpo latejar com a dor, olhei para frente dando de cara com um grande espelho mostrando minha imagem, eu era pequena, os cabelos um tanto bagunçados e curtos tinham a cor castanho escuro, minha pele era morena e meus olhos grandes e de um estranho tom dourado, usava uma camisa branca um tanto larga com as mangas longas, usava uma saia azul marinho com suspensórios, meias calças brancas e sapatilhas azuladas.

Pisquei algumas vezes vendo minha imagem, logo percebi que perto de meus pés coberto pelas flores douradas vi alguma coisa brilhando  na cor vermelha, abaixei com cuidado pegando aquilo que brilhava, era um colar em formato de coração com o contorno da cor vermelha, mas o meio, era vazio, eu por algum motivo sabia que o colar era meu, por isso o coloquei, olhei novamente minha imagem no espelho e sorri por ver o colar em meu pescoço, me virei para trás olhando a sala percebendo uma porta no canto, fui até ela abrindo lentamente ouvindo o som do rangido da porta velha e sentindo um vento gelado bater em meu rosto e bagunçar meus cabelos sentindo um frio na espinha, mas sabendo que poderia descobrir algo novo, me encheu de DETERMINAÇÃO.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...